athletico comemoração título torcida copa do brasil

ASSISTA: Torcida do Athletico supera tempo ruim e faz festa com o título da Copa do Brasil

A torcida do Athletico-PR superou o tempo ruim de Curitiba e recebeu o campeão da Copa do Brasil, no aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais. Cerca de 500 torcedores, incentivados pelo técnico Tiago Nunes, apareceram em peso pra festejar a chegada dos campeões.

A madrugada de hoje foi pequena. Diversos athleticanos foram à Arena da Baixada comemorar o título. Além disso, os rubro-negros festejaram o título inédito com muito foguetório e buzinaços pela capital paranaense.

Ricardo Pereira/BandNews FM Curitiba

FESTA DO ATHLETICO

Com a taça nas mãos, o Furacão pousou perto das 12h. Após o desembarque, a delegação rubro-negra subiu no trio elétrico e se juntou à torcida. Time e torcedores devem seguir em carreata, embalada por um trio elétrico, até a Arena da Baixada.

Campeão, o Athletico está classificado para a Copa Libertadores da América de 2020 e para a primeira edição da Supercopa do Brasil, que será realizada em janeiro de 2020. Além disso, o clube ainda faturou uma premiação milionária.

VEJA FOTOS E VÍDEOS DA FESTA DO FURACÃO

Foto: Wesley Fernando / Colaboração
Ricardo Pereira/BandNews FM Curitiba
Foto: Wesley Fernando / Colaboração

athletico pr copa do brasil campeão título premiação curitiba

Athletico é campeão da Copa do Brasil: torcida faz festa e Nikão decreta feriado

Com o título inédito da Copa do Brasil 2019, a torcida do Athletico-PR fez a festa e o clube recebe uma premiação milionária. Mesmo com Curitiba sofrendo um temporal após a tempestade de raios e granizo, os rubro-negros fizeram foguetórios e buzinaços por toda a cidade.

Muitos torcedores saíram de suas casas para ir aos arredores da Arena da Baixada. A promessa é que a festa no estádio rubro-negra seja intensa nesta quinta-feira.

Dentro do Beira-Rio, onde o Furacão ergueu a taça inédita, o meia Nikão mandou um recado ao governador Ratinho Junior.

“Adianto para o governador do Paraná que amanhã é feriado em Curitiba”, disse ele em entrevista ao SporTV.

ATHLETICO: TÍTULO ELEVA O PATAMAR DO CLUBE

A conquista da Copa do Brasil aumenta o patamar do Athletico no futebol brasileiro. Com os títulos do Campeonato Brasileiro de 2001 e da Copa Sul-Americana em 2018, o Furacão sela, de vez, sua entrada no hall dos grandes.

Agora, o clube vai em busca da taça da Libertadores da América, principal torneio continental.

Por fim, o Athletico ainda fica milionário. Até agora, são R$ 85,32 milhões conquistados na temporada.

Foram R$ 52 milhões embolsados apenas pelo título Copa do Brasil, mas o clube faturou R$ 12,35 milhões no caminho até a final.

Confira a premiação lucrada pelo Athletico por competição: 

  • Libertadores – R$ 16,03 milhões
  • Recopa – R$ 1,38 milhão
  • Levain Cup – R$ 3,56 milhões
  • Copa do Brasil – R$ 64,35 milhões

Vale lembrar que o Campeonato Brasileiro premia os clubes por posição. Hoje, o Athletico é o 11º colocado. Se terminar nessa posição, o clube vai faturar mais R$ 15,5 milhões. Ou seja, o clube pode chegar a marca de R$ 100 milhões.

Athletico - Internacional - Copa do Brasil

Athletico vence novamente o Internacional e conquista Copa do Brasil

O Athletico Paranaense é campeão da Copa do Brasil. O primeiro título do estado na competição nacional, veio após a vitória por 2 a 1 contra o Internacional, na noite desta quarta-feira (18).

Léo Cittadini abriu o placar para o Athletico, Nico López empatou para o Internacional e Rony marcou nos acréscimos para o Furacão.

O título do Athletico foi presenciado por 50.355 pessoas no Beira-Rio em Porto Alegre. Essa marca é o recorde de presentes no estádio do Internacional.

