Everton - Grêmio - Internacional - Copa Libertadores

Primeiro Grenal na Libertadores termina em briga e placar zerado

Com duas bolas na trave do lado colorado, uma do lado gremista e pancadaria nos minutos finais, Grêmio e Internacional finalizaram o Grenal 424 com o placar zerado na noite desta quinta-feira (12), mantendo a invencibilidade das equipes na Copa Libertadores da América.

O duelo foi realizado na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, contando com 53.389 torcedores.

Grêmio e Internacional estão no Grupo E da Copa Libertadores da América ao lado do América de Cali e da Universidad Católica. Ambas as equipes se enfrentaram nesta terça-feira (10), com os colombianos vencendo por 2 a 1.

Com isso, Grêmio e Internacional lideram a chave com quatro pontos ganhos, seguidos pelo América de Cali com três pontos. A Universidad Católica ainda não somou pontos.

MAIS DOIS GRENAIS ATÉ ABRIL

Internacional e Grêmio terão uma temporada recheada de clássicos entre si. Somente até o dia 8 de abril serão mais dois Grenais.

As equipes voltam a se encontrar no dia 21 pela antepenúltima rodada do segundo turno do Campeonato Gaúcho, fechando a série de jogos na quarta rodada do Grupo E da Copa Libertadores da América.

Vale lembrar que após o adiamento da terceira rodada da Libertadores devido a pandemia de coronavírus, o Grenal no Beira-Rio está sem data definida. Anteriormente o jogo seria realizado no dia 8 de abril.

FINAL VIOLENTO EM JOGO DISPUTADO

Eduardo Coudet - Grêmio - Internacional - Copa Libertadores
Em seu segundo Grenal, Coudet conseguiu sair com importante empate da Arena do Grêmio. (Reprodução/Twitter Conmebol Libertadores)

O Grêmio quase abriu o placar logo aos quatro minutos. Alisson bateu escanteio da direita e Pedro Geromel cabeceou firme no canto direito para boa defesa de Marcelo Lomba.

A resposta do Internacional foi aos 12 minutos. Edenilson avançou pelo centro e arriscou da intermediária para Vanderlei se esticar para espalmar para a linha de fundo.

Boschilia teve grande chance para abrir o placar para o Internacional aos 32 minutos. Guerrero ajeitou para o atacante, que saiu na cara de Vanderlei, mas mandou o chute à esquerda da meta.

A primeira chance do segundo tempo foi do Grêmio aos 18 minutos. Jean Pyerre arriscou da intermediária e Marcelo Lomba fez a defesa em dois tempos, se chocando com Everton antes de segurar a bola em definitivo.

Edenilson respondeu para o Internacional aos 23 minutos. Novamente em chute de longa distância, o volante bateu firme e acertou o poste direito de Vanderlei.

Pepê fez grande jogada individual aos 25 minutos, passando por três adversários antes de finalizar para Marcelo Lomba fazer firme defesa.

Boschilia teve nova oportunidade para balançar as redes. Novamente Guerrero serviu o atacante na área, que finalizou firme e a bola explodiu no poste esquerdo.

A principal chance de gol do Grêmio foi aos 38 minutos. Bruno Fuchs errou na saída de bola e Everton lançou Luciano. O centroavante viu Marcelo Lomba adiantado e tentou o chute por cobertura, mas a bola passou perto do travessão.

O jogo que prometia ser disputado nos minutos finais, ficou marcado por uma confusão generalizada nos minutos finais. Após dividida entre Moisés e Pepê na ponta direita, os atletas se estranharam, Edenilson e Luciano também trocaram socos. Todos os quatro jogadores foram expulsos de forma direta.

Após as expulsões, diversos jogadores dos dois bancos invadiram o campo e recomeçaram a confusão. Nessa nova briga, Moisés e Paulo Miranda brigaram no chão e o zagueiro que estava no banco foi expulso. Também receberam cartão vermelho direto Caio Henrique e Victor Cuesta, além de Praxedes que saiu do banco do Internacional para brigar.

Com apenas 14 jogadores de linha em campo, os minutos finais da partida ficaram ainda mais abertos. Aos 54 minutos, Pedro Geromel arriscou da intermediária e a bola passou perto do travessão.

Ainda deu tempo de Marcelo Lomba salvar o Internacional aos 59 minutos, Victor Ferraz rolou para Lucas Silva na entrada da área e o volante pegou de primeira para o goleiro triscar com a mão e a bola explodir no travessão.

Victor Ferraz - Grêmio - América de Cáli - Copa Libertadores

Libertadores: Grêmio sofre, mas vence América de Cáli na Colômbia

Em jogo disputado, o Grêmio aproveitou melhor suas chances e bateu o América de Cáli por 2 a 0 na noite desta terça-feira (3), se juntando ao Internacional com 100% de aproveitamento no Grupo E da Copa Libertadores da América.

O duelo foi realizado no Estádio Olímpico Pascual Guerrero, em Cáli, na Colômbia.

Victor Ferraz e Matheus Henrique marcaram os gols da vitória do Grêmio.

