contrabandista, contrabando, preso, fuga, capotamento, prf, polícia rodoviária federal, candói, paraná, guarapuava

Contrabandista é preso no Paraná após fuga e capotamento

Um contrabandista foi preso em flagrante nesta sexta-feira (14) em Candói, no centro-sul do Paraná, após uma tentativa de fuga que resultou em um capotamento.

O homem de 33 anos dirigia pela BR-277 quando recebeu ordens da PRF (Polícia Rodoviária Federal) para encostar o carro. Ele não obedeceu e começou uma fuga.

Conforme a polícia, depois de uma perseguição de aproximadamente 10 quilômetros, a tentativa de fuga — em alta velocidade e pela contramão — terminou um capotamento.

O contrabandista perdeu o controle do carro e causou o acidente. Mesmo ferido, o homem de 33 anos tentou continuar a fuga a pé. No entanto, ele foi capturado pela PRF em meio a uma plantação de milho.

No carro, foram encontrados 10 mil carteiras de cigarro contrabandeado do Paraguai.

O suspeito foi encaminhado ao Hospital Santa Tereza, em Guarapuava, no centro-sul do Paraná. De acordo com a PRF, ele permanece sob custódia e deve ser reavaliado neste sábado (15).

A ocorrência foi registrada na Delegacia da Polícia Federal em Guarapuava. O suspeito deve ser indiciado pelo crime de contrabando, que prevê pena de dois a cinco anos de prisão.

cigarros contrabandeados paraná

Avaliados em R$ 6 milhões, cigarros contrabandeados são apreendidos no Paraná

1,2 milhão de carteiras de cigarros, avaliadas em R$ 6 milhões, foram apreendidos em duas ações da PRF (Polícia Rodoviária Federal) em Guaíra, na região oeste do Paraná. O produto foi transportado em dois caminhões bitrens, sendo um deles roubado, e os motoristas foram presos.

As apreensões fazem parte da Operação Hórus, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

A primeira apreensão foi por volta das 22h deste segunda-feira (3), quando policiais rodoviários deram ordem de parada a um caminhão na BR-163. Durante a vistoria, foram encontrados 600 mil carteiras de cigarros contrabandeados.

O motorista de 32 anos é de Natal, no Rio Grande do Norte, e disse à PRF que uma pessoa o levou de Eldorado, no Mato Grosso do Sul, para Guaíra. No Paraná, ele retirou o caminhão e aguardava informações de contrabandistas para viajar até Vitória da Conquista, na Bahia.

Durante a vistoria, os agentes ainda descobriram que o cavalo-trator que puxava os cigarros foi roubado em maio de 2018 no município de Loanda, no noroeste do Paraná. Por fim, também foram constatadas diversas placas, que seria trocadas no decorrer da viagem, dentro da cabine.

SEGUNDA APREENSÃO DE CIGARROS CONTRABANDEADOS NO PARANÁ

Já a segunda ação da PRF aconteceu na manhã desta terça-feira (4), também na BR-163. Os agentes abordaram um motorista de 43 anos, morador de Umuarama, também no noroeste do Paraná.

O homem falou aos policiais que retirou o caminhão, com as chaves no contato, em Mundo Novo, no Mato Grosso do Sul, para levar até Guaíra, onde esperaria o contato dos contrabandistas. Além disso, ele apresentou documentos falsos do caminhão, que também continha diversas placas para ludibriar a fiscalização.

O motorista foi preso em flagrante e conduzido para a PF (Polícia Federal) em Guaíra. Ele responderá pelos crimes de contrabando, uso de documento falso e adulteração do sinal identificador de veículo.

contrabandista, preso, flagrante, terra roxa, paraná, contrabando, cigarro, cigarros, paraguai, prf, polícia rodoviária federal

Contrabandista é preso com R$ 100 mil em cigarros contrabandeados no PR

Um homem de 25 anos foi preso em flagrante pela PRF com 20 mil cigarros contrabandeados do Paraguai. Conforme os agentes, ele desobedeceu a uma ordem de parada na BR-163, em Terra Roxa, na região oeste do Paraná. O contrabandista foi perseguido por aproximadamente 10 quilômetros até ser parado.

Detido, o homem afirmou que fazia o serviço de batedor para outra carga de cigarros contrabandeados do Paraguai. De acordo com a PRF, no carro que ele dirigia foram encontrados 20 mil maços. Além disso, foram apreendidos R$ 2,4 mil e um aparelho ilegal de radiocomunicação.

Durante a perseguição, ele também cometeu crimes de trânsito. Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o homem de 25 anos dirigiu pelo acostamento e forçou ultrapassagens perigosas, colocando outros motoristas em risco.

