flamengo ceará campeonato brasileiro

Flamengo goleia o Ceará e faz a festa do título do Campeonato Brasileiro

Campeão com antecedência, o Flamengo goleou o Ceará por 4 a 1 na festa do título do Campeonato Brasileiro. Thiago Galhardo abriu o placar pelo Vôzão, mas Bruno Henrique, três vezes, e Vitinho garantiram o triunfo rubro-negro.  67.539 pessoas acompanharam o o triunfo e gritaram “é campeão” no Maracanã.

Após o apito final, foi montado o palco para a premiação dos jogadores do Fla. Todos receberam as medalhas e Diego levantou a sétima taça do torneio nacional (contando com 1987). Além disso, o Flamengo é bicampeão da Libertadores.

Flamengo já tem a melhor campanha da história e o maior número de vitórias da história em um Campeonato Brasileiro disputado por 20 times.

Com a vitória, o Flamengo chegou aos 84 pontos, enquanto o Santos e o Palmeiras têm 68. Os dois clubes paulistas, que disputam o segundo lugar, jogam fora de casa contra Fortaleza e Fluminense, respectivamente, nesta quinta-feira (29).

Já o Ceará fica com 37 pontos e é o primeiro time fora da zona de rebaixamento. O time comandado por Adilson Batista pode ficar entre os quatro últimos se o Cruzeiro vencer o CSA no Mineirão.

FLAMENGO TOMA SUSTO, MAS MISTER RESOLVE

Bruno Henrique brilhou mais uma vez. (Marcelo Cortes/ Flamengo)

No primeiro tempo, o Flamengo carimbou três bolas na trave. Contudo, foi o Ceará quem marcou.

Aos 26 minutos, Felipe Silva fez boa jogada pela esquerda e deixou Rodinei para trás. Ele cruzou rasteiro e a bola desviou em Chico antes de Thiago Galhardo completar para o fundo das redes.

Ainda no primeiro tempo, Jorge Jesus mudou. O português tirou o meia Reinier e colocou Vitinho em campo.

Na etapa final, Bruno Henrique apareceu e as coisas se resolveram. Aos 19, o atacante se antecipou após o cruzamento de Renê e mandou para o fundo das redes.

Aos 28, BH recebeu passe de Arrascaeta e soltou uma pancada para estufar as redes. Aos 40, ele aproveitou o rebote de Diogo Silva na cobrança de falta de Arrascaeta e ampliou.

Para fechar, Vitinho arriscou de fora da área e acertou o canto do gol. 4 a 1 para a festa flamenguista! Gritos de “é campeão” e “ole mister” foram entoados.

Flamengo vira sobre o Bahia e torcida decreta: ‘é campeão’

De virada, o Flamengo derrotou o Bahia por 2 a 1 e abriu 10 pontos de vantagem sobre o Palmeiras na liderança do Brasileirão. William Arão marcou contra no primeiro tempo, mas Reinier, Bruno Henrique e Gabigol garantiram a 24ª vitória do Fla no campeonato. No final da partida, a torcida já entoou o grito de “é campeão”.

65.930 pessoas acompanharam o duelo deste domingo (10), válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Maracanã. O clube detém os 10 maiores públicos do torneio nacional.

Já que o Palmeiras empatou o clássico contra o Corinthians, o Fla pode conquistar o título do Brasileirão em duas rodadas.

Para isso, basta vencer o Grêmio e o Vasco, além de torcer por um tropeço em alguma das duas rodadas. Ou seja, o time treinado por Jorge Jesus pode ir à final da Libertadores, contra o River Plate, já campeão brasileiro.

Com o triunfo desta noite, o Rubro-Negro chegou a marca de 19 jogos sem perder no Campeonato Brasileiro. O último revés foi exatamente contra o Bahia, no dia 4 de agosto. Naquela ocasião, marcada também pela estreia de Filipe Luís, o atacante Gilberto todos dos gols do 3 a 0.

