Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

Senador custa R$ 200 mil por mês aos cofres públicos e são 352 candidatos a 54 vagas

 Levantamento feito pela equipe do jornalista Cláudio Humberto, do Diário do Poder, mostra que são 352 candi..

Pedro Ribeiro - 03 de setembro de 2018, 10:21

Foto: Ana Volpe / Senado
Foto: Ana Volpe / Senado

 

Levantamento feito pela equipe do jornalista Cláudio Humberto, do Diário do Poder, mostra que são 352 candidatos às 54 vagas no Céu, o Senado. Dessas, 82,7% são homens, 65,6% se declararam brancos e 30 senadores buscam a reeleição para mais oito anos de mandato ao custo mensal quase R$ 200 mil. O valor leva em conta, além do salário no teto Constitucional, que em breve será de R$ 40 mil, auxílio-moradia de R$ 5,5 mil, carro com motoristas e combustível, assessores contratados e outros gastos.

Além do salário, senadores podem pedir reembolso de até R$ 45 mil de todo tipo de gasto. Basta alegar que o gasto foi ‘atividade parlamentar’. Ao contrário do trabalhador normal, senadores recebem, como ajuda de custo, um salário antes de trabalhar. São as boas-vindas ao Céu. Foram apenas 178 sessões em todo o ano passado, várias no mesmo dia. Na prática, parlamentares trabalharam menos da metade do ano. (Diário do Poder).