Matheus Salles - Couto Pereira - Coritiba - Athletico Paranaense

Coritiba goleia Athletico Paranaense e fecha primeira fase do Paranaense como líder

Com um primeiro tempo arrasador, o Coritiba venceu o Athletico Paranaense por 4 a 0 na tarde deste domingo (15), encerrando a primeira fase do Campeonato Paranaense como líder.

Igor Jesus, Sabino, Matheus Salles (500° gol do Coritiba em Athletibas) e Rhodolfo marcaram os gols da vitória do Coritiba.

O duelo foi realizado em um Couto Pereira sem torcedores, após decisão da FPF (Federação Paranaense de Futebol) devido a pandemia de coronavírus. Esse foi o primeiro Athletiba disputado sem a presença de público.

O Coritiba irá encarar um novo clássico nas quartas de final do Paranaense, encontrando o Paraná Clube. No primeiro turno, a equipe alviverde venceu o rival por 1 a 0, em duelo realizado na Vila Capanema.

Já o Athletico terá pela frente o Londrina, equipe que venceu por 4 a 1 na Arena da Baixada na terceira rodada do Paranaense.

FC Cascavel contra Rio Branco e Operário contra o Cianorte fecham os confrontos das quartas de final do Campeonato Paranaense. PSTC e União Beltrão foram rebaixados.

NO AGUARDO DA FPF

A CBF confirmou neste domingo que irá paralisar todas as suas competições por tempo indeterminado, como forma de tentar evitar a concentração de pessoas e assim diminuir o contágio do coronavírus.

Mas a CBF deixou a cargo das federações estaduais a escolha da manutenção dos jogos. A tendência é que nesta segunda-feira (16) a FPF se reúna com os clubes e defina se o Paranaense será paralisado.

SEM PÚBLICO, MAS COM GOLEADA

Couto Pereira - Coritiba - Athletico Paranaense
Couto Pereira sem torcedores para evitar aglomeração e o contágio do coronavírus. (Geraldo Bubniak/AGB)

O Athletico Paranaense iniciou melhor a partida e criou duas boas chances no primeiros seis minutos. Alex Muralha evitou por duas vezes o gol aos cinco minutos, quando Khellven chutou de primeira na área e o goleiro espalmou, espalmando também a finalização de rebote de Reinaldo.

Já aos seis minutos, Reinaldo invadiu a área pela esquerda e finalizou firme, mas Alex Muralha conseguiu desviar a bola que ainda resvalou no travessão.

Mas aos dez minutos, Igor Jesus abriu o placar no Couto Pereira. Sabino lançou o atacante do campo de defesa, a dupla de zagueiros do Athletico não conseguiu fazer o corte e Igor finalizou rasteiro e Gabriel aceitou o chute.

Aos 19 minutos, Gabriel espalmou finalização de Igor Jesus. Na cobrança de escanteio, Rafinha cobrou no meio da área e Sabino testou firme para o chão e o goleiro novamente aceitou a finalização.

Ainda deu tempo de Matheus Salles marcar um belo gol aos 45 minutos. O volante recebeu na entrada da área e pegou muito forte na bola, sem dar chance para Gabriel.

O Coritiba seguiu comandando as ações na segunda etapa e Thiago Lopes quase fez um gol sem querer aos 11 minutos. Após lançamento da defesa, a bola acertou a chuteira do meia e foi em direção ao gol, mas Gabriel conseguiu defender em dois tempos.

Aos 15 minutos, foi a vez de Rafinha criar chance de perigo. O meia avançou pelo centro e da entrada da área e finalizou cruzado, com a bola passando rente do poste esquerdo.

Só que ainda faltava a “lei do ex” ser cumprida no Couto Pereira. Em seu primeiro Atletiba como jogador do Coritiba, Rhodolfo aproveitou rebote de uma cabeçada de Sabino na área e finalizou quase dentro do gol.