Com o triunfo, o Athletico está classificado para a Copa Libertadores da América de 2020 e para a primeira edição da Supercopa do Brasil, que será realizada em janeiro do próximo ano.

PRÓXIMOS JOGOS

Athletico - Internacional - Copa do Brasil
Zaga do Athletico realizou boa marcação em Guerreto durante todo o jogo. Foto: Divulgação/Twitter Internacional

As duas equipes voltam a campo neste domingo (22), pelo Campeonato Brasileiro.

O Athletico viaja para o Rio de Janeiro, onde enfrenta o Vasco da Gama em São Januário, às 16h.

Já o Internacional recebe a Chapecoense no Beira-Rio, às 11h.

O JOGO

Athletico - Internacional - Copa do Brasil
Nico López foi responsável pelas principais jogadas do Inter na partida. Foto: Divulgação/Twitter Internacional

Logo no primeiro minuto, o Internacional assustou Santos. Wellington Silva cruzou para Guerrero e o centroavante ajeitou para Nico López. O uruguaio finalizou e o goleiro fez boa intervenção para manter o placar zerado.

O Internacional voltou a pressionar aos 20 minutos. Após rebote na lateral, Bruno cruzou no segundo poste. Patrick e Uendel subiram na mesma bola e o meia cabeceou sem perigo à direita do gol de Santos.

O Athletico respondeu aos 24 minutos. Rony puxou contra-ataque e abriu para Marco Ruben. O atacante avançou e cruzou rasteiro para trás e encontrou Léo Cittadini. O meia saiu sozinho na frente de Marcelo Lomba e bateu firme para abrir o placar.

Após bate-rebate na pequena área aos 37 minutos, Guerrero tentou o cruzamento na marca do pênalti e Rodrigo Lindoso cabeceou no travessão. A bola caiu nos pés de Nico López que de primeira mandou para o fundo das redes para empatar o placar.

Khellven respondeu para o Athletico aos 42 minutos. O lateral bateu escanteio fechado e quase anotou um gol olímpico no Beira-Rio.

Mas o Internacional respondeu logo na sequência. Após receber lançamento na direita, Nico López avançou e finalizou cruzado para boa defesa de Santos.

A última chance do primeiro tempo saiu aos 46 minutos. Patrick avançou pela lado esquerdo e cruzou fechado. A bola pegou efeito e bateu no travessão de Santos.

A primeira chance de gol do segundo tempo saiu dos pés de Rafael Sóbis. O atacante bateu falta rasteira e Santos fez boa defesa sem conceder rebote.

Aos 12 minutos, o Internacional manteve a pressão. Após cruzamento de Rafael Sóbis, Victor Cuesta se antecipou a Guerrero e cabeceou perto do poste esquerdo de Santos.

Logo na sequência, Wellington Silva recebeu na esquerda, puxou para o centro e bateu perto do travessão de Santos.

Mas foi o Athletico quem conseguiu balançar as redes. Após contra-ataque puxado por Marcelo Cirino pela esquerda, o atacante cruzou rasteiro para Rony finalizar para o fundo das redes e sacramentar o título.

final copa do brasil athletico internacional

Athletico e Internacional duelam na final da Copa do Brasil: onde assistir e escalações

Athletico Paranaense e Internacional disputam a final da Copa do Brasil nesta quarta-feira (18), às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Beira Rio, em Porto Alegre. Confira onde assistir e as prováveis escalações!

No primeiro jogo da decisão, o Athletico venceu o Internacional por 1 a 0. Ou seja, o Colorado precisa vencer por mais de dois gols de diferença para garantir o título no tempo normal. Caso a diferença de gols seja a mesma, a decisão vai para os pênaltis!

ONDE ASSISTIR INTERNACIONAL X ATHLETICO

A partida será exibida na TV Aberta, pela Rede Globo. Além disso, terá transmissão na TV Fechada pelo SporTV.

ATHLETICO: COM KHELLVEN E LÉO CITTADINI

athletico internacional copa do brasil
Divulgação/Athletico

O Athletico não deve ter novidades no time que venceu Internacional no jogo de ida. Khellven na lateral direita e Léo Cittadini no meio campo mostraram bom desempenho e conquistaram vagas na equipe titular. Com isso, Madson, Marcelo Cirino e Thonny Anderson devem iniciar no banco de reservas.

