Família catarinense que morreu no Chile viajava para comemorar aniversário da filha

A família dos seis turistas brasileiros encontrados mortos em um apartamento no Chile havia viajado para Santiago para comemorar o aniversário de Karoliny Nascimento de Souza, uma das vítimas, que faria 15 anos nesta sexta-feira (24).

Além de Karoliny, também morreram seu pai, Fabiano de Souza, 41; sua mãe, Débora Muniz Nascimento de Souza, 38; seu irmão Felipe Nascimento de Souza, 13; e seus tios Jonathas Nascimento, 30, e Adriane Kruger, 27. Jonathas era irmão de Débora.

Familiares identificaram as vítimas na manhã desta quinta-feira (23). Ainda não há informações sobre data e local do velório e sepultamento dos corpos. A prefeitura de Biguaçu, na Grande Florianópolis (SC), onde viviam quatro das seis vítimas, afirmou que há planos para um velório coletivo.

Os pais dos dois adolescentes moravam no Balneário de São Miguel em Biguaçu. Jonathas também era catarinense, mas vivia em Hortolândia (a 97 km de São Paulo), na região de Campinas.
Em Hortolândia, Jonathas era funcionário do departamento pessoal do Iatec (Instituto Adventista de Tecnologia). A empresa atende exclusivamente a rede de igrejas adventistas com consultoria, suporte e manutenção de sistemas de informática.

Em nota, o Iatec lamentou o ocorrido e informou que Jonathas estava em período de férias. “O Iatec está oferecendo todo apoio aos familiares neste momento difícil e de profundo pesar”, disse.
Apaixonada por educação, Débora se formou em Pedagogia na Universidade do Vale do Itajaí, em 2012. Ela lecionava para os alunos de uma escola de Florianópolis, onde era coordenadora pedagógica. Fabiano trabalhava como autônomo e prestava serviços para o setor pesqueiro.

“A Débora conversou conosco e liberamos o Felipe das aulas [para a viagem]. Ele tinha ótimas notas. Sabíamos que a viagem era importante porque era um presente de 15 anos para a Karoliny”, diz Grasiela Monteiro Epping, diretora da escola Professor José Brasilício, onde Felipe cursava o 9º ano do Ensino Fundamental.

“Felipe era brincalhão, conhecido na escola como Felipinho porque era o menor da turma, o nosso chaveirinho. A Karoliny era mais tímida e mesmo assim tinha amizade com todo mundo. Eles eram crianças extremamente doces. Alunos exemplares”, diz Epping.

Os tios dos adolescentes, Adriane e Jonathas, adoravam viajar e foram acompanhar a família para comemorar o aniversário da sobrinha (Karoliny) no Chile. Adriane era natural de Alta Floresta, no Mato Grosso. Ela era a caçula entre quatro irmãos e tinha o apelido de Tuca. Ainda jovem, saiu da cidade natal para estudar.

“Ela era muito tímida, prestativa, meiga e doce. A simplicidade estava dentro dela”, diz a amiga de infância Cibele Garjoso. Em Blumenau (SC), se formou em Engenharia e se casou com Jonathas, que também morreu na tragédia.

“Eram pessoas maravilhosas, queridas por onde passavam. Jovens que estavam em plena vida, lutando e correndo atrás”, diz a prima de Jonathas, Noemi Fortunato Nascimento.

Os corpos foram encontrados na tarde de quarta-feira (22) em um apartamento em Santiago. Os turistas estavam a passeio no país havia cerca de uma semana, e se hospedavam em um imóvel reservado pelo site de locações Airbnb. O edifício fica na esquina das ruas Santo Domingo e Mosqueto, na região conhecida como Bellas Artes, centro da cidade.

A tragédia foi antecedida por outra perda familiar: a mãe de Jonathas e Débora, que tinha câncer, morreu em Florianópolis na terça-feira. Iete Isabel Muniz foi cremada na manhã desta quinta-feira em Palhoça, na Grande Florianópolis. A família já tinha sido informada e planejava antecipar o retorno para estar presente no velório.

Familiares no Brasil dizem que as mortes foram causadas por vazamento de gás -mesma suspeita da polícia chilena. O comandante da polícia do país, Rodrigo Soto, disse ao jornal El Mercurio que os policiais encontraram um forte cheiro do gás quando entraram no apartamento.