Por fim, o Flamengo tem o melhor aproveitamento da história do Brasileirão após 32 rodadas. São 24 vitórias, cinco empates e três derrotas, um aproveitamento de 78%.

Do outro lado, o Bahia segue com 44 pontos e aparece na nona posição da tabela. Para completar, o time comandado por Roger Machado chegou ao sexto jogo sem vitória.

PRÓXIMOS JOGOS

Flamengo e Bahia voltam a campo no próximo domingo (17), às 16h.

Na Arena Fonte Nova, em Salvador, os baianos enfrentam o Palmeiras.

Já em Porto Alegre, o Fla encara o Grêmio, reeditando o duelo da semifinal da Libertadores.

FLA SAI ATRÁS E VIRA NO SEGUNDO TEMPO

Alexandre Vidal / Flamengo

Na primeira etapa, o Flamengo arrematou oito vezes, contra quatro do Bahia. Contudo, quem levou a melhor foram os baianos.

Os visitantes se fecharam bem na defesa e não correram grandes riscos.

Já no ataque, o Tricolor contou com o gol contra de William Arão. Nino Paraíba cruzou e Elber cabeceou firme para Diego Alves fazer grande defesa. Entretanto, a bola voltou para Elber, que chutou forte e viu Arão mandar contra a própria meta.

Na etapa final, o Bahia seguiu aproveitando os contra-ataques. Aos três minutos, Elber arrancou em velocidade e tocou para João Pedro finalizar pela linha de fundo.

O Fla aumentou a pressão e foi recompensado aos oito minutos. Everton Ribeiro encontrou Gabigol na ponta direita e o camisa 9 cruzou para Reinier, que havia entrado no jogo durante o intervalo, completou para o fundo das redes.

Depois disso, só deu Fla. Arão e Reinier quase marcaram, mas foi Bruno Henrique quem apareceu para decidir. O atacante recebeu o passe de Gabigol e chutou com o pé esquerdo para incendiar o Maracanã.

Aos 42, o terceiro gol saiu. William Arão cobrou falta e carimbou o travessão. A bola voltou e Gabigol, bem posicionado, fechou o placar.

Bruno Henrique comemora o gol da virada. (Alexandre Vidal / Flamengo)
Botafogo - Flamengo - Campeonato Brasileiro

Flamengo marca no fim e deixa Botafogo na zona de rebaixamento

Com gol salvador de Lincoln aos 43 minutos do segundo tempo, o Flamengo venceu o Botafogo por 1 a 0, na noite desta quinta-feira (7), manteve oito pontos de vantagem para o Palmeiras e ainda colocou o rival na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

O duelo válido pela 31ª rodada foi realizado no Engenhão, no Rio de Janeiro.

Os gol da vitória do Flamengo foi marcado por Lincoln.

Com a vitória, o Flamengo chega a 74 pontos, oito acima do Palmeiras na luta pelo título.

Já o Botafogo fica com 33 pontos, um abaixo do Cruzeiro, primeira equipe fora da zona de rebaixamento.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo neste final de semana, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Flamengo recebe o Bahia no Maracanã, neste domingo (10) às 18h.

Enquanto o Botafogo recebe o Avaí no Engenhão, nesta segunda-feira (11) às 20h.

O JOGO

A primeira chance do jogo foi do Botafogo. Igor Cássio recebeu cruzamento, driblou a marcação, mas finalizou em cima de Diego Alves.

O Flamengo conseguiu respondeu aos 41 minutos. Gabriel recebeu na entrada da área e finalizou firme. A bola ainda resvalou na marcação e saiu perto do poste direito.

A primeira chance do segundo tempo foi do Flamengo aos sete minutos. Gabriel rolou para Bruno Henrique, que finalizou colocado perto do poste direito.

O Botafogo ficou com dez em campo aos oito minutos, quando Luiz Fernando recebeu o segundo amarelo ao puxar Bruno Henrique no ataque.

