detran, detran-pr, detran paraná, cnh, cnhs, crlv, crlvs, documentos, entrega, atraso, atrasadas, correios, combo, combo logística

Detran procura solução para entrega de CNHs e CRLVs em atraso desde novembro

Os Correios continuam sendo responsáveis pela entrega dos documentos emitidos pelo Detran do Paraná. Mesmo após uma liminar concedida no fim de dezembro em favor da Combo Logística e Transporte, carteiras de habilitação e certificados de propriedade de veículos permaneceram sendo entregues pelos Correios, porque o Detran não foi notificado da decisão do juiz Paulo Guilherme Mazini.

“Não fomos intimados ainda. Nós cumprimos o contrato, que é de 2018. Esse contrato foi viabilizado para o ano de 2019, mas a empresa [Combo] só começou a operar efetivamente em novembro. Por isso, alegou que ainda não havia cumprido os 12 meses de contrato”, explicou o diretor administrativo financeiro do Detran Paraná João de Paula Carneiro Filho.

Ainda no dia 20 de dezembro, a direção do Detran comunicou que o contrato com a empresa Combo Logística e Transportes não seria renovado, e que a partir do dia 26 de dezembro os Correios retomariam a entrega dos documentos emitidos pelo órgão.

A não renovação do contrato com a Combo, segundo o Detran, teria sido motivada pela falta na entrega de 16 mil documentos, entre carteiras de habilitação (CNH) e certificados de propriedade de veículos (CRLV), no período de 20 de novembro a 20 de dezembro.

Em uma reunião realizada na tarde desta terça-feira (7), a Combo Logística  garantiu ao Detran que fará a entrega dos documentos que ainda estão de posse da empresa. Carneiro Filho conta ainda que os integrantes da empresa afirmaram já terem entregue grande parte desta documentação.

“Nessa reunião, a empresa garantiu que todos os documentos serão entregues. Uma força-tarefa foi montada para resolver o problema. A gente pediu que eles comprovem as entregas para que a gente possa ter a garantia que os usuários receberam os documentos”, disse.

ministério das cidades, detran, detran-pr, detran paraná, cnh, cnhs, crlv, crlvs, documentos, entrega, atraso, atrasadas, correios, combo, combo logística
Impasse prejudicou motoristas de todo o Paraná. (Divulgação/Ministério das Cidades)

DETRAN: IMPASSE ENTRE COMBO LOGÍSTICA E CORREIOS

De acordo com o Detran Paraná, a confirmação da entrega das documentações por parte da Combo Logística só será possível após uma checagem, que será realizada pela Celepar.

Em função de todas estas liminares judiciais, dos atrasos na entrega dos documentos, o diretor administrativo financeiro do Detran Paraná conta que já foram reemitidos aproximadamente 5 mil documentos entre carteiras de habilitação e certificados de veículos gratuitamente.

“Temos cerca de 5 mil pedidos de reemissão de documentos. Quem acaba arcando com o custo disso é o próprio Detran”, afirmou João de Paula Carneiro Filho.

Condutores e proprietários de veículos que realizaram o pedido de emissão de documentos entre os  dias 20 de novembro a 20 de dezembro podem requerer a reemissão de forma gratuita, bastando levar o comprovante de requerimento até a unidade do Detran ou Ciretran em que realizou a solicitação.

moeda falsa, cédulas falsas, notas falsas, polícia federal, pf, correios, maringá, paraná

PF prende homem suspeito de receber R$ 1 mil em notas falsas pelos Correios

Um homem de 25 anos foi preso em flagrante, nesta segunda-feira (06), suspeito de receber moeda falsa pelos Correios. A prisão foi efetuada pela PF (Polícia Federal), com apoio da estatal, em Maringá, na região norte do Paraná.

Conforme a PF, os Correios suspeitaram de uma encomenda postada e monitorou a entrega com o apoio de agentes. O homem foi preso em flagrante no momento em que recebia a mercadoria. No pacote estavam R$ 1.000 em notas de R$ 50 e R$ 100.

Apesar do nome e endereços corretos, e de ter assinado o recebimento, o destinatário da encomenda negou os crimes.

O suspeito responderá pelo crime de moeda falsa, que prevê pena de três a 12 anos de prisão. Ele segue detido em Maringá, no Paraná.