Athletiba do próximo domingo será realizado com portões fechados no Couto Pereira

FPF confirma Athletiba com portões fechados no Couto Pereira

Atendendo recomendação do Ministério da Saúde em não realizar eventos de massa devido a pandemia de coronavírus, a FPF (Federação Paranaense de Futebol) confirmou nesta sexta-feira (13) que o clássico entre Coritiba e Athletico Paranaense será realizado com portões fechados no Couto Pereira neste domingo (15).

Além do Athletiba, todas as outras partidas da 11ª rodada do Campeonato Paranaense também serão realizados com os portões fechados.

Em pronunciamento assinado pelo presidente da FPF, Hélio Pereira Cury, a Federação pontuou que a saúde das pessoas envolvidas e o combate ao risco de propagação da doença são os fatores que devem ser levados em consideração.

Mais cedo nesta sexta-feira (13), o Athletico Paranaense já havia se posicionado contra a realização da partida. Em nota, a equipe afirmou que lamentava a manutenção da partida com portões abertos e que recomendava aos torcedores athleticanos que não comparecessem ao Couto Pereira.

Além disso, o Athletico se colocou a disposição para devolver o dinheiro aos torcedores que já haviam comprado ingressos para o clássico. Neste sábado (14) o atendimento será realizado das 10h às 18h.

O Coritiba confirmou que o reembolso para os torcedores que já compraram as entradas será feito neste sábado, das 10h às 17h, na bilheteria do Couto Pereira. Caso os ingressos tenham sido comprados pela internet é possível pedir o cancelamento e o estorno pelo site ingressos.coritiba.com.br.

O Athletiba deste domingo provavelmente irá decidir o líder da primeira fase do Paranaense, que terá vantagem do mando de campo durante as fases mata-mata da competição.

Pablo Mouche - Jandrei - Colo Colo - Athletico Paranaense - Copa Libertadores

Athletico toma gol cedo e é derrotado pelo Colo Colo na Libertadores

Após ter as redes balançadas aos dez minutos de jogo, o Athletico Paranaense não superou a retranca do Colo Colo e foi derrotado por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (11), perdendo sua invencibilidade na Copa Libertadores da América.

O duelo foi realizado na Estádio Monumental David Arellano, em Santiago, no Chile.

O Athletico está no Grupo C da Copa Libertadores, que além do Colo Colo também conta com Peñarol e o Jorge Wilsterman. Ambas as equipes também se enfrentaram nesta quarta-feira e os uruguaios venceram por 1 a 0.

O Colo Colo está sendo treinado de forma interina por Mario Salas, sendo que o ex-técnico do Atlético Mineiro, Rafael Dudamel é o favorito para assumir o cargo.

Antes da terceira rodada, todas as quatro equipes da chave venceram uma partida e estão empatadas na liderança com três pontos ganhos.

ATHLETIBA MISTO 

Devido ao duelo contra o Jorge Wilsterman na Bolívia na próxima terça-feira (17), o Athletico irá enfrentar o Coritiba com time misto neste domingo (15).

O Athletiba será disputado no Couto Pereira e será válido pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paranaense.

Se os aspirantes do Athletico segurarem um empate contra o Coritiba, a equipe irá terminar como líder da primeira fase do Paranaense e com boas chances de encarar o Paraná Clube nas quartas de final.

FALTOU PONTARIA

Pablo Mouche - Robson Bambu - Colo Colo - Athletico Paranaense - Copa Libertadores
Robson Bambu teve atuação ruim, com dois erros que por pouco não terminaram em gols do Colo Colo. (Reprodução/Twitter Colo Colo)

O Colo Colo abriu o placar logo aos dez minutos de jogo. Bolados fez bom avanço pela direita e cruzou na medida para Pablo Mouche escorar para o fundo das redes.

Thiago Heleno ficou perto duas vezes de empatar o jogo. Primeiro aos 21 minutos, Adriano bateu escanteio da direita e o zagueiro cabeceou firme para Cortés espalmar por cima da meta. Em novo escanteio de Adriano, Thiago Heleno mais uma vez ganhou pelo alto e escorou perto do poste esquerdo.

