esportivo, carro, luxo, cosméticos, prf, empreendido

Carro esportivo e de luxo é apreendido pela polícia lotado de cosméticos no PR

PRF (Polícia Rodoviária Federal) no Paraná apreendeu na noite deste sábado (23), na BR 277, um carro esportivo de luxo que transportava centenas de cosméticos de maneira ilegal.

A abordagem foi feita na cidade de Céu Azul, região Oeste do Paraná, quando o carro, um  Nissan 370Z de placas paraguaias, seguia em direção à cidade de cascavel.

carro luxo, cosméticos, paraguai, cascavel, nissaDivulgação/PRF

À polícia, o motorista brasileiro de 41 anos, disse que saiu de Foz do Iguaçu, fronteira com o Paraguai, em direção à cidade de Cascavel, destino final da carga ilícita. A PRF encaminhou o homem e o carro para a unidade da Receita Federal em Cascavel, onde será feita a contabilização dos itens apreendidos.

Ele responderá pelo crime de descaminho (importar produtos sem pagar os respectivos impostos).

 

 

carro capotado, maconha, droga, apreensão, pm-pr, pm, paraná, curitiba, campo largo

Mais de 100 kg de maconha são encontrados dentro de carro capotado na Grande Curitiba

Um carro capotado em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba, foi abandonado pelo motorista com mais de 100 kg de maconha. De acordo com a PM-PR (Polícia Militar do Paraná), não havia sinais do suspeito.

Conforme a PM, o veículo abandonado foi encontrado nesta sexta-feira (15), no bairro Bateias. Ninguém foi preso.

Ainda de acordo com a Polícia Militar do Paraná, o carro capotado chegou ao conhecimento da instituição por meio de denúncias anônimas.

No entanto, ao chegarem no local, os militares se depararam com o suspeito já em fuga. O veículo capotado era roubado e circulava com placas clonadas.

Ao todo, foram retirados 102 kg de maconha.

paraná, cigarros, cigarros contrabandeados do Paraguai, apreensão, caminhão

Motoristas fogem da polícia e deixam pra trás R$ 3,5 milhões em cigarros contrabandeados

Uma ação policial no Paraná terminou com dois caminhões e cerca de 650 mil carteiras de cigarros contrabandeados do Paraguai apreendidos. Ninguém foi preso. O valor da carga foi estimado em R$ 3,5 milhões, conforme a polícia.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), as ações aconteceram neste final de semana, na BR-277, em Prudentópolis, no centro-sul do Paraná.

Em uma primeira abordagem, um motorista de caminhão ignorou as ordens de parada e fugiu. Mais à frente, ele abandonou o veículo e continuou a correu a pé pelas margens da rodovia.

A cerca de 30 quilômetros dessa região, onde a PRF fazia rondas para encontrar o primeiro suspeito, outro caminhão foi encontrado abandonado.

No primeiro veículo foram encontradas cerca de 250 mil carteiras de cigarros contrabandeados do Paraguai. No segundo, mais 450 mil. A carga avaliada em R$ 3,5 milhões foi apreendida, mas ninguém foi preso.

O caso foi repassado para a polícia de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná.

paraná, celulares, smartphones, sem nota fiscal, celulares contrabandeados, contrabando, prf, receita federal, bpfrom, apreensão, paraná, fronteira, paraguai, ônibus

Ônibus é apreendido no Paraná com R$ 4 milhões em celulares contrabandeados

Três homens foram presos em Santa Terezinha de Itaipu, na região oeste do Paraná, suspeitos de operarem o contrabando de celulares. A carga ilícita estava escondida em fundos falsos de um ônibus. De acordo com a Receita Federal, os equipamentos eletrônicos sem nota fiscal estão avaliados em R$ 4 milhões.

De acordo com a Receita Federal, a apreensão aconteceu durante uma fiscalização de rotina na BR-277. A ação teve o apoio da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e do BPFron (Batalhão de Polícia de Fronteira da PM do Paraná).

O ônibus foi abordado na noite desta sexta-feira (8). O veículo suspeito foi levado até Porto Seco, em Foz do Iguaçu, na fronteira com o Paraguai. Lá, o ônibus passou pelo scanner, que acusou vários fundos falsos espalhados pelo automóvel.

Foram presos dois motoristas e um guia de viagens, mas os passageiros do ônibus foram liberados. Um dos motoristas era, também, o dono do veículo. Ele afirmou aos agentes que sabia da existência dos fundos falsos e assumiu ser o dono da carga de celulares contrabandeados.