Nova chance do Flamengo aos 23 minutos. Willian Arão bateu falta no segundo poste e Rodrigo Caio escorou para o meio da área. Pablo Marí chegou de cabeça e Gatito Fernández fez bela defesa.

No minuto seguinte, o Flamengo quase marcou seu gol. Gabriel avançou pelo centro e finalizou perto do poste esquerdo.

E a pressão do Flamengo resultou em gol aos 43 minutos. Everton Ribeiro lança Bruno Henrique, que cruza na medida para Lincoln finalizar para o fundo das redes.

flamengo botafogo arrascaeta

Sem Arrascaeta e Filipe Luís, Flamengo encara o Botafogo com Vitinho titular

Botafogo e Flamengo se enfrentam às 20h desta quinta-feira (7), no Engenhão. O jogo é válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Confira as escalações e onde assistir! Sem Arrascaeta, Vitinho será titular do Fla.

O jogo será transmitido apenas pelo Premiere (pay-per-view).

O Flamengo não terá Arrascaeta, que sofreu uma torção no joelho esquerdo. Com isso, Vitinho ganha a chance de começar jogando.

O time está escalado por Jorge Jesus com: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Mari e Renê; Arão, Gerson e Everton Ribeiro; Vitinho, Bruno Henrique e Gabigol.

Everton Ribeiro será o único armador do Fla no clássico. (Alexandre Vidal / Flamengo)

A principal arma do time flamenguista é Bruno Henrique. Mesmo que Gabigol seja o artilheiro do Fla no ano e do Brasileirão, o camisa 11 é famoso por ser o ‘Rei dos Clássicos’.

O atacante tem 9 gols e três assistências nos 12 jogos que fez contra Botafogo, Fluminense e Vasco. Só contra a Estrela Solitária, são três gols em três jogos.

BOTAFOGO

BOTAFOGO x FLAMENGO

31ª rodada do Campeonato Brasileiro

Data, hora e local: 7 de novembro de 2019, às 20h, no Engenhão.

Onde assistir: Premiere. Gustavo Vilani narra e Petkovic comenta.

Botafogo: Gatito Fernádez; Fernando, Joel Carli, Gabriel e Yuri; Cícero, João Paulo e Alex Santana; Leo Valencia, Luiz Fernando e Igor Cássio. Técnico: Alberto Valentim.

Flamengo: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Mari e Renê; Arão, Gerson e Everton Ribeiro; Vitinho, Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Jorge Jesus.

convocação seleção flamengo neymar

Sem Flamengo e Neymar: convocação de Tite da seleção surpreende

convocação da seleção brasileira não teve Neymar e nenhum jogador que atua no futebol brasileiro. A expectativa eram de nomes, por exemplo, do Flamengo. A goleada por 5 a 0 sobre o Grêmio na última quarta-feira (23) evidenciou que o time de Jorge Jesus está em um nível acima dos outros clubes brasileiros. É a primeira vez que Tite não convoca ninguém que atua no Brasil.

Os últimos testes do Brasil em 2019 são contra Argentina e Coreia do Sul. Os jogos estão marcados para os dias 15 e 19 de novembro, respectivamente. O clássico contra os hermanos acontece na Arábia Saudita, enquanto o jogo contra os coreanos será nos Emirados Árabes.

OS 23 NOMES DA CONVOCAÇÃO DA SELEÇÃO

Goleiros – Alisson (Liverpool), Daniel Fuzato (Roma) e Ederson (Manchester City).

Laterais – Danilo (Juventus) e Emerson (Bétis); Renan Lodi (Atlético de Madrid) e Alex Sandro (Juventus).

Zagueiros – Eder Militao (Real Madrid), Felipe (Porto), Marquinhos (PSG) e Thiago Silva (PSG).

Meio campistas – Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Fabinho (Liverpool), Lucas Paquetá (Milan), Douglas Luiz (Aston Villa) e Phillipe Coutinho (Bayern).

