psicologia emagrecer

Quer emagrecer? Conheça outras alternativas além do nutricionista

Efeito sanfona, baixa autoestima, desânimo, frustração por não conseguir seguir os planos alimentares, juntamente com a falta de atividade física são as queixas principais de muitos pacientes nos consultórios atualmente. As situações que viram grandes barreiras no processo do emagrecimento são inúmeras e a resposta pode estar no psicológico de cada ser humano. Afinal, quem nunca ouviu a frase “mente sã, corpo são”?

A psicóloga e coach psicológico, Ludmila Garcia, é especialista nesta área e ressalta a importância de um profissional do segmento. “O psicólogo não está restrito a tratar questões de transtornos mentais, mas pode também ajudar, inclusive, a mudar o comportamento, gerar motivação, elevar a autoestima, auxiliar em situações de compulsão. Tudo isso está diretamente relacionado com o processo de emagrecimento. É preciso estar bem emocionalmente para conseguir perder peso, praticar atividade física com prazer e ter um acompanhamento nutricional sem sofrimento”, defende.

Pense Magro

Com o objetivo de auxiliar pessoas especificamente nesta área, Ludmila criou o “Pense Magro”, que tem como objetivo o emagrecimento sem dietas focando na qualidade de vida, percepção de si mesmo e tudo que nutre o ser para além da alimentação. “O foco inicial é a mudança do pensamento para superar as crenças limitantes, conquistar o equilíbrio emocional e fazer da perda de peso uma consequência a partir disso”, pontua.

A Engenheira Civil Erica Orge participou do projeto e é testemunha dos bons resultados. “Eu sofria há um bom tempo com distúrbios alimentares e o projeto mudou muito minha relação com a comida e comigo mesma. Aprendi a fazer boas escolhas e dieta não faz mais parte da minha vida, o exercício já não é mais uma dificuldade. Hoje em dia, tudo é solução”, comemora.

Agência Educa Mais Brasil

Você sabia que é mais fácil emagrecer no inverno? Entenda

O inverno é uma boa época para iniciar atividades físicas. Segundo o médico e cirurgião bariátrico Caetano Marchesini, o clima frio faz com que o corpo gaste mais energia para se manter aquecido e adicionar exercícios físicos e boa alimentação nesta época terá como resultado a perda de peso.

Confira:

Emagrecer com saúde exige perseverança e disciplina

Redação com Eduardo Xavier | Metro Jornal Maringá

“Olho-me no espelho e gosto de mim, mas nem sempre foi assim.” O ganho de autoestima do motoboy Cleberson José Leandrini, 37 anos, veio com a perda de 40 quilos desde o final de janeiro deste ano. Além disso, as dores no joelho, que “estralava” quando subia escada, nas costas e nas pernas praticamente desapareceram.

Um estudo do Imperial College de Londres e da OMS (Organização Mundial da Saúde), divulgado na revista The Lancet Diabetes & Endocrinology, mostra que, em 2012, quase 6% de todos os novos casos de câncer foram causados pela obesidade e diabetes. Isto quer dizer que câncer, excesso de peso e distúrbio metabólico, que fazem parte da lista das doenças que mais matam no mundo, estão seriamente associados.

Leandrini, que pesava 160 quilos no final de janeiro, está hoje com 120 quilos. A meta dele, que tem 1m82, é chegar aos 110 quilos. Para isto cumpre uma rotina de pouco mais de uma hora por dia em um programa de medicina preventiva com projetos de perda de peso e qualidade de vida do Santa Rita Saúde. “Os resultados são excelentes. É colocar um ideal na cabeça e você consegue. Hoje, sinto-me muito melhor. Dá gosto de viver porque gordo não é bem visto. Tem muito preconceito”, diz o motoboy.

CapturarAs segundas, quartas e sextas-feiras são dedicadas aos exercícios funcionais do programa de emagrecimento do Espaço Saúde, que hoje atende 220 pessoas. Às terças e quintas-feiras, ele se dedica à musculação. Com a nutricionista do programa, ele reaprendeu a se alimentar. Os passos mais importantes foram cortar a bebida alcoólica, reduzir drasticamente o consumo de açúcar e carnes gordurosas. Tudo que comia em excesso quando pesava 160 quilos. “Estou aprendendo a comer e não passo fome”, conta.

De acordo com um dos coordenadores do espaço e educador físico, Marco Aurélio Massolin, a unidade tem 700 pacientes ativos que estão inseridos em programas de emagrecimento, reabilitação (para pacientes ortopédicos), hipertensos e diabéticos e outros. O espaço possui uma academia aparelhada e equipe multidisciplinar que acompanha os pacientes formada por médico endocrinologista, nutricionista, fisioterapeuta, psicóloga, personal trainer e enfermeira. “Todos os programas são para ganhar qualidade de vida. No emagrecimento, a prática de exercícios e alimentação equilibrada são essenciais”, afirmou.