VÍDEO: grupo tranca funcionário dos Correios em carro durante roubo

A Polícia Federal cumpriu, nesta quinta-feira (12), um mandado de prisão preventiva e cinco mandados de busca e apreensão contra suspeitos de roubar funcionários dos Correios, em Curitiba. Batizada de “Cara de Pau”, a operação pretende identificar outros indivíduos que tenham participado do crime, além de recuperar objetos roubados.

Segundo a PF, no dia 14 de agosto, três pessoas bordaram um carteiro durante serviço de entrega de objetos SEDEX 10, e efetuaram roubo desta carga, no bairro Cajuru, em Curitiba. Os criminosos utilizaram arma de fogo para a prática criminosa e mantiveram o funcionário dos Correios rendido dentro do baú do veículo durante todo o tempo do crime sem poder visualizar o exterior. A subtração dos objetos postais do veículo ocorreu dentro da própria residência dos investigados.

Após o roubo de todos os objetos postais, os criminosos deixaram a residência e abandonaram o veículo dos Correios e o carteiro em um bairro próximo.

Com as medidas cumpridas nesta quinta-feira, a Polícia Federal espera identificar outros indivíduos que tenham participação nos fatos, bem como recuperar objetos roubados na ação criminosa.
O preso será indiciado pelo crime de roubo qualificado, cuja pena pode chegar até 15 anos de reclusão.

VEJA O VÍDEO DA AÇÃO:

Papai Noel dos Correios deve estimular a adoção de 50 mil cartas no PR

Aproximadamente 50 mil cartinhas de crianças devem ser adotadas durante a Campanha Papai Noel dos Correios, no Paraná, em 2019.

Em Curitiba, a média deve ser de 13 mil crianças beneficiadas. Pelo menos esses foram os números registrados durante a ação no ano passado.

A campanha começa hoje (05) e quem quiser adotar uma cartinha tem até o dia 06 de dezembro.

As cartas foram enviadas por crianças diretamente ao Papai Noel e, também, de estudantes das escolas da rede pública e de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos.

Segundo o superintendente dos Correios, Paulo Krammer, a campanha completa três décadas e os pedidos são variados. “São diversos presentes que pedem aqui dentro. Há crianças que pedem brinquedos tradicionais e outras que podem material escolar. Depende da época e da situação que a criança está passando. Até cesta básica tem pedidos aqui”, afirma Krammer.

Ele reforça que, ao pegar a cartinha, é preciso lembrar de comprar o presente, já que a criança corre o risco de ficar sem o que pediu.

Para participar basta pegar uma cartinha nos pontos dos Correios, como a Casa do Papai Noel, que fica na Rua João Negrão. As doações podem ser feitas até o dia 06 de dezembro. A entrega de presentes será no dia 13 de dezembro em todo o Paraná.

Policia Federal - Correios - dinheiro falso - motorista

Homem é preso em Curitiba por receber encomenda com dinheiro falso

Um motorista de aplicativo de 29 anos tentou receber uma encomenda com cédulas de dinheiro falso em uma agência dos Correios em Curitiba, mas foi preso pela PF (Polícia Federal), nesta segunda-feira (4).

A PF já estava monitorando a encomenda e apenas aguardou o homem se identificar como destinatário para prende-lo em flagrante.

No envelope, os policiais encontraram 52 cédulas de R$ 10 falsas, sendo que o homem ainda carregava duas notas falsas de R$ 50. A PF já vem monitorando a circulação dessas cédulas com baixo valor, porque elas tem maior facilidade de aceitação no comércio, por não enfrentarem tantas verificações nos estabelecimentos.

A suspeita da Polícia Federal é que o homem tenha comprado as notas pela internet e que as utilizaria como troco em suas corridas por aplicativo. Caso o motorista seja condenado, sua pena pode ser de três a 12 anos de prisão, além de multa.

prf drogas sintéticas correios

PF investiga tráfico internacional de drogas sintéticas no Paraná

 

A suspeita de apropriação de drogas sintéticas vindas de fora do país e que chegam nos correios do Paraná, resulta em uma nova ação PF (Polícia Federal), deflagrada nesta quarta-feira (9). São cumpridos cinco mandados de busca e apreensão em Curitiba e outros dois em Piraquara, na RMC (Região Metropolitana de Curitiba).