Atacante – David Neres (Ajax), Roberto Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), Richarlison (Everton), Rodrygo (Real Madrid) e Willian (Chelsea).

FLAMENGO: PARABÉNS A JORGE JESUS

Existia certo apelo pela convocação dos jogadores do Flamengo. (Divulgação / Flamengo Twitter)

O ótimo momento vivido pelo Flamengo também foi pauta da entrevista coletiva. Tite admitiu que gostaria de chamar Rafinha, Filipe Luís, Gerson, William Arão, Diego Ribas, Bruno Henrique e Gabigol.

Além disso, parabenizou o técnico Jorge Jesus, pela ótima campanha rubro-negra. A equipe é líder isolada do Brasileirão e está na final da Libertadores.

“Tu me dá a oportunidade que dá de parabenizar ao Flamengo pela grande campanha e pelo grande futebol. De parabenizar o Jorge Jesus pelo grande trabalho que vem fazendo. É um momento mágico. Essa relação acaba se fortalecendo. Não dá para comparar. A realidade de equipe são situações diferentes”, disse.

TITE RESSALTA SEUS RESULTADOS E TESTA JOGADORES

convocação seleção brasileira tite amistosos neymar
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Em um primeiro momento, o técnico Tite desconversou sobre a opção por chamar 23 atletas que atuam fora do país.

“Os jogos são de preparação. É momento de dar oportunidade a esses atletas jovens, para eles serem aproveitados também na seleção principal”, disse ele.

Depois, foi questionado sobre um suposto pedido do presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, para que nenhum atleta do clube fosse convocado. “Não chegou a mim absolutamente nada do Flamengo. Nada a respeito desse pedido”, declarou.

Por fim, o que chamou a atenção foi a afirmação de Tite quando ele foi questionado sobre os últimos resultados.

A seleção brasileira vem de quatro jogos sem vitória. Empates contra Senegal, Nigéria e Colômbia, além de uma derrota para o Peru. Até agora, Tite soma 33 vitórias, 10 empates e três derrotas nos 46 jogos à frente da seleção. Ou seja, um aproveitamento de 78,99%.

Contudo, o comandante deixou claro que não está satisfeito, mas deu a entender que deu crédito.

“Não fiquei feliz com o desempenho e resultado. Três competições foram oficiais, com necessidade disso. A primeira foram as Eliminatórias, que classificamos a seleção para a Copa. Na Copa, saímos nas quartas [de final] para a Bélgica. E agora tivemos o título da Copa América”, relembrou ele.

NEYMAR FORA DA CONVOCAÇÃO

Neymar segue fazendo história com a amarelinha. (Lucas Figueiredo / CBF)

Neymar não está na lista dos convocados. O camisa 10 sofreu uma lesão no último amistoso, contra Senegal, e tem previsão de retorno por volta do dia 20 de novembro.

Com isso, a expectativa para volta de Neymar é na quarta rodada da Champions League, quando o PSG enfrenta o Real Madrid. O jogo está marcado para o dia 26, no estádio Santiago Bernabéu, na Espanha.

athletico-pr flamengo brasileirão

Flamengo vence o Athletico-PR e chega a 15 jogos sem perder no Brasileirão

O Flamengo venceu o Athletico-PR por 2 a 0 neste domingo (13) e segue na liderança isolada do Brasileirão. Com dois gols de Bruno Henrique, um em falha grotesca do goleiro Léo, o Fla mantém os oito pontos de vantagem sobre o Palmeiras, segundo colocado. 25.473 pessoas acompanharam o duelo, válido pela 25ª rodada, na Arena da Baixada.

O Furacão martelou e exigiu pelo menos três defesas difíceis de Diego Alves. A principal foi uma jogada que Thonny Anderson saiu cara a cara com o goleiro flamenguista, mas o camisa 1 conseguiu espalmar o chute do athleticano.

Com o resultado, o Athletico voltou a ser derrotado após o título da Copa do Brasil. Até então, o Rubro-Negro conquistou dois triunfos (Fortaleza e Bahia) e dois empates (Chapecoense e Corinthians). Agora, a equipe treinada por Tiago Nunes segue com 35 pontos e aparece na 10ª posição

Já o Fla chegou à marca de 15 jogos sem perder – são 12 jogos e três empates. O time fica com 77% de aproveitamento, número recorde na história dos pontos corridos do Campeonato Brasileiro. Para se ter noção, o time do Cruzeiro se sagrou campeão, em 2003, com 72% de aproveitamento.

Rony e Rafinha disputam a bola. (Geraldo Bubniak / AGB)

PRÓXIMOS JOGOS

O Flamengo volta a campo contra o Fortaleza nesta quarta-feira (16), às 20h, na Arena Castelão. Para a partida, válida pela 26ª rodada, o técnico Jorge Jesus terá as voltas do zagueiro Rodrigo Caio e do atacante Gabigol, convocados para a seleção brasileira.

Do outro lado, o Athletico-PR encara o Fluminense. O duelo está marcado para a quinta-feira (17), às 21h, na Maracanã. O Furacão também vai ter reforços, já que o goleiro Santos e o meio campista Bruno Guimarães (na seleção olímpica) estava convocados.

ATHLETICO DESPERDIÇA CHANCES E FLA É EFICIENTE

Thonny Anderson lamenta chance desperdiçada. (Geraldo Bubniak / AGB)

O jogo começou bastante disputado: o Athletico-PR chegou com perigo no chute de Thonny Anderson, mas o zagueiro Léo Pereira derrubou Lucas Silva dentro da área. Após a revisão do lance no VAR (árbitro de vídeo), o juiz Braulio da Silva Machado anulou a penalidade.

O Athletico passou a pressionar e criou boas chances. Thiago Heleno cabeceou firme após o escanteio de Márcio Azevedo, mas Diego Alves fez linda defesa. Depois, o goleiro flamenguista salvou as finalizações de Rony e Thonny Anderson.

Aos 44, o Flamengo pressionou a saída de bola dos donos da casa e foi premiado. Léo tentou sair jogando e entregou a bola nos pés de Bruno Henrique. O atacante só teve o trabalho de ajeitar e bater firme para balanças as redes.

Bruno Henrique saindo para comemorar o gol marcado. (Geraldo Bubniak / AGB)

Na etapa final, o Flamengo controlou mais a partida. Diego Alves brilhou no chute de Thonny Anderson e viu Léo Pereira finalizar pela linha de fundo.

Os cariocas só assustaram aos 28: Everton Ribeiro tabelou com Arão e chutou colocado, para fora.

Depois disso, o Athletico-PR chegou com menos intensidade. No final do jogo, o Fla matou o jogo: Renê chegou na linha de fundo e cruzou para Bruno Henrique fechar o placar.

Flamengo - Chapecoense - Campeonato Brasileiro

Flamengo vence Chapecoense e mantém margem tranquila na liderança

Mesmo com desfalques importantes, o Flamengo venceu a Chapecoense por 1 a 0, na manhã deste domingo (6), e manteve uma vantagem confortável na liderança do Campeonato Brasileiro.

O Flamengo não contou com Gabriel suspenso pelo terceiro cartão amarelo e com Arrascaeta e Filipe Luís lesionados.

Bruno Henrique foi o autor do gol da vitória do Flamengo na primeira etapa de jogo.

O duelo válido pela 23ª rodada do Brasileirão foi realizado na Arena Condá, em Chapecó, e contou com 12.152 torcedores presentes, público recorde da Chapecoense na competição.

A vitória coloca o Flamengo com 52 pontos na tabela do Brasileirão. Caso o Palmeiras não vença o Atlético Mineiro na tarde deste domingo (6), a equipe vai colocar seis pontos de vantagem na liderança da competição.