Ainda de tempo de Bissoli perder boa chance para o empate. Adriano lançou Carlos Eduardo na esquerda e o meia cruzou na medida para o atacante, que finalizou de primeira ao lado do poste direito.

Jandrei salvou o Athletico aos 17 minutos do segundo tempo. Após erro de Robson Bambu, Leonardo Valencia lançou Blandi na área, mas o goleiro foi ágil na saída e conseguiu fazer o corte.

Robson Bambu errou novamente aos 21 minutos, deixando a bola nos pés de Leonardo Valencia. O meia arriscou o chute da entrada da área e a bola passou perto do poste esquerdo.

Léo Cittadini perdeu grande chance para empatar a partida aos 38 minutos. Nikão deu passe de ombro e o volante invadiu a área, mas o chute cruzado passou à esquerda da meta.

Jandrei salvou mais uma vez o Athletico aos 45 minutos. Leonardo Valencia encontrou Mouche na área e o argentino finalizou firme, mas o goleiro bem colocado espalmou.

O Athletico ainda conseguiu criar uma última chance. Nikão cobrou escanteio da direita e Thiago Heleno escorou no primeiro poste e Vitinho chegou atrasado para concluir para a meta vazia.

Após o final do jogo, Jandrei deu um chute na bola no meio de campo e a bola quase acertou a orelha do árbitro, que expulsou de forma direta o goleiro.

athletico-pr colo-colo libertadores onde assistir

Athletico-PR divulga escalação para o jogo da Libertadores contra o Colo-Colo; onde assistir

Athletico-PR encara o Colo-Colo nesta quarta-feira (11), às 19h15, pela segunda rodada do Grupo C da Libertadores. Confira a escalação do Furacão e onde assistir!

O duelo será realizado no estádio Monumental de Santiago, no Chile, e terá transmissão do Fox Sports.

FURACÃO SEM MUDANÇAS

O Athletico está definido com o mesmo time que derrotou o Peñarol por 1 a 0. Ou seja, os destaques são as manutenções do goleiro Jandrei e do atacante Guilherme Bissoli.

O primeiro tem vaga garantida enquanto o titular Santos segue com o joelho machucado. A tendência é que o goleiro perca toda a fase de grupos da Libertadores. Já no ataque, Bissoli foi o grande destaque da estreia rubro-negra. Ele marcou o golaço, de letra, que determinou o triunfo do Furacão e se mantém ao lado de Carlos Eduardo e Nikão.

Já na defesa, o lateral Jonathan segue no banco de reservas enquanto Khelven nem foi relacionado. Contudo, os dois ficam atrás de Adriano, ex-Barcelona, que segue com a titularidade. Por fim, no meio campo, Erick e Cittadini ganham mais uma oportunidade de atuar juntos.

Vale lembrar que o Athletico é o líder do Grupo C ao lado do Jorge Wilstermann, que enfrenta o Peñarol no mesmo horário. Ou seja, uma vitória contra o Colo-Colo abre seis pontos de vantagem sobre os chilenos e dá um passo importante rumo às oitavas de final da Libertadores.

COLO-COLO x ATHLETICO-PR

Segunda rodada do Grupo C da Libertadores.

Onde assistir: Fox Sports.

Colo-Colo: Cortés; Opazo, Barroso (Felipe Campos), Insaurralde e Suazo; Fuentes e Carmona; Bolados, Leonardo Valencia e Pablo Mouche; Nicolás Blandi. Técnico: Gualberto.

Athletico-PR: Jandrei; Adriano, Thiago Heleno, Bambu e Márcio Azevedo; Wellington, Erick e Léo Cittadini; Nikão e Carlos Eduardo; Bissoli. Técnico: Dorival Júnior.

Arbitragem: Nicolas Gallo será auxiliado por Alexander Guzman e Wilmar Navarro.

Athletico Paranaense - Rio Branco - Campeonato Paranaense

Athletico Paranaense vence Rio Branco com gol nos acréscimos e mantém liderança do Paranaense

Em duelo equilibrado, o Athletico Paranaense marcou com Christian nos acréscimos e bateu o Rio Branco por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (4), garantindo a manutenção da liderança do Campeonato Paranaense ao final da rodada.