Grêmio e América de Cáli estão no Grupo E da Copa Libertadores da América ao lado do Internacional e da Universidad Católica.

TRÊS GRENAIS EM UM MÊS

Dentro da mesma chave da Copa Libertadores, Internacional e Grêmio terão uma temporada recheada de clássicos entre si.

Somente até o dia 8 de abril serão três Grenais. O primeiro já será realizado na próxima quinta-feira (12), pela segunda rodada da Copa Libertadores.

As equipes voltam a se encontrar no dia 21 pela antepenúltima rodada do segundo turno do Campeonto Gaúcho, fechando a série de jogos no dia 8 de abril pela quarta rodada do Grupo E da Copa Libertadores da América.

EFICIÊNCIA GREMISTA

Grêmio - América de Cáli - Copa Libertadores
Principais chances do América de Cáli saíram pela bola aérea. (Reprodução/Twitter Conmebol Libertadores)

A primeira chance da partida foi do América de Cáli aos 12 minutos. Sierra avançou pelo centro e arriscou da intermediária, com a bola passando perto do poste direito.

O Grêmio conseguiu abrir o placar aos 14 minutos. Lucas Silva cobrou falta rasteira, a bola acertou Diego Souza (em posição de impedimento) e sobrou para Victor Ferraz apenas completar para o gol.

O América de Cáli foi então para o abafa e ficou perto de empatar o jogo no final do primeiro tempo. Primeiro Pisano bateu escanteio na cabeça de Rangel, que escorou por cima do travessão.

A jogada se repetiu aos 40 minutos, só que dessa vez Vergara bateu o escanteio e Sierra ganhou pelo alto para escorar perto do poste superior.

Aos 42 minutos, foi a vez de Pisano levar perigo. O meia recebeu na esquerda, trouxe para dentro e bateu com efeito no poste esquerdo.

No minuto seguinte, foi a vez de Vanderlei salvar o Grêmio. Cabrera cruzou na área e Sierra escorou firme para o goleiro espalmar com a mão direita.

Para acalmar os ânimos, o Grêmio conseguiu ampliar o placar aos quatro minutos. Everton avança pela esquerda e rola para trás e encontra Matheus Henrique. O volante bateu colocado e acertou o canto direito para balançar as redes.

Aos 46 minutos, Alisson quase deixou o dele em Cáli. O atacante fez finta em três marcadores, mas parou na defesa de Chaux na finalização.

morre aos 72 anos Valdir Espinosa

Campeão mundial pelo Grêmio, Valdir Espinosa morre aos 72 anos

Valdir Espinosa faleceu nesta quinta-feira (27) pela manhã aos 72 anos. Ele passou por duas cirurgias na semana passada (nos dias 17 e 20 de fevereiro) e morreu após complicações. A morte foi comunicada pelo Hospital Quali Ipanema, onde o ex-treinador e dirigente esportivo estava internado.

Segundo a nota, Valdir “faleceu no início da manhã de hoje (quinta-feira) por volta das 6 horas da manhã por colapso cardiovascular resultante de pós-operatório complicado e infecção generalizada”. O velória será nesta quinta-feira, das 15 às 22 horas, no Salão Nobre de General Severiano.

Desde o fim do ano passado, Valdir era gerente de futebol do Botafogo, clube que, quando técnico, ajudou a tirar de uma fila de 21 anos sem títulos com a conquista do Campeonato Carioca de 1989.

“Muito querido no clube por torcedores e por quem conviveu com ele no dia a dia, Espinosa vai fazer muita falta. Sua liderança, exemplo e ensinamentos seguirão no Botafogo como legado dessa figura tão representativa na história do clube”, diz a nota de pesar divulgada pelo Alvinegro carioca.

As maiores conquistas da carreira de Valdir, porém, vieram no Grêmio. Em 1983, liderou o Tricolor aos títulos da Libertadores e Mundial, tendo como protagonista Renato Gaúcho, com quem voltaria a trabalhar no próprio clube em 2016, como coordenador técnico – Renato era o treinador. Juntos, conquistaram a Copa do Brasil daquele ano.

O Grêmio também manifestou pesar pela morte de Valdir, “um dos maiores técnicos de sua história” em nota oficial: “Sob o comando de Espinosa o Grêmio abriu as portas do continente e do mundo ao Rio Grande do Sul, conquistando a Copa Libertadores da América e o Mundial de Clubes em 1983. O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense se solidariza com toda a família Espinosa, amigos e torcida nesse momento de dor”.

Valdir Atahualpa Ramirez Espinosa nasceu em 17 de outubro de 1947 em Porto Alegre. Iniciou a carreira como atleta, que durou oito temporadas, justamente no Grêmio, passando também por CSA, Esportivo e Vitória. Como técnico, além do Tricolor Gaúcho e do Botafogo, trabalhou também em Portuguesa, Athletico-PR, Vasco, Fluminense e Santa Cruz, entre outros, além de times de Japão, Paraguai e Estados Unidos.