Essa formação entrou em campo pela primeira no segundo jogo da semifinal contra o Grêmio. Naquela ocasião, o Athletico venceu o duelo por 2 a 0 no tempo normal e se classificou as finais nas penalidades.

Um motivo de preocupação para o torcedor rubro-negro é o retrospecto da equipe nas decisões fora de casa. Nesta temporada, o Ahtletico conseguiu o resultado positivo em apenas uma oportunidade, no confronto contra o Flamengo nas quartas de final da Copa do Brasil. 1 a 1 no tempo normal e a classificação nas penalidades.

Contra River Plate, na final da Recopa Sul-Americana, e diante o Boca Juniors, nas oitavas de final de Libertadores, a equipe  sofreu mais de dois gols. Com isso, o Furacão procura uma melhor solidez defensiva para conquistar o título inédito.

INTERNACIONAL: D’ALESSANDRO CONFIRMADO

Guerrero é a principal arma do Inter. (Divulgação / Internacional)

“Infelizmente perdemos lá, mas estamos, como se diz, com faca nos dentes”, resumiu Paolo Guerrero em sua entrevista coletiva antes da decisão.

O fator Beira-Rio é o principal trunfo do Internacional dentro dessa decisão. O Colorado não foi derrotado em Porto Alegre neste ano, seja jogando pela Libertadores, Brasileirão ou na Copa do Brasil. Contra o Flamengo, na Libertadores, a equipe não conseguiu sua classificação dentro de casa.

O maior ídolo atual do clube, Andrés D’Alessandro, deve estar presente na equipe titular. O meio-campista sofreu um desconforto muscular em treinamento neste final de semana, mas o técnico Odair Hellman confirmou a presença o argentino na equipe.

Com o camisa 10, o treinador mantém a formação no meio-campo com Rodrigo Lindoso, Edenílson e Patrick. D’Ale fica aberto pela ponta direita e Nico López no lado esquerdo, com Paolo Guerrero sendo a referência do ataque.

ATHLETICO-PR x INTERNACIONAL

Final da Copa do Brasil

Data, hora e local: quarta-feira (18/09), às 21h30 (horário de Brasília), no Beira-Rio, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

Onde assistir: Globo e SporTV

Internacional: Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta, Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenílson e Patrick; D’Alessandro, Nico López e Paolo Guerrero. Técnico: Odair Hellman.

Athletico: Santos; Khellven, Robson Bambu, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães, Léo Cittadini, Nikão, Rony; Marco Ruben. Técnico: Tiago Nunes.

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (FIFA) apita o jogo e será auxiliado por Bruno Raphael Pires (FIFA) e Leone Carvalho Rocha (CBF). Todos são de Goiás. A arbitragem de vídeo será responsabilidade de Braulio da Silva Machado (FIFA/SC).

Petraglia segue internado em Curitiba e não acompanha a final da Copa do Brasil

O presidente do Conselho Deliberativo do Athletico, Mário Celso Petraglia, continua internado no hospital Nossa Senhora das Graças, em Curitiba. Ele não comparecerá na final da Copa do Brasil 2019, quando o Furacão enfrenta o Internacional. O jogo acontece às 21h30 desta quarta-feira (18).

O novo boletim médico, divulgado na tarde de hoje, diz que o dirigente “está conforme o esperado no primeiro dia de pós-operatório. Os seus dados vitais continuam normais , afebril, e sem intercorrências clínico cirúrgicas dentro do período”. Por fim, o texto ainda confirma que o mandatário rubro-negro “segue em cuidados médico hospitalares”.

Mario Celso Petraglia, foi internado para fazer uma cirurgia de desobstrução de aderências no intestino.

O boletim médico divulgado ontem (17), “o pós-operatório apresenta-se sem complicação clínico cirúrgica, mantendo todos os sinais vitais dentro da normalidade”.

