coronavírus no paraná, coronavírus, covid-19, paraná, dados, tabela, gráfico, infográfico, evolução dos casos, boletim

Coronavírus no Paraná: Covid-19 avança mais 16% e faz primeiras vítimas

O boletim atualizado do coronavírus (Covid-19) no Paraná confirma as duas primeiras mortes pela doença. Os dois óbitos foram registrados em Maringá. De acordo com a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), também foram confirmados 19 novos casos. Outros 1.084 continuam em investigação.

Entre os novos casos, cinco foram confirmados em Curitiba, que tem um total de 71 registros. Outros quatro casos foram confirmados em Maringá — incluindo as duas mortes — e três em Cascavel.

Além disso, foram confirmados casos do novo coronavírus (Covid-19) em Cianorte, Guarapuava, Iretama, Campo Mourão, Umuarama, Guaíra e União da Vitória.

O número de pacientes internados em UTIs subiu de cinco para seis. Outros três permanecem internados, enquanto os demais são acompanhados remotamente, em isolamento domiciliar.

COVID-19: PRIMEIRAS MORTES POR CORONAVÍRUS NO PARANÁ

A confirmação das mortes pelo estado foi anunciada pelo Secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto, em pronunciamento ao vivo pelas redes sociais.

“Quero não apenas prestar condolências aos familiares e à comunidade, mas dizer que o Paraná todo está em uma grande luta para evitar que o coronavírus possa continuar circulação com essa força e essa agressividade que a Covid-19 tem”

O secretário reforçou as medidas adotadas pelo estado para combater o novo coronavírus (Covid-19). Conforme Beto Preto, a postura do Paraná é para evitar ao máximo a perda de vidas humanas.

“Por isso, mantemos a nossa postura que é de isolamento em casa e manter o distanciamento social. Respeitamos a posição de todos, mas do ponto de vista epidemiológico temos que tomar decisões de forma direta e séria. Todas as medidas que estamos tomando são baseadas em artigos científicos e evidências”, completou.

PARANÁ QUER AUMENTAR TESTES E AGILIZAR RESULTADOS

Durante o pronunciamento desta sexta-feira (27), o secretário de estado da Saúde, Beto Preto, explicou que o Paraná aumentou a quantidade análises. O Lacen (Laboratório Central do Estado) tem capacidade para alcançar cerca de 500 resultados por dia.

As análises continuarão em ritmo acelerado até que seja zerada a lista de coletas que aguardam o resultado dos exames.

Por isso, a quantidade de casos em investigação caíram sensivelmente, de 3.478 para 1.078. Após a divulgação dos resultados pelo Lacen, eles deixam a lista de investigados e passam a ser considerados casos descartados.

dengue, paraná, boletim, sesa, secretaria de estado da saúde do paraná, secretaria estadual da saúde, mortes, óbitos, casos confirmados, aedes aegypti

Dengue mata 8 pessoas em uma semana no Paraná

Oito pessoas morreram na última semana por complicações ligadas à dengue no Paraná. De acordo com a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), são 57 mortes desde agosto do ano passado.

Em apenas sete dias, 11 mil novos casos de dengue foram confirmados no Paraná. O avanço foi de 24,4% em apenas uma semana. O número de mortes avançou 16,3%.

Conforme o novo boletim da Sesa, divulgado nesta terça-feira (24), 15 cidades agora estão em estado de epidemia. Assim, chega a 162 o número de municípios nessa situação.

A dengue já se espalhou por 308 dos 399 municípios do Paraná. Todas as regionais de saúde do estado têm casos confirmados da doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

Com mais de 26 mil notificações nos últimos setes dias, o total acumulado desde agosto do ano passado é de 183 mil casos notificados de dengue no Paraná.

De acordo com a Sesa, a esperança em ver os casos reduzirem está no combate aos criadouros do mosquito Aedes aegypti. Neste final de semana, um mutirão contra a dengue vistoriou mais de 5 mil casas de 24 cidades do Paraná.

“Esta tendência de queda pode ser observada em vários municípios, principalmente nos 20 que fizemos a remoção mecânica de criadouros. A forma mais eficaz de combate é mesmo a eliminação mecânica dos focos”, afirma o secretário Beto Preto.