O duelo que abriu a décima rodada do Campeonato Paranaense foi realizado na Arena da Baixada, em Curitiba, com 5840 torcedores presentes.

O Athletico chegou aos 22 pontos com a vitória e abriu quatro pontos para o Coritiba e cinco para o FC Cascavel, os principais postulantes a liderança ao final da primeira fase.

Já o Rio Branco ficou com 14 pontos e pode perder a sexta posição para o Cianorte, caso a equipe do norte pioneiro bata o Cascavel C.R. fora de casa neste final de semana.

TIME TITULAR SEM FOLGA

Enquanto a equipe de aspirantes segue na disputa do Campeonato Paranaense, o time titular comandado por Dorival Junior terá três semanas seguidas de jogo no meio de semana.

Após o duelo contra o Penãrol, o Athletico viaja para encarar o Colo Colo e o Jorge Wilsterman, recebendo os bolivianos no dia 21 de abril.

Antes disso, os aspirantes do Athletico encerram a primeira fase do estadual em duelo no Couto Pereira contra o Coritiba.

FALTOU O GOL

Dorival Junior comandou a equipe pela terceira vez neste Campeonato Paranaense. (Geraldo Bubniak/AGB)

A primeira chance de gol da partida foi do Rio Branco. Aos 14 minutos, Higor cruzou da esquerda e Romão cabeceou firme para bela defesa de Léo.

A mesma jogada funcionou para o Rio Branco aos 38 minutos. Dessa vez, Lito cruzou da direita e Romão cabeceou firme, mas no meio do gol para tranquila defesa de Léo.

O Athletico conseguiu responder com duas boas tramas organizadas por Fernando Canesin. Primeiro aos 42 minutos, o meia cruzou rasteiro para Pedrinho, que bateu torto para fora. Dois minutos depois, Canesin cruzou para Zé Ivaldo escorar por cima da meta.

A primeira finalização do segundo tempo foi do Athletico aos dois minutos. Cristian arriscou da intermediária e a bola foi direto para os braços de Dalton.

O goleiro do Rio Branco salvou a equipe aos 13 minutos. Jajá fez boa trama na direita e encontrou Pedrinho na área. O atacante finalizou firme e Dalton espalmou para escanteio.

O Athletico encontrou seu ritmo na segunda etapa e voltou a exigir Dalton em cobrança de falta da entrada da área. Marquinhos Gabriel chutou firme e o goleiro espalmou para o lado.

Lucho González teve chance claríssima para abrir o placar aos 43 minutos. Marquinhos Gabriel fez boa jogada na esquerda e cruzou rasteiro para o segundo poste. O volante apareceu sozinho, mas mandou a bola à direita da meta.

Só que aos 46 minutos, Christian garantiu a vitória do Athletico. Jajá fez boa jogada pela direita, finalizou em cima da marcação e a bola sobrou limpa o volante finalizar firme para o fundo das redes.

Bissoli - Athletico Paranaense - Peñarol - Copa Libertadores

Bissoli faz golaço e Athletico Paranaense derrota o Penãrol na Arena da Baixada

Contra uma forte retranca, o Athletico contou com um belo gol de Bissoli para bater o Peñarol por 1 a 0 na noite desta terça-feira (3), estreando com vitória na Copa Libertadores da América.

O duelo foi realizado na Arena da Baixada, em Curitiba.

O Athletico está no Grupo C da Copa Libertadores, que além do Peñarol também conta com o Jorge Wilsterman e o Colo Colo.

Em quatro jogos com a equipe titular na temporada, Dorival Junior soma agora duas vitórias, um empate e uma derrota.

TIME TITULAR SEM FOLGA

Enquanto a equipe de aspirantes segue na disputa do Campeonato Paranaense, o time titular comandado por Dorival Junior terá três semanas seguidas de jogo no meio de semana.

