Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

Governo federal recua e pedágio será pelo menor preço da tarifa

 O recuo do Governo Federal em relação ao modelo de pedágio no Paraná que agora privilegia o menor preço da ..

Pedro Ribeiro - 19 de maio de 2021, 19:25

Praça de Pedagio da Concessionária Caminhos do Paraná, 08/05/2019 -  Foto: Geraldo Bubniak/AGB
Praça de Pedagio da Concessionária Caminhos do Paraná, 08/05/2019 - Foto: Geraldo Bubniak/AGB

 

O recuo do Governo Federal em relação ao modelo de pedágio no Paraná que agora privilegia o menor preço da tarifa, foi comemorado pela Frente Parlamentar sobre o Pedágio, da Assembleia Legislativa.

Para o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB)  “a mudança de rumo teria que acontecer, em respeito ao que a sociedade paranaense tem manifestado. O eco da voz do Paraná finalmente chegou em Brasília”, disse.

O deputado, que participa de audiência pública sobre o pedágio em Jacarezinho, disse que a decisão do governador Ratinho Junior (PSD) de levar ao presidente Jair Bolsonaro a situação do processo de concessão e defendeu uma licitação pelo menor preço da tarifa foi decisiva para a mudaná de rumo.

“Me parece que a pressão teve resultado. Vamos aguardar a nova proposta, esperando que realmente atenda aos anseios do nosso Estado”, afirmou.

O deputado disse que a Assembleia Legislativa do Paraná manterá a agenda de sensibilização e de mobilização da sociedade com a realização de audiências da Frente Parlamentar sobre o Pedágio. Nesta quinta-feira, 20, o encontro acontece em Jacarezinho e, na sexta-feira, 21, em Maringá. Até o momento já ocorreram 15 audiências.

“A atuação da Frente Parlamentar, que uniu os 54 deputados estaduais, foi fundamental para a construção de um consenso em torno da licitação pelo menor preço de tarifa, sem limite de desconto e sem outorga. O trabalho ganhou a adesão do setor produtivo e da sociedade civil organizada. Essa soma de esforços resultou na revisão do processo, conforme prometido pelo presidente da República”, declarou Romanelli.