Além disso, a nota também afirmou que Petraglia “permanece em segmento clínico lúcido, comunicativo e mantêm-se em bom estado geral”.

premiação copa do brasil athletico final

Caso vença a Copa do Brasil, Athletico-PR vai lucrar R$ 85 milhões em premiações neste ano

O Athletico-PR pode embolsar mais de R$ 85 milhões de premiação no ano caso conquiste a Copa do Brasil. O torneio é o mais lucrativo do país: serão R$ 52 milhões para o campeão e R$ 21 milhões ao vice. O primeiro jogo da final contra o Internacional acontece nesta quarta-feira (11), às 21h30, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Até agora, são R$ 33,32 milhões de premiação conquistados. Com o segundo lugar na Copa do Brasil, o valor chega aos R$ 54,32 milhões. Entretanto, com a taça inédita, o clube embolsará R$ 85,32 milhões.

O Furacão é o clube da Série A que disputou mais competições neste ano. Além do Brasileirão e do Estadual, o time rubro-negro ainda participou da Libertadores, da Levain Cup (antiga Copa Suruga) e da Recopa Sul-Americana.

Confira a premiação lucrada pelo Athletico por competição: 

  • Libertadores – R$ 16,03 milhões
  • Recopa – R$ 1,38 milhão
  • Levain Cup – R$ 3,56 milhões
  • Copa do Brasil – R$ 12,35 milhões (até a final)

Vale lembrar que o Campeonato Brasileiro premia os clubes por posição. Hoje, o Athletico é o nono colocado. Se terminar nessa posição, o clube vai faturar mais R$ 19,8 milhões.

Athletico é o atual “Rei dos pênaltis” do Campeonato Brasileiro

Com a classificação nas penalidades contra o Grêmio pelas semifinais da Copa do Brasil, o Athletico Paranaense continua a ostentar um recorde entre os 20 times da Série A do Campeonato Brasileiro. O de “Rei dos pênaltis“.

Desde 15 de março de 2018, quando o Athletico Paranaense venceu o Ceará pela terceira rodada da Copa do Brasil, a equipe engatou uma sequência de sete decisões com vitórias nas penalidades.

Na Série A do Campeonato Brasileiro, as equipes que registram as séries com mais vitórias após o Athletico Paranaense são o Corinthians com três e o Avaí e o CSA com dois truinfos.

A última derrota do Athletico Paranaense em uma disputa de pênaltis foi contra o Rio Branco pelas semifinais da Taça Dionísio Filho. Na ocasião, a equipe de aspirantes empatou o jogo em zero a zero no tempo normal e foi derrotada por 6 a 5 nas penalidades.

Do elenco atual do Athletico Paranaense, estiveram em campo contra o Rio Branco o goleiro Santos e os meias Bruno Guimarães e Vitinho.

Santos, inclusive, tem sido protagonista nessa série. Presente em quatro partidas, o goleiro defendeu quatro pênaltis em três jogos. Apenas na final da Copa Sul Americana de 2018 contra o Junior Barranquilla o arqueiro passou em branco.

O goleiro brilhou contra o Bahia nas quartas de final da Copa Sul-Americana de 2018, nas quartas de final da Copa do Brasil deste ano contra o Flamengo e no duelo contra o Grêmio pelas semifinais da Copa do Brasil na última quarta-feira (4).

Confira abaixo a sequência vitoriosa do Athletico Paranaense em decisões por pênaltis:

15/03/2018 – Ceará 1 x 1 Athletico Paranaense (5 a 6 nos pênaltis) – Terceira rodada da Copa do Brasil 2018

31/10/2018 – Athletico Paranaense 0 x 1 Bahia (4 a 1 nos pênaltis) – Quartas de final da Copa Sul Americana 2018

12/12/2018 – Athletico Paranaense 1 x 1 Junior Barranquilla (4 a 3 nos pênaltis) – Final da Copa Sul Americana 2018

10/04/2019 – Athletico Paranaense 1 x 1 Coritiba (7 a 6 nos pênaltis) – Final da Taça Dirceu Krüger do

Campeonato Paranaense 2019

21/04/2019 – Athletico Paranaense 1 x 0 Toledo (6 a 5 nos pênaltis) – Final do Campeonato Paranaense 2019

17/07/2019 – Flamengo 1 x 1 Athletico Paranaense (1 a 3 nos pênaltis) – Quartas de final da Copa do Brasil 2019

04/09/2019 – Athletico Paranaense 2 x 0 Grêmio (5 a 4 nos pênaltis) – Semifinal da Copa do Brasil 2019

final copa do brasil athletico internacional

Internacional decidirá o título da Copa do Brasil dentro do Beira-Rio

O Internacional vai decidir o título da Copa do Brasil contra o Athletico-PR dentro do estádio Beira-Rio. A decisão do mando da final foi feita em sorteio nesta quinta-feira (5), na sede da CBF.

