athletico avaí

Athletico empata com o Avaí e se despede de 2019

O Athletico-PR empatou com o Avaí por 0 a 0 e encerrou a temporada 2019. O duelo deste domingo (8) foi realizado na Ressacada, em Florianópolis.

O ano, consagrado pelo título inédito da Copa do Brasil, termina em grande estilo. O técnico Eduardo Barros, interino após a saída de Tiago Nunes, não perdeu nenhuma partida.

Foram 13 jogos de invencibilidade no Campeonato Brasileiro. O último revés foi no dia 3 de outubro, pela rodada 25 do Brasileirão. Na ocasião, o time perdeu para o campeão Flamengo por 2 a 0, na Arena da Baixada.

O Athletico termina o Brasileirão na quinta posição. Foram 64 pontos conquistados – 18 vitórias, 10 empates e 10 derrotas – um aproveitamento 56,1%.

Por causa da boa colocação, o clube vai receber 26,4 milhões de premiação da CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

Do outro lado, o Avaí foi rebaixado na lanterna e vai disputar a Série B em 2020.

A expectativa é o anúncio do técnico para 2020. Já foi confirmado que Eduardo Barros vai comandar o time de aspirantes durante o Estadual, mas ainda não há uma definição para o treinador do time principal. Rogério Ceni, do Fortaleza, é um nome que agrada a diretoria e vai sendo analisado.

flamengo avaí onde assistir mundial escalações

Flamengo enfrenta o Avaí e se despede do Maracanã antes do Mundial

No Maracanã, o Flamengo enfrenta o Avaí nesta quinta-feira (5), às 20h, pela penúltima rodada do Brasileirão. Campeão e recordista de pontos em uma edição do torneio com 20 clubes, o Rubro-Negro vai se despedir da torcida. Isso porque, na semana que vem, o clube embarca para o Catar, onde disputa o Mundial de Clubes. Confira onde assistir e as prováveis escalações!

O time comandado por Jorge Jesus vai em busca do bi, já que o Fla foi campeão do mundo em 1981.

O duelo de hoje terá transmissão apenas pelo Premiere. Ou seja, só é possível assistir quem tem o pay-per-view.

ESCALAÇÕES

Se Jorge Jesus não poupar ninguém, o Fla deve ir a campo com: Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol. Entretanto, nunca dá para cravar a escalação rubro-negra.

Já o Avaí, comandado por Evandro Camillato, deve ser escalado com: Vladimir, Gabriel Lima, Eduardo Kunde, Marquinhos Silva e Ramon; Marcinho, Wesley e Richard Franco; João Paulo, Caio Paulista e Jonathan.

FLA LÍDER E AVAÍ LANTERNA

O confronto desta noite coloca os dois extremos da tabela. O Flamengo, líder com 87 pontos, vai receber o Avaí, lanterna com apenas 19. Ou seja, a diferença entre os clubes é de 68 pontos.

Enquanto os cariocas somam 80 gols marcados (melhor ataque) e 32 sofridos, os catarinenses sofreram 56 e anotaram 17. Basicamente o Avaí tem a pior defesa e o pior ataque do Brasileirão.

FLAMENGO EM CLIMA DE ‘FICA GABIGOL’

Torcida do Fla deve lotar o Maracanã e se despedir do time antes do Mundial. (Alexandre Vidal, Marcelo Cortes e Paula Reis / Flamengo)

A tendência é que o canto “Fica Gabigol” ganhe força nas arquibancadas do Maracanã. A entrevista coletiva do atacante nesta quarta-feira (4) mostrou que existe muita chance do camisa 9 sair do Flamengo.

“Vai ser especial para mim. Pode ser a última [vez], a gente não sabe. Estou muito animado para esse jogo, espero que esteja com casa lotada”, comentou Gabigol.

Além do artilheiro do time na temporada com 42 gols (24 no Brasileirão e nove na Libertadores), o técnico Jorge Jesus também tem chances de fazer seu último jogo sob os olhos da nação flamenguista.

Contudo, a situação do português é mais fácil do que a do camisa 9. O jogador de 23 anos pertence à Inter de Milão, que deseja 16 milhões de euros (cerca de R$ 74,5 milhões) para vender Gabigol.

Enquanto isso, o Mister tem vínculo com o Fla até junho de 2020, mas já alertou da possibilidade de ter propostas nesse fim de ano.

