Foz vence Boa Esporte e avança na Copa do Brasil

O Foz do Iguaçu venceu o Boa Esporte por 1 a 0 nesta quarta-feira (6) e foi o primeiro time paranaense classificado para a segunda fase da Copa do Brasil. A equipe comandada pelo técnico Negreiros contou com o gol do meia Douglas, de cabeça e aos 20 minutos da etapa final, para avançar no torneio e conquistar o primeiro triunfo no ano. O próximo adversário será o Ceará, que eliminou o Central após o empate por 1 a 1. A data do confronto ainda será definido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

A vitória sobre os mineiros pode dar o ânimo necessário para a sequência do ano e o respiro financeiro, já que o clube embolsou R$ 625 mil com a classificação. Considerando que o time já lucrou R$ 525 mil por participar desse primeiro duelo, a equipe já soma R$ 1,150 milhão por participar do maior campeonato mata-mata do país.

O Foz nem sequer havia marcado um gol em 2019. No primeiro turno do Campeonato Paranaense 2019, a Taça Barcímio Sicupira, a equipe é a última colocada do Grupo A com um ponto. Nos cinco jogos do Estadual até aqui, são quatro derrotas e apenas um empate com 12 gols sofridos e nenhum feito.

O Foz se prepara agora para enfrentar o Rio Branco. A partida está marcada para o próximo domingo (10), às 17h, na Estradinha, em Paranaguá. No mesmo dia, só que às 10h30, o Boa Esporte, sétimo colocado do Campeonato Mineiro, recebe o Tombense.

Avaí derrota o CSA e acaba com chance remota do Londrina

O Avaí enterrou de vez qualquer mínima chance de acesso do Londrina. O time catarinense venceu o CSA, por 1 a 0, neste sábado (17), e chegou a 60 pontos na competição. O quarto colocado é o próprio CSA com 59. Sendo assim, com apenas uma rodada restante e com 55 pontos, o Tubarão não tem mais chances de conquistar a vaga na Série A do ano que vem.

Após a derrota para o CRB nesta sexta-feira, o Londrina precisava de praticamente um milagre para alcançar o acesso. Além de vencer o Guarani na última rodada, o alviceleste precisava contar com combinações de resultados e uma delas seria que o Avaí somasse, no máximo, um ponto em duas rodadas (o que já não aconteceu).

O gol que afundou o Londrina saiu aos 38 minutos. Quando Getúlio marcou de cabeça o gol do Avaí contra o CSA.

BRASIL DE PELOTAS X GUARANI

Ambas as equipes já não brigavam por nada na Série B do Brasileirão. Jogando debaixo de forte chuva no Bento Freitas, o Brasil-RS pulou na frente com Diego Miranda, aos 16 do primeiro tempo. Mas o Guarani reagiu rapidamente. Logo aos 19, Rafael Longuine empatou e deixou tudo igual no Sul.

O empate faz o Brasil permanecer em 11º colocado, com 47 pontos. O Guarani está um pouco à frente, em nono, com 51 somados.

SAMPAIO CORREA X BOA ESPORTE

Já rebaixados para a Série C, Sampaio Corrêa e Boa Esporte se despediram da Série B em duelo no Castelão. O único gol do jogo foi marcado no primeiro lance: Uilliam foi derrubado na área e o árbitro assinalou pênalti para o Sampaio. Na cobrança, Uilliam parou nas mãos do goleiro Igor. Mas o próprio Uilliam pegou o rebote e balançou as redes.

O triunfo não alterou as posições das equipes na tabela de classificação. O Sampaio manteve-se em 18º, agora com 38 pontos. O Boa segue na última colocação, com 29 somados.

Ponte Preta vence, se mantém viva e empurra Boa Esporte para Série C

A Ponte Preta continua perseguindo o G4 da Série B. Na noite desta terça-feira (6), a Macaca lutou e conseguiu vencer o Boa Esporte, por 1 a 0, no Moisés Lucarelli, em Campinas.  O placar empurrou o lanterna Boa Esporte de uma vez para Série C.

O Boa Esporte surpreendeu a Ponte Preta no início da partida e levou perigo em jogadas com Barbio e Tubarão. Parecia que o lanterna iria dar bastante trabalho, mas só pareceu. Após o susto inicial, a Macaca respondeu com André Luis e quase saiu na frente aos 26 minutos, mas as equipes foram para o intervalo zeradas.

No segundo tempo, a equipe mineira repetiu a estratégia e ficou muito perto de abrir o marcador aos cinco minutos com Daniel Cruz, que cabeceou para fora. Aos 29, a Ponte foi mais efetiva pelo alto e Renan Fonseca concluiu o cruzamento de Danilo para garantiu o triunfo paulista por 1 a 0.

