Jackson Follmann - Chapecoense - PopStar

Jackson Follmann diz que conseguiu se reinventar cantando no PopStar

Vencedor da última edição do PopStar (Globo), o ex-goleiro da Chapecoense Jakcson Follmann, 27, diz que agora tem ainda mais torcida por ele. Segundo o esportista, a competição foi importante para que ele pudesse se reinventar após o acidente com o avião da Chape, em 2016.

“Cantava em casa para os familiares e amigos. Me arrisquei cantar em alguns festivais. Nada profissional. Foi um desafio muito legal. Você pode se reconstruir e reinventar. Fico feliz de poder encarar esse desafio de forma positiva”, disse ele, no Encontro com Fátima Bernardes desta quinta-feira (2).

Chegar à final, para ele, foi uma surpresa. “Não esperava chegar até a final dessa maneira. Quando a gente aceita o convite, estava ciente que estaria ali para ser avaliado. E desde a primeira apresentação sempre foi um grande desafio. Ainda mais que não sou da TV. Cada domingo era um sensação incrível. Deu tudo certo. O feedback foi maravilho. Obrigado pela torcida”, emendou.

PopStar chegou ao fim no domingo (29) com algumas surpresas e com competidores explorando ritmos bem diferentes para buscar a vitória e o prêmio de R$ 250 mil. A disputa inicial ficou entre Danilo Vieira, Eriberto Leão, Helga Nemeczyk, Jakson Follmann, Totia Meireles e Yara Charry. Helga ficou em segundo lugar.

copa do brasil jogos primeira fase fluminense vasco

Copa do Brasil 2020: confira os jogos da primeira fase

Os jogos da primeira fase da Copa do Brasil 2020 foram sorteados nesta quinta-feira (12), ou seja, os 80 clubes que entram na primeira fase já sabem com quem vão duelar. O evento aconteceu na sede da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), no Rio de Janeiro e definiu o chaveamento das equipes, como Cruzeiro, Fluminense e Vasco, para as quatro primeiras fases da competição.

O Paraná Portal selecionou os jogos dos 10 times da Série A:

O Fluminense e o Vasco vão viajar ao Nordeste: o Tricolor vai encarar o Moto Club no Maranhão, enquanto o Cruzmaltino visita o Altos, do Piauí. Quem também vai para a região é o Atlético Mineiro, que enfrenta o Campinense na Paraíba.

Já o Botafogo vai ao Rio Grande do Sul duelar com o Caxias.

Quem percorrerá a maior distância será o Coritiba. O clube do Paraná vai ao Amazonas para enfrentar o Manaus. Ou seja, serão mais de 4 mil quilômetros percorridos, enquanto o Goiás vai viajar 3,2 mil km para jogar contra o Fast Club. Quem vai viajar a mesma distância dos goianos será o Sport, que encara o Brusque em Santa Catarina.

Já o Atlético Goianiense encara o União, do Mato Grosso. Por fim, o Bahia enfrenta o River do Piauí, enquanto o Ceará visita o Bragantino do Pará.

Vale lembrar que os times que jogam fora de casa têm a vantagem do empate. Ou seja, só não avançam à segunda fase do torneio caso percam o duelo.

A competição terá início em fevereiro, enquanto a final será disputada em setembro.

COPA DO BRASIL 2020: JOGOS DA PRIMEIRA FASE

CHAVE 1

  • River-PI x Bahia
  • São Luís x América-RN
  • Coruripe x Juventudes
  • XV de Piracicaba x Londrina

CHAVE 2 

  • Caxias x Botafogo
  • Toledo x Náutico
  • Palmas-TO x Paraná Clube
  • Bahia de Feira-BA x Luverdense

CHAVE 3

  • Brusque-SC x Sport Recife
  • Frei Paulistano-SP x Remo-PR
  • Manaus x Coritiba
  • Gama-DF x  Brasil de Pelotas