O contrabandista preso em flagrante em Terra Roxa, no oeste do Paraná, foi encaminhado para a delegacia da Polícia Federal em Guaíra. Ele deve ser indiciado por contrabando e atividade clandestina de telecomunicação.

pf, polícia federal, prf, contrabando, cigarro, cigarros, paraguai, brasil, paraná, contrabandista, extradição , brasileiro

Paraguai extradita um dos maiores contrabandistas de cigarro ao Brasil

Um brasileiro, suspeito de ser o líder de uma das maiores quadrilhas de contrabando de cigarro do Brasil, preso no Paraguai, foi entregue à Polícia Federal na noite desta sexta-feira (24).

Conforme as investigações, ele é o chefe de uma das principais organizações criminosas que atuam na região da fronteira.

De acordo com a Polícia Federal, o brasileiro foi expulso pelo Paraguai. A extradição foi concluída na última noite. Assim, a entrega foi efetuada no Ponte Internacional da Amizade, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná.

O suspeito foi o principal alvo da Operação Contorno Norte. A ação da Polícia Federal foi deflagrada em Maringá, no norte do Paraná, em junho do ano passado.

O contrabandista brasileiro encontrava em Assunção desde quando foi preso pela Interpol (Polícia Internacional) no aeroporto da capital do Paraguai.

OPERAÇÃO CONTORNO NORTE MIRA CONTRABANDO NA FRONTEIRA COM O PARAGUAI

De acordo com as investigações da Polícia Federal, grande parte das carretas utilizadas para contrabando são oriundas de furtos ou roubos, com posterior clonagem das placas.

A quadrilha suspeito chegou a utilizar 6.700 linhas telefônicas cadastradas em nome de terceiros para a prática do crime.

Os alvo da Operação Contorno Norte respondem por organização criminosa, contrabando, receptação qualificada, adulteração de sinal identificador de veículo automotor, falsidade ideológica e corrupção ativa.

Além disso, também podem ser responsabilizados por homicídio culposo e lesão corporal culposa.

cigarro paraná apreensão

Mais de um milhão de carteiras de cigarro são apreendidas no Paraná

1,2 milhão de carteiras de cigarro foram apreendidas pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) em Guaíra, na região oeste do Paraná, nesta terça (19) e quarta-feira (20). De acordo com a PRF, as duas apreensões feitas chegam a ter um valor de mercado estimado em R$ 6 milhões.

No início da manhã de hoje, uma carreta foi abordada e o motorista demonstrou nervosismo excessivo. Com isso, os agentes decidiram fazer uma verificação minuciosa e encontraram cerca de 600 mil carteiras de cigarro abaixo de uma camada de grãos de milho. O condutor, de 39 anos foi preso em flagrante e relatou aos policiais que saiu de Caarapó, no Mato Grosso do Sul, e iria até o Rio Grande do Sul.

Já o segundo caminhão foi apreendido na madrugada de ontem, na BR-163, em Toledo. 600 mil carteiras de cigarro eram transportadas em um baú tipo frigorífico.

A carreta estava em alta velocidade e chamou a atenção de uma equipe da PRF que retornava de uma operação em Foz de Iguaçu. O motorista desobedeceu a ordem de parada, parou o veículo ao lado de uma área de mata e fugiu a pé. Ele ainda está foragido, mas os policiais encontraram documentos com indícios de adulteração. Ou seja, tanto a placa do caminhão quanto a do semirreboque eram falsas.

As duas ocorrências de apreensão foram encaminhadas para as unidades da Polícia Federal e da Receita Federal em Guaíra. O crime de contrabando tem pena prevista de dois a cinco anos de prisão.

paraná, celulares, smartphones, sem nota fiscal, celulares contrabandeados, contrabando, prf, receita federal, bpfrom, apreensão, paraná, fronteira, paraguai, ônibus

Ônibus é apreendido no Paraná com R$ 4 milhões em celulares contrabandeados

Três homens foram presos em Santa Terezinha de Itaipu, na região oeste do Paraná, suspeitos de operarem o contrabando de celulares. A carga ilícita estava escondida em fundos falsos de um ônibus. De acordo com a Receita Federal, os equipamentos eletrônicos sem nota fiscal estão avaliados em R$ 4 milhões.

De acordo com a Receita Federal, a apreensão aconteceu durante uma fiscalização de rotina na BR-277. A ação teve o apoio da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e do BPFron (Batalhão de Polícia de Fronteira da PM do Paraná).

O ônibus foi abordado na noite desta sexta-feira (8). O veículo suspeito foi levado até Porto Seco, em Foz do Iguaçu, na fronteira com o Paraguai. Lá, o ônibus passou pelo scanner, que acusou vários fundos falsos espalhados pelo automóvel.

Foram presos dois motoristas e um guia de viagens, mas os passageiros do ônibus foram liberados. Um dos motoristas era, também, o dono do veículo. Ele afirmou aos agentes que sabia da existência dos fundos falsos e assumiu ser o dono da carga de celulares contrabandeados.

De acordo com a Receita Federal no Paraná, uma inspeção minuciosa encontrou centenas de smartphones escondidos entre os eixos dianteiros e traseiros. Além disso, outros celulares estavam guardados atrás da cabine do motorista. Todos os equipamentos eletrônicos estavam embalados e guardados em caixas.

Os suspeitos devem ser indiciados por contrabando.

homem, preso em flagrante, cigarros paraguaios, contrabando, mercedes, paraná, guaíra, carreta, milho, prf, polícia rodoviária federal

Motorista é preso com 450 mil carteiras de cigarro escondidas sob carga de milho

Um homem foi preso em flagrante no Paraná, nesta quarta-feira (30), com 450 mil carteiras de cigarros paraguaios contrabandeados. A carga ilícita era transportada em uma carreta, escondida sob um carregamento de milho.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), a apreensão aconteceu em Mercedes, no oeste do Paraná, na BR-163. A ação aconteceu por volta das 6h.

Conforme a PRF, a carga foi avaliada em R$ 2,2 milhões.

O homem preso em flagrante disse à polícia que havia saído de Dourados (MS), e que e levaria a carreta com os cigarros paraguaios contrabandeados e a carga de milho até Porto Alegre (RS).

O caso foi repassado à Delegacia da Polícia Federal em Guaíra, no oeste do Paraná. O motorista da carreta deverá responder por contrabando. O crime tem pena prevista de 2 a 5 anos de prisão.

policia-rodoviaria-federal2

Dupla é presa no oeste do PR com 1,5 mil cápsulas de munição escondidas em mochilas

Uma moça de 18 anos e um rapaz de 20 foram presos na manhã deste domingo (13), em Santa Terezinha do Itaipu, no oeste do Paraná, com 1,5 mil cápsulas de munição contrabandeadas do Paraguai.

De acordo com o policial rodoviário federal Luiz Eduardo, a dupla estava dentro de um ônibus que saiu de Foz do Iguaçu, também no oeste do estado, com destino a Ponta Grossa, nos Campos Gerais.

As munições, falou ele, estavam escondidas em duas mochilas. “Em cada uma havia 750 projéteis, sendo 250 de calibre 9 milímetros, 250 de calibre .40 e 250 de calibre .380”.

Ainda segundo Eduardo, a dupla pegou os projéteis na rodoviária de Foz da Iguaçu e, conforme relato da moça, a intenção era levá-los para São Paulo.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) encaminhou o homem e a mulher para a Delegacia da Polícia Civil de Santa Terezinha de Itaipu.

Segundo a corporação, a pena para o crime de tráfico internacional de armas ou munições varia de quatro a oito anos de prisão.

contrabando, cigarro, paraná, guaíra, umuarama, prf, polícia rodoviária federal, paraguai, cigarro paraguaio

Contrabandista é preso com 10 mil carteiras de cigarro após perseguição na BR-272

Um homem de 31 anos foi preso em flagrante, nesta quarta-feira (2), em Guaíra, no oeste do Paraná, com cerca de 10 mil carteiras de cigarro contrabandeado do Paraguai. Além disso, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) encontrou R$ 1,4 mil em dinheiro. O contrabandista foi abordado após uma curta perseguição (veja o vídeo abaixo).

A apreensão aconteceu na BR-272, em uma região próxima à fronteira com o Paraguai. O contrabandista foi levado à Delegacia da PF (Polícia Federal) de Guaíra, que vai investigar o caso.

De acordo com a PRF, o homem foi abordado após os agentes suspeitarem do carro. Os pacotes com cigarro contrabandeado do Paraguai foram encontrados no banco traseiro e no porta-malas.

Aos policiais, ele afirmou que buscou a carga nas imediações do Rio Paraná e que levaria a carga ilícita até Umuarama (PR), mas não deu detalhes sobre fornecedor ou receptador.

O homem deve ser indiciado pelo crime de contrabando. A pena prevista varia de dois a cinco anos de prisão.

Veja o vídeo da apreensão de cigarro contrabandeado:

PRF aprernde 450 mil caterias de cigarros contrabandeados em Terra Roxa

Quase 450 mil carteiras de cigarros contrabandeados foram apreendidas pela PRF

Cerca de 450 mil carteiras de cigarro contrabandeadas do Paraguai foram apreendidos pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), no início da manhã desta segunda-feira (9), em Terra Roxa, na região oeste do Paraná.

Avaliada em R$ 2,25 milhões, a carga ilícita era transportada em uma carreta, abordada na BR-163. O motorista, de 39 anos de idade, foi preso em flagrante pelo crime de contrabando.

Aos policiais rodoviários federais, o motorista disse que saiu de Guaíra (PR) e que levaria o cigarro até São Paulo (SP).

Durante a abordagem, ele apresentou documentos pessoais e do veículo com indícios de falsificação. Tanto o caminhão quanto o semirreboque tinham placas falsas.

O homem responderá pelos crimes de contrabando, uso de documento falso e adulteração. A PRF encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Federal em Guaíra.

Veja vídeo da apreensão: 

Imagens: Agência PRF