Já a Chapecoense vai terminar outra rodada na lanterna do Campeonato Brasileiro. Com apenas 15 pontos, a equipe pode ficar a dez pontos de distância da saída da zona de rebaixamento, caso Fluminense e Ceará vençam seus jogos na tarde deste domingo (6).

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes já voltam a campo neste meio de semana, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A Chapecoense viaja para o Ceará, para encarar o Fortaleza no Castelão, às 20h30, desta quarta-feira (9).

Enquanto o Flamengo recebe o Atlético Mineiro no Maracanã, às 20h, desta quinta-feira (10).

O JOGO

Logo no primeiro minuto, o Flamengo levou perigo para a Chapecoense. Após avanço de Renier pela direita, o atacante cruzou rasteiro para Bruno Henrique finalizar perto do poste direito de Tiepo.

Bruno Henrique criou nova chance aos 18 minutos. O atacante recebe pelo meio e finalizou de meia distância no poste esquerdo de Tiepo.

Aos 19 minutos, nova chance para o Flamengo. Pablo Marí se arriscou no ataque e finalizou de meia a distância perto do travessão.

Mas aos 34 minutos, a Chapecoense não conseguiu mais se salvar. Vitinho cruzou da esquerda e Bruno Henrique na mesma linha do zagueiro Douglas, escorou de cabeça para abrir o placar.

O Flamengo quase ampliou aos 43 minutos. Everton Ribeiro bateu escanteio e Rodrigo Caio escorou perto do poste direito de Tiepo.

A Chapecoense criou sua primeira chance de gol aos oito minutos do segundo tempo. Régis foi lançado pela esquerda, invadiu a área e bateu perto do travessão de Diego Alves.

Aos 21 minutos, o Flamengo voltou a criar. Após cruzamento da esquerda, Tiepo não conseguiu afastar a bola, que sobrou nos pés de Everton Ribeiro. O meia tentou bater de primeira, mas o goleiro conseguiu voltar e realizar a defesa.

Everton Ribeiro apareceu bem novamente aos 28 minutos. O meia avançou, fintou Márcio Araújo e bateu na rede pelo lado de fora.

O Flamengo voltou ao ataque aos 33 minutos. Rafinha fez o cruzamento e Pablo Marí ganhou da zaga. O zagueiro cabeceou para o chão e acertou a base da trave direita de Tiepo.

A última chance de gol da Chapecoense no jogo foi aos 43 minutos. Márcio Araújo fez o cruzamento da direita e Everaldo resvalou na bola, que foi no meio do gol para defesa em dois tempos de Diego Alves.

flamengo internacional brasileirão

Flamengo derrota o Inter e emplaca oito vitórias seguidas no Brasileirão

O Flamengo bateu o Internacional por 3 a 1 nesta quarta-feira (25) e emplacou a oitava vitória seguida no Campeonato Brasileiro. Gabigol, em cobrança de pênalti, Arrascaeta e Bruno Henrique marcaram pelo Fla, enquanto Edenílson descontou pelos gaúchos. O Colorado foi valente: chegou a empatar o jogo após as expulsões do lateral Bruno e do atacante Paolo Guerrero, mas não conseguiu segurar o líder do Brasileirão.

O duelo, válido pela 21ª rodada, aconteceu no Maracanã e contou com um público de 64.548 pessoas. A renda acabou sendo de R$ 2.810.435,50.

Com o resultado, o Fla chega aos 48 pontos e aumenta a diferença para o Palmeiras. Entretanto, os paulistas entram em campo nesta quinta-feira (26), contra o CSA.

Do outro lado, o Inter segue 36 pontos e aparece na quarta posição. Já que o São Paulo tropeçou e o Corinthians teve o duelo contra a Chapecoense anulado pela semifinal da Copa Sul-Americana, o Colorado não pode ser ultrapassado nessa rodada.

Para fechar, a série de quatro triunfos seguidos acabou sendo interrompida.