“A extrema demonstração de carinho e o gosto que vocês têm em que estejamos e continuemos no Flamengo. A gente nunca sabe o dia de amanhã. Mas todo o carinho que nós temos sentido da Nação do Mengão, para nós, terá muita influência na nossa decisão”, disse o Mister em um evento no Rio.

FLAMENGO x AVAÍ

Data, hora e local: quinta-feira (5), às 20h, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Onde assistir: Premiere.

Prováveis escalações

Flamengo: Diego Alves, Rafinha (Rodinei), Rodrigo Caio, Pablo Marí (Rhodolfo) e Filipe Luís (Renê); Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro (Diego Ribas) e Arrascaeta; Bruno Henrique (Reinier) e Gabigol. Técnico: Jorge Jesus.

Avaí: Vladimir, Gabriel Lima, Eduardo Kunde, Marquinhos Silva e Ramon; Marcinho, Wesley e Richard Franco; João Paulo, Caio Paulista e Jonathan. Técnico: Evandro Camillato.

Arbitragem: Jefferson Ferreira de Moraes será auxiliado por Bruno Raphael Pires e Leone Carvalho Rocha. Todos são de Goiás. Por fim,  Elmo Alves Resende Cunha será o responsável pelo VAR.

Fluminense cede empate ao Avaí e permanece na luta contra o rebaixamento

Avaí e Fluminense se enfrentaram na tarde deste domingo (1º), na Ressacada, e ficaram no empate em 1 a 1. O time tricolor abriu o placar ainda no primeiro tempo, com Marcos Paulo, mas sofreu o empate nos minutos finais, em cobrança de pênalti de João Paulo.

Com o resultado, a equipe do Rio de Janeiro chegou aos 42 pontos e permanece na luta contra a queda no Campeonato Brasileiro. O Avaí, que já está rebaixado, soma, agora, 19.

Na próxima rodada, o Fluminense recebe o Fortaleza. Já o Avaí, visita o Flamengo.

O jogo teve um primeiro tempo para lá de “morno”. O Avaí, sem criatividade e pressionada na saída de bola, não conseguia os espaços necessários para avançar ao campo de ataque. O Fluminense, por sua vez, não imprimia velocidade e errava muitos passes.

Assim, o jogo ficou preso entre as duas intermediárias, com muitas faltas e nada animado para quem assistia.
Com a ventania forte na região, o ataque o Avaí teve ajuda da força da natureza quase enganou o goleiro Marcos Felipe e aconteceu um gol olímpico.

A volta do intervalo não trouxe mudanças no panorama do jogo. O Avaí até chegou a ensaiar uma reação e teve mais presença no campo de ataque, mas durou pouco a melhora do time mandante e logo começaram a aparecer os erros.

O Fluminense, por sua vez, se mostrava acomodado com o resultado e passou a jogar quase que na espera do adversário. Quando tentou sair em velocidade, não teve sucesso. Até por isso, Marcão tirou Marcos Paulo para colocar Pablo Dyego e Nenê para a entrada de Guilherme.

As substituições quase surtiram efeito imediato. Poucos minutos depois de entrarem, Guilherme achou Pablo Dyego sem marcação, no meio da zaga do Avaí, mas o atacante mandou para fora.

No fim da partida, Jonathan foi derrubado por Nino na área e a arbitragem marcou pênalti. João Paulo cobrou e Marcos Felipe defendeu, mas a arbitragem de vídeo mandou voltar a cobrança alegando que o goleiro tricolor havia se adiantado. Em nova chance, João Paulo balançou a rede.

corinthians avaí

Corinthians vence Avaí e cola no São Paulo na briga pelo G-4

Com uma vitória construída de ponta a ponta, o Corinthians venceu o Avaí por 3 a 0, na noite desta quarta-feira (27), e encostou no São Paulo na briga pela vaga direta na Copa Libertadores via Campeonato Brasileiro.

O Corinthians chegou aos 53 pontos com a vitória, apenas um abaixo do São Paulo. Apenas as quatro primeiras equipes colocadas, com exceção de Flamengo e Athletico Paranaense, garantem vaga na fase de grupos da Copa Libertadores.

Já o Avaí garantiu que irá terminar o Brasileiro na lanterna, visto que a equipe tem 18 pontos e a Chapecoense já registra 28.

