Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

O tempo está esquentando antes das eleições

Os ânimos estão cada vez mais acirrados nas sessões da Assembleia Legislativa. Pode ser início de uma longa jornada pré-eleitoral

Pedro Ribeiro - 24 de maio de 2022, 23:58

 

 

A bruxa está solta. Em Brasília, no Rio e na Assembleia Legislativa do Paraná. No planalto central, houve bate-boca entre o Procurador-Geral da República, Augusto Aras e o procurador Nivio de Freitas. Por pouco, ou melhor, se não tivesse intervenção de seguranças, os dois iam às vias de fatos. A discussão foi transmitida ao vivo e a cores. Está nas redes.

No Rio de Janeiro, troca de tiros entre policiais e supostos traficantes, na Vila Cruzeiro, resultou na morte de 22 pessoas. Foi uma das mais violentas ações da Polícia Federal na caça a traficantes de drogas.

Em Curitiba, na Alep, os protagonistas de bate-boca nesta terça-feira foram os deputados Marcio Nunes e Goura Nataraj. Ontem, segunda-feira, as trocas de farpas foram entre os deputados Luiz Claudio Romanelli e Homero Marchesi. Romanelli disse que Marchesi é um parlamentar medíocre.  

Sobre Goura e Marcio Nunes, o assunto refere-se à bilionária indenização da Petrobras ao Governo do Estado, onde grande parte do dinheiro, carimbado, tomou outro rumo e não o do meio ambiente, mas caminhões de lixo. A notícia, embora velha, foi atualizada pelo Intercept e causou frisson nas esferas políticas.

Pelo jeito, dos 540 novos cargos aprovados, a Alep vai ter que destinar um bom número na contratação de seguranças para as sessões.