cocaína pf incineração

Quase seis toneladas de cocaína são incineradas pela PF no PR

A Polícia Federal (PF) realizou nesta manhã (07)  uma de suas maiores incinerações de drogas dos últimos anos. Quase seis toneladas de cocaína deixaram de existir. Se contar com outra operação desse tipo, realizada em junho, foram mais de nove toneladas de cocaína incineradas em praticamente dois meses.

As drogas foram apreendidas nas ações e operações realizadas pela PF e demais forças de segurança, federal e estadual, em Curitiba, região metropolitana e Paranaguá, todas no Paraná.

Toda a operação, realizada na região metropolitana de Curitiba, foi acompanhada por um forte esquema de segurança.

Também foram destruídos diversos pacotes de correspondência com drogas, relativos a apreensões da PF nos Correios, além de medicamentos contrabandeados.

Por fim, o evento contou com a participação de autoridades federais e estaduais.

COCAÍNA

Em junho, a PF realizou outra incineração da droga. Na ocasião, foram  3,6 toneladas. O evento ocorreu no mesmo local, que conta com forno de grande porte adequado para este tipo de operação.

 

cocaína prf pf

500 kg de cocaína são apreendidos no Paraná

Cerca de 500 quilos de cocaína foram apreendidos pela Polícia Federal (PF) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) na noite desta quarta-feira (24).

A ação aconteceu Balsa Nova, região metropolitana de Curitiba. Além disso, a droga teria a cidade de Paranaguá, no litoral, como destino. Vale ressaltar que a cidade é conhecida por seu Porto, um dos maiores do país.

As equipes da PF e PRF abordaram um caminhão-tanque em São Luiz do Purunã, distrito de Balsa Nova, com placas do estado de Pernambuco.

Além da solicitação pelos documentos, o motorista de 37 anos também foi questionado sobre a origem e destino da mercadoria.

No entanto, no momento da vistoria, foi verificado que o compartimento de carga estava vazia. Com pegadas no interior e uma vistoria mais minuciosa, toda a cocaína acabou sendo encontrada.

O homem foi preso em flagrante e encaminhado até a Delegacia da Polícia Federal, em Curitiba, com o veículo e o entorpecente.

Por fim, ele permanece à disposição da Justiça e poderá responder por tráfico internacional de drogas. Caso seja condenado, a pena pode chegar a 15 anos de reclusão.

Quase uma tonelada de maconha é apreendida em fundo falso de caminhão-tanque

A Polícia Federal apreendeu nesta sexta-feira (28), em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, quase uma tonelada de maconha.

Segundo a polícia, a droga foi encontrada no fundo falso de um caminhão-tanque, que estava no bairro Parque Presidente, estacionado em uma oficina.

Os policiais foram até o local após receberem uma denúncia anônima. De acordo com o dono da oficina, o motorista deixou a carreta de manhã e disse que voltaria à tarde.

O caminhão tem placas do Paraguai.

Ninguém foi preso.

 

cocaína apreensão porto paranaguá rotterdam holanda foto divulgação rfpr

Meia tonelada de cocaína é apreendida no Porto de Paranaguá

A Receita Federal no Paraná (RF-PR) apreendeu 562 kg de cocaína nesta quarta-feira (26) no Porto de Paranaguá, no litoral do Paraná. A droga estava escondida dentro de um contêiner que tinha como destino o Porto de Rotterdam, na Holanda.

“A cocaína estava escondida dentro de um carregamento de amendoim. A carga era lícita e a empresa, aparentemente, não tinha envolvimento com o esquema”, explicou o auditor fiscal Carlos Samways.

A Polícia Federal (PF) deve investigar o grupo por trás do envio da carga para a Europa.

A droga foi descoberta pela Receita Federal durante uma operação preventiva com o uso de scanners. Contêineres com destino à Bélgica e Holanda foram inspecionados de forma mais minuciosa. Os dois países são a principal “porta de entrada” da cocaína no continente europeu.

Ninguém foi preso.

 

 

 

fuzil_munição_apreensão_rio_de_janeiro_paraná

Arsenal destinado ao Rio de Janeiro é interceptado no Paraná

Um arsenal de armas e munições que seria levado ao Rio de Janeiro foi apreendido nesta sexta-feira (31) na BR-369, em Ubiratã, no centro-oeste do Paraná. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontrou um fuzil, 16 pistolas e 5.701 munições (a maior parte para fuzis).

O material foi encontrado no fundo falso de uma caminhonete, entre o assoalho do porta-malas e o tanque de combustível. O motorista – um homem de 56 anos – foi preso em flagrante por tráfico internacional de armas de fogo.

O arsenal veio do Paraguai e tinha como destino o município de São Gonçalo (RJ), possivelmente para reforçar o poder de fogo do crime organizado.

O motorista da caminhonete, preso em flagrante, foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Federal (PF) de Cascavel, no oeste do Paraná.

ARMAS E MUNIÇÕES

O fuzil apreendido é de calibre 556 de fabricação alemã. Entre as pistolas, 14 são de calibre 9mm e duas .40, fabricadas nos Estados Unidos, na Turquia e na Argentina.

Entre a munição apreendida a PRF encontrou cerca de 2,9 mil cartuchos para fuzil calibre 556 e outros 350 projéteis para calibre 762.

PRF prende homem com 205 kg de maconha no oeste do estado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 205 quilos de maconha na noite desta sexta-feira (19) em Terra Roxa, na região oeste do Paraná.

A droga era transportada em caminhonete. Uma equipe da PRF fiscalizava manobras de ultrapassagem na BR-272, quando desconfiou do veículo e resolveu abordá-lo.