Após o duelo contra o Penãrol, o Athletico viaja para encarar o Colo Colo e o Jorge Wilsterman, recebendo os bolivianos no dia 21 de abril.

Antes disso, os aspirantes do Athletico encerram a primeira fase do estadual em duelo no Couto Pereira contra o Coritiba.

VITÓRIA SUADA

Carlos Eduardo - Athletico Paranaense - Peñarol - Copa Libertadores
Atacantes do Athletico sofreram com dura marcação do Peñarol durante toda a partida. (Geraldo Bubniak/AGB)

O duelo começou travado e a primeira chance de gol saiu apenas aos 28 minutos. Adriano cobrou escanteio da direita e Thiago Heleno escorou no poste direito.

O Athletico também criou a primeira chance de gol do segundo tempo. Nikão bateu escanteio no primeiro poste e Robson Bambu escorou no canto esquerdo, mas a zaga conseguiu desviar e mandar a bola para fora.

Carlos Eduardo criou boa jogada aos quatro minutos. O atacante avançou pela direita e chutou cruzado perto do poste esquerdo.

Dawson salvou o Peñarol duas vezes seguidas. Primeiro aos 12 minutos, Marcio Azevedo cruzou na área e o rebote sobrou para Erick emendar de primeira e o goleiro espalmar. Já aos 17 minutos, Bissoli ganhou pelo alto e cabeceou firme, mas Dawson foi buscar a bola.

Mas o Athletico conseguiu abrir o placar aos 30 minutos. Nikão faz bela jogada individual na direita e cruza rasteiro no primeiro poste. Bissoli se antecipa a marcação e de letra marca um belo gol na Arena da Baixada.

athletico-pr libertadores peñarol onde assistir escalação

Athletico-PR estreia na Libertadores contra o Peñarol; onde assistir e escalação

O Athletico Paranaense encara o Peñarol na largada da Libertadores 2020. O duelo, válido pela primeira rodada do Grupo C, acontece nesta terça-feira (3), às 21h30, na Arena da Baixada, em Curitiba. Confira onde assistir e a provável escalação!

O jogo do Athletico será transmitido com exclusividade pela Fox Sports. Além disso, vale lembrar que o Grupo C também conta com o Jorge Wilstermann, da Bolívia, e Colo-Colo, do Chile, que se enfrentam amanhã (4).

ESTREIAS EM LIBERTADORES

Dorival Júnior vai estrear na Libertadores com o Athletico. (Geraldo Bubniak/AGB)

Essa será a quarta participação do Athletico em Libertadores nos últimos 10 anos e a sexta em toda a sua história. Quando o Furacão jogou dentro da Arena da Baixada, conquistou uma vitória e uma derrota. Confira a retrospectiva:

  • Tolima 1 x 0 Athletico – 2019
  • Athletico 1 x 0 Millionarios – 2017
  • Sporting Cristal 2 x 1 Athletico – 2012
  • Independiente Medellin 2 x 2 Athletico – 2005
  • Athletico 1 x 2 Bolívar – 2002
  • Alianza Lima 0 x 3 Athletico – 2000

Além disso, o clube ainda receberá R$ 4,5 milhões de premiação da Conmebol a cada jogo como mandante na fase de grupos. Ou seja, o Athletico vai faturar R$ 13,5 milhões nessa primeira fase.

Em relação ao time, o Furacão tem apenas um desfalque: o goleiro Santos segue de fora após sofrer uma lesão no joelho. Com isso, o recém-contratado Jandrei fará sua segunda atuação com a camisa rubro-negra.

A outra indefinição do técnico Dorival Júnior é no meio campo. Erick e Marquinhos Gabriel disputam vaga no time titular. O primeiro dá mais poder de marcação e qualidade no passe enquanto o segundo traz mais força ofensiva. Assim, a provável escalação do Athletico deve ser: Jandrei; Adriano, Thiago Heleno, Robson Bambu e Márcio Azevedo; Wellignton, Erick (Marquinhos Gabriel) e Léo Cittadini; Nikão, Carlos Eduardo e Guilherme Bissoli.