CHAVE 4

  • São Raimundo-RO x Cruzeiro
  • Vilenense x Boa Esporte-MG
  • Brasiliense-DF x Paysandu
  • Independente-PA x CRB

CHAVE 5

  • Moto Club-MA x Fluminense
  • Atlético-BA x Botafogo-PB
  • Novo Horizontino x Figueirense
  • Vitória-ES x CSA

CHAVE 6

  • Boa Vista-RJ x Chapecoense
  • Caucaia-CE x São José-RS
  • União-MT x Atlético Goianiense
  • Operário x Santa Cruz

CHAVE 7

  • Imperatriz x Vitória-BA
  • Lagarto-SE x Volta Redonda
  • Bragantino-PA x Ceará
  • Bangu-RJ x Oeste-SP

CHAVE 8 

  • Campinense-PB x Atlético Mineiro
  • Afogados-PE x Atlético-AC
  • Novo Hamburgo x Ponte Preta
  • Galvez-AC x Vila Nova

CHAVE 9

  • Altos-PI x Vasco da Gama
  • Aquidauanense-MT x ABC-RN
  • Fast Club x Goiás
  • Santo André x Criciúma

CHAVE 10

  • Santos-AP x América-MG
  • Barbalha-CE x Operário-PR
  • Ferroviária x Avaí
  • Águia Negra-MS x Sampaio Correa
Botafogo - Chapecoense - Campeonato Brasileiro

Botafogo vence Chapecoense e fica perto de escapar do rebaixamento

Em duelo direto contra o rebaixamento para a Série B, o Botafogo a Chapecoense por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (27), e abriu boa margem para a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

O duelo válido pela 35ª rodada foi realizado na Arena Condá, em Chapecó.

Rhuan marcou o gol da vitória do Botafogo.

A vitória deixa o Botafogo na 13ª posição com 42 pontos, seis pontos acima do Cruzeiro, primeira equipe dentro da zona de rebaixamento.

Já a Chapecoense fica na 19ª posição com 28 pontos e é a segunda rebaixada à Série B. A equipe nunca havia sido despromovida em divisões nacionais, tendo subido para a elite do Campeonato Brasileiro em 2013.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo neste final de semana, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Botafogo recebe o Internacional no Engenhão, neste sábado (30), às 19h.

Já a Chapecoense viaja para duelar contra o Santos na Vila Belmiro, neste domingo (1), às 19h.

O JOGO

A primeira chance de gol do jogo foi da Chapecoense. Everaldo bateu falta da entrada da área e a bola passou perto do travessão.

O Botafogo respondeu aos 39 minutos. Rhuan arriscou de fora da área, a bola desviou na zaga e quase enganou João Ricardo, que ainda conseguiu se recuperar e fazer a defesa.

Rhuan apareceu bem novamente aos 40 minutos. O atacante cortou para o meio e bateu a bola rasante ao travessão.

A Chapecoense ficou muito perto de balançar as redes aos 45 minutos. Eduardo faz boa jogada pela direita e cruza rasteiro para Roberto. O meia finaliza de primeira e a bola passa perto do travessão.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo a Chapecoense teve a chance de abrir o placar. Após cruzamento da direita, Roberto escorou no poste direito, a bola andou em cima da linha, mas a zaga do Botafogo conseguiu afastar.

Mas aos oito minutos, quem marcou foi o Botafogo. João Paulo deu belo lançamento para Rhuan, que na saída de João Ricardo, bateu por cobertura para abrir o placar.

A Chapecoense criou boa chance aos 22 minutos. Camilo bateu escanteio no segundo poste e Arthur Gomes escorou perto da trave direita.

No último lance do jogo aos 49 minutos, Henrique Almeida teve a chance do empate no pé direito na pequena área, mas livre de marcação, finalizou cruzado rente ao poste direito.

