Summit Sebrae apresenta soluções para empreendedores

O Summit Sebrae 2019, que acontece nos próximos dias 9 e 10 de outubro, na Expo Unimed, em Curitiba, será uma oportunidade para que os empreendedores possam desenvolver diversas capacidades e habilidades para os seus negócios.

No espaço Sebrae Lab, eles poderão participar de oficinas de 10 a 15 minutos sobre a metodologia Business ModelYou, como elaborar um pitch, Design Thinking, mapa de personas, mapa de empatia e jornada do usuário. São ferramentas imprescindíveis para quem busca se diferenciar no mercado, com propostas inovadoras de negócios.

As oficinas, lideradas pelos consultores do Sebrae/PR, serão realizadas com metodologias ágeis que têm como pano de fundo a criatividade, a inovação e trazem benefícios para os processos da própria empresa e para a relação com os outros envolvidos no negócio.

“A construção da jornada do usuário, por exemplo, é focada nas necessidades dos clientes, fornecedores e colaboradores e no entendimento do que eles buscam com a empresa. Já metodologias como o Design Thinking buscam colaborar para o desenvolvimento de soluções que levam em conta a perspectiva humana. O objetivo é resolver os problemas desse caminho”, afirma o consultor responsável pelo espaço, Ray Ramalhos.

Ramalhos explica que o objetivo do espaço no Summit Sebrae é engajar os participantes e levar a eles resultados práticos ao final de cada uma das oficinas. “A ideia é que eles saiam da oficina de jornada do usuário já com isso mapeado para o seu negócio ou da oficina de pitch com algo já estruturado. Temos outros empreendedores que já realizaram oficinas com a utilização dessas metodologias e tiveram resultados efetivos para seus negócios”, explica.

O espaço é baseado no projeto Sebrae On Lab, o laboratório de criação de soluções do Sebrae/PR que estimula a cultura de inovação, materializa ideias e projetos que promovam a melhoria de processos e a oferta de produtos e serviços aos clientes, colocando-os como atores no processo.

Uma das empreendedoras que já aplicou essas metodologias em seu negócio foi Vanessa Romankiv, que possui uma empresa de desenvolvimento de softwares. Ela participou do programa Sebrae Mulher de Negócios e aprendeu mais sobre design Sprint, que trata da gestão e execução ágil de projetos para a criação de novos produtos ou serviços. Segundo Vanessa os conhecimentos a ajudaram na evolução de seu negócio e hoje ela pensa em expandir a empresa.

“Eu já tinha trabalhado com as metodologias, mas, com o apoio do Sebrae, consegui dar um maior direcionamento. Aprendi a aplicar os conhecimentos no negócio, aprimorando processos e a gestão e isso me trouxe diversos benefícios. Além da questão profissional, as metodologias me ajudaram inclusive com a vida pessoal, na conciliação do trabalho com a maternidade”, relata.

Outros destaques

No espaço Arena do Conhecimento, serão realizadas 10 palestras com nomes de alcance nacional e internacional relacionadas a gestão, inovação e mercado. Entre alguns dos confirmados estão os CEOs do Rock in Rio, Luiz Justo; da Loggi, Arthur Debert; da Hi Technology, Marcus Figueiredo; e Sandra Costa, vice-presidente do Conselho de Administração do Grupo Sabin.

Já o espaço Arena de Negócios receberá 12 palcos simultâneos com apresentações de pitches de consultores com temáticas relacionadas a inovação, tecnologias e modelos de negócios inovadores, como transformação digital, Internet das Coisas, inteligência Artificial, Blockchain, Energias Renováveis, Marketing Digital, entre outros. Além disso, mais de 90 empresas participantes dos programas do Sebrae também vão expor suas soluções ao público.

Summit Sebrae 2019

Data: 9 e 10 de outubro de 2019

Local: ExpoUnimed Curitiba (Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Campo Comprido – Curitiba/PR)

Horário: das 13 horas às 19h30 (dia 9) e das 8 às 17 horas (dia 10)

Ingressos: www.summitsebrae.com.br

Sabe quais os principais motivos para ter o seu próprio negócio?

Deve haver alguma razão para que cerca de 600.000 novos negócios sejam fundados todos os anos, certo?

Bem, com base em uma pesquisa informal conduzida pela Inc.com, há muitas boas razões para gerir a sua própria pequena empresa.

