Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

Petrobras aumenta preço da Gasolina em 5,2% e Diesel 14,2%.

Com aval do Conselho Administrativo, Petrobras reajusta preços dos combustíveis em meio a discussão do governo federal com Congresso Nacional e governos estaduais.

Pedro Ribeiro - 17 de junho de 2022, 10:50

Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Marcello Casal Jr./Agência Brasil

 

Com sinal verde do Conselho de Administração que se reuniu nesta quinta-feira, a Petrobras reajustou os preços dos combustíveis em meio a uma discussão com estados que sofreram um revés, no Senado, para reduzir o IMCS e contribuir para o Governo Federal reduzir os preços dos combustíveis. O preço da gasolina será reajustado neste sábado, 18, pela Petrobras, passando a custar R$ 4,06 o litro nas refinarias da estatal, um aumento de 5,2%. O diesel, passou a custar R$ 5,61 o litro, alta de 14,2%.

O presidente Jair Bolsonaro critica a companhia pelos altos lucros e distribuição de dividendos bilionários, inclusive para a União, e pedia para que novos reajustes não fossem realizados. Segundo o Estadão, pelo estatuto da estatal, um eventual prejuízo provocado pelo seu acionista controlador (União) tem que ser compensado, ou seja, para segurar os preços em relação ao mercado internacional, a União teria que pagar a diferença à Petrobras. Nos últimos dias, outras autoridades ligadas a Bolsonaro vieram a público reclamar da estatal, como o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, e o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira.