atlético-mg rodrigo santana

Atlético-MG demite Rodrigo Santana após goleada para o Grêmio

Rodrigo Santana não é mais o técnico do Atlético-MG. Ele não resistiu ao revés para o Grêmio neste domingo (13) e foi demitido logo após o fim do jogo. O comandante de 37 anos acabou indo embora da Arena Independência sem dar entrevista coletiva, praxe após os jogos.

O treinador se despede da equipe após 41 jogos. Foram 18 vitórias, seis empates e 16 derrotas, ou seja, 48,78% de aproveitamento.

Entretanto, no Brasileirão, foram quatro pontos conquistados nos últimos 30 disputados. Ou seja, apenas 12% de aproveitamento – número que justifica a queda da equipe do G4 para a 11ª posição.

Além disso, vale lembrar que Rodrigo Santana estava pressionado no cargo desde eliminação, diante o Colón, na semifinal da Copa Sul-Americana.

Ele chegou ao clube em 2018, com função nas categorias de base. Entretanto, foi promovido para treinador do time sub-20 do Atlético e acabou sendo efetivado durante a pausa para a Copa América. Antes, ele tinha assumido a equipe principal, de forma interina, após a saída de Levir Culpi.

Rodrigo Santana não chegou a completar seis meses no Galo. (Geraldo Bubniak/AGB)

ATLÉTICO-MG EM BUSCA DE NOVO TÉCNICO

Agora, o Atlético busca um novo treinador. Um possível nome é Cuca, campeão da Libertadores em 2013 pelo Galo. Ele pediu demissão do São Paulo recentemente e está sem clube.

Outro candidato pode ser Odair Hellmann, demitido do Internacional nesta semana.

O próximo compromisso do Atlético-MG no Brasileirão é contra o CSA. O duelo, válido pela 26ª rodada, está marcado para a próxima quarta-feira (16), às 19h15, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

atlético-mg grêmio brasileirão

Grêmio goleia, afunda Atlético-MG e ultrapassa o Internacional

O Grêmio massacrou o Atlético-MG por 4 a 1, na Arena Independência, e tem muitos motivos para comemorar neste domingo (13). Além dos três pontos, o Tricolor entrou no G6 do Brasileirão ultrapassando o rival Internacional, que empatou com o Santos, e ainda afundou o Galo.

O goleiro Wilson, contra, Maicon, em cobrança de pênalti, Pepê e Alisson anotaram os gols gremistas, enquanto Di Santo descontou pelos mineiros. Para piorar o cenário dos donos da casa, o meia Cazares ainda foi expulso.

CRISE NO GALO

Rodrigo Santana pode ser demitido do Atlético-MG. (Bruno Cantini / Atlético)

O Atlético perdeu três dos últimos quatro jogos. No Brasileirão, saiu do G4 e não para de cair: foram quatro pontos conquistados nos últimos 30 disputados. Atualmente aparece na 11ª posição com 31 pontos. Além disso, o time ainda foi eliminado, para o Colón, na semifinal da Copa Sul-Americana.

Todo esse contexto resultou na revolta da torcida. Os presentes no Horto foram deixando o estádio a partir dos 20 minutos do segundo tempo. Quem ficou, vaiou boa parte dos jogadores – Patric, Elias e Cazares foram os mais perseguidos. Luan e Nathan foram dois exemplos dos que salvaram das críticas.

Além disso, os torcedores ainda gritaram ‘olé’ quando o Grêmio trocava passes, pediram a demissão do técnico Rodrigo Santana e gritaram o nome de Cuca.

PRÓXIMOS JOGOS

O Atlético-MG se prepara agora para enfrentar o CSA. O duelo, válido pela 26ª rodada, está marcado para a próxima quarta-feira (16), às 19h15, no estádio Rei Pelé.

No mesmo dia e horário, o Grêmio recebe o Bahia na Arena do Grêmio.

internacional guerrero cruzeiro copa do brasil athletico

Inter vence Cruzeiro e encara o Athletico na final da Copa do Brasil

O Inter venceu o Cruzeiro por 3 a 0, na noite desta quarta-feira (4), e está classificado para a final da Copa do Brasil. O Colorado irá encarar o Athletico Paranaense pelo título da competição nos dias 11 e 18 de setembro.

Guerrero por duas vezes e Edenílson anotaram os gols da partida.

O duelo foi realizado no Beira Rio em Porto Alegre e contou com 45.768 presentes.

Vencedor da competição em 1992, o Internacional também decidiu a competição em 2009, mas foi derrotado pelo Corinhtians

O sorteio dos mandos para os jogos das finais será realizado nesta quinta-feira (5), na sede da Confederação Brasileira de Futebol, no Rio de Janeiro.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo neste final de semana pelo Campeonato Brasileiro.

O Inter recebe o São Paulo no Beira-Rio, neste sábado (7), às 19h.

Já o Cruzeiro atua neste domingo (8), contra o Grêmio no Mineirão, às 11h.

O JOGO

Nico Lopez Internacional - Copa do Brasil - Cruzeiro
Divulgação/Internacional

Logo no primeiro minuto, Guerrero recuperou bola perto da grande área, mas foi travado por Dedé na hora da finalização. O rebote caiu com Edenílson, que também teve seu chute desviado, dessa vez por Henrique.

O Cruzeiro respondeu na sequência com Pedro Rocha. O atacante foi lançado pela direita e finalizou cruzado para boa defesa Marcelo Lomba. No rebote, David finalizou para fora.

Aos 11 minutos, Guerrero foi lançado e rolou para Nico López. O atacante finalizou cruzado e a bola passou perto do poste direito de Fábio.

Em contra-ataque puxado por Marquinhos Gabriel, Victor Cuesta travou a bola e ela chegou em Thiago Neves. O meia finalizou de canhota e a bola passou perto do travessão.

No lance seguinte, Dedé tentou sair para o jogo e entregou nos pés de Nico López. O atacante abriu para D’Alessandro, que foi até a linha de fundo e cruzou no segundo pau. Guerrero apareceu sozinho e escorou de cabeça para o fundo das redes.

No último lance de perigo do primeiro tempo, Marquinhos Gabriel arriscou da intermediária e obrigou Lomba a fazer boa defesa.

Aos nove minutos do segundo tempo, Guerrero recuperou bola no campo de ataque e abriu para Nico López. O uruguaio soltou forte chute, mas Fábio espalmou para afastar o perigo.

O Inter continuou no ataque e aos 24 minutos, Nico López dominou na área e levantou para Guerrero. O atacante matou a bola no peito e finalizou cruzado para marcar um belo gol e ampliar o placar.

O terceiro gol quase saiu aos 17 minutos, quando Nico López foi lançado pela esquerda, invadiu a área, mas bateu sem direção e perdeu boa chance de gol.

A última chance do Cruzeiro na partida saiu nos pés de Thiago Neves. O meia recebeu de David na entrada da área e finalizou de direita perto do travessão de Marcelo Lomba.

Ainda deu tempo de Edenílson ser lançado do campo de defesa, sair na cara de Fábio e bater por cobertura para marcar outro belo gol no Beira-Rio.

premiação copa do brasil athletico final

Athletico vence Grêmio nos pênaltis e está na final da Copa do Brasil

Nas penalidades, o Athletico Paranaense venceu o Grêmio por 5 a 4 e está na final da Copa do Brasil. No tempo normal, o Furacão bateu o rival por 2 a 0, na noite desta quarta-feira (4).

Nikão e Marco Ruben fizeram os gols do Furacão nos 90 minutos.

Já nas penalidades, Bruno Guimarães, Lucho González, Nikão, Marcelo Cirino e Ruben fizeram para o Athletico. Santos defendeu a penalidade de Pepê e anteriormente Rafael Galhardo, David Braz, Alisson e Matheus Henrique converteram suas cobranças para o Grêmio.

O duelo foi realizado na Arena da Baixada em Curitiba e contou com 28.841 presentes.

O Furacão aguarda agora o vencedor do duelo entre Internacional e Cruzeiro para conhecer seu adversário na decisão. O jogo de ida, em Belo Horizonte, foi vencido pelos gaúchos por 1 a 0.

DE VOLTA APÓS SEIS ANOS

Pela segunda vez em sua história, o Athletico está na decisão da Copa do Brasil. Em 2013, a equipe enfrentou o Flamengo e acabou derrotada.

Após a conquista da Copa Sul-Americana em 2018, esse pode ser o segundo troféu inédito que o Furacão levanta sob o comando de Tiago Nunes.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo neste domingo (8), pelo Campeonato Brasileiro.

O Athletico viaja até a Baixada Santista e encara o Santos na Vila Belmiro, às 16h.

Já o Grêmio vai até Belo Horizonte enfrentar o Cruzeiro no Mineirão, às 11h.

O JOGO

Athletico - Grêmio - pênaltis - Copa do Brasil
Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Logo aos cinco minutos, Alisson bateu escanteio da esquerda e Pedro Geromel escorou para trás. A bola bateu no braço de Wellington. O árbitro Wagner do Nascimento Guimarães foi chamado pelo árbitro de vídeo e na consulta ao VAR não assinalou a penalidade.

O primeiro lance de perigo do Athletico foi aos sete minutos, quando Rony bateu escanteio fechado e a bola quase acertou o travessão de Paulo Victor

Logo na sequência, Cortez faz cruzamento na entrada da grande aérea e Alisson finalizou de bicicleta à esquerda de Santos

O Athletico respondeu aos 16 minutos. Após rápido contra-ataque pela esquerda, Rony foi lançado e cruzou rasteiro para a entrada da área e encontrou Bruno Guimarães. O volante finalizou no travessão e no rebote Nikão bateu para o fundo das redes.

O Furacão ainda levou perigo aos 46 minutos. Rony foi lançado na esquerda, aplicou chapéu em Rafael Galhardo e encontrou Bruno Guimarães na entrada da área. O volante pegou de primeira e a bola passou perto do travessão de Paulo Victor

No primeiro lance do segundo tempo, Márcio Azevedo bateu falta e Geromel não conseguiu afastar de cabeça. A bola sobrou para Léo Cittadini que finalizou por cima da meta de Paulo Victor.

Aos três minutos, Rony cruzou da esquerda na marca do pênalti e Marco Ruben escorou no canto esquerdo de Paulo Victor para fazer o segundo do Athletico

O Athletico continuou na pressão e aos 14 minutos Léo Cittadini roubou a bola de Matheus Henrique no campo de ataque e na puxada de contra-ataque foi derrubado com um forte carrinho de Kannemann, que foi expulso de forma direta.

Após chutão do campo de defesa, David Braz ganhou da zaga e chutou cruzado. Marco Ruben tentou fazer o corte e mandou em direção do próprio gol, mas Santos faz boa defesa em dois tempos.

A última chance de perigo do tempo normal foi aos 47 minutos. Khellven avançou pela direita e cruzou no primeiro pau. Marcelo Cirino apareceu sozinho e cabeceou a esquerda de Paulo Victor.

AS PENALIDADES

Bruno Guimarães abriu as cobranças para o Athletico. O volante esperou a decisão de Paulo Victor e bateu no centro do gol.

Rafael Galhardo bateu na sequência e empatou para o Grêmio. O lateral deslocou Santos para a direita e bateu no canto esquerdo.

Lucho González deu sequência aos cobradores do Athletico e bateu no canto direito alto, fora do alcance de Paulo Victor.

David Braz empatou novamente a série para o Grêmio. O zagueiro bateu de forma semelhante a Galhardo e apenas deslocou Santos para fazer o gol.

Nikão bateu com paradinha e recolocou o Athletico a frente do marcador. O meia deslocou Paulo Victor e chapou no canto direito.

Já Alisson preferiu a batida firme no centro do gol e deixou tudo igual nas penalidades.

Marcelo Cirino bateu o pênalti mais bonito da noite. O atacante acertou o ângulo esquerdo gol e não deu chance alguma para Paulo Victor.

Matheus Henrique bateu de forma semelhante a Alisson, mas Santos chegou a tocar a mão direita na bola, que caprichosamente subiu e entrou no gol.

Marco Ruben bateu no centro do gol e deixou o Athetico em vantagem.

Pepê buscou o canto esquerdo baixo e Santos voou para fazer a defesa e garantir a classificação do Athletico na Copa do Brasil.

athletico-pr grêmio copa do brasil

Athletico-PR e Grêmio divulgam escalações para a semifinal da Copa do Brasil

Athletico-PR e o Grêmio estão escalados para o duelo decisivo da semifinal da Copa do Brasil 2019. Na ida, os gremistas venceram por 2 a 0. Ou seja, um triunfo pela diferença de dois gols de diferença a favor do Rubro-Negro leva a decisão aos pênaltis (não há o critério do gol fora de casa). O duelo acontece às 19h desta quarta-feira (4), na Arena da Baixada, em Curitiba.

O duelo terá transmissão da Rede Globo para o Paraná e no Rio Grande do Sul. Com a mudança na programação, a emissora não vai transmitir as novelas “Bom Sucesso” e “A Dona do Pedaço”.

ESCALAÇÕES DIVULGADAS

Com 11 desfalques, o destaque da escalação do Furacão é a titularidade de Léo Cittadini. O jogador de 25 anos é emprestado pelo Santos e ganha a oportunidade no que pode ser a última decisão do Furacão em um torneio mata-mata em 2019. Com a presença dele, Marcelo Cirino fica no banco de reservas.

A outra “novidade” é a titularidade do Khellven. Revelação do Paranaense 2019, o lateral de 18 anos foi o responsável por cobrar o pênalti que deu o título estadual para o Athletico. Apesar da inexperiência, o técnico Tiago Nunes aposta na velocidade e ofensividade do atleta para substituir o experiente Jonathan, machucado.

Com isso, o Athletico entra em campo com: Santos; Khellven, Lucas Halter, Robson Bambu e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Léo Cittadini; Nikão, Rony e Marco Ruben.

Do outro lado, o Grêmio está escalado com: Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Rômulo e Matheus Henrique; Alisson, Jean Pyerre e Pepê; André.

 

FILHA DE RENATO GAÚCHO E A FINAL DA COPA DO BRASIL

Carolina Portaluppi, filha do treinador Renato Gaúcho, postou um sorteio no seu Instagram nesta quarta-feira. Ela publicou que iria sortear dois ingressos para a final da Copa do Brasil, dando a entender que o Grêmio estaria na decisão. O sorteio irritou a torcida rubro-negra e causou polêmica nas redes. As finais da Copa do Brasil estão marcadas para os dias 11 e 18 de setembro.

Para ganhar os ingressos, o seguidor teria de acertar o maior número de detalhes do jogo desta quarta-feira, como número de gols e autores dos gols, por exemplo.

Entretanto, Carol Portaluppi decidiu apagar o sorteio. “Alguns não entenderam a magia do sorteio e quiseram estraga-lo. Apenas quis dar mais emoção ao jogo de hoje que poderia nos levar a final e daí ALGUÉM levaria 2 ingressos pra final. Ninguém me viu dizer que já estávamos na final. De qualquer forma, volto quando acabar o jogo”, postou.

Confira o post apagado pela filha de Renato Gaúcho.

gremio athletico carol portaluppi
Foto: Reprodução / Instagram

RENAN LODI NA TORCIDA PELO ATHLETICO

Do lado do Athletico, Renan Lodi fez uma postagem no Twitter para desejar boa sorte e motivar o ex-clube. “Pra vocês, nada nunca foi fácil. Mas também vocês nunca deixaram de acreditar. Mesmo de longe, estou na torcida por vocês, meus amigos. Vamos lutar por mais essa taça”, postou.

Vale lembrar que Lodi foi a venda mais cara da história do Athletico. Os valores não foram confirmados oficialmente, mas as informações obtidas é que a transação com o Atlético de Madrid foi acima dos 20 milhões de euros.

Nos primeiros jogos com a camisa dos colchoneros, Lodi se destacou na Espanha. Ele foi eleito o melhor da partida no triunfo do Atleti sobre o Eibar por 3 a 2 pela terceira rodada do Campeonato Espanhol. Além disso, o clube espanhol notificou a CBF que não liberar o jogador para a seleção olímpica.

ATHLETICO-PR x GRÊMIO

Semifinal da Copa do Brasil 2019

Data, hora e local: quarta-feira (4 de setembro), às 19h, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Onde assistir: Rede Globo (para os estados do Paraná e Rio Grande do Sul). Na TV fechada, o SporTV exibe a partida.

Athletico-PR: Santos; Khellven, Lucas Halter, Robson Bambu e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Léo Cittadini; Nikão, Rony e Marco Ruben. Técnico: Tiago Nunes.

Grêmio:Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Rômulo e Matheus Henrique; Alisson, Jean Pyerre e Pepê; André. Técnico: Renato Gaúcho.

Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ) apita o jogo e será auxiliado por Kleber Lucio Gil (SC) e Bruno Raphael Pires (GO). Já o responsável pelo VAR (árbitro de vídeo) será Braulio da Silva Machado (SC).

athletico-pr grêmio copa do brasil

Athletico-PR tenta ‘missão impossível’ contra o Grêmio na Copa do Brasil

O Athletico-PR enfrenta o Grêmio nesta quarta-feira (3), às 19h, na Arena da Baixada, para conquistar uma vaga na final da Copa do Brasil 2019. Entretanto, o Furacão precisa realizar uma missão impossível até agora: fazer pelo menos dois gols no Tricolor em um torneio mata-mata.

Vale lembrar que, na ida, os gremistas venceram por 2 a 0. Ou seja, um triunfo pela diferença de dois gols de diferença a favor do Rubro-Negro leva a decisão aos pênaltis (não há o critério do gol fora de casa).

O problema, para os paranaenses, é que o Grêmio não tomou dois gols em nenhuma das 15 partidas que fez na Copa do Brasil e na Libertadores neste ano.

Na Copa do Brasil, os gaúchos só tomaram gol contra o Bahia. Já na Libertadores, em 10 duelos (seis vitórias, um empate e três derrotas), o Grêmio tomou gol em seis partidas. Entretanto, os gremistas sofreram apenas um gol nesses seis embates.

Isto é, a solidez defensiva se torna a principal arma do técnico Renato Gaúcho para o confronto. Ainda mais que o time ainda tem o desfalque de Everton ‘Cebolinha’ (suspenso).

DECISÃO DA COPA DO BRASIL

Na outra semifinal, o Internacional enfrenta o Cruzeiro. A partida está marcada para às 21h30, no Beira-Rio, em Porto Alegre. Na ida, o Colorado derrotou os mineiros por 1 a 0 dentro do Mineirão.

A final da Copa do Brasil está marcada para os dias 11 e 18 de setembro.

HISTÓRICO

O Grêmio já disputou oito finais da Copa do Brasil – e venceu cinco. O clube é conhecido como ‘copeiro’. Não à toa, é o segundo maior vencedor da competição. Com cinco títulos, os gaúchos só ficam atrás do Cruzeiro, com seis.

Do outro lado, o Athletico só disputou uma final da Copa. Em 2013, o Furacão perdeu o título para o Flamengo. Agora, o time treinado por Tiago Nunes quer voltar à decisão do torneio após seis anos.

ATHLETICO CHEIO DE DESFALQUES

athletico pr gremio copa do brasil
Tiago Nunes tem vários problemas na escalação do Athletico. Foto: Miguel Locatelli / Athletico

O Athletico pode ter 11 desfalques para o jogo caso o lateral direito Jonathan não entre em campo. O jogador de 33 anos ficou de fora do treino desta terça-feira (3) e foi ausência nas últimas partidas do Furacão por lesão. Entretanto, ele ainda será reavaliado e tem chances de jogar.

Ainda na lateral, só que do lado esquerdo, Adriano e Abner Vinicius foram contratados após o período de inscrições.

Na defesa, o zagueiro Léo Pereira está suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo no jogo de ida. O outro jogador da zaga rubro-negra seria Pedro Henrique, mas ele já defendeu o Corinthians na Copa do Brasil e não pode mais atuar na competição deste ano. A terceira ausência no setor é Thiago Heleno, punido por doping.

Thiago pegou gancho de seis meses por doping. O mesmo vale para o volante Camacho. Os dois foram punidos pela Conmebol no mês passado e só devem voltar a jogar em novembro.

No meio campo, Bruno Nazário sofreu uma lesão no joelho e fez cirurgia recentemente. Dessa forma, ele é desfalque por pelo menos dois meses.

Para fechar a lista, o Athletico ainda sofre desvantagem contratual do Grêmio. O lateral direito Madson e o atacante Thonny Anderson pertencem ao time gaúcho e também não jogam.

DÚVIDA NO GRÊMIO

gremio atlético pr
Torcida recepcionou a chegada do Grêmio em Curitiba. Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Do outro lado, Renato Gaúcho tem três desfalques. O lateral Juninho Capixaba, não treinou por lesão, mas não preocupa porque Bruno Cortez é o titular no setor.

No meio campo, Maicon ainda se recupera de dores na panturrilha direita. Ele será avaliado amanhã e, se não tiver condições, vai ceder a vaga para Rômulo.

Para fechar, o principal nome gremista também fica de fora. Everton ‘Cebolinha’ também levou o terceiro cartão amarelo e está de fora do jogo. Contudo, o atacante viajou para Curitiba com o resto da delegação e vai apoiar Pepê, seu substituto.

ATHLETICO-PR x GRÊMIO

Semifinal da Copa do Brasil 2019

Data, hora e local: quarta-feira (4 de setembro), às 19h, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Onde assistir: Rede Globo (para os estados do Paraná e Rio Grande do Sul. Na TV fechada, o SporTV exibe a partida.

Athletico-PR: Santos; Khellven, Lucas Halter, Robson Bambu e Márcio Azevedo; Wellington e Bruno Guimarães; Nikão, Marcelo Cirino e Rony; Marco Ruben. Técnico: Tiago Nunes.

Grêmio:Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon (Rômulo) e Matheus Henrique; Alisson, Jean Pyerre e Pepê; André. Técnico: Renato Gaúcho.

Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ) apita o jogo e será auxiliado por Kleber Lucio Gil (SC) e Bruno Raphael Pires (GO). Já o responsável pelo VAR (árbitro de vídeo) será Braulio da Silva Machado (SC).

ATHLETICO: INGRESSOS E CADASTRO BIOMÉTRICO

Os ingressos para Athletico x Grêmio quase esgotados. Contando com os sócios do Furacão, já são 35 mil lugares com dono.

Os bilhetes custam custam R$ 150 e R$ 75 (meia). É possível comprar pelo site ingressoscap.com.br ou nas bilheterias da Arena da Baixada. Nesta quarta, elas vão funcionar das 10h às 19h.

Vale ressaltar que o Athletico usa o sistema de cadastro biométrico. A biometria é obrigatória para todos os torcedores (exceto crianças de até 12 anos). Além disso, o cadastro deve ser feito com o mesmo nome e CPF do torcedor que vai ao jogo. Menores de 3 anos não pagam.

Caso o torcedor opte pela compra online e já tenha a biometria cadastrada, será gerado um voucher. Esse voucher terá que ser trocado pelo ingresso na bilheteria da Arena.

Já para quem não tem o cadastro, precisa ir na Arena realizá-lo. Funcionários no entorno do estádio podem localizar melhor o serviço, que fica na Rua Buenos Aires. Por fim, um documento de identificação deve ser apresentado na entrada do estádio.

RECORDE DE PÚBLICO

Entretanto, isso não significa que a Arena da Baixada vai lotar. O Athletico tem cerca de 20 mil sócios, mas nem todos vão aos jogos.

O recorde de público em 2019 do estádio é a vitória contra o Boca Juniors pela fase de grupos na Libertadores32.133 pagantes presenciaram aquele triunfo rubro-negro.