Com o placar, a Ponte chegou a 53 pontos, na sexta posição. Quatro pontos a menos que o Avaí-SC, quarto colocado. Enquanto o Boa tem 29 pontos, na lanterna, já rebaixado.

 

CRB vence Boa Esporte e se afasta da ZR

Em confronto direto contra o rebaixamento, o CRB conseguiu uma importante vitória, na tarde deste sábado, no estádio Rei Pelé.

Os dois times entraram em campo com o mesmo objetivo: buscar a vitória para tentar escapar do rebaixamento. No entanto, a situação dos alagoanos era menos complicada que a dos mineiros, que estão na lanterna da competição.

Jogando em casa, o CRB fez valer o mando de campo e venceu por 2 a 1. De pênalti, Willians Santana abriu o placar no primeiro tempo. Nos minutos finais do jogo, Bruno Tubarão empatou para o Boa, aos 40. E, aos 43, Everton Sena fez o gol da vitória do Galo, que chegou aos 38 pontos – três à frente do primeiro time dentro do Z-4 –, ocupando a 16ª posição. O Boa, com 29, segue na última posição.

Figueirense, Atlético-GO e São Bento vencem seus duelos na Série B

Quatro jogos foram disputados, na tarde deste sábado (27), pela 33ª rodada da Série B. Guarani e Oeste empataram em 1 a 1; o São Bento venceu o CRB por 1 a 0; o Figueirense bateu o Criciúma por 3 a 2; e o Atlético-GO bateu o Boa Esporte por 2 a 0.

No Brinco de Ouro, Guarani e Oeste terminaram empatados em 1 a 1. O time da casa saiu na frente, aos 29, com Fabrício. O zagueiro cobrou falta, de perna esquerda, e balançou as redes. O Guarani seguiu firme na partida, arriscou várias vezes, mas aos 37 do segundo tempo, ficou com um jogador a menos após Marcão ser expulso. Como consequência, aos 45, Edilson roubou a bola e passou para Léo Ceará, que de chapa deixou tudo igual. Com o resultado, o Guarani soma 46 pontos, na 9ª posição. O Oeste é 13º na tabela, com 43 pontos.

No Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, o São Bento venceu o CRB por um placar magrinho de 1 a 0. O gol da vitória saiu aos 35 minutos de partida. Roni passou por três defendores e tocou para Zezinho, livre, estufar as redes do goleiro João Carlos. Com o placar, o time de Sorocaba é o 12º na tabela, com 43 pontos. Já o CRB é o 16º, com 35 pontos.

No Orlando Scarpelli, Figueirense e Criciúma protagonizaram um duelo recheado de gols e quem levou a melhor foram os donos da casa ao vencer por 3 a 2. O Figueira abriu o placar aos oito minutos com Elton, que aproveitou um rebote e marcou. Aos 20, o Criciúma deixou tudo igual, quando Alex Maranhão aproveitou a falha de Denis e completou para o fundo do gol. Seis minutos depois veio a virada. Alex Maranhão cobrou pênalti e fez o segundo do Tigre. Na volta do intervalo, o Figueira empatou logo aos sete. Renan Mora mandou uma bomba no ângulo, sem chances para Luiz. O gol da vitória saiu aos 36, com Henrique Trevisan. Com o resultado, é o 11º, com 44 pontos. Enquanto o Criciúma é 14ª, com 41 pontos.

Em Varginha, o Atlético-GO venceu o Boa Esporte por 2 a 0. O time visitante abriu o placar aos seis minutos. Renato Kayzer aproveitou cruzamento e subiu sozinho para cabecear e balançar as redes. Aos 40, o Dragão completou a vitória com André Luis. Com o placar, o Atlético-GO tem 51 pontos, na quinta posição. Enquanto o Boa Esporte é o lanterna, com apenas 29 pontos.

Avaí bate o Guarani; Vila Nova vence o Boa; e Oeste e Fortaleza empatam

Três jogos foram disputados, na tarde deste sábado (13), pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro: o Avaí venceu o Guarani, por 2 a 1; o Vila Nova levou a melhor em cima do Boa Esporte garantindo o placar de 2 a 0; enquanto Oeste e Fortaleza não saíram do zero a zero.

AVAÍ FEZ A FESTA NO BRINCO DE OURO

No Brinco de Ouro, em Campinas, o Guarani foi surpreendido pelos visitantes. O time da casa até tentou ir pra cima, arriscou com Bruno Mendes logo aos dois minutos de partida. Mas foi o Avaí quem abriu o placar, aos 11 minutos, em um desvio de Getúlio. Aos 26, Getúlio apareceu novamente, de cabeça, e quase ampliou para o Leão.