Chamada de Operação Holanda, a ação mira uma associação entre a organização criminosa com o centro internacional de encomendas dos correios de Pinhais, local onde passam todas as encomendas internacionais, com até 2 kg, que chegam ao Brasil.

A expectativa é que a coleta de evidências possa se relacionar aos fatos investigados e seus possíveis autores, sendo dois ex-funcionários de carreira dos Correios e três ex-funcionários terceirizados.

Eles são suspeitos de se apropriar dos entorpecentes dentro do trabalho. A hipótese trabalhada pela PF é que eles identificavam a origem e as características dos objetos postais que chegavam. Se os pacotes tivessem a droga sintética, os pacotes eram interceptados para serem vendidos.

OPERAÇÃO HEXA

A ação de hoje é um desdobramento da Operação Hexa, deflagrada em fevereiro deste ano. Naquela ocasião, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão temporária que foram convertidas em prisão preventiva, pela prática de peculato e associação criminosa.

Além disso, foi identificado que a organização tinha efetivo foco no desvio, apropriação e venda de venda de drogas sintéticas oriundas de diversas cidades da Holanda ao Brasil no momento da triagem junto ao centro internacional dos Correios no Paraná

 

CORREIOS

Os Correios informam que a operação da Polícia Federal realizada nesta quarta-feira (9) consiste na segunda fase de uma investigação iniciada ao final de 2018, em uma ação conjunta entre Correios e Polícia Federal. As imagens veiculadas na mídia referem-se às prisões efetuadas pela PF no começo deste ano, ocasião em que os empregados dos Correios que participavam do ato ilícito responderam a processo administrativo e foram demitidos. As ações de busca e apreensão realizadas hoje ocorreram fora das unidades dos Correios e são resultado do desdobramento das investigações que estão sendo conduzidas pela PF. A empresa reitera que qualquer conduta por parte dos empregados, dissociadas dos padrões e valores defendidos pelos Correios, será apurada e devidamente corrigida.

Correios: servidores entram em greve por tempo indeterminado; adesão à greve é de 70% no Paraná

Servidores dos Correios do Paraná entraram em greve por tempo indeterminado, nesta quarta-feira (11).

A decisão foi referendada em assembleias realizadas em todo o Estado, nesta terça à noite (10) e a adesão à greve é de 70% em todo o Estado.

Correios lançam selos com imagens de dinossauros encontrados no Paraná

A reivindicação é por um reajuste que cubra pelo menos a inflação do período (3,25%) e contra o corte de direitos.

Segundo  o sindicato que representa a categoria, o SINTCOM-PR,  o momento exige união total da categoria para que os direitos e empregos não sejam exterminados. São ao todos 36 sindicatos envolvidos em todo o país.

O sindicato afirma ainda que, “a empresa não recebe os trabalhadores para negociar há mais de 40 dias, mas mente dizendo que compareceu a 10 reuniões, ignorando a mediação do TST. Até o momento, a única proposta para a categoria foi um reajuste de 0,8%, frente ao INPC de 3,25% acumulado no período da data-base, além da retirada de direitos históricos que vão impactar nos salários dos trabalhadores com perdas de mais de R$ 7 mil no ano”.

Com a inclusão da estatal no programa de privatizações do Governo Federal, anunciado no final do mês de agosto, os servidores entendem que este é o momento de discutir a importância dos Correios para a sociedade. “Não apenas pelos impactos causados pela paralisação, mas pela necessidade de repensar as relações de trabalho, os problemas reais do povo brasileiro como o desemprego e – principalmente – o projeto de desmonte do Estado que quer destruir o patrimônio público brasileiro”, afirma o SINTCOM-PR .

O sindicato informou que a greve afeta as atividades da Unidade de Tratamento Internacional, que trata das encomendas que vêm do exterior e são distribuídas para todo o país.

Em nota, os Correios afirmaram que a paralisação é parcial e que participaram de dez encontros na mesa de negociação com os representantes dos trabalhadores. Nas ocasiões, foi apresentada a real situação econômica da estatal e propostas para o Acordo dentro das condições possíveis, considerando o prejuízo acumulado na ordem de R$ 3 bilhões. Ainda segundo a nota, as federações, no entanto, expuseram propostas que superam até mesmo o faturamento anual da empresa, algo insustentável para o projeto de reequilíbrio financeiro em curso pela empresa.