Uso do celular à noite inibe a produção de melatonina e prejudica emagrecimento

 

Redação com assessoria

Luzes emitidas pelo celular confundem o relógio biológico, impedindo o organismo de entrar em processo de descanso e atrapalhando a produção hormonal

O uso excessivo do celular no período noturno pode comprometer a saúde e dificultar o processo de emagrecimento de quem busca entrar em forma. Diversos estudos já vêm demonstrando que as luzes dos equipamentos eletrônicos inibem a produção de melatonina, que é o hormônio do sono, desequilibrando o organismo de pessoas saudáveis.

De acordo com a médica Loana Valiati, especialista em medicina preventiva do Espaço Medicina Inteligente, a luz emitida por celulares, tabletes e outros dispositivos eletrônicos alteram o chamado ciclo circadiano – o ciclo do sono – e interferem na produção de melatonina e de outros hormônios fundamentais para o equilíbrio do corpo humano, como é o caso do cortisol – o hormônio do estresse.

Loana fala que o pico de liberação de melatonina ocorre algumas horas depois que uma pessoa adormece. Para isso, no entanto, é necessário um ambiente escuro de verdade, caso contrário o corpo não produz essa substância. “Se a televisão do quarto estiver ligada, a produção de melatonina não ocorre”, comenta.

Em paralelo, hormônios como o cortisol, que deveriam diminuir nesse período, permanecem em produção, pois o organismo entende que o corpo continua ativo. “E isso pode resultar em um desequilíbrio. A pessoa pode aumentar de peso em função dos hormônios desregulados”, analisa.

A médica fala que estudos já demonstraram que pessoas que trabalham no período noturno estão mais propensas a desenvolver alguns tipos de doenças, entre elas obesidade, câncer de mama e diabetes. “O ideal é seguir um estilo de vida com hábitos saudáveis, seguindo um processo de reeducação alimentar, associado à atividade física e sono modulado”, comenta Loana, que recomenda evitar o uso de dispositivos eletrônicos por pelo menos duas horas antes de dormir. “As luzes nesse momento diminuem a qualidade do sono e confundem o relógio biológico”, enfatiza.

 

Low Carb, a dieta poderosa

Será possível emagrecer, ter saúde e ainda equilibrar o organismo? É o que promete a dieta “low carb”, que propõe a redução do consumo de carboidratos.

Em uma dieta convencional, geralmente o consumo de carboidratos fica, em média, de 50% a 65% do total de nutrientes ingeridos diariamente.

Na dieta low carb, os carboidratos geralmente ficam de 40% a 5% do total de nutrientes ingeridos, o que não significa cortar totalmente, mas sim, consumir carboidratos de baixo índice glicêmico. “Se esta troca for feita cuidadosamente e com acompanhamento profissional, este tipo de dieta tem a capacidade de transformar gordura armazenada em energia e, assim, melhorar de vez o excesso de peso”, afirma Elaine Cristina Schopping Imbiriba, sócia-proprietária da Vida Leve.,

Pensando na necessidade cada vez mais crescente das pessoas em perder peso com saúde, a dieta low car da Vida leve foi elaborada após muitos estudos, com nutrientes que, em conjunto, possuem ações efetivas para proporcionar perda de peso. “O cardápio varia a cada semana, de acordo com necessidade nutricional, sendo um parâmetro que poderá ser alterado sempre que necessário, visando melhor resultado”, afirma Elaine.

Para tanto, o cliente recebe a dieta completa, desde o desjejum até o jantar. Parte do cardápio é fresco, e parte ultracongelada, com uma tecnologia que preserva os nutrientes, sabor e textura. “Todas as refeições vêm com informações de como preparar e conservar até a hora de ser consumida”, explica a empresária, frisando que é uma dieta rica em gorduras do bem, baixo carboidrato e rica em proteínas magras de fonte animal e vegetal.

Comida de Verdade

A dieta low carb da Vida Leve é 100% elaborada com comida de verdade, com cardápio elaborado por chef de cousine e nutricionistas. “Não servimos nada industrializado”, acrescenta Elaine, complementando que todos os nutrientes necessários para um emagrecimento saudável estão em forma de comida muito saborosa.

Perfeita para reduzir peso e mudar a composição corporal, a dieta em questão, quando aliada à atividade física, promove aumento da musculatura, com a possibilidade de reduzir até 10 quilos em 28 dias. “É um resultado rápido e efetivo, além de melhorar a qualidade do sono, disposição, reduzir níveis de colesterol e glicemia”, elenca.

Elaine Cristina Schopping Imbiriba, sócia-proprietária da Vida Leve.
Elaine Cristina Schopping Imbiriba, sócia-proprietária da Vida Leve.

 

Vida Leve

Unidade Água Verde –  Avenida Água Verde, 198

Tel. (41) 3013-4323

Unidade Bigorrilho – Rua Capitão Souza Franco, 606

Tel. (41) 3023-4313

Unidade Alto da Glória – Rua Augusto Severo, 381

Tel. (41) 3022-4313

Fábrica – R. Abel Scuissiato, 96

www.lojavidaleve.com.br

 

 

Especialista aponta inverno como a estação ideal para iniciar tratamentos estéticos

 

Diminuir a gordura localizada, tratar a flacidez e combater o envelhecimento facial com um instrumento composto por microagulhas que melhora a circulação sanguínea. Que tal conferir as novas tendências em tratamentos estéticos com tecnologias de última geração? A proposta é da Lavillie Wellness Center, exclusivo de endereço de bem-estar que criou três pacotes personalizados para tratar o corpo, a pele e a mente, esse último com uma combinação relaxante que reúne aromaterapia, Yoga Thai e drenagem linfática.

De acordo com Nathaly Boldrini, fisioterapeuta especialista em estética, o inverno é a melhor época do ano para iniciar tratamentos para combater a celulite, por exemplo, que demanda mais tempo. “Criamos esses pacotes pensando em alcançar resultados mais concretos para o verão”, explica. Mas,  apesar de os tratamentos estéticos serem excelentes aliados para conquistar as medidas ideais, a fisioterapeuta ressalta que para alcançar os objetivos pessoais, as iniciativas também precisam englobar a dedicação às atividades físicas e uma reeducação alimentar. “Por esse motivo, em nosso pacote focado nas transformações do corpo, destacamos consultas com uma nutricionista e uma coaching”, acrescenta.

Definir o contorno corporal e perder peso é a proposta do pacote Lavillie Summer Shape. A sugestão inclui tratamentos com aparelhos de última geração (Manthus, Ultrassom Focalizado, Ultrassom de Baixa Frequência e Cavitacional, associados à Radiofrequência, Carboxiterapia e LED), sequência de atividades no Studio Fitness, consulta com Nutricionista e Coaching, drenagem linfática, massagem modeladora e terapêutica.

Já o Lavillie Summer Skin foi criado para corrigir estrias, foliculite, manchas, cicatrizes, rugas e facial improvement. Para conquistar esses resultados, o centro de bem-estar destaca a utilização de aparelhos de Carboxiterapia, Radiofrequência, Peeling Químico, Cristal e Diamante, Microagulhamento (Dermaroller), Eletrolifting, Endermoterapia, LED e Luz Pulsada. “Além de ativarmos a pele manualmente, esse tratamento destaca a hidratação corporal com óleos e ativos especiais e prevê Protocolos de SkinLift”, ressalta a fisioterapeuta.

Mas se a preocupação está em diminuir os níveis de estresse e relaxar, Nathaly recomenda o Lavillie Wellness. “Aqui o foco é o bem-estar. Para isso selecionamos tratamentos que eliminam a tensão muscular, estimulam a circulação e corrigem a postura”, salienta. O programa destaca massagens relaxantes, Aromaterapia, Yoga Thai e Drenagem Linfática.

Sobre a Lavillie

Fruto de mais de uma década de pesquisas, a Lavillie Wellness Center é um exclusivo centro de wellness, referência no Brasil, que reúne e promove as melhores práticas em torno da saúde, do bem-estar e da beleza. França, Espanha, Colômbia, China e Japão foram apenas alguns dos destinos percorridos pela empresária e nutricionista Laura Boldrini, e sua filha, a fisioterapeuta e especialista em estética, Nathaly Boldrini, para desenharem um endereço ímpar, criado para oferecer resultados profundos e de longo prazo.

Tratamentos personalizados e práticas complementares são conduzidos num único e elegante endereço – com mais de mil metros quadrados – por uma equipe multidisciplinar composta por massoterapeutas, esteticistas, dermatologistas, nutricionistas, personal trainers e psicólogas.

Além de um completo Studio Fitness – para prestar suporte à todas as atividades da Lavillie – o centro destaca mais de 20 procedimentos exclusivos para emagrecimento, rejuvenescimento, celulite, estrias, flacidez, manchas, acne, cicatrizes e pós-operatório.

Lavillie Wellness Center

Rua Dr. Roberto Barrozo, 1446 – Mercês

Estacionamento gratuito e com serviço de manobrista no local.

41. 3022-5777 e 98441-0590 (Whatsapp).

www.lavillie.com.br

Dormir mal engorda?

O Dr Caetano Marchesini, cirurgião bariátrico e presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), conta porque dormir mal engorda e não faz bem à saúde.

[insertmedia id=”eqfyriRwmUY”]