Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

Requião dá prioridade à Lula na sabatina da Folha/UOL

O pré-candidato ao Governo do Estado pelo PT, Roberto Requião, deixou transparecer em sua entrevista à repórteres da Folha de São Paulo e UOL, que dificilmente vencerá as eleições no Paraná

Pedro Ribeiro - 03 de junho de 2022, 14:04

Foto/UOL
Foto/UOL

 

O pré-candidato ao Governo do Estado pelo PT, ex-senador Roberto Requião, deixou transparecer em sua entrevista – sabatina – nesta sexta-feira, 03, à repórteres da Folha de São Paulo e UOL, que dificilmente vencerá o candidato à reeleição, governador Ratinho Junior (PSD) nas eleições deste ano ao Palácio Iguaçu.

Isto ficou claro quando desiste das intenções de governar para melhorar o Paraná, preferindo dar prioridade à campanha do ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, à Presidência da República. “Tenho mais interesse pela campanha presidencial do Lula do que pela guerra para o domínio do Paraná”, disse.

A declaração do ex-governador e ex-senador, que pontuou 22% na última pesquisa IRG, contra 52% do governador Ratinho Junior, surpreendeu as lideranças políticas do Estado, principalmente da linha ideológica voltada à esquerda, que entenderam sua posição como uma “derrota” antecipada.

Na sabatina dos candidatos a governos estaduais, Requião falou sobre conjuntura nacional, com destaque à candidatura de Lula e de seu vice, o tucano Geraldo Alckmin, cuja aliança seria a saída para evitar o aprofundamento da crise crise instaurada com o governo Bolsonaro.