Portanto, a primeira partida será realizada na Arena da Baixada. O primeiro confronto entre o Furacão e o Colorado acontece na próxima quarta-feira (11), às 21h30.

Já o duelo decisivo está marcado para a outra quarta-feira (18), às 21h30, em Porto Alegre.

Vale lembrar que o prêmio para o campeão da Copa do Brasil é de R$ 50 milhões. Já o clube que ficar com o segundo lugar do torneio embolsa R$ 21 milhões.

Até aqui, tanto Inter quando Athletico faturaram R$ 12,35 milhões desde que entraram na disputa. Por terem disputado a Libertadores, os dois entraram já nas oitavas de final da competição.

ATHLETICO-PR

athletico gremio copa do brasil
Athletico teve uma classificação épica contra o Grêmio. Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Nos pênaltis, o Athletico eliminou o Grêmio e fez história na Arena da Baixada. Na ida, o Furacão sofreu um revés por 2 a 0, mas aplicou o mesmo placar em Curitiba. Com isso, a decisão foi para as penalidades. As duas equipes tinham 100% de aproveitamento nas cobranças, mas Pepê desperdiçou a última cobrança gremista.

Ou seja, o Athletico está em uma final da Copa do Brasil pela segunda vez em sua história. Em 2013, a equipe enfrentou o Flamengo e acabou derrotada.

Após a conquista da Copa Sul-Americana em 2018, esse pode ser o segundo troféu inédito que o Furacão levanta sob o comando de Tiago Nunes.

TRAJETÓRIA NA COPA DO BRASIL

Por participar da Libertadores, o Athletico entrou na Copa do Brasil nas oitavas de final. Na primeira partida, o Furacão arrancou o empate por 0 a 0 com o Fortaleza no Castelão. Já na volta, o Rubro-Negro derrotou o Tricolor cearense por 1 a 0 com gol de Marco Ruben.

Nas quartas, o Flamengo foi o adversário. Já com o técnico Jorge Jesus, os cariocas empataram por 1 a 1 na Arena da Baixada. Contudo, o duelo no Maracanã também terminou empatado. Na decisão dos pênaltis, o goleiro Santos brilhou. Ele defendeu as cobranças de Diego e Everton Ribeiro. Além disso, o Fla ainda viu Vitinho chutar para fora.

INTERNACIONAL

final copa do brasil internacional
Jogadores do Internacional comemorando vitória contra o Cruzeiro. Foto: Divulgação / Internacional

O Internacional não passou por tanto sufoco. Após vencer o Cruzeiro por 1 a 0 em Belo Horizonte, o time comandado por Odair Hellmann aplicou um 3 a 0 ontem (5) para garantir a vaga na decisão.

Campeão da Copa do Brasil em 1992, o Internacional também decidiu a competição em 2009. Entretanto, os gaúchos acabaram sendo derrotados pelo Corinthians, de Ronaldo ‘Fenômeno’.

TRAJETÓRIA NA COPA DO BRASIL

O Inter também entrou na competição a partir das oitavas de final, quando superou o Paysandu. Na ida, os gaúchos venceram por 3 a 1 em Porto Alegre. Na volta, o Colorado superou os paraenses por 1 a 0.

Nas quartas de final, o Internacional passou aperto contra o Palmeiras. A equipe gaúcha perdeu por 1 a 0, mas venceu os paulistas pelo mesmo placar. Na decisão dos pênaltis, Marcelo Lomba defendeu a cobrança de Bruno Henrique e viu Moisés desperdiçar a última cobrança.

Confira como foi o sorteio