Todos os municípios do estado passam por um estudo de impacto para avaliar como a doença afeta cada região.

coronavírus, covid-19, paraná, curitiba, casos de coronavírus no paraná, casos confirmados, casos suspeitos, boletim, sesa, secretaria de estado da saúde, secretaria da saúde do paraná

Coronavírus: Paraná confirma mais 10 casos e chega a 70 registros de Covid-19

A Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) confirmou nesta terça-feira (24) 10 novos casos de coronavírus (Covid-19) no Paraná. O total passou de 60 para 70 casos confirmados — o que representa um avanço de 16,6% em 24 horas.

A maioria dos casos foi confirmada em Curitiba. Foram seis casos novos na capital. Também foram identificados novos casos em Telêmaco Borba, Paranavaí e Cascavel.

Além disso, o número de casos suspeitos também avançou consideravelmente. As investigações em andamento passaram de 1.519 para 1.844 — avanço de 21,4% em um dia.

Conforme a Sesa, entre os 70 casos confirmados do novo coronavírus no estado, 65 são de residentes. Outro cinco casos foram registrados no Paraná, embora os pacientes não sejam daqui.

É o caso de um paciente de Brasília que testou positivo para Covid-19 no Paraná.

CORONAVÍRUS NO PARANÁ: CASOS GRAVES

De acordo com a Sesa, oito pacientes diagnosticados com o novo coronavírus (Covid-19) no Paraná exigem cuidados específicos.

Apenas um dos casos é considerado grave. Se trata do médico Jamal Burk, internado desde o dia 19 de março na UTI do Hospital Marcelino Champagnat. Ele respira com a ajuda de aparelhos, embora tenha apresentado “discretos sinais de melhora” nas últimas 72 horas.

Além disso, há três pacientes com quadros clínicos “leves” e outros quatro em isolamento domiciliar.

Os demais casos são de pacientes que foram diagnosticados com Covid-19, mas que se recuperam em casa, em isolamento.

Foz do Iguaçu - homem sai de isolamento por coronavírus e vai a festa de aniversário

MP pede prisão domiciliar para mulher de Foz do Iguaçu que ignorou isolamento e foi a festa de aniversário

Uma médica veterinária teve pedido de prisão domiciliar decretado nesta segunda-feira (23) pelo MPPR (Ministério Público do Paraná), por meio da 9ª Promotoria de Justiça da Comarca de Foz do Iguaçu, por descumprir os protocolos de isolamento após ser apontada como caso suspeito do novo coronavírus (Covid-19).

O resultado do teste da mulher posteriormente deu positivo, sendo que a médica continuou – mesmo após recomendação de isolamento, atendendo pacientes em Foz do Iguaçu e Santa Terezinha de Itaipu, além de ter participado de uma festa de aniversário com cerca de 200 presentes.

Segundo o despacho assinado pelo promotor de Justiça da comarca, Luis Marcelo Mafra Bernardes da Silva, “a partir da confirmação do resultado positivo para Covid-19, instalou-se grave aflição nas pessoas residentes nas cidades que compõem a comarca, bem como no vizinho Paraguai, pelo fundado temor de disseminação generalizada e em cascata do vírus”.

De acordo com boletim divulgado pela Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) nesta segunda, Foz do Iguaçu registra quatro casos totais do novo coronavírus. No estado são outras 56 confirmações, além de 1.518 casos suspeitos e 159 descartados.

mortes rj petrópolis Coronavírus - Covid-19 - Brasil - casos confirmados

Casos de coronavírus crescem 47% e chegam a 428 ocorrências no Brasil

Em 24 horas os casos do novo coronavírus (Covid-19) cresceram 47% e saltaram de 291 para 428 ocorrências da doença no país, segundo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira (18).

Também foram registradas mais três mortes pela doença, totalizando quatro óbitos totais, todos eles registrados em São Paulo.

