Câmeras de segurança flagram grave acidente no Paraná

Um homem, de 34 anos, ficou ferido em um grave acidente em Cascavel, na região oeste do Paraná, no último sábado (30). Câmeras de segurança flagraram o momento da colisão na Avenida Rocha Pombo com a marginal da BR-476.

Na imagens, é possível ver uma Strada, conduzida pelo rapaz, em alta velocidade batendo na traseira de um Palio que estava parado no semáforo. Com o impacto da batida, os dois veículos rodaram na pista por aproximadamente 20 metros, quando o Palio atingiu outro automóvel que descia pela marginal.

O motorista da Strada teve ferimentos graves na cabeça e perdeu muito sangue. Ele precisou ser sedado, porque estava muito agitado. O rapaz foi encaminhado ao Hospital Universitário da cidade.

Os outros dois motoristas tiveram ferimentos leves.

CONFIRA AS IMAGENS

*Com informações do Taborá News*

perícia, cenipa, seripa, fab, força área, peritos, laudo, causas do acidente, queda, avião, cascavel, paraná, acidente aéreo, destroços

FAB inicia perícia para determinar as causas do acidente com avião no oeste do Paraná

Peritos do  Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) chegaram na tarde desta segunda-feira (18) em Cascavel, na região oeste do Paraná, para investigar a queda de um avião de pequeno porte que deixou três pessoas mortas e uma gravemente ferida. De acordo com a FAB (Força Aérea Brasileira), a perícia visa construir o laudo que poderá determinar as causas do acidente.

O laudo será produzido por técnicos do SERIPA V, (5º Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), uma das divisões do Cenipa.

A chegada da equipe de perícia em Cascavel foi confirmada pela FAB. Conforme o Centro de Investigações, os técnicos realizam um levantamento no local, que está isolado desde ontem (17). Os peritos colhem objetos e materiais que possam ajudar a identificar o motivo da queda. Além disso, devem ouvir testemunhas do acidente.

O avião de pequeno porte caiu no início da noite de ontem (17), em uma área de mata no oeste do Paraná. No acidente, morreram o piloto Magnus Boeno Padilha, o cardiologista Eduardo Frederico Borsarini Philippi e uma das filhas do médico, Fernanda Philippi, de 12 anos.

Graziela de Souza Philippi foi encaminhada em estado grave ao Hospital Universitário de Cascavel. Ela era esposa de Eduardo e mãe de Fernanda. De acordo com o HU, a sobrevivente passou por uma cirurgia e permanece internada.

queda, avião, cascavel, paraná, acidente aéreo, destroços
Reprodução/Tarobá/TV Band

DESTROÇOS SERÃO RETIRADOS APÓS PERÍCIA

Os destroços da aeronave que caiu ontem (17) no Paraná serão retirados do local nesta terça-feira (19). De acordo com o o presidente do Aeroclube de Cascavel, Rafael Salvatti, o trabalho com o trator de esteira para limpar a área começará por volta de 8h30.

A retirada dos destroços do avião será realizada com um guincho. A princípio, as partes da aeronave serão levadas para a pista do Aeroleve, no Parque Verde.

RELATO DA TESTEMUNHA DA QUEDA DO AVIÃO NO PARANÁ

A tragédia aconteceu na noite de ontem (17), no distrito de Espigão Azul, em Cascavel, no oeste do Paraná. A perícia do Cenipa também deve ouvir as testemunhas.

O primeiro a chegar ao local foi o apicultor Cleonir da Silva. Em entrevista à TV Band, ele contou que ouviu o que parecia ser o motor do avião em pane. Além disso, Cleonir também encontrou a única sobrevivente, ainda desorientada devido à pancada.

“Na verdade, estava mexendo com as abelhas a uns 500 metros. Então, eu ouvi o barulho que apagou o motor da aeronave e corri até a propriedade para chamar um amigo e prestar os primeiros socorros”, contou.

“Deparei com a aeronave destruída e uma senhora, que ainda estava consciente. Eu conversei com ela, pedi quantas pessoas estavam para lá passar para o socorro. Ela conseguiu me dar informações, mas não muito certas, acho que devido à pancada. Ela me falou que estava só com a filha, mas estavam em quatro pessoas na aeronave”, completou.

Por isso, o apicultor deve ser uma das testemunhas que serão ouvidas pelo Cenipa, que produz o laudo da perícia.

* Com informações de Ellen Santos, do Tarobanews