O duelo válido pela 35ª rodada foi realizado na Arena Corinthians, em São Paulo.

Gustavo, Júnior Urso e Boselli marcaram os gols do Corinthians.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo no próximo domingo (1), pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Avaí recebe o Fluminense na Ressacada, às 16h.

Enquanto o Corinthians viaja até Belo Horizonte para encarar o Atlético Mineiro no Independência, às 18h.

O JOGO

A primeira chance de perigo do jogo foi do Avaí no primeiro minuto da partida. Caio Paulista roubou bola no campo de ataque e finalizou cruzado para boa defesa de Cássio.

Caio Paulista apareceu novamente aos quatro minutos. O atacante foi lançado e finalizou firme da entrada da área para Cássio espalmar.

O Corinthians conseguiu levar perigo aos 14 minutos. Pedrinho recebeu na direita, cortou para o meio e finalizou perto do poste direito.

O Avaí respondeu aos 16 minutos. Após cobrança de falta da intermediária, Richard Franco apareceu sozinho na área e cabeceou perto do poste esquerdo.

Mas aos 21 minutos, quem abriu o placar foi o Corinthians. Clayson cobrou escanteio da esquerda na cabeça de Gustavo, que escorou firme para balançar as redes.

Aos 29 minutos, nova chance do Corinthians. Clayson aproveitou sobra da entrada da área e finalizou firme perto do travessão.

O Corinthians seguiu na pressão e quase ampliou o placar aos 32 minutos. Gustavo lançou Janderson na área e o atacante finalizou rasteiro para boa defesa de Vladimir.

Logo aos dois minutos do segundo tempo o Corinthians conseguiu ampliar o marcador. Gabriel roubou bola no ataque e lançou Pedrinho. O meia encontrou Gustavo, que aguardou a passagem de Júnior Urso para rolar para o volante bater de primeira e balançar as redes.

Júnior Urso apareceu novamente aos 11 minutos. Da intermediária, o volante arriscou o chute e Vladimir fez bela defesa. A bola sobrou para Janderson, mas o atacante finalizou por cima do gol.

Nova chance para o Corinthians aos 32 minutos. Gustavo fez o pivô para Jadson que bateu colocado no poste direito.

Só que aos 41 minutos, o Corinthians chegou ao seu terceiro gol. Fagner cruzou da direita na medida para Boselli. O argentino finalizou de peito no contrapé de Vladimir para marcar um belo gol.

Cruzeiro - Avai - Campeonato Brasileiro

Avaí empata com o Cruzeiro e é o primeiro rebaixado do Brasileiro

Mesmo com pressão no ataque durante todo o jogo, o Cruzeiro não saiu do 0 a 0 com o Avaí, na noite desta segunda-feira (18), e o resultado tirou a equipe mineira da zona de rebaixamento e deixou os catarinenses como os primeiros rebaixados dessa edição do Campeonato Brasileiro.

O duelo válido pela 33ª rodada foi realizado no Mineirão, em Belo Horizonte.

O empate deixa o Cruzeiro com 36 pontos, apenas um acima do Fluminense, primeira equipe dentro da zona de rebaixamento do Brasileiro.

Já o Avaí chegou aos 18 pontos e não consegue mais ultrapassar o Cruzeiro na tabela e por isso irá disputar a Série B em 2020.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo no próximo final de semana, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Cruzeiro viaja para encarar o Santos na Vila Belmiro, neste sábado (23), às 21h.

Já o Avaí recebe a Chapecoense na Ressacada, neste domingo (24)às 19h.

O JOGO

A primeira chance do Cruzeiro foi aos cinco minutos. Éderson recebeu na entrada da área e ajeitou para Orejuela. O lateral chegou finalizando de primeira e Vladimir espalmou para salvar o Avaí.

O Avaí respondeu aos 24 minutos. Lourenço cruzou e Vinícius Araújo arriscou uma bicicleta, mas a bola foi direto nas mãos de Fábio.

Nova chance do Cruzeiro aos 34 minutos. Sassá foi lançado na direita e mandou o cruzamento fechado. Vladimir se lançou e afastou a bola de soco.

O Cruzeiro levou perigo aos 18 minutos do segundo tempo. Pedro Rocha recebeu na esquerda, cortou para o meio e finalizou no canto direito, mas Vladimir conseguiu buscar.

