Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

Moro, o carismático que almoça de bandejão e usa vôos de carreira

O ex-juiz federal e ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, que, de repente, se transformou em personagem ..

Pedro Ribeiro - 19 de fevereiro de 2019, 07:19

CURITIBA, PR, 06.11.2018: SERGIO-MORO - O juiz federal Sérgio Moro, indicado como ministro da Justiça pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), em coletiva de Imprensa no auditório da Justiça Federal, em Curitiba (PR), nesta terça-feira (06). (Foto: Geraldo Bubniak/AGB/Folhapress)
CURITIBA, PR, 06.11.2018: SERGIO-MORO - O juiz federal Sérgio Moro, indicado como ministro da Justiça pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), em coletiva de Imprensa no auditório da Justiça Federal, em Curitiba (PR), nesta terça-feira (06). (Foto: Geraldo Bubniak/AGB/Folhapress)

O ex-juiz federal e ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, que, de repente, se transformou em personagem pública amada pelos paranaenses a partir de suas ações contra a corrupção, através da Operação Lava Jato, também vem sendo a coqueluche do Ministério da Justiça. É, sem dúvidas, o  mais popular ministro do governo Bolsonaro, Moro tem que ser blindado para não provocar inveja nos "filhotes" que estão barbarizando no Palácio do Planalto.

O Ministério da Justiça, habituado a ministros carrancudos que mal cumprimentava os funcionários, passa agora a contar com um chefe carismático que faz questão de cumprimentar os servidores com direito a selfies. Moro circula no prédio, procura visitar cada setor, apresenta-se, ouve e avisa que seu gabinete está aberto a todos. A informação é da Coluna Cláudio Humberto.

Moro convive bem com a popularidade entre os colegas de trabalho. Amável e paciente, sempre topa fazer selfies, dar autógrafos etc. Ele poderia almoçar no gabinete, como os antecessores, mas prefere o bandejão, que assim virou o restaurante mais concorrido da Esplanada.

Como só usa voo de carreira, Moro criou um problema: assessores têm larga experiência em requisitar jatinho da FAB e não passagens. A assessoria tenta uma rotina que permita a Moro embarcar antes ou depois dos demais passageiros, para não os incomodar.