Os bombeiros, porém, testaram o ar dentro do apartamento e encontraram altas concentrações de monóxido de carbono, um gás incolor e inodoro cuja inalação pode levar à morte. Ao todo, 25 bombeiros chilenos participaram da ocorrência -eles fazem a perícia para comprovar o vazamento. Trabalham com três hipóteses: o gás pode ter vazado do aquecedor de água, do aquecedor geral ou do gás de cozinha.

Autoridades chilenas ainda não identificaram a causa do vazamento do gás nem seu local exato. Tampouco se sabe por quanto tempo os brasileiros foram expostos a ele. As janelas do apartamento, que fica no sexto andar, estavam fechadas. Pelas condições que foram encontrados os corpos, presume-se que a intoxicação aconteceu muito tempo antes.

O site do jornal local La Hora noticiou que a noite de terça (20) foi a mais fria registrada no país: as temperaturas chegaram a -1ºC na região central de Santiago. Isso, supostamente, justificaria a necessidade de se fechar as janelas e ligar a calefação.

A informação está de acordo com as médias registradas pelo site de medição de temperatura Weather.com, segundo o qual os dias 21 e 22 de maio foram os mais frios do mês na capital chilena.
O investigador chileno Carlos Albornoz disse ao jornal El Mercurio que e o apartamento onde estavam alocados fora alugado de uma pessoa que não seria a real proprietária do imóvel. “Tanto a proprietária do apartamento quanto a que o sublocava estão sujeitas a prestar depoimentos”, disse.

O Ministério das Relações Exteriores, por meio do Consulado-Geral do Brasil em Santiago, afirmou em nota que acompanha o caso, prestando assistência com a expedição de atestados de óbito e contato com autoridades locais. Afirma ainda que “não há previsão legal para o pagamento” do traslado dos corpos até o Brasil pelo Governo Federal.

No início da tarde de quinta (23), o Airbnb afirmou que pagará pelo translado dos corpos. O anúncio veio depois que a família dos turistas criou campanha para arrecadar fundos para esse fim.
O Airbnb possui um seguro para proteger danos aos imóveis e indenizar os proprietários se ocorrerem problemas. Em situações de acidentes com turistas, as situações são avaliadas caso a caso, segundo a assessoria de imprensa da empresa.

“Estamos profundamente consternados com este trágico incidente. Nós nos solidarizamos com os familiares e estamos em contato para prestar todo apoio necessário aos familiares neste momento difícil”, disse o aplicativo, em nota.

Seis brasileiros morrem por acidente de gás no Chile

O Itamaraty confirmou hoje que seis turistas brasileiros morreram nesta quarta-feira (22) em Santiago, Chile, por inalação de gás. Os turistas estavam de férias em um apartamento alugado no centro da cidade. Relatos preliminares acrescentam que as vítimas são quatro adultos e dois menores.

Segundo o Itamaraty, o Consulado do Brasil soube com antecedência que os brasileiros estavam passando mal e alertou as autoridades locais. Porém, eles já estavam mortos, quando os bombeiros e paramédicos chilenos chegaram ao apartamento.

Rodrigo Soto, oficial da Polícia de Santiago, confirmou que recebeu um telefonema do Consulado Brasileiro alertando sobre o problema com os brasileiros hospedados em um apartamento no sexto andar de um prédio da cidade. Segundo ele, a causa da morte ainda é “uma questão para investigação”. Acrescentou que “informações preliminares apontam para um vazamento de gás”.

O bombeiro Diego Velasquez também confirmou que, quando os socorristas chegaram ao local, os brasileiros já estavam mortos. “Ainda não confirmamos as identidades deles. Pelo que foi observado, esse acidente deveu-se à ação do monóxido de carbono”.

O Itamaraty também informou que os familiares dos brasileiros já foram comunicados sobre o ocorrido.

Bolsonaro e Piñera celebram novo bloco e esperam futura integração da Venezuela

Os presidentes do Brasil (Jair Bolsonaro) e do Chile (Sebastián Piñera) falaram da crise venezuelana, do acordo bilateral de livre-comércio e da reunião da COP, que ocorrerá em dezembro deste ano, em Santiago, nas declarações finais após a reunião bilateral deste sábado (23), no palácio de La Moneda (sede do governo chileno).