A resposta do Guarani veio aos 40 minutos, quando Philipe Maia aproveitou após cobrança de escanteio e deixou tudo igual.

Na volta do intervalo as equipes protagonizaram um duelo movimentado. Aos 17, Bruno Mendes carimbou a trave para o Guarani. E a resposta catarinense veio no minuto seguinte, com Renato que tocou na saída do goleiro para garantir a vitória por 2 a 1.

Com o placar, o Avaí subiu para a terceira colocação, com 51 pontos. Já o Guarani caiu para a sexta posição, com 45 pontos.

VILA MOSTROU QUEM MANDA EM CASA

Diferente do Avaí, o Boa Esporte não teve sorte como visitante. No Serra Dourada, o Vila Nova comandou as ações e fez valer o mando de campo. Logo nos primeiros minutos de partida levou perigo a meta mineira. Aos 16, Wesley Matos, após escanteio, subiu alto para abrir o placar. O Boa tentou responder, mas, apesar do perigo, não foi efetivo.

Já no segundo tempo, aos 21, Alan Mineiro de pênalti ampliou o marcador para o Vila garantindo a vitória.

Com o placar, o Vila Nova subiu para a quinta colocação, com 48 pontos. Enquanto o Boa é o lanterna da competição, com 26 pontos.

OESTE SEGURA O LÍDER FORTALEZA

Na Arena Barueri, o líder Fortaleza deu trabalho para os donos da casa. Aos 12 minutos, Éderson, de voleio, quase marcou um golaço.

Na volta do intervalo, o Oeste até tentou assustar. Primeiro, aos dois minutos, com Luquinhas que, de cabeça, mandou para fora, e, depois, com Mazinho que invadiu a área e finalizou, Marcelo Boeck defendeu. O Tricolor respondeu com Ligger e Bonilha, mas as duas tentativas foram barradas pelo goleiro Tadeu.

O Fortaleza segue firme na liderança isolada, com 57 pontos. Já o Oeste é o 11º colocado, com 41 pontos.

São Bento e Boa Esporte empatam e permanecem na luta contra o rebaixamento

São Bento e Boa Esporte terminaram empatados em 0 a 0 na 28ª rodada da segunda divisão do Brasileirão na noite desta sexta-feira (21). Jogando no estádio Walter Ribeiro as equipes disputaram um primeiro tempo bastante truncado, com marcação firme de ambos os lados.

Na etapa inicial, o placar não foi alterado. No segundo tempo, a chance mais clara de gol foi ainda no início, aos sete minutos, com Manoel chutando com força, mas a boa foi para fora. Os donos da casa por pouco não abriram o placar em cobrança de falta de Anderson Salles. Mas o goleiro Fabrício fez boa defesa.

Brigando contra o rebaixamento, o empate não foi bom para ninguém. O São Bento, apesar de ter subido uma posição, figurando agora em 12º colocado, com 36 pontos, ainda pode perder posições até o fim da rodada. Já o Boa Esporte, apesar de sair da laterna da competição, segue na zona de rebaixamento, em 19ª, com 26 somados.

Série B: Atlético-GO entra no G-4; Boa Esporte deixa a lanterna

Da CBF

Na tarde desta sexta-feira (7), três confrontos abriram a 26ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Em Barueri (SP), o Atlético-GO retornou ao G-4 ao superar o Oeste-SP por 2 a 1. Com a segunda vitória consecutiva, o Dragão chegou a 43 pontos. Em Varginha, o Boa Esporte-MG venceu o Goiás por 1 a 0 e, com 24 pontos, passou a lanterna da competição para o Sampaio Corrêa, que entra em campo no sábado (8). Com 42 pontos, o Esmeraldino pode deixar o G-4, caso o Avaí-SC pontue contra o Paysandu-PA. Já em Maceió, CRB-AL e Guarani-SP ficaram iguais em 1 a 1.

Na Arena Barueri, o primeiro tempo foi movimentado com um gol para cada lado. Aos 31 minutos, Daniel Borges tentou recuar, a bola enganou o goleiro do Oeste e morreu no fundo das redes. Sem se abater com o gol contra, o time paulista respondeu dois minutos depois com Marcinho. O meia soltou a bomba de longe e deixou tudo igual, 1 a 1. No início do segundo tempo, o Atlético-GO voltou a liderar o marcador. Oportunista, Renato Kayser pegou o rebote e garantiu o triunfo goiano fora de casa.