A contaminação já chegou a 16 estados e no Distrito Federal, sendo que os estados de São Paulo (240), Rio de Janeiro (45), Distrito Federal (26), Rio Grande do Sul (19), Pernambuco (16), Minas Gerais (15) e Paraná (13) lideram os casos no país.

O Ministério da Saúde também confirmou que são 11.278 casos suspeitos (crescimento de 27% em comparação ao último boletim), enquanto outros 1841 casos foram descartados.

Em pronunciamento nesta quarta-feira, o presidente da República, Jair Bolsonaro, e sua equipe ministerial anunciaram algumas medidas para auxiliar à população a enfrentar essa pandemia. Algumas delas são o benefício de R$ 200 para trabalhadores autônomos e também a liberação das empresas em reduzir pela metade a jornada e o salário dos trabalhadores.

Já o Governo do Paraná anunciou que irá restringir a entrada de ônibus vindos de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Distrito Federal. Além disso, o governador Ratinho Júnior mencionou que irá solicitar o fechamento das fronteiras com a Argentina e o Paraguai.

novo coronavírus, covid-19, ministério da saúde, boletim, coronavírus no brasil, paraná, foz do iguaçu, maringá, sesa

Coronavírus: Foz do Iguaçu e Maringá confirmam primeiros casos de Covid-19

Maringá e Foz do Iguaçu confirmaram nesta quarta-feira (18) os primeiros casos de pacientes infectados pelo coronavírus (Covid-19). Os casos também constam nos números oficiais da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná). Confira o boletim completo.

Conforme o último levantamento da secretaria estadual, o Paraná tem 14 casos confirmados. São dois casos novos em relação aos dados desta terça-feira (17).

Os demais casos estão distribuídos em Curitiba (8), Cianorte (2), Londrina (1) e Campo Largo (1).

Em relação aos casos suspeitos do novo coronavírus (Covid-19), houve aumento de 182% em um dia, de acordo com o Ministério da Saúde. O número saltou de 85 para 240, na comparação entre segunda-feira (16) e terça-feira (17).

CORONAVÍRUS EM MARINGÁ

O caso de coronavírus (Covid-19) em Maringá está relacionado a uma paciente de 46 anos que visitou recentemente a Espanha. Os sintomas foram identificados no dia 12 de março, quando houve coleta de material para análise.

O quadro de saúde dela piorou nesta terça-feira (17). Conforme a Prefeitura de Maringá, a mulher precisou ser internada. Até então, ela seguia isolada em casa, seguindo as recomendações das autoridades de saúde.

Conforme o boletim clínico, o estado de saúde é estável. Ela segue internada e isolada, sem registro de agravamento nas últimas horas.

COVID-19 EM FOZ DO IGUAÇU

De acordo com a Prefeitura de Foz do Iguaçu, o caso confirmado de coronavírus (Covid-19) no município está relacionado a uma mulher de 33 anos que visitou recentemente a Europa.

Conforme o setor de Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu, ela retornou ao Brasil no dia 08 de março, mas começou a sentir febre e outros sintomas associados ao coronavírus cinco dias antes.

Ao retornar para casa, a mulher foi orientada a permanecer em isolamento domiciliar por 14 dias. Conforme a Prefeitura de Foz do Iguaçu, ela é monitorada pelas equipes da saúde do município.

A prefeitura também esclarece que nenhum caso de coronavírus (Covid-19) foi confirmado no Hospital Municipal.

coronavírus general positivo

Coronavírus: General Heleno é a 16ª pessoa da comitiva presidencial com a doença

General de Exército e Ministro de Estado Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, general Augusto Heleno, confirmou pelo twitter, na manhã desta quarta-feira (18), que seu segundo exame para Covid-19 deu positivo.

O general aguarda agora a contraprova da Fiocruz para confirmar o diagnóstico.

Na postagem, o general de 72 anos afirma ainda que não tem nenhum sintoma da doença e que permanece em casa em isolamento.

 

Dessa forma, general Augusto Heleno é a 16ª pessoa da comitiva presidencial que esteve no EUA, no inicio do mês, com a confirmação de coronavírus.

BOLSONARO TESTA NEGATIVO PARA COVID-19

Ontem à noite presidente Jair Bolsonaro o  utilizou suas redes sociais para comunicar que seu segundo teste realizado não apontou a presença da doença.