De acordo com a Receita Federal no Paraná, uma inspeção minuciosa encontrou centenas de smartphones escondidos entre os eixos dianteiros e traseiros. Além disso, outros celulares estavam guardados atrás da cabine do motorista. Todos os equipamentos eletrônicos estavam embalados e guardados em caixas.

Os suspeitos devem ser indiciados por contrabando.

maconha prf paraná

Homem tenta fugir pela contramão da BR-272, mas é preso com 187 kg de maconha

Um homem foi preso na manhã desta sexta-feira (25), em Guaíra, no oeste do Paraná. Ele estava com 187 quilos de maconha na BR-272 e tentou fugir pela contramão da rodovia.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o rapaz de 25 anos estava em um Volkswsagen Golf e recebeu ordem de parada por volta das 7h30. Ele se negou e começou a fugir, em alta velocidade.

Contudo, ele acabou sendo alcançado pelos policiais rodoviários e terminou preso em flagrante nas imediações da Vila Eletrosul. Tanto o homem quanto a maconha foram encaminhados à Delegacia da Polícia Civil de Guaíra.

À disposição da Justiça, o homem responderá por tráfico e direção perigosa. Caso seja condenado, pode pegar de cinco a 15 anos de prisão.

caminhão cigarros paraná

Caminhão tomba e 500 mil carteiras de cigarro são apreendidas no Paraná

Um caminhão tombou na BR-369, em Jataizinho, na Região Metropolitana de Londrina, no norte do Paraná, na manhã desta quinta-feira (24).

O acidente aconteceu por volta das 6h40, na alça de acesso à cidade de Assaí. A PRF (Polícia Rodoviária Federal) chegou ao local pouco tempo depois e se deparou com 500 mil carteiras de cigarro contrabandeadas do Paraguai.

Segundo a PRF, a carga tem um valor estimado em R$ 2,5 milhões.

Carteiras de cigarro ficaram espalhadas na BR-369. (Divulgação / PRF)

Apesar da apreensão, os policiais rodoviários não conseguiram prender o motorista do caminhão.

O condutor fugiu antes da chegada da PRF e não foi encontrado nas buscas feitas no resto desta manhã.

Por fim, o cigarro acabaram sendo encaminhados à Receita Federal de Londrina.

helicóptero, aeronove, apreendido, apreensão, receita federal, hangar, bacacheri, curitiba, paraná

Helicóptero avaliado em R$ 23 milhões é apreendido pela Receita Federal no Paraná

Um helicóptero avaliado em mais de R$ 23 milhões foi apreendido pela Receita Federal no aeroporto do bairro Bacacheri, em Curitiba. A aeronave, da fabricante Agusta, estava no hangar de uma empresa para manutenção quando as equipes da Receita no Paraná fizeram a apreensão, decretada pela alfândega do aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP).

Segundo a Receita Federal, o helicóptero fabricado na Itália teria entrado no Brasil de maneira irregular – sem o devido pagamento de impostos.

“A aeronova foi apreendida no momento em que fazia manutenção no hangar do aeroporto do Bacacheri. A pena de perdimento foi aplicada pela Alfândega de Viracopos”, relatou o analista tributário Alessandro Quinteiro.

O helicóptero apreendido vai ficar retido no hangar da Receita Federal no aeroporto do Bacacheri, em Curitiba. O processo já conta com três mil páginas. As informações devem ser repassadas ao Ministério Público Federal.

O dono do helicóptero – que não teve a identidade divulgada, ainda pode recorrer. A Receita se limitou a dizer que ele “burlou” o pagamento de impostos. A Justiça agora deve decidir qual será o destino da aeronave.

agrotóxicos, agrotóxico, defensivo agrícola, apreensão, perseguição, pf, polícia federal, prf, polícia rodoviária federal, exército brasileiro, guaíra, umuarama, paraná, br-272

Após perseguição, homem é preso com meia tonelada de agrotóxicos no PR

Um homem de 29 anos foi preso em flagrante com meia tonelada de agrotóxicos contrabandeados, nesta sexta-feira (4), na região de Guaíra, no oeste do Paraná. A apreensão aconteceu na BR-272, próximo à fronteira com o Paraguai, após uma intensa perseguição. A carga foi avaliada em R$ 500 mil.