Nova chance para o Cruzeiro aos 26 minutos. Thiago Neves arriscou a falta da entrada da área e a bola passou perto do poste esquerdo.

O Avaí respondeu aos 30 minutos. Pedro Castro arriscou da intermediária, a bola desviou em Cacá e Fábio conseguiu se recuperar e fazer bela defesa.

Thiago Neves teve a oportunidade de marcar o gol da vitória aos 45 minutos. Dodô fez boa jogada pela esquerda e cruzou na medida para o meia, que cabeceou firme e a bola passou muito perto do poste esquerdo.

Botafogo - Avaí - Campeonato Brasileiro

Botafogo vence Avaí e sai da zona de rebaixamento do Brasileiro

Em noite chuvosa no Rio de Janeiro, o Botafogo lavou a má fase e voltou a triunfar após quatro rodadas com a vitória sobre o Avaí por 2 a 0, na noite desta segunda-feira (11), e saiu da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

O duelo que encerrou a 32ª rodada foi realizado no Engenhão, no Rio de Janeiro.

Os gols do Botafogo foram marcados por Ricardo (contra) e Diego Souza em cobrança de pênalti.

Com a vitória, o Botafogo sobe para a 14ª posição com 36 pontos e deixa seu rival Fluminense na zona de rebaixamento com 34 pontos ganhos.

Já o Avaí segue na lanterna do Brasileiro com apenas 17 pontos ganhos e muito perto de confirmar seu rebaixamento para o Campeonato Brasileiro da Série B.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo neste final de semana, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Botafogo viaja para Curitiba para encarar o Athletico Paranaense Arena da Baixada, neste domingo (17), às 18h.

Enquanto o Avaí viaja para Belo Horizonte para enfrentar o Crueiro no Mineirão, na próxima segunda-feira (18), às 20h.

O JOGO

O Botafogo conseguiu abrir o placar aos 13 minutos. Cícero fez o cruzamento, Igor Cássio foi para o cabeceamento, mas Ricardo travou com o atacante e mandou para o próprio gol.

Igor Cássio quase deixou o dele aos 31 minutos. Rhuan lançou o atacante que saiu cara a cara com Vladimir, que conseguiu fechar bem a meta e se esticou para fazer bela defesa.

Nova chance do Botafogo aos 43 minutos. Ricardo erra na saída de bola e Rhuan recupera. O meia toca rápido para Leonardo Valencia que devolve para Rhuan bater de primeira perto do poste esquerdo.

O Avaí criou sua primeira chance aos 44 minutos. Jonathan avançou pelo meio e tentou a batida por cobertura. A bola passou perto do travessão.

Aos 47 minutos, nova chance do Avaí. João Paulo arriscou da intermediária e exigiu boa defesa de Gatito Fernández.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, o Avaí quase empatou o jogo. Caio Paulista avançou para a área e finalizou firme para defesa de Gatito Fernández. O rebote ainda sobrou para o atacante, mas Joel Carli se atirou na bola e travou o chute.

O Botafogo respondeu aos 35 minutos. Cícero arriscou da entrada da área e Vladimir fez defesa segura.

Mas aos 39 minutos, Lucas Campos invadiu a área e se enroscou com Luanderson. O árbitro Savio Pereira Sampaio entendeu o choque como falta a assinalou a penalidade.

Diego Souza foi para a cobrança e deslocou Vladimir para voltar a marcar após dois meses.

Goiás - Avaí - Campeonato Brasileiro

Goiás marca no fim, vence Avaí e mira G6 do Campeonato Brasileiro

Neste domingo (03), Goiás e Avaí se enfrentaram pela última partida da 30° rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, no estádio Serra Dourada, e dois gols nos acréscimos, de pênalti, do atacante Rafael Moura, e de Thalles, garantiram os três pontos para os donos da casa.

Com a vitória por 2 a 0, o Goiás chega aos 42 pontos e ainda sonha com uma vaga para a Copa Libertadores do ano que vem, já que o time vem crescendo e está a alguns pontos do G6 do torneio. No caso do Avaí, o placar mantém o time na lanterna e cada vez mais perto da segunda divisão do futebol brasileiro.

