Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

Temer firma compromisso com a sociedade e afirma que não intervirá na Lava Jato

 O que era para ser feito há nove meses, aconteceu nesta segunda-feira. O presidente Michel Temer afirmou o ..

Pedro Ribeiro - 14 de fevereiro de 2017, 08:12

 

O que era para ser feito há nove meses, aconteceu nesta segunda-feira. O presidente Michel Temer afirmou o ministro denunciado será afastado provisoriamente e, caso se torne réu, o afastamento será definitivo. “Se houver denúncia, que é um conjunto de provas, que eventualmente pode levar ao acolhimento, o ministro denunciado será afastado provisoriamente. Se acolhida a denúncia e o ministro se transformar em réu, o afastamento é definitivo”, pontuou o presidente.

Esta posição de Temer deve tranqüilizar a população sob o ponto de vista das denúncias de corrupções que assolam seu governo, pois vários assessores diretos e de segundo escalão foram mencionados na Operação Lava Jato. Com isso, as suspeitas de proteção de amigos serão mais apuradas pela própria população.  A mais recente foi a nomeação do ex-governador do Rio de Janeiro Moreira Franco como titular da Secretaria-Geral da Presidência, o que lhe assegurou foro privilegiado.

Em entrevista à imprensa, o presidente  deixou bem claro que "o governo não quer nem vai blindar ninguém". Sustentou que o governo jamais interferirá na Operação Lava Jato, que está a cargo da Polícia Federal e do Ministério Público. E, como se não quisesse deixar margens para qualquer tipo de dúvida, explicitou que fazia a declaração “em caráter definitivo".pedro.ribeiro