Participaram da ação agentes da PF (Polícia Federal), PRF (Polícia Rodoviária Federal) e Exército brasileiro. De acordo com as forças de segurança, os agrotóxicos eram transportados em uma caminhonete equipada com uma sistema ilegal de fumaça, usado para despistar perseguidores.

Conforme a PRF, a perseguição começou nesta manhã, no momento em que o motorista seguia na BR-272 sentido Umuarama (PR). O homem que transportava os agrotóxicos desobedeceu uma ordem de parada e fugiu. No entanto, ao fazer o retorno sobre a pista, o suspeito foi cercado e acabou retomando o sentido inicial da fuga.

Durante a fuga, o suspeito de contrabando de agrotóxicos chegou a usar o equipamento de fumaça, mas os agentes não perderam o contato visual. No momento em que uma viatura tentou abordá-lo, o motorista da caminhonete acelerou o veículo na direção da equipe.

Foi então que os policiais rodoviários federais atiraram contra os pneus. Por fim, o carro foi imobilizado. O condutor até tentou continuar a fuga a pé, mas logo foi detido.

VÍDEO: AGROTÓXICOS APREENDIDOS NA BR-272, NO PARANÁ:

As forças de segurança constataram que o carro usado pelo suspeito era blindado. No veículo, além de meia tonelada de agrotóxicos contrabandeados, também foi encontrado um rádio comunicador.

O caso será investigado pela PF de Guaíra, no oeste do Paraná. O homem de 29 anos será indiciado por contrabando, direção perigosa, desobediência e atividade clandestina de telecomunicação. Os agrotóxicos apreendidos foram levados até a delegacia para a devida destinação.

VÍDEO: Animais silvestres são apreendidos no Paraná

Alguns animais silvestres vinham sendo mantidos em cativeiro, numa chácara em Balsa Nova, na Região Metropolitana da de Curitiba.

Dez papagaios e duas tartarugas foram apreendidos na última quarta-feira (18), durante uma operação da polícia.

A  PCPR (Polícia Civil do Paraná) informou que dos papagaios apreendidos,  dois são da espécie “baitaca” e oito da “peito-roxo“, animais que estão ameaçados de extinção.

Primavera começa com tempo mais seco no Paraná; veja a previsão

As tartarugas são da espécie “tartarugas tigre-d’água” e são consideradas animais silvestres.

Divulgação/PCPR

Uma mulher foi presa em flagrante. Ela era responsável pelos animais, mas não possuía qualquer documento que a autorizasse a tutela dos bichos.

Se condenada, poderá pegar até 1 ano de prisão.

Todos os  animais foram recolhidos e encaminhados ao IAP (Instituto Ambiental do Paraná).

apreensão maconha segunda maior do ano paraná santa terezinha de itaipu prf

PRF faz a segunda maior apreensão de maconha do ano no PR; VÍDEOS

Quase duas toneladas de maconha foram apreendidas neste domingo (15), em Santa Terezinha de Itaipu, no oeste do Paraná. A droga estava sendo transportada em um caminhão-tanque dirigido por um homem paraguaio, que fugiu durante a abordagem da polícia e não foi mais encontrado.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), a pesagem da droga foi concluída nesta segunda-feira (16), totalizando 1.993,9 kg. A apreensão foi a segunda maior do ano em rodovias federais, atrás apenas das 4,6 toneladas de maconha apreendidas em Céu Azul, no último dia 8.

No caso deste domingo (16), no oeste paranaense, a droga foi encontrada escondida dentro de um caminhão-tanque. Os agentes precisaram usar ferramentas específicas para acessar o compartimento secreto onde a maconha estava escondida.

Durante a abordagem, o homem de 42 anos disse aos policiais rodoviários que estava com o semirreboque vazio. O paraguaio alegou que que iria até Araucária, na região metropolitana de Curitiba, para carregar o caminhão com asfalto. A história não convenceu os agentes da PRF, que fizeram uma inspeção no tanque. No local, fardos suspeitos foram encontrados.

No momento em que acontecia a vistoria, uma caminhonete de apoio ao suspeito passou pelo ponto da abordagem. O paraguaio conseguiu fugir e o veículo foi encontrado alguns quilômetros à frente, abandonado. O caso foi repassado à Polícia Federal de Foz do Iguaçu, na região de fronteira com o Paraguai. A droga e os veículos apreendidos foram encaminhados até a delegacia do município.