Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

Paranhos quer Cascavel como modelo nacional na retomada econômica

Lançado no dia 1º de maio pelo prefeito Leonaldo Paranhos (PSC) e com apoio amplo de várias entidades, o Plano de..

Pedro Ribeiro - 26 de maio de 2020, 11:55

Lançado no dia 1º de maio pelo prefeito Leonaldo Paranhos (PSC) e com apoio amplo de várias entidades, o Plano de Retomada Econômica promete colocar Cascavel como modelo nacional no cenário pós-crise da covid-19. O programa de retomada teve o lançamento de mais de R$ 82 milhões em obras públicas, além da contratação de especialistas em crises econômicas. Os consultores estão mapeando todos os setores econômicos e elaborando planos emergenciais para o fortalecimento de cada atividade, principalmente aquelas mais afetadas pela crise.

Cascavel desponta como modelo na retomada econômica e na abertura responsável do comércio. O prefeito destaca que as ações técnicas já começaram e que agora é necessária uma grande dedicação de todos para minimizar os impactos da crise. Essa dedicação envolve uma frente empresarial e política que tem como objetivo facilitar o trâmite  e destravar as ações.

Pacto por Cascavel

Por ser um ano eleitoral, pode ser “perigoso” se os interesses pessoais sobreporem o projeto da cidade. Par isso  não acontecer, Paranhos quer criar essa frente suprapartidária e de entidades, envolvendo um “Pacto por cascavel”.

Durante o fim de semana Paranhos conversou, separadamente, com vários empresários, com agenda proativa. Uma das conversas foi com o  empresário Marcos Vinicius Pires de Souza. "O professor Marcos Vinicius é um empresário com vários investimentos na cidade de Cascavel e no Brasil. Tem a experiência de ter sido reitor da Unioeste e pode contribuir muito nesse projeto", destacou.