Do outro lado, o Peñarol entra na Libertadores com a estreia do técnico Diego Forlán. O ex-atacante, eleito o melhor jogador da Copa do Mundo em 2010, é o grande destaque da equipe uruguaia. Além dele, o meia David Terans também chama a atenção na escalação. Ele defendeu o Atlético Mineiro no ano passado, mas não teve muito destaque.

ATHLETICO x PEÑAROL

Primeira rodada do Grupo C da Libertadores 2020

Data, hora e local: terça-feira (3/3/2020), às 21h30, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Onde assistir: Fox Sports.

Athletico: Jandrei; Adriano, Thiago Heleno, Robson Bambu e Márcio Azevedo; Wellignton, Erick (Marquinhos Gabriel) e Léo Cittadini; Nikão, Carlos Eduardo e Guilherme Bissoli. Técnico: Dorival Júnior.

Peñarol: Dawson; Giovanni Gonzalez, Gary Kagelmacher, Rodrigo Abascal e Gabriel Rojas; Jesús Trindade, Krisztián Vadócz, Matías De los Santos e Facundo Pellistri; David Terans e Xisco Jiménez. Técnico: Diego Forlán.

Arbitragem: Eber Aquino será auxiliado por Dario Gaon e Roberto Cañete. Todos são do Paraguai. Por fim, vale lembrar que a Libertadores só tem árbitro de vídeo (VAR) a partir das oitavas de final.

Jajá - Athletico Paranaense - Operário - Campeonato Paranaense

Athletico vence Operário e volta ao topo do Campeonato Paranaense

Em duelo direto pela liderança do Campeonato Paranaense, o Athletico Paranaense venceu o Operário por 3 a 1 na tarde deste domingo (1), e reassumiu o topo da tabela da competição.

O duelo válido pela nona rodada do Campeonato Paranaense foi realizado no Germano Krüger, em Ponta Grossa, com 5306 torcedores presentes.

Jajá (duas vezes) e Vinicius Mingotti marcaram os gols da vitória do Athletico, enquanto Juan Sosa diminuiu para o Operário.

O Athletico se beneficiou dos tropeços do Coritiba e do FC Cascavel na rodada para assumir a liderança. No momento a equipe tem 19 pontos, um a mais que o Coritiba e dois a mais que o FC Cascavel.

Já o Operário ficou estacionado na quarta posição com 16 pontos e pode ser ultrapassado pelo Londrina, que atua ainda neste domingo contra o Paraná Clube.

MISSÃO LIBERTADORES

O meio desta semana irá marcar a estreia do Athletico na Copa Libertadores da América. Disputando a competição pela segunda temporada seguida, a equipe está na mesma chave do Colo Colo, Jorge Wilsterman e Peñarol.

Os uruguaios serão os primeiros adversários do Athletico na competição. O duelo será realizado nesta terça-feira (3), às 21h30, na Arena da Baixada.

Na temporada a equipe titular do Athletico Paranaense ainda busca seu melhor ritmo. São três jogos com uma vitória, um empate e uma derrota. O revés foi contra o Flamengo na decisão da Supercopa do Brasil.

FUTEBOL TOTAL DA MOLECADA RUBRO-NEGRA

Juan Sosa - Athletico Paranaense - Operário - Campeonato Paranaense
Sosa diminuiu o placar no início do segundo tempo, mas contra-ataque do Athletico foi mortal. (José Tramontim/OFEC)

A primeira chance da partida foi criada pelo Athletico aos nove minutos. Reinaldo fez boa jogada individual na direita e tentou o cruzamento. No rebote da defesa, Léo Gomes pegou de primeira, mas a bola passou à esquerda do gol.

Mas aos 11 minutos, novamente Reinaldo avançou contra a marcação e foi derrubado por Juninho na lateral da área. Jajá foi para a cobrança e -com paradinha, bateu firme no meio da meta para balançar as redes.