O primeiro tempo foi marcado pela pressão inicial que o Goiás aplicou para cima do Avaí. Logo aos oito minutos, Rafael Moura cabeceou por cima da meta defendida por Vladimir, sendo que três minutos o atacante perdeu uma nova oportunidade, desta vez ao chutar rasteiro pela linha de fundo. Os visitante até tiveram uma boa chance na sequência com Gegê, porém a equipe goiana era quem ditava o ritmo do confronto e se mostrava cada vez mais perto do gol.

Na segunda etapa, o jogo mudou e o Avaí foi quem teve as melhores chances, com Richard Franco e Gegê, sendo que as duas oportunidades só não foram gol a favor dos catarinenses por causa de intervenções seguras do goleiro Tadeu, um dos grandes nomes dos donos da casa. A equipe do Sul do país teve o controle do jogo na reta final e ficou muito perto de vencer o confronto, porém não acertou as finalizações por detalhe e manteve o placar inalterado.

Porém, as chances perdidas pelos visitantes custaram caro e o Goiás conseguiu o gol da vitória já nos acréscimos, com o atacante Rafael Moura, que cobrou o pênalti no meio do gol defendido por Vladimir. No último lance, Thalles aproveitou bela jogada para marcar e ampliar o placar e o triunfo goiano.

Agora, as duas equipes já focam suas atenções para os confrontos que terão pela 31° rodada do Brasileirão. Enquanto o Goiás irá até Minas Gerais enfrentar o Atlético-MG, que vive fase complicada e briga para se manter na primeira divisão, o Avaí jogará em casa, porém não deverá ter vida fácil já que recebe o Santos, terceiro colocado e uma das melhores equipes desta edição do principal torneio nacional.

Fortaleza - Avaí - Campeonato Brasileiro

Fortaleza vence Avaí e abre vantagem da zona de rebaixamento do Brasileiro

O Fortaleza contou com um golaço de bicicleta de Paulão para afundar o Avaí na lanterna do Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira (30), ao vencer o adversário por 3 a 1, em plena Ressacada.

O lance plástico do zagueiro do time cearense abriu o placar no duelo, ainda no primeiro tempo. O Avaí conseguiu empatar na início da segunda etapa com Vinícius Araújo, aos 5min. No entanto, dois minutos depois, Romarinho, em lance de oportunismo, voltou a colocar o Fortaleza à frente.

Próximo do final da partida, aos 43min, Wellington Paulista fechou o placar ao converter em gol pênalti que havia sido cometido por Kunde, que acabou expulso após o árbitro revisar o lance no VAR (árbitro de vídeo).

O time comandado por Rogério Ceni acumula agora o terceiro jogo consecutivo de invencibilidade na competição e segue na zona intermediária da tabela. Com 35 pontos, o clube tricolor se sustenta na região da classificação para a próxima Copa Sul-Americana.

O Avaí, por outro lado, se encontra em situação complicadíssima: com apenas 17 pontos, ocupa a lanterna e está próximo de ter decretada queda à Série B.

Palmeiras

Com interferência de VAR, Palmeiras vence o Avaí

Num jogo dramático, com dois lances de VAR e uma chuva que alagou o campo no segundo tempo, o Palmeiras venceu o Avaí por 2 a 1, neste domingo (27), em Florianópolis, e segue na briga para tentar tirar a diferença do líder Flamengo.

Com o resultado, o time palmeirense chegou aos 57 pontos ganhos e segue isolado na segunda colocação do Brasileiro.

O primeiro tempo mostrou um Avaí cauteloso. Assim, o Palmeiras tentou dar velocidade no toque de bola para achar espaços na defesa do Avaí.

O atacante Dudu foi bastante acionado tanto pela direita como no meio e foi ele que quase abriu o placar em jogada de Deyverson, que fez o pivô deixou a bola para o arremate do camisa sete.

Ainda antes dos 10min, Bruno Henrique também ameaçou o gol do Avaí ao acertar um voleio que raspou o travessão.

O time da casa só chegou num erro de saída de bola do próprio Palmeiras. Dudu recuou uma bola nos pés de Jonathan que entrou na área e chutou para a defesa de Weverton.

A partir daí o jogo ficou mais cadenciado. O Avaí ainda assustou no fim do primeiro tempo em cabeçada de Vinícius Araújo, mas a etapa inicial terminou mesmo no 0 a 0.