PRÓXIMOS JOGOS

O Flamengo se prepara agora para enfrentar o São Paulo. O duelo, que abre a 22ª rodada, acontece neste sábado (28), às 19h, no Maracanã.

Vale lembrar que o Urubu enfrenta o Grêmio, pela semifinal da Libertadores, no meio da próxima semana. Entretanto, mesmo assim, o técnico Jorge Jesus deve usar o time titular contra os são-paulinos.

Já o Internacional entra em campo contra o Palmeiras no domingo (29), às 16h, no Beira-Rio. Por causa das expulsões, Bruno e Guerrero são desfalques certos do time gaúcho. Para fechar os problemas do técnico Odair Hellmann, Moledo também deve ser ausência.

MOLEDO, EXPULSÕES E GABIGOL

Como esperado, o Flamengo tomou a iniciativa do jogo. O problema para o Inter foi que o zagueiro Rodrigo Moledo sentiu dores na coxa esquerda e teve de ser substituído.

Aos 10 minutos, o jovem Klaus entrou na partida e falhou no lance que mudou a história do jogo. O camisa 44 não cortou e permitiu que Gabigol saísse cara a cara com Marcelo Lomba. O artilheiro do Brasileirão driblou o goleiro e bateu rasteiro, mas a bola parou no braço de Bruno. O árbitro Luiz Flavio de Oliveira, com auxílio do VAR, expulsou o lateral direito e assinalou o pênalti.

Na cobrança, Gabigol bateu com força para abrir o marcador.

O Inter já não chegava com perigo, mas as coisas pioraram aos 43 minutos. Paolo Guerrero, que já estava irritado, acabou tendo um corte no rosto depois de disputar a bola com Rodrigo Caio e Rafinha. O atacante peruano reclamou de forma ofensiva e também recebeu o cartão vermelho.

ETAPA FINAL: INTER GUERREIRO, MAS FLA RESOLVE

Mesmo com dois homens a menos, o Inter surpreendeu quando todos achavam que o Flamengo ia construir uma goleada. Aos 3 minutos, Patrick ganhou a disputa de Willian Arão e Rodrigo Caio. A bola sobrou para Rodrigo Lindoso, que rolou para Edenílson bater colocado e empatar o marcador.

Apesar do empate, os cariocas não se desesperaram e o gol saiu aos 10 minutos. Rafinha cruzou na medida e Arrascaeta cabeceou firme para incendiar o Maracanã.

Depois, aos 29, o Fla matou o jogo. Rafinha cruzou, Arrascaeta ajeitou e Bruno Henrique completou para as redes.

Diego Maranhao/Gazeta Press

 

convocação seleção brasileira tite amistosos

Veja os convocados para a seleção brasileira principal, olímpica e sub-17

O técnico Tite faz, na manhã desta sexta-feira (20), a convocação para os próximos amistosos da seleção brasileira. O Brasil enfrenta o Senegal e Nigéria nos dias 10 e 13 de outubro, respectivamente. Os dois jogos vão acontecer no Estádio Nacional de Singapura.

Além disso, também vão haver convocações para a seleção olímpica e seleção brasileira sub-17. Os técnicos André Jardine e Guilherme Dalla Déa serão os responsáveis pelas divulgações das duas listas.

CONVOCADOS DA SELEÇÃO PRINCIPAL

Goleiros – Ederson (Manchester City), Santos (Athletico), Weverton (Palmeiras)

Laterais – Daniel Alves (São Paulo), Danilo (Juventus); Alex Sandro (Juventus) e Renan Lodi (Atlético de Madrid)

Zagueiros – Eder Militão (Real Madrid), Marquinhos (PSG), Rodrigo Caio (Flamengo) e Thiago Silva (PSG)

Meio campistas – Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Fabinho (Liverpool), Lucas Paquetá (Flamengo), Matheus Henrique (Grêmio), Philippe Coutinho (Bayern)

Atacantes – Everton (Grêmio), Firmino (Liverpool), Gabriel Barbosa (Flamengo), Neymar (PSG) e Richarlison (Everton).