Na comitiva presidencial que viajou para Miami, Flórida, para encontrar com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foram confirmados como coronavírus:

  • Fabio Wajngarten, secretário de Comunicação da Presidência da República ;
  • Nelsinho Trad, senador (PTB-MS);
  • Nestor Forster, embaixador e encarregado de negócios do Brasil nos EUA;
  • Karina Kufa, advogada e tesoureira do Aliança pelo Brasil;
  • Sérgio Lima, publicitário e marqueteiro do Aliança pelo Brasil;
  • Samy Liberman, secretário-adjunto de comunicação da Presidência;
  • Alan Coelho de Séllos, chefe do cerimonial do Itamaraty;
  • Robson Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI);
  • Marcos Troyjo, secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia;
  • Flávio Roscoe, presidente da Federação das Indústria do Estado de Minas Gerais;
  • Além de quatro integrantes não-identificados da equipe de apoio do voo presidencial aos EUA.

Até o momento, o Ministério da Saúde confirmou 291 casos do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil, embora existam outros 8891 ocorrências sob suspeita.

jair bolsonaro, sae, secretaria de assuntos estratégicos, ministério, bruno grossi, ministério da economia, governo federal

Jair Bolsonaro afirma que segundo teste de coronavírus deu negativo

Cercado de especulações após 15 membros de sua comitiva aos Estados Unidos testarem positivo para o coronavírus, o presidente da República, Jair Bolsonaro, utilizou suas redes sociais na noite desta terça-feira (17) para comunicar que seu segundo teste realizado não apontou a presença da doença.

Dessa forma, Bolsonaro está liberado para cumprir normalmente sua agenda presidencial. No próximo sábado (21), o presidente irá completar 65 anos de idade.

Na comitiva presidencial que viajou para Miami, Flórida, para encontrar com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foram confirmados como coronavírus:

  • Fabio Wajngarten, secretário de Comunicação da Presidência da República ;
  • Nelsinho Trad, senador (PTB-MS);
  • Nestor Forster, embaixador e encarregado de negócios do Brasil nos EUA;
  • Karina Kufa, advogada e tesoureira do Aliança pelo Brasil;
  • Sérgio Lima, publicitário e marqueteiro do Aliança pelo Brasil;
  • Samy Liberman, secretário-adjunto de comunicação da Presidência;
  • Alan Coelho de Séllos, chefe do cerimonial do Itamaraty;
  • Robson Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI);
  • Marcos Troyjo, secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia;
  • Flávio Roscoe, presidente da Federação das Indústria do Estado de Minas Gerais;
  • Além de quatro integrantes não-identificados da equipe de apoio do voo presidencial aos EUA.

Até o momento, o Ministério da Saúde confirmou 291 casos do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil, embora existam outros 8891 ocorrências sob suspeita.

novo coronavírus, covid-19, paraná, casos confirmados, confirmações, casos suspeitos, em análise, investigação, curitiba, foz do iguaçu, maringá, londrina, cascavel, sesa, ministério da saúde, boletim

Coronavírus: casos no Paraná dobram em um dia e chegam a 12

Dobrou o número de casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) no Paraná. De acordo com a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná), as confirmações passaram de 6 para 12 em um dia.

Conforme a pasta, são sete casos confirmados em Curitiba e dois em Cianorte. Além disso, há registros em Londrina, Pinhais e Campo Largo. Os dados foram atualizados no início da noite desta terça-feira (17).

De acordo com o Ministério da Saúde, os casos em investigação quase triplicaram no Paraná. As análises passaram de 85 para 240.

Somados os dados da Prefeitura de Curitiba, a capital paranaense registra 9 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19). São dois casos a mais do que os registros da Sesa.

Entram na lista da secretaria estadual apenas os casos confirmados pelo Lacen-PR (Laboratório Central do Paraná).

CORONAVÍRUS AVANÇA NO PARANÁ

Até ontem (16), considerando os dados coletados pela Sesa (Secretaria da Saúde do Paraná), o Paraná tinha apenas seis casos confirmados. Agora, são 12.

Em apenas um dia, 155 novos casos passaram a integrar a lista de investigação. Isso representa um avanço de mais de 182% em 24 horas. Passou de 85 para 240, conforme o Ministério da Saúde.

VÍRUS CAUSA PRIMEIRA MORTE NO BRASIL

A primeira morte causada pelo novo coronavírus (Covid-19) no Brasil foi confirmada hoje (17), em São Paulo (SP). A informação foi confirmada pela Secretaria da Saúde do estado paulista.

A vítima era um idoso de 62 anos, com histórico de diabetes e hipertensão. Ele não havia viajado para o exterior, por isso foi considerado vítima de uma transmissão comunitária. O idoso estava internado em um hospital particular.

“Existem quatro outros óbitos neste mesmo serviço particular que estão sendo investigados. Assim que tivermos informações, sendo ou não coronavírus, vamos informá-los”, detalhou o infectologista David Uip, coordenador do Centro de Contingência à Covid-19 em São Paulo.

BRASIL TEM 291 CASOS CONFIRMADOS

Ao atualizar os números do novo coronavírus no Brasil, nesta terça-feira (17), o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta afirmou que espera dois ou três meses de muito “stress”.

“Os casos vão continuar aumentando em abril e maio. Entre junho e julho devemos chegar ao platô. Assim, esperamos ver os números controlados em agosto ou setembro, desde que se construa a imunidade de mais de 50% das pessoas, com bloqueios e quarentenas”, completou.

Durante a divulgação dos dados atualizados, Mandetta explicou que o Ministério da Saúde estuda novas medidas de contenção. No entanto, ponderou que é preciso avaliar os danos colaterais causados por medidas restritivas.

coronavírus, casos, sms, secretaria municipal da saúde, prefeitura de curitiba, paraná, exames, lacen, laboratório, casos confirmados, casos suspeitos

Coronavírus: Paraná tem 18 novos casos suspeitos e investigações chegam a 72

Um novo boletim divulgado na tarde desta sexta-feira (13) pela Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) aponta 18 novos casos suspeitos do novo coronavírus no Paraná. Assim, as investigações em andamento para possíveis infecções pelo Covid-19 chegam a 72. De ontem (12) para hoje (13), o número de casos confirmados continua sendo seis.

Dos 72 casos em investigação, 31 estão em Curitiba. Além disso, há 9 investigações em Londrina, na região norte, e 8 em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná. Entre os casos confirmados, são 5 na capital e um em Cianorte, na região noroeste.

Conforme a Sesa, todos os pacientes infectados pelo novo coronavírus (Covid-19) estão em isolamento domiciliar. Não houve alterações significativas no quadro de saúde deles de quinta (12) para sexta-feira (13).

CASOS INVESTIGADOS NO PARANÁ

  • Curitiba: 31
  • Londrina: 9
  • Ponta Grossa: 8
  • Maringá: 6
  • Foz do Iguaçu: 5
  • Cascavel: 5
  • Cianorte: 2
  • São José dos Pinhais: 1
  • Guarapuava: 1
  • Turvo: 1
  • Umuarama: 1
  • Apucarana: 1
  • Santo Antônio do Paraíso: 1

CORONAVÍRUS: CINCO CASOS DESCARTADOS

Conforme a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), de ontem (12) para hoje (13) cinco investigações foram descartadas. Assim, 34 casos já foram descartados por exames desde o início do surto do novo coronavírus (Covid-19).

A novidade deste boletim é a primeira aparição de Umuarama. A cidade da região noroeste, que não tinha nenhuma suspeita até então, agora tem um casos em investigação.

ATUALIZAÇÃO DIÁRIA

De acordo com a Secretaria da Saúde do Paraná, os dados sobre o coronavírus são atualizados diariamente.

Os números são referentes aos levantamentos feitos até o meio-dia. Registros que aconteçam após esse horário, portanto, são confirmados oficialmente no boletim seguinte.

A Sesa não soube informar se haverá atualizações no final de semana. O comitê de contingência ao coronavírus está reunido nesta tarde para definir os próximos passos.