Na volta do intervalo, o Palmeiras apertou a marcação e abriu o placar logo aos 8min. Num escanteio cobrado pela esquerda, Deyverson cabeceou na pequena área e abriu o placar na Ressacada.

Depois disso, a forte chuva deixou o campo pesado e tornou a partida dramática. Sem ter condição de tocar a bola, os times passam a jogar na base do chutão.

Aos 35min, o VAR acabou sendo solicitado em lance polêmico. Felipe Melo levantou a bola na área, Vinicius Júnior se antecipou ao goleiro Weverton e foi derrubado na área. Após consulta, o juiz Wilton Pereira Sampaio marcou pênalti que João Paulo bateu e converteu.

O campo pesado voltou a dar origem a outro lance em que o VAR foi chamado. Dudu entrou na área e recebeu o tranco da marcação e caiu. Pênalti marcado. Na cobrança, aos 40min, Scarpa bateu bem e definiu a parida em 2 a 1.

são paulo avaí

São Paulo encara o Avaí para entrar no G4 do Brasileirão

São Paulo x Avaí se enfrentam neste domingo (20), às 16h, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Confira tudo sobre o jogo: onde assistir, as prováveis escalações e o que vale!

O jogo será exibido pelo Premiere (pay-per-view) e pela Rede Globo. A emissora vai exibir a partida para os estados de São Paulo, Ceará, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina).

VAGA NO G4 DO BRASILEIRÃO

Com 43 pontos, o São Paulo é o quinto colocado do Campeonato Brasileiro. Ou seja, caso vença o duelo, vai ultrapassar o rival Corinthians e ocupar a quarta posição da tabela.

Entretanto, caso tropece, o time são-paulino pode ser ultrapassado pelo Inter, que enfrenta o Vasco no Beira-Rio, e pelo Bahia, que encara o Ceará na Fonte-Nova.

Já o Avaí ainda sonha com a permanência na Série A, mas a missão é difícil. A equipe catarinense está com 17 pontos, 11 atrás do Cruzeiro – primeiro clube fora da zona de rebaixamento.

Com cinco derrotas nos últimos seis jogos – e a saída do técnico Alberto Valentim para o Botafogo, o clube vê o objetivo ainda mais longe. Contudo, o treinador Evando Camillato tenta surpreender e conquistar seu primeiro triunfo.

SÃO PAULO DESFALCADO

O técnico Fernando Diniz não pode contar com dois laterais. Pela direita, Juanfran está com dores musculares. Já do lado esquerdo Reinaldo está suspenso. Com isso, Igor Vinicius e Léo devem ganhar novas chances no time titular.

No meio campo, Daniel Alves e Hernanes serão os encarregados de criar chances de gol e municiarem Antony e Alexandre Pato. A outra opção é a entrada de Vitor Bueno no setor. Nesse caso, Daniel Alves atuará como lateral direito.

Além disso, vale lembrar que Everton e Pablo seguem machucados.

Do lado do Avaí, os laterais Léo, Igor Fernandes e o atacante Caio Paulista não foram relacionados. Por outro lado, Gustavo Ferrareis e Brenner voltam ao time titular.

Fernando Diniz comandando o treino do São Paulo. (Divulgação / Twitter São Paulo)

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO x AVAÍ

27ª rodada do Campeonato Brasileiro 

Data, hora e local: domingo (20/10/2019), às 16h, no Morumbi, em São Paulo.

Onde assistir: Premiere e Rede Globo (para SP, CE, MT, MS e SC)

São Paulo: Tiago Volpi; Igor Vinicius (Vitor Bueno), Bruno Alves, Arboleda e Léo (Liziero); Luan, Tchê Tchê, Hernanes (Igor Gomes) e Daniel Alves; Antony e Alexandre Pato. Técnico: Fernando Diniz.

Avaí: Vladimir; Lourenço, Betão, Ricardo e Paulinho; Mosquera, Matheus Barbosa e Richard Franco; João Paulo (Douglas), Igor Goularte e Vinícius Araújo. Técnico: Evando Camillato.

Arbitragem: Dewson Fernando Freitas da Silva (FIFA – Pará) apita o jogo e será auxiliado por Bruno Boschilia (FIFA – Paraná) e Nailton Junior de Sousa Oliveira (Ceará). Por fim, o responsável pelo VAR (árbitro de vídeo) será Rodolpho Toski Marques (do Paraná).