Cerca de 500 (462 para ser exato) proprietários de pequenas empresas responderam à pesquisa na qual eles foram convidados a citar algumas das razões pelas quais preferem possuir sua própria pequena empresa, em vez de trabalhar como funcionários para uma empresa maior.

O que poderá ler de seguida é uma lista das respostas mais comuns que poderiam servir de inspiração para futuros empreendedores.

Porque deve ter o seu próprio negócio?

Se pensarmos bem, gerir o nosso próprio negócio é e sempre será uma aventura constante. Contudo, se não sabe quais as principais vantagens, apresentamos-lhe de seguida uma lista com as respostas de centenas de empresários.

1. Você controla seu próprio destino

Muitos empresários se consideram personalidades “Tipo A”, pessoas que gostam de ter controle e tomar decisões.

Em outras palavras, possuir um negócio os salva de ter que trabalhar para qualquer outra pessoa.

Uma das razões para possuir uma pequena empresa é a capacidade de dirigir a cultura da mesma. Quando você está no lugar do motorista, você está tomando as decisões sobre a melhor forma de conduzir sua empresa para o futuro.

Isso pode ser esmagador para alguns e é preciso saber quando e como melhor delegar. No entanto, quando você é capaz de tomar suas próprias decisões sobre como melhor operar no dia-a-dia, isso leva à criação de uma cultura, uma marca e uma organização.

2. Você escolhe as pessoas com quem trabalha

Quando se trabalha para outra pessoa, raramente se escolhe com quem se trabalha. Se você não gosta de seus colegas de trabalho, é melhor começar a enviar novos currículos.

Esse não é o caso quando você possui seu próprio negócio, já que você toma as decisões sobre quem contratar (e demitir).

Assim, a dica é: envolva-se com pessoas positivas que lhe dão a confiança e o otimismo de que você precisa para seguir em frente. Elimine as pessoas que emitem vibrações negativas. Quanto menor a sua organização, maior a escolha que você tem sobre com quem você trabalha.

3. Você pode se desafiar a si mesmo

Algumas pessoas prosperam na rotina do seu trabalho – realizando as mesmas tarefas dia após dia. Como empresário, você pode apostar que cada dia será preenchido com novas oportunidades para se desafiar, ser criativo e aprender algo novo.

A grande vantagem de possuir uma pequena empresa é que raramente o mesmo dia ocorre duas vezes.

Porque a cada dia, você vai aprender algo novo sobre o ato de possuir um negócio. Seja sobre impostos, contabilidade ou a infinidade de outras coisas que fazem parte da gestão de uma empresa.

E se a sua empresa está assente na gestão de um e-commerce, pode ter a certeza que todos os dias vão ser um desafio.

4. Você pode seguir sua paixão

Muitos empresários dizem que as longas horas que investem no crescimento do seu negócio não lhes dá vontade de trabalhar porque estão realmente se divertindo com o que estão fazendo.

5. Você pode fazer as coisas – mais rápido

Os empresários como um todo parecem ter uma alergia à burocracia. Em vez de esperar pela aprovação – ou que o guia seja escrito sobre como fazer alguma coisa – os proprietários de pequenas empresas salivam a oportunidade de fazer as coisas.

A maioria das grandes empresas está ocupada demais para ser proativa.

O melhor que a maioria pode fazer é reagir mais rapidamente do que as outras grandes empresas quando a onda chega até elas. Sua empresa por outro lado, tem a flexibilidade de ser proativa, de fazer coisas novas subir o mastro e estar na vanguarda de novos produtos, técnicas ou estratégias promocionais. Nunca subestime a capacidade de ser verdadeiramente pró-ativo.

6. Você pode se conectar com seus clientes

Há poucas coisas que deixam os empreendedores tão entusiasmados quanto quando eles conseguem interagir com seus clientes.

Em vez de se esconderem atrás de uma série de cumprimentos automatizados, os proprietários de pequenas empresas prosperam ao lidar individualmente com seus melhores clientes – ou ao tomar a decisão de se livrar dos clientes de que não gostam.

Você não precisa lidar com clientes que são idiotas – você pode até mesmo demiti-los.

Quando faz tarefas relacionadas com o atendimento ao cliente para empresas maiores, é normal ter que seguir o mantra de, ‘O cliente está sempre certo’ e há algumas raras ocasiões em que isso é não é verdade!

Estas são apenas algumas das muitas vantagens associadas ao fato de ter seu próprio negócio. Por isso, porque não investir?