Piñera voltou a celebrar a criação do Prosul, uma vez que “havia mais de cinco anos que os países da região não se reuniam” e que este bloco “não será ideológico, nem burocrático e que apenas aceitará países democráticos e que respeitem os direitos humanos”.

Por conta disso, acrescentou, a Venezuela não tinha sido convidada, mas que os mandatários reunidos afirmaram que “esperam que o país logo possa se integrar, quando consiga superar essa ditadura que tem causado tanto sofrimento”.

Piñera lembrou que o Brasil é o principal parceiro comercial do Chile na região e lembrou anedotas do passado, quando o Barão de Rio Branco (1845-1912) interveio para diluir um problema diplomático entre Chile e EUA. Também que a poeta chilena Gabriela Mistral (1899-1957) estava no Brasil quando recebeu a notícia de que tinha ganhado o prêmio Nobel de Literatura, em 1945.
Sobre o acordo de livre-comércio que ambos os países vêm tratando de concretizar, disse que faria o possível para avançar em sua aprovação.

Já Bolsonaro afirmou que Piñera já parecia “um amigo de muitos anos” e que o admirava desde a crise da libertação dos mineiros, em 2010. Acrescentou que adorou ter vindo ao Chile, mencionando que foi bem acolhido ao passear num shopping-center no bairro nobre de Las Condes, na noite de sexta-feira (22).

Enquanto o presidente brasileiro falava, do lado de fora do palácio de La Moneda havia uma manifestação contra ele. Com cartazes que diziam “Bolsonaro misógino” e “Bolsonaro fascista”, as pessoas cantavam: “Bolso, escute, vá embora do Chile”.

O mandatário brasileiro disse que esta era sua terceira viagem ao exterior e que a primeira, ao Fórum de Davos, havia sido “um desafio”, por se tratar de um ambiente diferente daquele em que estava acostumado a conviver.

Disse que compartilhava com os EUA e os países da região a preocupação com a Venezuela. E que, em sua conversa com o norte-americano Donald Trump, falou do tema, mas “de forma reservada”.
Logo emendou que a “ideologia” tem sido também um dos fatores da “crise que vive o Brasil, com
o desdobramento da questão ideológica na mídia e nas escolas”.

Sobre a COP, Bolsonaro disse que enviaria representantes, porém que não podia se comprometer com assinatura de acordos que não sabia se seria possível cumprir.

Brasil e Chile assinam acordo para comércio de orgânicos

Os ministros da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil, Blairo Maggi, e do Chile, Antonio Walker Prieto, assinaram memorando de entendimento com o objetivo de promover ações para facilitar o comércio de produtos orgânicos entre os dois países. Ambos participaram da reunião do Conselho Agropecuário do Sul (CAS), em Buenos Aires, na Argentina.

O texto assinado prevê colaboração mútua na fiscalização e controle dos produtos e políticas voltadas para o desenvolvimento da produção orgânica, além da melhoria das bases de dados e de normas e regulamentos que regem a atividade.

É o primeiro reconhecimento mútuo de semelhanças nos normativas de produção orgânica negociado entre países da América do Sul, demonstrando compromisso com o desenvolvimento de economias sustentáveis, de acordo com o secretário de Relações Intermacionais do Agronegócio do ministério, Odilson Ribeiro e Silva.

“Atualmente, apenas grandes produtores orgânicos alcançam mercados no exterior, pelo alto custo envolvido na certificação internacional. Com o sistema de reconhecimento mútuo, ambas legislações [aceitam] a certificação de sistemas participativos de garantia, estimulando a inclusão de pequenos e médios produtores no mercado de exportação”, disse o secretário.

A reunião do CAs acaba hoje (21), com a presença também dos demais ministros integrantes do conselho, da Argentina, Bolívia, Paraguai e Uruguai.

No encontro deve ser discutido levantamento solicitado pelo ministro Maggi da lista de produtos químicos (moléculas autorizadas em cada país e condições de uso), com o objetivo de harmonizar a regulamentação desse tema em toda a região.

Capital chilena vai receber final da Libertadores em jogo único ano que vem

Santiago, capital do Chile, foi a cidade escolhida para receber, em 2019, a primeira final de Taça Libertadores decidida em partida única. A Conmebol anunciou a decisão nesta terça-feira (14), após reunião do conselho da entidade sul-americana, em Luque, no Paraguai.

A decisão da Copa Sul-Americana do ano que vem, que também sofrerá alteração de formato e ocorrerá em jogo único, será em Lima, no Peru. Ambas as competições, assim, repetem o modelo em vigor na Europa com a Liga dos Campeões e a Liga Europa -final única e campo neutro.

Além de Santiago, outras duas cidades concorriam à sede do jogo final da Libertadores no ano que vem: Montevidéu (Uruguai) e Lima. A escolha, de acordo com nota divulgada pela Conmebol, levou em contra critérios como: capacidade de organização, logística, segurança, tecnologia, aspectos políticos, sociais, ambientais e legais, capacidade hoteleira, mobilidade e situações favoráveis para direitos comerciais e de transmissão de TV.

Membros da Conmebol inspecionaram as postulantes por dois dias e meio, de acordo com a entidade. “Essas decisões atendem o objetivo estratégico de promover o desenvolvimento esportivo do futebol sul-americano com mais recursos, mais investimentos e melhores padrões em todos os níveis”, explicou Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol.

“Além de gerar mais receita para ser reinvestida no desenvolvimento esportivo, as finais únicas serão uma grande oportunidade para que a América do Sul dê um grande salto em infraestrutura esportiva, organização de eventos, controles de segurança, conforto e atenção nos estádios, e na promoção regional e mundial dos nossos torneios, clubes e jogadores”, completou o dirigente.
Desta forma, o formato tradicional da Libertadores e da Sul-Americana, com jogos de ida e volta para a definição do campeão, será utilizado pela última vez em 2018.

Embora não tenha projetado uma data no comunicado emitido nesta terça, a final da Libertadores de 2019 deverá ocorrer em 23 de novembro, um sábado.

Repórter do CQC é retirada à força Foto: reprodução Instagram

Repórter do CQC é expulso após questionar Temer sobre corrupção

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS)

O apresentador e repórter do “CQC Chile”, Sebastián Eyzaguirre, também conhecido como “Cuchillo”, foi expulso do Congresso Nacional enquanto realizava uma entrevista com o presidente brasileiro, Michel Temer, em Valparaíso, neste domingo (11). As informações foram divulgadas pelo canal local MEGA e confirmadas pelo próprio profissional em sua página no Instagram.

O programa realizava a cobertura jornalística da cerimônia de posse do novo presidente do Chile, Sebastián Piñera.

Segundo Cuchillo, carabineros -uma espécie de polícia com poder militar no Chile- agiram de forma violenta, mesmo estando com todas as credenciais, enquanto fazia perguntas sobre os escândalos de corrupção enfrentados pelos presidente brasileiro. Os agentes não explicaram os motivos que levaram à expulsão do repórter.

Nas redes sociais, Cuchillo desabafou. “Vergonha. O ‘CQC’ foi violentamente expulso. Carabineros nos chutaram para fora. Linda a sua democracia. Apenas quando nós perguntamos ao presidente brasileiro por seus escândalos de corrupção”, escreveu ele.

“Sempre estivemos nas cerimônias de posse. Hoje nos nos irritaram a filha de Bachelet (ex-presidente do Chile), o presidente corrupto do Brasil. É o ‘CQC’. Nada mais. Só fazemos o que as pessoas querem que alguém faça”, finalizou.

Michel Temer esteve presente no Congresso Nacional em Valparaíso, no Chile, para participar da cerimônia de posse do presidente eleito do Chile, Sebastian Piñera, que assume o cargo pela segunda vez. O presidente brasileiro chegou com atraso ao local e entrou depois do presidente chileno.

Seleção Feminina vence o Chile por 3 a 0

Da CBF

A Seleção Brasileira Feminina fechou a série de amistosos no Chile com 100% de aproveitamento. Nesta terça-feira (28), o Brasil voltou a vencer as donas da casa. No Estádio La Portada, em La Serena, a equipe comandada pelo técnico Vadão venceu as chilenas por 3 a 0. Os dois amistosos com as anfitriãs da próxima Copa América fazem parte da preparação para competição da Conmebol, que será disputada entre os dias 4 e 22 de abril.