Cruzeiro - Avai - Campeonato Brasileiro

Avaí empata com o Cruzeiro e é o primeiro rebaixado do Brasileiro

Mesmo com pressão no ataque durante todo o jogo, o Cruzeiro não saiu do 0 a 0 com o Avaí, na noite desta segunda-feira (18), e o resultado tirou a equipe mineira da zona de rebaixamento e deixou os catarinenses como os primeiros rebaixados dessa edição do Campeonato Brasileiro.

O duelo válido pela 33ª rodada foi realizado no Mineirão, em Belo Horizonte.

O empate deixa o Cruzeiro com 36 pontos, apenas um acima do Fluminense, primeira equipe dentro da zona de rebaixamento do Brasileiro.

Já o Avaí chegou aos 18 pontos e não consegue mais ultrapassar o Cruzeiro na tabela e por isso irá disputar a Série B em 2020.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo no próximo final de semana, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Cruzeiro viaja para encarar o Santos na Vila Belmiro, neste sábado (23), às 21h.

Já o Avaí recebe a Chapecoense na Ressacada, neste domingo (24)às 19h.

O JOGO

A primeira chance do Cruzeiro foi aos cinco minutos. Éderson recebeu na entrada da área e ajeitou para Orejuela. O lateral chegou finalizando de primeira e Vladimir espalmou para salvar o Avaí.

O Avaí respondeu aos 24 minutos. Lourenço cruzou e Vinícius Araújo arriscou uma bicicleta, mas a bola foi direto nas mãos de Fábio.

Nova chance do Cruzeiro aos 34 minutos. Sassá foi lançado na direita e mandou o cruzamento fechado. Vladimir se lançou e afastou a bola de soco.

O Cruzeiro levou perigo aos 18 minutos do segundo tempo. Pedro Rocha recebeu na esquerda, cortou para o meio e finalizou no canto direito, mas Vladimir conseguiu buscar.

Nova chance para o Cruzeiro aos 26 minutos. Thiago Neves arriscou a falta da entrada da área e a bola passou perto do poste esquerdo.

O Avaí respondeu aos 30 minutos. Pedro Castro arriscou da intermediária, a bola desviou em Cacá e Fábio conseguiu se recuperar e fazer bela defesa.

Thiago Neves teve a oportunidade de marcar o gol da vitória aos 45 minutos. Dodô fez boa jogada pela esquerda e cruzou na medida para o meia, que cabeceou firme e a bola passou muito perto do poste esquerdo.

Chapecoense - Ceará - Campeonato Brasileiro

Chapecoense vence Ceará e se mantém vivo na luta contra o rebaixamento

A Chapecoense venceu o Ceará por 1 a 0 neste domingo (17) na Arena Condá, em Chapecó. Na partida realizada 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, o atacante Everaldo foi o responsável por conquistar os três valiosos pontos para a Chape na corrida contra o rebaixamento e marcou seu 12° gol.

Com o resultado, a Chapecoense fica na 19ª posição, com 25 pontos, e continua a busca por pontos para se salvar das últimas quatro posições. Já o Ceará fica em 15°, com 36 pontos, tentando se distanciar do Z-4.

Na próxima semana, a equipe de Chapecó enfrenta o Avaí na Ressacada, no domingo (24). O Ceará recebe o São Paulo na Arena Castelão no mesmo dia.

O JOGO

Thiago Galhardo e Amaral tiveram chances logo no início do primeiro tempo, mas a bola não entrou. A Chape começou a chegar no campo de ataque com Renato, e depois com Camilo assustando o goleiro Diogo Silva, que conseguiu agarrar a bola.

O Ceará continuou pressionando e trocando passes na intermediária. Luiz Otávio fez passe para Galhardo, que tentou mandar direto para o gol, mas a bola desviou em Amaral. Thiago errou outra de cabeça e mandou para fora.

Mais chances vieram para o Ceará com Felipe Silva, Bergson e Fabinho, mas o goleiro João Ricardo bloqueou.