CONVOCADOS DA SELEÇÃO OLÍMPICA

Goleiros – Cleiton (Atlético Mineiro), Daniel Fuzato (Roma) e Ivan (Ponte Preta).

Laterais – Emerson (Betis) e Guga (Atlético Mineiro); Felipe Jonathan (Santos) e Caio Henrique (Fluminense).

Zagueiros – Lyanco (Torino), Luiz Felipe (Lazio), Ibañez (Atalanta) e Bruno Fuchs (Internacional).

Meio campistas – Bruno Guimarães (Athletico), Pedrinho (Corinthians), Douglas Luiz (Aston Villa), Allan (Fluminense), Wendel (Sporting) e Mauro Jr (Heracles Almelo).

Atacantes – Rodrygo (Real Madrid), Pedro (Fluminense), Matheus Cunha (Leipzig), Antony (São Paulo), Malcolm (Zenit) e Paulinho (Bayer Leverkusen).

CONVOCADOS DA SELEÇÃO SUB-17

Goleiros – Cristian (Atlético-MG), Marcelo (Fluminense) e Matheus Donelli (Corinthians).

Laterais – Gustavo Garcia (Palmeiras), Yan Couto (Coritiba) e Patric (São Paulo).

Zagueiros – Henri (Palmeiras), Luan Patrick (Athletico-PR), Paulo Eduardo (Cruzeiro) e Renan (Palmeiras).

Meio campistas – Daniel Cabral (Flamengo), Diego Rosa (Grêmio), Matheus Araújo (Corinthians), Reinier (Flamengo),  Sandry (Santos) e Tales Costa (São Paulo).

Atacantes – Gabriel Verón (Palmeiras), João Peglow (Internacional), Juan (São Paulo), Kaio Jorge (Santos) e Talles Magno (Vasco da Gama).

SELEÇÃO OLÍMPICA E SUB-17

A seleção olímpica tem amistosos marcados contra a Venezuela e o Japão. Os dois jogos vão acontecer em Recife e estão marcados para os dias 10 e 14 de outubro.

O duelo contra os venezuelanos vai acontecer no estádio dos Aflitos, enquanto o segundo confronto está marcado para a Arena Pernambuco.

Por fim, a seleção brasileira sub-17 disputará a Copa do Mundo Sub-17 do Brasil 2019. Ou seja, a convocação está de olho na competição que será realizada em Brasília, Goiânia e Cariacica.

Veja como foram as convocações:

flamengo bruno henrique

Bruno Henrique celebra bom momento: “semana mais feliz da minha carreira”

Herói da vitória do Flamengo sobre o Internacional pela Libertadores, Bruno Henrique disse que viveu a melhor semana da sua carreira.

O atacante de 28 anos foi convocado por Tite para a seleção brasileira na última sexta-feira (16). No sábado (17), participou dos quatro gols do Fla na goleada por 4 a 1 no clássico contra o Vasco.

“Foi uma semana muito feliz na minha vida. Acho que foi a semana mais feliz da minha carreira. Sou um cara muito tranquilo em relação à tudo. Mesmo com a convocação, não deixei nada tirar meu foco. Tenho a frase: ‘quem trabalha, Deus ajuda’”, disse após o jogo em entrevista à Rede Globo.

NÚMEROS

Com os gols, Bruno Henrique marcou seu terceiro gol nesta edição da Libertadores. Apenas Gabigol, com quatro tentos, está na frente do companheiro.

Contratado pelo Urubu em 2019, o jogador soma 18 gols em 37 partidas, Isto é, a média dele é 0,48 gol por jogo, praticamente um gol a cada dois gols.

Além disso, Bruno Henrique ainda é o atleta do Flamengo que mais finaliza no Brasileirão 2019. São 40 chutes às metas adversárias, três a mais que Gabigol. Os números são do Footstats.

Confira os gols de Bruno Henrique contra o Internacional: