Sintonia Fina - Pedro Ribeiro
Compartilhar

Tudo bem na Alep e Ratinho governará mais um ano leve e solto

 Hoje será dia de tapinhas nas costas e olá, como vai...tudo bem...com a volta dos trabalhos no legislativo ..

Pedro Ribeiro - 03 de fevereiro de 2020, 09:47

O governador Carlos Massa Ratinho Junior participa nesta segunda-feira (15) de Coletiva de Imprensa com um balanço dos 100 dias de gestão.
Curitiba, 15/04/2019 -  Foto: Geraldo Bubniak/ANPr
O governador Carlos Massa Ratinho Junior participa nesta segunda-feira (15) de Coletiva de Imprensa com um balanço dos 100 dias de gestão. Curitiba, 15/04/2019 - Foto: Geraldo Bubniak/ANPr

 

Hoje será dia de tapinhas nas costas e olá, como vai...tudo bem...com a volta dos trabalhos no legislativo paranaense. Com certeza não teremos, nos próximos meses, nenhuma pauta pesada, pelo contrário, apenas discussões de temas leves para não atrapalhar as eleições de parlamentares ou indicados pelos partidos em suas bases eleitorais. É possível que tenha exceções, mas deverão ser raras.

Alguns parlamentares serão candidatos a prefeitos em suas cidades e outros estarão atentos aos seus candidatos para poder manter sua base para as próximas eleições ao legislativo.

O secretário de Justiça e Trabalho, Ney Leprevost, voltará à Câmara Federal e dia 21 de março fará o lançamento oficial de sua pré-candidatura à Prefeitura de Curitiba. O prefeito Rafael Greca continua penteando a cidade e ainda há dúvidas em relação às candidaturas de Luciano Ducci e Gustavo Fruet à prefeitura da capital.

O deputado Luiz Cláudio Romanelli que também estará presente nesta segunda-feira na Assembleia Legislativa revelou que a casa vai liberar os famosos “checões” ao Governo do Estado para investimentos em obras nos municípios. Segundo ele, um desses cheques, de R$ 30 milhões, já está pronto e só falta assinar. O total a ser distribuído será de R$ 280 milhões.

JANELA PARTIDÁRIA

Em abril termina o prazo para as “janelas partidárias” e desincompatibilização de secretários de Estado que desejam participar do pleito em suas cidades.

Pelo jeito, a exemplo do primeiro ano de governo, Ratinho Junior também não terá problemas com a Assembleia Legislativa e continuará governando do seu gabinete, da sua casa ou mesmo do exterior, sem nenhum probleminha. Leve e solto.