Para a Chapecoense, algumas chances apareceram, sem sucesso. Amaral e Everaldo subiram para desviar uma bola de escanteio para o gol e a bola passou raspando a trave. Everaldo finalizou de novo e o goleiro do Ceará segurou. Ele ainda teve mais uma chance, estava sozinho na área, mas Luiz Otávio chegou em um carrinho preciso, tirando a bola dos pés do atacante.

Sem alterações para o segundo tempo, a primeira chance veio para o Ceará, com uma boa entrada de Chico para Galhardo, mas a defesa da Chapecoense bloqueou.

Aos 9 da segunda etapa, Chico chegou no rebote e marcou para o Ceará. A comemoração foi rápida, pois o VAR anulou o gol por impedimento.

Bergson teve outra chance ao receber o escanteio e cabecear para o chão, mas o goleiro João Ricardo defendeu.

A equipe de Santa Catarina chegou na área adversária com Everaldo e Henrique Almeida, sem sucesso. Houve mais chances para a Chape, com Henrique e Bruno Pacheco.

O gol da vitória veio com Everaldo, aos 37 do segundo tempo, salvando a Chape.

Brasileirão: Vasco e Grêmio vencem fora de casa

Dois jogos fecharam o domingo (10) de Brasileirão. Em Chapecó, o Grêmio derrotou a Chapecoense por 1 a 0, com gol de Luciano. Já em Maceió, o Vasco derrotou o CSA por 3 a 0. Raul, Oswaldo Henríquez e Carlinhos, contra, anotaram os gols dos cariocas.

Com os resultados, CSA e Chapecoense ficam em situação delicada. Os alagoanos amargaram a terceira derrota seguida e ficam na 18ª posição com 29 pontos.

Já a Chape vive um drama ainda maior. Com 22 pontos e na vice-lanterna, o time catarinense está virtualmente rebaixado, assim como o Avaí, último colocado. Contudo, o Leão da Ressacada encara o Botafogo nesta segunda-feira (11), às 20h, encerrando a 32ª rodada do Brasileirão.

vasco csa gremio chapecoense brasileirão
Vasco venceu e convenceu contra o CSA. (Carlos Gregório Jr / Vasco da Gama)

PRÓXIMOS JOGOS

As quatro equipes voltam a campo na semana que vem. No domingo (17), às 16h, o Grêmio encara o líder Flamengo em Porto Alegre e reedita o duelo da semifinal da Libertadores.

No mesmo dia, só que às 18h, a Chapecoense recebe o Ceará na Arena Condá. Às 19h, o CSA visita o Fortaleza no Castelão.

Fechando a 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco enfrenta o Goiás. O duelo está marcado para a segunda-feira (18), às 20h, em São Januário, no Rio de Janeiro.

Bahia - Chapecoense - Campeonato Brasileiro

Bahia empata no fim e evita derrota para a Chapecoense em casa

O Bahia arrancou um empate em 1 a 1 com a Chapecoense nesta quarta-feira (6), na Arena Fonte Nova. O gol da igualdade foi marcado pelo meia Marco Antônio nos minutos finais. O atacante Henrique Almeida abriu o placar ainda no primeiro tempo.

Apesar do gol salvador, o Bahia segue incomodado com jejum que agora é de cinco jogos sem vencer, com três derrotas e dois empates.

Com o resultado em casa, a equipe de Roger Machado fica na nona colocação, com 43 pontos, a cinco do Corinthians, o primeiro time no G-6, que dá vaga na Libertadores.

Já a Chapecoense chega à marca de 22 pontos. A oito rodadas do fim do Brasileirão, o time está no 19º lugar, a 11 do Ceará, o primeiro fora da zona de rebaixamento e que entra em campo nesta quinta (7) contra o Internacional, no Castelão.

O time tricolor volta a campo no próximo domingo (10) para enfrentar o líder Flamengo. O jogo será no Maracanã, a partir das 18h. No mesmo dia, às 19h, a Chapecoense recebe o Grêmio.