Em ritmo intenso, a Seleção Brasileira dominou as ações desde o apito inicial. Com uma postura ofensiva, não demorou muito para o Brasil abrir o placar. Aos oito minutos, Bia Zaneratto recebeu lançamento de Marta, mostrou frieza e tocou na saída da goleira, 1 a 0. O segundo saiu aos 17 minutos. Thais deixou o dela e ampliou a vantagem brasileira, 2 a 0.

Com boa movimentação, a Seleção chegou aos terceiro aos 26 minutos. Após trama pela esquerda, Debinha completou para o fundo das redes, 3 a 0. Na reta final do primeiro tempo, o Chile tentou responder em chute de fora da área, mas parou no travessão.

Na volta do intervalo, a Seleção Brasileira manteve o domínio. Explorando o toque de bola e a velocidade das atacantes, o Brasil teve um pênalti a favor aos 11 minutos. Ludmila teve a chance de ampliar, mas a cobrança explodiu no travessão. Fim de jogo: 3 a 0.

O Brasil iniciou a partida com: Aline; Letícia, Mônica, Rafaelle e Rilany; Érika, Andressinha, Thaisinha e Marta; Debinha e Bia Zaneratto.

 

Seleção Feminina de Futebol goleia o Chile em amistoso

Da CBF

A Seleção Brasileira Feminina de Futebol iniciou o período de preparação no Chile na noite deste sábado (25). No Estádio Diaguita, em Ovalle, a Canarinho venceu as donas da casa por 4 a 0. Érika, Rafaelle, Bia Zaneratto e Marta marcaram os gols do Brasil.

A preparação do Brasil segue nos próximos dias. A Seleção volta a campo diante do próprio Chile para mais um amistoso, na terça-feira (28), no Estádio La Portada, na cidade de La Serena.

A Seleção Brasileira entrou em campo em ritmo avassalador. Logo aos dois minutos de bola rolando, Érika abriu o placar com gol de cabeça. Dois minutos depois, Rafaelle, também com uma cabeçada firme, ampliou a vantagem. Aos 24, Bia Zaneratto ampliou o marcador. Na etapa final, o Brasil manteve o mesmo ímpeto ofensivo, mas passou a trabalhar mais a bola no meio-campo. Na marca dos 17 minutos, Marta teve boa oportunidade em cobrança de pênalti e não desperdiçou. Quatro a zero e fatura liquidada.

Brasil:

Bárbara; Letícia (Daiane), Bruna, Rafaelle e Rilany; Érika (Gabi), Andressinha, Thaisinha (Raquel) e Marta (Joyce); Debinha (Ludmilla) e Bia Zaneratto (Geyse).

Brasil elimina Chile. Messi classifica a Argentina

Muitos desconfiavam de que a seleção brasileira poderia demonstrar desinteresse e, até fazer corpo mole na partida desta terça-feira, diante do Chile, pelas eliminatórias sulamericanas para a Copa do Mundo. Já classificado, em primeiro lugar e com os adversários precisando do resultado para conquistar uma vaga, podendo, inclusive, prejudicar os rivais argentinos, o Brasil mostrou que não tinha nada com a disputa entre as outras seleções, jogou sério e fez o seu papel, batendo o Chile por 3 a 0, em São Paulo. Resultado que acabou deixando o Chile, campeão das duas últimas edições da Copa América, fora do mundial.

Depois de um primeiro tempo sem muitas emoções, o Brasil, que vinha de dois empates, voltou para a etapa fina disposto a decidir. Aos 9 minutos, Daniel Alves cobrou falta de muito longe, o goleiro Bravo deu rebote e Paulinho aproveitou para abrir o placar. Dois minutos depois, Philipe Coutinho puxou um contra-ataque do campo de defesa, fez um belo lançamento para Neymar, que só ajeitou para Gabriel Jesus marcar.

O 2 a 0 eliminava o Chile, que, pela combinação de outros resultados, precisava de um gol para conseguir, ao menos, a vaga na repescagem. Assim, os chilenos se lançaram todos ao ataque, até que no último minuto, em escanteio, até o goleiro bravo foi para a área brasileira. Não deu certo. A defesa brasileira afastou a bola da área, Willian pegou o rebote e fez um grande lançamento para Gabriel Jesus entrar com bola e tudo, acabando com as chances chilenas.