O Operário respondeu aos 14 minutos. Régis Potiguar bateu falta rasteira, a bola desviou na barreira e sobrou limpa para Lucas Batatinha na pequena área. O atacante buscou o chute cruzado, mas a bola passou por cima do gol.

Aos 26 minutos, Jajá fez bela jogada pelo meio e passou por elevação para Vinicius Mingotti, que deu um tapa por cima de André Luiz, mas Sávio conseguiu o corte antes da finalização.

Só que aos 41 minutos, Rafael Bonfim tentou o passe para André Luiz, mas a bola saiu curta. Jajá foi rápido e conseguiu travar com o goleiro, com a bola indo para trás e entrando no gol.

O Operário conseguiu diminuir o placar aos seis minutos. Cleyton bateu falta lateral direta e Gabriel defendeu para frente. A bola sobrou para Juan Sosa que apenas empurrou para o gol.

A bola parada quase rendeu o empate ao Operário aos 21 minutos. Cleyton bateu a bola fechada e Bonfim ganhou pelo alto, cabeceando perto do poste direito.

Mas o contra-ataque do Athletico foi mortal aos 36 minutos. Reinaldo puxou pelo meio e lançou Vinicius Mingotti na área. O atacante esperou a saída de André Luiz para bater firme e ampliar o placar.

Gerson - Flamengo - Independiente del Valle - Recopa Sul-Americana

Flamengo vence Del Valle com um a menos e conquista Recopa Sul-Americana

Mesmo com dez jogadores em campo desde os 23 minutos do primeiro tempo, o Flamengo bateu o Independiente del Valle por 3 a 0 na noite desta quarta-feira (26), para conquistar seu primeiro título da Recopa Sul-Americana.

O duelo foi realizado no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Gabigol e Gerson (duas vezes) marcaram os gols da vitória do Flamengo.

Desde sua chegada em junho de 2019, Jorge Jesus conquistou cinco títulos como treinador do Flamengo. Os únicos torneios em que o português comandou a equipe e não saiu como campeão foi a Copa do Brasil e o Mundial Interclubes disputados no ano passado.

EM BUSCA DO QUARTO TÍTULO EM 2020

Após levantar três troféus nas últimas duas semanas, o Flamengo inicia neste final de semana a luta pelo quarto título da temporada.

A estreia do Flamengo na Taça Rio será neste sábado (29), com o duelo contra a Cabofriense no Maracanã. A equipe de Cabo-Frio mesmo tendo o mando de campo decidiu mandar na capital fluminense.

Vale lembrar que o Campeonato Carioca terá semifinais e finais mesmo que o Flamengo conquiste também a Taça Rio, sendo a competição tendo caráter para o rubro-negro apenas para vantagem no desempate no mata-mata decisivo da competição.

VITÓRIA COM SUFOCO

Gabigol - Flamengo - Independiente del Valle - Recopa Sul-Americana
Gabigol marcou novamente em uma decisão com a camisa do Flamengo. (Marcelo Cortes/Flamengo)

O Flamengo quase abriu o placar da partida aos 17 minutos. Gerson recebe na área e Pinos tentou fechar o ângulo, mas o volante foi rápido para rolar para a chegada de Gabigol. O atacante chapou de primeira, mas Segovia salvou em cima da linha.

Só que o próprio Segovia auxiliou o Flamengo a abrir o placar aos 18 minutos. O zagueiro tentou recuar de cabeça para Pinos, mas a bola foi muito forte e quase encobriu o goleiro. O arqueiro deu um tapa na bola, que acertou o travessão e sobrou limpa para Gabigol empurrar para o fundo das redes.

Mas a situação do Flamengo ficou mais complicada aos 23 minutos. Após tentativa de corte, Willian Arão acertou o peito de Faravelli. O árbitro Fernando Rapallini consultou o VAR e expulsou o volante.

A primeira chegada do Independiente del Valle no ataque foi na base do susto. Jhon Sanchéz tentou a finalização, mas foi travado por Filipe Luís. Só que a bola foi em direção ao gol e quase acertou o poste esquerdo.