No Rei Pelé, CRB e Guarani protagonizaram um confronto intenso. Empurrado pelo torcedor, o time alagoano controlou as ações da primeira etapa, criou as melhores chances, mas só abriu o placar depois do intervalo. Aos 18 minutos, Neto Baiano cobrou pênalti com categoria e colocou o Galo na frente, 1 a 0. Em desvantagem, o Bugre adotou uma postura mais ofensiva e arrancou o empate aos 33 minutos. Vindo do banco, Bruno Mendes aproveitou cruzamento da esquerda, pegou de primeira e decretou o empate em 1 a 1. Com a igualdade, o CRB segue ameaçado pela zona de rebaixamento com 29 pontos. Com 38, o Guarani perdeu a chance de se aproximar do G-4.

No estádio Prefeito Dilzon Luiz de Melo, o Goiás foi o primeiro a assustar, aos três minutos, com Michael. O Boa Esporte respondeu em duas oportunidades com Douglas Baggio. Depois de levar perigo aos oito, o atacante ficou muito perto de abrir o placar aos 13, mas desperdiçou a chance clara de gol. O ritmo continuou acelerado na etapa final e os goleiros precisaram trabalhar. Aos 39, porém, Marcos não conseguiu segurar a bomba de Manoel, que garantiu a vitória do Boa por 1 a 0.

Coritiba bate o Boa e volta a vencer no Couto Pereira após dois meses

Após dois meses sem vencer no Couto Pereira, o Coritiba reencontrou o caminho das vitórias em casa, nesta terça-feira (4), diante do Boa Esporte pela 25ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O alviverde não teve uma grande atuação, mas conseguiu garantir o placar de 2 a 1. O time do Alto da Glória não vencia como mandante desde o dia 4 de julho, quando bateu o Paysandu, por 2 a 0. Depois disso, foram três empates e uma derrota.

O Coxa logo tratou de mostrar o cartão de visitas e abriu o placar aos 11 minutos. Jean Carlos cobrou escanteio e Rafael Lima escorou para o gol. Mas a resposta do Boa veio sete minutos depois e praticamente no mesmo modelo aplicado pelo alviverde. William Barbio cobrou escanteio e a bola desviou em Juninho Potiguar para deixar tudo igual.

Aos 25, o time visitante deu um susto na torcida coxa-branca. Juninho Potiguar cabeceou para o gol e balançou as redes, mas o lance não valeu porque a arbitragem viu impedimento.

Na volta do intervalo, o Coxa voltou animado e disposto a ficar na frente mais uma vez. Não demorou. Aos seis, Bruno Moraes lançou Guilherme Parede, que tirou do goleiro e tocou por cobertura.
Ainda tinha muito jogo pela frente. O Boa não desistiu e voltou a assustar aos 14. Juninho Potiguar saiu na cara do gol e dividiu com Wilson, que conseguiu defender.

Do outro lado o alviverde também estava vivo na partida. Jean Carlos, de fora da área, mandou uma bomba bem perto da meta.

Aos 24, o Coxa, que já tinha a vantagem no placar, ficou com vantagem numérica em campo. O autor do gol, Juninho Potiguar, terminou expulso após receber o segundo cartão amarelo.

O duelo seguiu com as duas equipes arriscando, mas o placar não mudou.

COMO FICA

Com o resultado, o Coritiba soma 36 pontos, na 9ª posição. O Boa Esporte é o lanterna da competição, com 21 pontos.

Na próxima rodada, o alviverde encara o Vila Nova, fora de casa, no sábado (8), às 21h (de Brasília).

Em casa, lanterna Boa Esporte aplica 3 a 0 no vice-líder CSA

Bem que dizem que no futebol tudo é possível, o Boa Esporte provou isso, na noite deste sábado (1), ao vencer o CSA por 3 a 0 pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Lanterna da competição, o time de varginha era tido como o derrotado da noite já que iria duelar com o vice-líder, mas os donos da casa não se deixaram abater e garantiram a vitória no segundo tempo.

O primeiro tempo foi morno, sem inspiração para ambos os lados. A melhor oportunidade foi criada pelo Boa, aos 28, quando Doglas Baggio, livre na entrada da área, ajeitou e mandou uma bomba bem próximo ao travessão.

Já na volta do intervalo, o Boa voltou com outra postura. Logo aos seis, após cobrança de falta, Rodrigão cabeceou para a área, William Barbio chutou na trave e, no rebote, Daniel Cruz abriu o placar.

Não demorou para sair o segundo gol. Aos 13, Daniel Cruz pegou o cruzamento rasteiro e completou para o fundo das redes.

Foram exatos três minutos cronometrados, até que, aos 16, saiu o terceiro gol. Bruno Tubarão bateu escanteio, Aldo desviou e William Barbio empurrou para decretar o 3 a 0 em Varginha.

Com o resultado, o CSA segue no segundo lugar, com 40 pontos. O Boa, com 21, permanece na última posição na tabela de classificação.