Messi salva a Argentina

A Argentina precisava, mais do que nunca, de Messi. E o melhor do mundo resolveu. Precisando da vitória fora de casa, os argentinos bateram o Equador por 3 a 1, com três gols do camisa 10. Não faltou drama, já que os argentinos saíram perdendo, com um gol no primeiro minuto de jogo. Mas Messi brilhou. O empate veio logo aos 11 minutos, após tabela de Messi e Di Maria, que terminou com o craque do Barcelona tocando na saída.

Aos 19, veio a virada. E desta vez, ele fez tudo sozinho. Messi roubou a bola na intermediária, avançou e soltou a bomba de esquerda. O terceiro, foi o mais bonito. Aos 16 minutos do segundo tempo, ele percebeu o goleiro adiantado e fez uma pintura, por cobertura, garantindo a Argentina na Copa.

Uruguai e Colômbia garantidos. Peru na repescagem

Dependendo apenas de seu resultado, o Uruguai não teve dificuldades para carimbar o passaporte para a Rússia. Jogando em casa, Cavani e companhia venceram a Bolívia por 4 a 2 e garantiram o segundo lugar das eliminatórias sulamericanas. No confronto entre Peru e Colômbia, as duas seleções comemoraram (até juntas) o empate em 1 a 1, que garantiu uma vaga direta na Copa para os colombianos e levaram o Peru para a repescagem, contra a Nova Zelândia. Além do Chile, ficaram fora da Copa Paraguai, Equador, Venezuela e Bolívia.

Com o fim das eliminatórias Sulamericanas, são 22 as seleções já classificadas para a Copa. Confira a lista:

Rússia

Brasil

Uruguai

Argentina

Colômbia

México

Costa Rica

Alemanha

Bélgica

Espanha

Inglaterra

Polônia

Islândia

Sérvia

França

Portugal

Coréia do Sul

Japão

Arábia Saudita

Irã

Egito

Nigéria

 

Seleção nunca perdeu para o Chile no Brasil

Da CBF

O Brasil faz, na noite desta terça-feira (10), o último jogo nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. O adversário é o Chile, exatamente a única seleção que venceu o Brasil no torneio classificatório, na primeira rodada, por 2 a 0. O retrospecto entre as duas seleções indica que o time comandando pelo técnico Tite não terá dificuldades para somar os últimos três pontos na competição. São apenas oito derrotas em 71 jogos disputados em mais de cem anos de história do confronto.

Mas encarar os chilenos, atuais campeões da América, precisando de uma vitória para garantir a vaga no Mundial promete ser mais um capítulo da emocionante trajetória do Brasil nas Eliminatórias. História escrita até agora com todos os elementos necessários a um enredo envolvente e inesquecível. Drama, dúvida, superação, redenção e glória. O Brasil está no Mundial. O Allianz Parque, local da partida desta noite, às 20h30, é o palco escolhido para o reencontro.

A Seleção Brasileira vai com força máxima para o jogo: Ederson, Dani Alves, Marquinhos, Miranda e Alex Sandro; Casemiro; Paulinho, Renato Augusto, Philippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus. Já o Chile vem sem um de seus principais jogadores. Aleix Vidal está suspenso.

As duas seleções já se enfrentaram em 71 ocasiões. Ao todo, o Brasil venceu 49 vezes, empatou 14 e perdeu apenas oito. Em território brasileiro, foram 27 jogos e nenhuma derrota. São 21 triunfos e seis empates. A Seleção Canarinho já marcou 161 gols nos chilenos e sofreu 61. Os artilheiros da Amarelinha no duelo são Robinho, com nove gols, e Pelé, com oito. Do grupo atual, apenas Neymar e Roberto Firmino já balançaram a rede do Chile. Cada um com um gol.

A Seleção Brasileira é líder das Eliminatórias com 38 pontos e a única equipe classificada para a Copa do Mundo até essa última rodada. São 11 vitórias, cinco empates e uma derrota.

BRASIL X CHILE

Local: Allianz Parque, em São Paulo.

Data e horário: terça-feira, às 20h30 (de Brasília).

Provável escalação: Ederson, Dani Alves, Marquinhos, Miranda e Alex Sandro; Casemiro; Paulinho, Renato Augusto, Philippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus.

Arbitragem: Roddy Zambrano, auxiliado por Christian Lescano e Byron Romero, todos do Equador.

Retrospecto Brasil x Chile (1916 – 2015)

  • 08/07/1916 – BRASIL 1 x 1 CHILE – COPA AMÉRICA – Club de Gimnasia y Esgrima La Plata
  • 12/10/1917 – BRASIL 5 x 0 CHILE – COPA AMÉRICA – Parque Central
  • 11/05/1919 – BRASIL 6 x 0 CHILE – COPA AMÉRICA – Laranjeiras
  • 11/09/1920 – BRASIL 1 x 0 CHILE – COPA AMÉRICA – Valparaíso Sporting Club
  • 17/09/1922 – BRASIL 1 x 1 CHILE – COPA AMÉRICA – Laranjeiras
  • 03/01/1937 – BRASIL 6 x 4 CHILE – COPA AMÉRICA – La Bombonera
  • 14/01/1942 – BRASIL 6 x 1 CHILE – COPA AMÉRICA – Centenário
  • 28/02/1945 – BRASIL 1 x 0 CHILE – COPA AMÉRICA – Nacional de Santiago
  • 03/02/1946 – BRASIL 5 x 1 CHILE – COPA AMÉRICA – Pedro Bidegain
  • 13/04/1949 – BRASIL 2 x 1 CHILE – COPA AMÉRICA – Pacaembu
  • 20/04/1952 – BRASIL 3 X 0 CHILE – PAN-AMERICANO – Nacional de Santiago
  • 23/03/1953 – BRASIL 3 x 2 CHILE – COPA AMÉRICA – Nacional de Lima
  • 28/02/1954 – BRASIL 2 x 0 CHILE – ELIMINATÓRIAS DA COPA DO MUNDO – Nacional de Santiago
  • 14/03/1954 – BRASIL 1 x 0 CHILE – ELIMINATÓRIAS DA COPA DO MUNDO – Maracanã
  • 18/09/1955 – BRASIL 1 X 1 CHILE – TAÇA BERNARDO O’HIGGINS – Maracanã
  • 20/09/1955 – BRASIL 2 X 1 CHILE – TAÇA BERNARDO O’HIGGINS – Pacaembu
  • 24/01/1956 – BRASIL 1 x 4 CHILE – COPA AMÉRICA – Estádio Centenário
  • 01/03/1956 – BRASIL 2 X 1 CHILE – PAN-AMERICANO – Olímpico Universitário
  • 13/03/1957 – BRASIL 4 x 2 CHILE – COPA AMÉRICA – Nacional de Lima
  • 15/09/1957 – BRASIL 0 X 1 CHILE – TAÇA BERNARDO O’HIGGINS – Nacional de Santiago
  • 18/09/1957 – BRASIL 1 X 1 CHILE – TAÇA BERNARDO O’HIGGINS – Nacional de Santiago
  • 15/03/1959 – BRASIL 3 x 0 CHILE – COPA AMÉRICA – Monumental de Nuñez
  • 17/09/1959 – BRASIL 7 X 0 CHILE – TAÇA BERNARDO O’HIGGINS – Maracanã
  • 20/09/1959 – BRASIL 1 X 0 CHILE – TAÇA BERNARDO O’HIGGINS – Pacaembu
  • 29/06/1960 – BRASIL 4 X 0 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Maracanã
  • 07/05/1961 – BRASIL 2 X 1 CHILE – TAÇA BERNARDO O’HIGGINS – Nacional de Santiago
  • 11/05/1961 – BRASIL 1 X 0 CHILE – TAÇA BERNARDO O’HIGGINS – Nacional de Santiago
  • 13/06/1962 – BRASIL 4 X 2 CHILE – COPA DO MUNDO – Nacional de Santiago
  • 17/04/1966 – BRASIL 1 X 0 CHILE – TAÇA BERNARDO O’HIGGINS – Nacional de Santiago
  • 20/04/1966 – BRASIL 1 X 2 CHILE – TAÇA BERNARDO O’HIGGINS – Sausalito
  • 15/05/1966 – BRASIL 1 X 1 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Pacaembu
  • 19/05/1966 – BRASIL 1 X 0 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Maracanã
  • 19/09/1967 – BRASIL 1 X 0 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Nacional de Santiago
  • 22/03/1970 – BRASIL 5 X 0 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Morumbi
  • 26/03/1970 – BRASIL 2 X 1 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Maracanã
  • 04/10/1970 – BRASIL 5 X 1 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Nacional de Santiago
  • 24/06/1980 – BRASIL 2 X 1 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Mineirão
  • 14/03/1981 – BRASIL 2 X 1 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Santa Cruz
  • 26/08/1981 – BRASIL 0 X 0 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Nacional de Santiago
  • 28/04/1983 – BRASIL 3 X 2 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Maracanã
  • 28/07/1983 – BRASIL 0 X 0 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Nacional de Santiago
  • 21/05/1985 – BRASIL 1 X 2 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Nacional de Santiago
  • 08/06/1985 – BRASIL 3 X 1 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Beira Rio
  • 07/05/1986 – BRASIL 1 X 1 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Pinheirão
  • 03/07/1987 – BRASIL 0 X 4 CHILE – COPA AMÉRICA – Chateau Carreras
  • 09/12/1987 – BRASIL 2 X 1 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Municipal Parque do Sabiá
  • 13/08/1989 – BRASIL 1 x 1 CHILE – ELIMINATÓRIAS DA COPA DO MUNDO – Nacional de Santiago
  • 03/09/1989 – BRASIL 2 x 0 CHILE – ELIMINATÓRIAS DA COPA DO MUNDO – Maracanã
  • 17/10/1990 – BRASIL 0 X 0 CHILE – TAÇA DA AMIZADE – Nacional de Santiago
  • 08/11/1990 – BRASIL 0 X 0 CHILE – TAÇA DA AMIZADE – Alcid Nunes
  • 21/07/1991 – BRASIL 2 X 0 CHILE – COPA AMÉRICA – Nacional de Santiago
  • 21/06/1993 – BRASIL 2 X 3 CHILE – COPA AMÉRICA – Alejandro Serrano Aguilar
  • 02/04/1997 – Brasil 4 x 0 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Mané Garrincha
  • 27/06/1998 – Brasil 4 x 1 CHILE – COPA DO MUNDO – Parc des Princes
  • 06/07/1999 – BRASIL 1 X 0 CHILE – COPA AMÉRICA – Coronel Antonio Oddone Sarubbi
  • 15/08/2000 – BRASIL 0 x 3 CHILE – ELIMINATÓRIAS DA COPA DO MUNDO – Nacional de Santiago
  • 06/10/2001 – BRASIL 2 X 0 CHILE – ELIMINATÓRIAS DA COPA DO MUNDO – Couto Pereira
  • 06/06/2004 – BRASIL 1 x 1 CHILE – ELIMINATÓRIAS DA COPA DO MUNDO – Nacional de Santiago
  • 08/07/2004 – BRASIL 1 X 0 CHILE – COPA AMÉRICA – Monumental de San Agustín
  • 04/09/2005 – BRASIL 5 x 0 CHILE – ELIMINATÓRIAS DA COPA DO MUNDO – Mané Garrincha
  • 24/03/2007 – BRASIL 4 X 0 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Nya Ullevi Stadion
  • 01/07/2007 – BRASIL 3 X 0 CHILE – COPA AMÉRICA – Monumental de Marutín
  • 07/07/2007 – BRASIL 6 X 1 CHILE – COPA AMÉRICA – General José Anzoatégui
  • 07/09/2008 – BRASIL 3 x 0 CHILE – ELIMINATÓRIAS DA COPA DO MUNDO – Nacional de Santiago
  • 09/09/2009 – BRASIL 4 x 2 CHILE – ELIMINATÓRIAS DA COPA DO MUNDO – Roberto Santos
  • 28/06/2010 – BRASIL 3 X 0 CHILE – COPA DO MUNDO – Ellis Park Stadium
  • 24/04/2013 – Brasil 2 x 2 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Mineirão
  • 19/11/2013 – Brasil 2 x 1 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Rogers Centre Stadium
  • 28/06/2014 – BRASIL 1 X1 CHILE – COPA DO MUNDO – Mineirão
  • 29/03/2015 – BRASIL 1 X 0 CHILE – AMISTOSO OFICIAL – Emirates Stadium
  • 08/10/2015 – BRASIL 0 X 2 CHILE – ELIMINATÓRIAS DA COPA DO MUNDO – Estádio Nacional de Chile