Nervoso, o motorista, de 25 anos de idade, não tinha carteira de habilitação. Ao vistoriar o compartimento de carga, os agentes da PRF encontraram os tabletes de maconha, encobertos sob algumas redes de descanso.

O homem preso em flagrante disse que pegou a caminhonete em Guaíra (PR) e que pretendia levar a carga ilícita até São Paulo (SP). O crime de tráfico de drogas tem pena de cinco a 15 anos de prisão.

*Com informações PRF

Mais de R$ 14 milhões em pedras preciosas são apreendidas no aeroporto de Foz do Iguaçu

A Polícia Federal investiga a origem e o destino de mais de R$ 14 milhões em rubis, apreendidos no aeroporto de Foz do Iguaçu, oeste do Paraná. As pedras foram encontradas com dois homens, que viajariam para Guarulhos – SP. Segundo eles, os sete quilos e meio de rubis seriam negociados em Portugal. A dupla foi pega quando as bagagens passaram pelo scanner da Receita Federal. Os dois homens são de Cascavel, também no oeste, e declararam R$ 81 mil em pedras.

No entanto, um especialista fez a análise do material e atestou que são rubis avaliados em R$ 14 milhões. A lei diz que é crime de usurpação produzir bens ou explorar matéria-prima da União, sem autorização legal. Os homens terão que apresentar provas sobre a legalidade da extração do minério. Caso contrário, podem ficar presos por até cinco anos, além da obrigatoriedade de multa.

Mais de uma tonelada de cocaína é apreendida no Porto de Paranaguá

A Receita Federal apreendeu 1.097 quilos de cloridrato de cocaína no Porto de Paranaguá, no litoral do Paraná, na manhã desta sexta-feira (28).

De acordo com a Alfândega da RF, a droga teria como destino o porto de Rotterdam, na Holanda.

Dois containers suspeitos, da mesma empresa que havia sido fiscalizada na sexta-feira (25), ficaram agendados para fiscalização nesta segunda-feira. A suspeita se confirmou, sendo que a droga estava escondida em meio à carga de madeira em pallets.

Essa é a terceira apreensão do ano de 2019 no Porto de Paranaguá. A primeira aconteceu no dia 4 de janeiro quando 760 quilos foram apreendidos em meio a uma carga de frangos congelados. Com as apreensões de sexta-feira e de hoje, o total de cocaína apreendida neste ano ultrapassa 2.960 quilos só no Porto de Paranaguá.

A droga será encaminhada para a Polícia Federal em Curitiba para o prosseguimento das investigações.

PRF apreende 2,7 toneladas de maconha no fim de semana no Paraná

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 2.726 quilos de maconha entre sábado (22) e domingo (23) no Paraná.

Foram registradas ao todo dez ocorrências de apreensões da droga no período.

A maior apreensão ocorreu em Medianeira, na região oeste do estado. Uma carreta que transportava farinha de trigo caiu em uma ribanceira, às margens da BR-277, na manhã de sábado. Houve um princípio de incêndio, que logo foi controlado.

Em meio à carga de farinha havia 1.575 quilos de maconha e 40 quilos de haxixe. O motorista fugiu, mas já foi identificado pela PRF. Ele responderá pelos crimes de tráfico de drogas e fuga de local de acidente.

Também na manhã de sábado, outros 522 quilos de maconha foram apreendidos por policiais rodoviários federais em Quatro Pontes, município do oeste do Paraná.

A droga estava dentro de um Audi A5. Com placas clonadas, o carro foi abandonado pelo motorista após ter sido seguido por uma equipe da PRF por vários quilômetros, na BR-163. O homem ainda não foi localizado.

Os tabletes estavam embalados em papéis de presente com as expressões em inglês “best wishes” (melhores desejos) e “for you” (para você).

Ainda no sábado, a PRF apreendeu 310 quilos de maconha na BR-163, em Lindoeste. A droga estava dentro de um Honda Civic que portava placas falsas e havia sido roubado no último mês de agosto, no Rio de Janeiro (RJ)

Na noite de domingo (23), um adolescente de 16 anos foi apreendido com 56 quilos de maconha escondidos dentro de tábuas de passar roupa. Ele era passageiro de um ônibus abordado pela PRF em Santa Terezinha de Itaipu, na BR-277.

O veículo fazia a linha entre Foz do Iguaçu (PR) e São Paulo (SP). Os agentes da PRF desconfiaram do peso excessivo do volume que continha as tábuas, e resolveram abri-lo.

Desde o início de janeiro, a Polícia Rodoviária Federal já apreendeu mais de 40 toneladas de maconha no Paraná. O balanço completo das apreensões de drogas feitas pela PRF no estado ao longo de 2018 será divulgado no próximo dia 8 de janeiro.

Receita apreende mais de 300 quilos de cocaína no Porto de Paranaguá

A Alfândega da Receita Federal apreendeu 305 quilos de no Porto de Paranaguá, no litoral do Paraná, na noite de quinta-feira (27).

Segundo a Receita, a droga estava no Terminal de Contêineres do Porto. Duas pessoas foram presas suspeitas de envolvimento no crime.

A droga foi encontrada depois que a equipe do terminal, que trabalhava no pátio naquele momento, identificou movimentos suspeitos próximos a pilhas de contêineres, que seguiriam para Barcelona, na Espanha.

Os funcionários acionaram as equipes da Receita Federal e Polícia Federal que realizaram buscas para localizar possíveis contêineres contaminados e envolvidos com alguma situação ilícita.

A Alfândega da Receita Federal no Porto de Paranaguá já contabiliza 4.216 kg de cocaína apreendidos somente em 2018.