premiação copa do brasil athletico final

Caso vença a Copa do Brasil, Athletico-PR vai lucrar R$ 85 milhões em premiações neste ano

O Athletico-PR pode embolsar mais de R$ 85 milhões de premiação no ano caso conquiste a Copa do Brasil. O torneio é o mais lucrativo do país: serão R$ 52 milhões para o campeão e R$ 21 milhões ao vice. O primeiro jogo da final contra o Internacional acontece nesta quarta-feira (11), às 21h30, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Até agora, são R$ 33,32 milhões de premiação conquistados. Com o segundo lugar na Copa do Brasil, o valor chega aos R$ 54,32 milhões. Entretanto, com a taça inédita, o clube embolsará R$ 85,32 milhões.

O Furacão é o clube da Série A que disputou mais competições neste ano. Além do Brasileirão e do Estadual, o time rubro-negro ainda participou da Libertadores, da Levain Cup (antiga Copa Suruga) e da Recopa Sul-Americana.

Confira a premiação lucrada pelo Athletico por competição: 

  • Libertadores – R$ 16,03 milhões
  • Recopa – R$ 1,38 milhão
  • Levain Cup – R$ 3,56 milhões
  • Copa do Brasil – R$ 12,35 milhões (até a final)

Vale lembrar que o Campeonato Brasileiro premia os clubes por posição. Hoje, o Athletico é o nono colocado. Se terminar nessa posição, o clube vai faturar mais R$ 19,8 milhões.

Athletico é o atual “Rei dos pênaltis” do Campeonato Brasileiro

Com a classificação nas penalidades contra o Grêmio pelas semifinais da Copa do Brasil, o Athletico Paranaense continua a ostentar um recorde entre os 20 times da Série A do Campeonato Brasileiro. O de “Rei dos pênaltis“.

Desde 15 de março de 2018, quando o Athletico Paranaense venceu o Ceará pela terceira rodada da Copa do Brasil, a equipe engatou uma sequência de sete decisões com vitórias nas penalidades.

Na Série A do Campeonato Brasileiro, as equipes que registram as séries com mais vitórias após o Athletico Paranaense são o Corinthians com três e o Avaí e o CSA com dois truinfos.

A última derrota do Athletico Paranaense em uma disputa de pênaltis foi contra o Rio Branco pelas semifinais da Taça Dionísio Filho. Na ocasião, a equipe de aspirantes empatou o jogo em zero a zero no tempo normal e foi derrotada por 6 a 5 nas penalidades.

Do elenco atual do Athletico Paranaense, estiveram em campo contra o Rio Branco o goleiro Santos e os meias Bruno Guimarães e Vitinho.

Santos, inclusive, tem sido protagonista nessa série. Presente em quatro partidas, o goleiro defendeu quatro pênaltis em três jogos. Apenas na final da Copa Sul Americana de 2018 contra o Junior Barranquilla o arqueiro passou em branco.

O goleiro brilhou contra o Bahia nas quartas de final da Copa Sul-Americana de 2018, nas quartas de final da Copa do Brasil deste ano contra o Flamengo e no duelo contra o Grêmio pelas semifinais da Copa do Brasil na última quarta-feira (4).

Confira abaixo a sequência vitoriosa do Athletico Paranaense em decisões por pênaltis:

15/03/2018 – Ceará 1 x 1 Athletico Paranaense (5 a 6 nos pênaltis) – Terceira rodada da Copa do Brasil 2018

31/10/2018 – Athletico Paranaense 0 x 1 Bahia (4 a 1 nos pênaltis) – Quartas de final da Copa Sul Americana 2018

12/12/2018 – Athletico Paranaense 1 x 1 Junior Barranquilla (4 a 3 nos pênaltis) – Final da Copa Sul Americana 2018

10/04/2019 – Athletico Paranaense 1 x 1 Coritiba (7 a 6 nos pênaltis) – Final da Taça Dirceu Krüger do

Campeonato Paranaense 2019

21/04/2019 – Athletico Paranaense 1 x 0 Toledo (6 a 5 nos pênaltis) – Final do Campeonato Paranaense 2019

17/07/2019 – Flamengo 1 x 1 Athletico Paranaense (1 a 3 nos pênaltis) – Quartas de final da Copa do Brasil 2019

04/09/2019 – Athletico Paranaense 2 x 0 Grêmio (5 a 4 nos pênaltis) – Semifinal da Copa do Brasil 2019