Chapecoense - Atlético Mineiro - Campeonato Brasileiro

Chapecoense surpreende Atlético Mineiro e se mantém viva no Brasileiro

Com o objetivo de conseguir um milagre nas rodadas finais para se livrar do rebaixamento, a Chapecoense venceu o Atlético Mineiro por 2 a 0, na noite desta quarta-feira (30), e se manteve firme na briga pela permanência no Campeonato Brasileiro.

Os gols da Chapecoense foram marcados por Henrique Almeida e Everaldo.

O duelo válido pela 29ª rodada do Brasileirão foi realizado no Independência, em Belo Horizonte.

A vitória mantém a Chapecoense na 19ª posição com 21 pontos, atualmente nove pontos abaixo do Fluminense, primeira equipe fora da zona de rebaixamento do Brasileiro.

Já o Atlético Mineiro fica com 35 pontos na 13ª posição e ainda precisa somar pontos para se garantir livre do rebaixamento. No momento, a equipe está com seis pontos de vantagem para o Cruzeiro, primeira equipe dentro do Z-4 do Brasileiro.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo neste sábado (2), pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Atlético Mineiro encara o Fortaleza na Arena Castelão, às 17h.

Enquanto a Chapecoense recebe o São Paulo na Arena Condá, às 21h.

O JOGO

A Chapecoense quase abriu o placar aos três minutos. Dalberto foi lançado e na cara de Cleiton tentou o toque por cima do goleiro. Mas a finalização saiu torta e Guga saiu jogando pelo Atlético Mineiro.

Aos quatro minutos, a Chapecoense teve boa chance com falta na entrada da área. Bruno Pacheco finalizou para bela defesa de Cleiton.

No escanteio, Bruno Pacheco cobrou na marca do pênalti e Henrique Almeida cabeceou para o fundo das redes.

A Chapecoense seguiu melhor no jogo e quase ampliou o marcador aos oito minutos. Dalberto fez a jogada na linha de fundo e cruzou para Roberto. O meia chegou batendo de primeira e a bola passou perto do travessão.

A primeira chance de perigo do Atlético Mineiro foi aos 38 minutos. Otero bateu escanteio e após a rebatida da zaga, Luan recebeu na entrada da área e finalizou perto do travessão de Tiepo.

Nova chance do Atlético Mineiro aos 47 minutos. Luan serviu Nathan, que invadiu a área e finalizou no poste esquerdo.

Só que aos quatro do segundo tempo, quem marcou foi a Chapecoense. Henrique Almeida recebeu na área e finalizou em cima da marcação. A sobra ficou com Everaldo que pegou de primeira para o fundo das redes.

O Atlético Mineiro respondeu aos seis minutos. Cazares fez boa jogada e cruzou para Ricardo Oliveira. O atacante estava sozinho, mas cabeceou mal e a bola foi por cima do gol.

Aos 14 minutos, o árbitro de vídeo entrou em ação. Guga invadiu a área e Dalberto empurrou o lateral. Após a consulta ao VAR, a arbitragem de campo confirmou a penalidade.

Só que Di Santo bateu no canto direito e Tiepo foi buscar para fazer bela defesa.

O VAR novamente apareceu ao anular um gol do Atlético Mineiro. Na jogada, Cazares cobrou escanteio e Réver empurrou Elicarlos, antes de ajeitar de cabeça para Igor Rabello, que empurrou a bola para o fundo das redes. Na consulta ao árbitro de vídeo, a arbitragem de campo invalidou a jogada.

A última chance de gol do Atlético Mineiro saiu aos 51 minutos. Otero bateu falta da intermediária perto do travessão de Tiepo.

Na briga contra o rebaixamento, Fluminense e Chape empatam

Na briga direta contra o rebaixamento, o Fluminense empatou, em 1 a 1, neste sábado (26), pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. As duas equipes tiveram várias chances, mas não conseguiram vencer a partida. Os gols foram anotados por Everaldo (pela Chape) e Marcos Paulo (para o Flu).

O resultado pode colocar o Fluminense na zona de rebaixamento até o fim da rodada. Já a Chape segue na vice-lanterna da competição.

O JOGO

Fluminense e Chape protagonizaram uma partida movimentada. Os donos da casa criaram várias oportunidades. Com menos de um minuto de jogo, Nenê quase abriu o placar.

Aos 26, a Chape abriu o placar. Bruno Pacheco deixou dois jogadores do Flu para trás e cruzou para Everaldo. O jogador, de cabeça mandou para o fundo das redes.

Na volta do intervalo, aos seis minutos, Danielzinho tabelou com Yony e cruzou rasteiro. Marcos Paulo se adiantou à marcação e deixou tudo igual.

 

Palmeiras - Chapecoense - Campeonato Brasileiro

Palmeiras vence a Chapecoense com gol de Felipe Melo no último minuto

Com gol de Felipe Melo no último minuto do jogo, o Palmeiras venceu a Chapecoense por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (16), e se manteve vivo na briga pelo título do Campeonato Brasileiro.

O duelo válido pela 26ª rodada do Brasileirão foi realizado no Allianz Parque, em São Paulo.

A vitória coloca o Palmeiras com 53 pontos, oito abaixo do Flamengo na disputa pelo título.

Já a Chapecoense segue na lanterna da competição com apenas 16 pontos ganhos, dez abaixo do CSA, primeira equipe abaixo da zona de rebaixamento da competição.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo neste domingo (20), pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A Chapecoense recebe o Goiás na Arena Condá, às 19h.

Enquanto o Palmeiras viaja até Curitiba para encarar o Athletico Paranaense, às 19h.

O JOGO

A primeira chance de perigo do jogo foi da Chapecoense. Após rebote de cruzamento, Amaral pegou de primeira e a bola passou com perigo acima do gol de Weverton.

O Palmeiras respondeu aos 14 minutos. Após cruzamento da esquerda, Dudu se antecipou a marcação e escorou perto do poste esquerdo de João Ricardo.

Dudu teve nova chance aos 45 minutos. Após receber passe de Felipe Melo, o atacante invade a área e finaliza perto do poste direito.

O Palmeiras voltou melhor para o segundo tempo e quase abriu o placar aos nove minutos. Após escanteio da esquerda, Bruno Henrique cabeceou para o segundo poste e Luan chegou atrasado para finalizar para o gol.

Aos 11 minutos, excelente chance desperdiçada pelo Palmeiras. Após cruzamento da direita, Deyverson tentou a finalização e o chute saiu torto, mas Willian, quase na linha de fundo, colocou o pé na bola que bateu na trave e saiu.

A pressão do Palmeiras continuou e aos 18 minutos a equipe teve nova chance de gol. Dudu cruzou e a bola passou por todo mundo e chegou em Diogo Barbosa na esquerda. O lateral devolveu na área e Willian cabeceou para boa defesa de João Ricardo.

A situação da Chapecoense ficou ainda pior aos 22 minutos. Dudu puxou contra-ataque e Gum entrou de carrinho e foi expulso de forma direta.

Aos 29 minutos, nova chance perdida por Willian. Dudu cruzou da direita e Willian finalizou de primeira em cima de Douglas e a bola passou perto do poste direito de João Ricardo.

Nova chance do Palmeiras aos 36 minutos. Dudu cruza no segundo poste e Gustavo Gómez cabeceia para o chão para grande defesa de João Ricardo.

No minuto seguinte, nova intervenção de João Ricardo. Felipe Melo recebeu na área e finalizou para boa defesa do goleiro. No rebote, Bruno Henrique escorou de cabeça e a bola passou perto do poste esquerdo.

Mas aos 54 minutos, Dudu ganhou jogada na esquerda e tocou para Bruno Henrique, que finalizou para outra boa defesa de João Ricardo. O rebote voltou para o atacante que rola para o meio da área e Felipe Melo finaliza para o fundo das redes.