A nota diz ainda que não há suspensão de nenhum serviço da empresa.

Correios lançam selos com imagens de dinossauros encontrados no Paraná

Os Correios vão lançar nesta quarta-feira (28) selos com figuras dos dinossauros encontrados no sítio arqueológico de Cruzeiro do Oeste. Os dinossauros retratados são o Vespersaurus paranaensis e Caiuajara dobruskii.

O Vespersaurus é uma espécie endêmica do Paraná e sua descoberta foi divulgada neste ano. O fóssil tem mais de 90 milhões de anos e seu nome vem do latim vesper, que significa oeste, em alusão ao local onde o animal foi encontrado.

O Caiuajara dobruskii é outro dinossauro que vai virar selo por ter sido o primeiro pterosauro encontrado no estado. Seu fóssil tem mais de 80 milhões de anos e não é o único da espécie encontrado no sítio. Nesta segunda-feira (26) foi anunciado a descoberta de mais um pterosauro no sítio, o “Keresdrakon vilsoni”.

O lançamento vai ocorrer às 15h no Museu Paleontológico de Cruzeiro do Oeste e será uma das festividades do aniversário de 67 anos do município.

anabolizantes esteroides correios guarapuava curitiba paraguai foto prf

Homem é preso com 1,2 mil anabolizantes que seriam distribuídos pelos Correios

Um homem de 21 anos foi preso em flagrante, nesta sexta-feira (16), por transportar mais de 1,2 mil esteroides anabolizantes importados ilegalmente do Paraguai. O suspeito retornava para Curitiba e pretendia distribuir os produtos pelos Correios.

A apreensão aconteceu na BR-277, em Laranjeiras do Sul, no centro-sul do Paraná. O município fica a pouco mais de 350 km da capital paranaense.

Aos agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal), ele informou que os medicamentos ilegais abasteceriam várias regiões do Brasil. Por isso, e pela suspeita envolver os Correios, o caso foi repassado à Delegacia da PF (Polícia Federal) de Guarapuava, no centro-sul do Paraná.

Detido em flagrante, o suspeito deve ser indiciado pela importação ilegal de medicamentos. O crime tem pena prevista de 10 a 15 anos de prisão.

Ao todo, a PRF encontrou 1.253 unidades de esteroides anabolizantes. A droga apreendida também foi encaminhada à PF de Guarapuava.

Novo presidente dos Correios fala em fortalecimento da instituição

O novo presidente dos Correios, Floriano Peixoto Vieira Neto, assume o comando da estatal apontando como foco da sua gestão o fortalecimento da instituição. Ele foi anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (21), substituindo Juarez Cunha, nomeado no início do ano.

“Minha missão é resgatar a credibilidade e fortalecer o desenvolvimento financeiro da instituição, que tem quase a idade de vida do Brasil, criada em 1663. A empresa tem capilaridade enorme, com 120 mil funcionários. Somente estes dados me trazem motivação”, afirmou, em entrevista a jornalistas.

Vieira Neto destacou a importância da empresa pelo seu tamanho e pelo fato de estar presente em todos os municípios do país. Frente a perguntas de jornalistas sobre uma possível privatização, reafirmou que sua prioridade é o resgate da estatal e que a decisão sobre este tema ficará para o presidente Bolsonaro.

Secretaria-Geral

Floriano Peixoto ocupava até então a Secretaria-Geral da Presidência da República. Em seu lugar, foi nomeado o advogado e major da Polícia Militar do Distrito Federal Jorge Antônio de Oliveira Francisco, que ocupava a Subchefia de Assuntos Jurídicos da Casa Civil. A área passará a integrar a Secretaria-Geral.

“Numa reavaliação o presidente entendeu a Casa Civil como coordenação do governo para dentro, a Secretaria de Governo como coordenação do governo para fora e a secretaria-geral como órgão de gestão e que trata da parte de compliance. A subchefia jurídica, que não interfere no mérito, deslocou-se para a Secretaria-Geral”, explicou.