O Independiente del Valle assustou o Flamengo aos oito minutos do segundo tempo. Preciado encontrou Faravelli aos nove minutos e o meia campista finalizou cruzado para boa defesa com o pé direito de Diego Alves.

Mas foi o Flamengo quem balançou as redes aos 16 minutos do segundo tempo. Gabigol fez boa jogada na área, a bola sobrou para Gerson que finalizou cruzado para balançar as redes.

Antes do final do jogo, Cabeza foi expulso após acertar carrinho em Léo Pereira. Novamente o árbitro Fernando Rapallini utilizou o VAR para confirmar a expulsão.

Ainda deu tempo de Gerson marcar o terceiro gol do Flamengo. Gabigol lançou Vitinho, que esperou a chegada do volante, que driblou Pinos antes de mandar a bola para o fundo do gol.

athletico cascavel libertadores

Athletico goleia o Cascavel CR no último teste do time principal antes da Libertadores

O Athletico-PR goleou o Cascavel CR (Clube Recreativo) por 5 a 1 e ganhou confiança no último teste do time principal antes da estreia na Libertadores 2020. Nikão e Guilherme Bissoli, duas vezes cada, e Carlos Eduardo anotaram pelo Furacão, enquanto Rone descontou pelos visitantes. O duelo deste sábado (22), válido pela oitava rodada do Campeonato Paranaense, foi realizado na Arena da Baixada, em Curitiba, e contou com um público de 9.462 pessoas.

O clube optou em colocar a equipe comandada por Dorival Júnior em campo para aprimorar o ritmo dos principais atletas. O objetivo deu certo e dá moral ao time, que ainda não havia vencido. Vale lembrar que o Furacão estreia na Libertadores no dia 3 de março (terça-feira), contra o Peñarol, na Arena da Baixada.

Os principais destaques foram a estreia do goleiro Jandrei e as ótimas atuações de Carlos Eduardo e Guilherme Bissoli. Os atacantes tiveram um bom entrosamento e criaram as principais chances do Furacão no jogo.

Já o meia Nikão, um dos poucos remanescentes na equipe, também brilhou e ganha moral.

ATHLETICO BRIGA PELA LIDERANÇA NO PARANAENSE

Com o resultado, o Athletico-PR chega aos 16 pontos e aparece na vice-liderança do Campeonato Paranaense.

O Coritiba, que venceu o Cianorte, lidera o Estadual com 17 pontos. Contudo, o FC Cascavel, com 16 pontos, está enfrentando o Toledo e pode ultrapassar a dupla AtleTiba.

Na próxima rodada, o Athletico encara o Operário fora de casa. O jogo está marcado para o domingo (1/3), às 16h, no estádio Germano Kruger. Já o Cascavel CR se prepara para receber o Cianorte no estádio Arnaldo Busatto.

FURACÃO SOFRE SUSTO, MAS VENCE BEM

Thiago Heleno deu assistência para o gol de Nikão. (Divulgação / Athletico)

O Athletico-PR abriu o placar logo aos três minutos. Thiago Heleno fez ótimo lançamento e Nikão dominou bem para bater firme.

O time quase ampliou com Guilherme Bissoli, mas o goleiro Fernando salvou a cabeçada do atacante. Contudo, o Cascavel CR chegou ao empate em bela jogada de Rone. O atacante deixou três marcadores para trás e superou o goleiro Jandrei.

Bissoli viu Fernando praticar mais uma defesa, mas chegou às redes em sua terceira oportunidade. O atacante apenas empurrou a bola para o gol, completando a jogadaça de Carlos Eduardo pela ponta esquerda.

Na etapa final, o Cascavel se complicou aos 18 minutos, quando o zagueiro Fernando Dias foi expulso. A partir daí, o Athletico deslanchou.

Primeiro, Bissoli subiu bem e cabeceou firme após o cruzamento de Adriano. Depois, Carlos Eduardo soltou uma pancada e anotou um golaço.

Por fim, já nos acréscimos, Nikão fechou a conta com um gol de peito, completando o cruzamento.