No ano passado, ele participou do quadro “Os Setentões”, do programa No Mundo da Bola, da TV Brasil, e contou detalhes da carreira ao jornalista Sérgio du Bocage.

Diego Souza - Grenal - Grêmio - Internacional - Campeonato Gaúcho

Diego Souza marca nos acréscimos e Grêmio vence Internacional

O Grenal 423 foi equilibrado, mas um gol de Diego Souza nos acréscimos deu a vitória ao Grêmio por 1 a 0 sobre o Internacional na tarde deste sábado (15), classificando o tricolor para a final do primeiro turno do Campeonato Gaúcho.

O duelo válido pelas semifinais do primeiro turno do Campeonato Gaúcho foi realizado no Beira-Rio, em Porto Alegre.

O Grêmio aguarda agora o vencedor do duelo entre Caxias e Ypiranga -que será realizado neste domingo (16), para conhecer seu adversário na decisão.

INTERNACIONAL COM NOVA DECISÃO

Mesmo eliminado do primeiro turno do Campeonato Gaúcho, o Internacional já volta suas atenções para a Copa Libertadores da América.

Nesta quarta-feira (19), o Internacional viaja para a Colômbia para encarar o Deportes Tolima, às 21h30, para a partida de ida do duelo válido pela terceira fase preliminar da Libertadores.

Já o Grêmio volta a atuar no próximo domingo (23), quando irá enfrentar o Caxias ou o Ypiranga, ainda sem local definido.

GRENAL DO EQUILÍBRIO

D'Alessandro - Grenal - Grêmio - Internacional - Campeonato Gaúcho
D’Alessandro foi um dos melhores atletas em campo, criando as principais chances do Colorado. (Reprodução/Twitter Internacional)

O Grêmio foi melhor na primeira etapa, contando com a inspiração de Everton. Logo aos três minutos, o atacante lançou Alisson na área, mas o meia tentou rolar para Diego Souza e Victor Cuesta conseguiu fazer o corte.

Aos sete minutos, foi a vez de Diego Souza desperdiçar boa chance. Alisson rolou de letra para o atacante, que pegou muito torto na finalização cruzada.

A primeira chance do Internacional foi aos 23 minutos. D’Alessandro fez boa jogada pela direita e cruzou no segundo poste para Guerrero, que cabeceou deslocado e a bola passou por cima do gol.

A arbitragem de vídeo apareceu aos 37 minutos, ao anular gol do Grêmio. Diego Souza recebeu em posição de impedimento e cruzou rasteiro para Everton bater chapado no canto direito e balançar as redes.

O Internacional ficou com um jogador a menos aos 46 minutos. Diego Souza ganhou no corpo de Musto e ia disparar em direção a área, mas foi puxado pelo volante, que recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Ainda deu tempo do Grêmio ter mais um gol anulado no primeiro tempo. Aos 48 minutos. David Braz abriu para Cortez -que em posição irregular, cruzou rasteiro para Everton finalizar para o fundo das redes.

Aos 51 minutos, Guerrero teve nova chance de marcar seu gol. D’Alessandro cruzou escanteio da direita aberto e o atacante tentou emendar de primeira, mas pegou torto na bola, que saiu longe do gol.

O Internacional teve a primeira chance de gol da segunda etapa. Boschilia e Cuesta tabelaram e o atacante encontrou Edenílson na área, com o volante rolando para a chegada de Moisés. Mas finalização do lateral explodiu em Victor Ferraz e saiu pela linha de fundo.

O Grêmio respondeu no minuto seguinte com Alisson. O meia recebeu na esquerda, cortou para o meio e finalizou cruzado para Marcelo Lomba espalmar.

Também em uma finalização de média distância, o Internacional voltou a levar perigo aos oito minutos. Edenílson recebeu pelo meio e arriscou da intermediária para Vanderlei espalmar.

Vanderlei salvou o Grêmio novamente aos 11 minutos. Moisés foi lançado na esquerda e cruzou fechado, encontrando Edenílson no segundo poste. O volante tentou a finalização rasteira, mas o goleiro fez a defesa com as pernas.

A resposta do Grêmio veio com Thiago Neves. Victor Ferraz fez bom cruzamento da direita e o meia escorou no contrapé de Marcelo Lomba, acertando o poste direito.

D’Alessandro também ficou perto do gol aos 20 minutos O meia recebeu na direita, foi levando para o meio até buscar espaço para bater perto do poste esquerdo.

A bola parada quase resultou em gol do Grêmio aos 32 minutos. Alisson bateu escanteio da direita e Paulo Miranda cabeceou firme por cima da meta.

O Internacional perdeu grande chance aos 34 minutos. D’Alessandro lançou Rodinei na área, o lateral foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro para trás. Só que a bola passou por Guerrero e por Marcos Guilherme e ficou com a defesa do Grêmio.

Edenílson teve nova chance aos 45 minutos. D’Alessandro recebeu na lateral da área e abriu para o volante emendar de primeira e a bola quase acertar o travessão.

Mas aos 46 minutos, Everton disparou pela esquerda e encontrou Diego Souza na marca do pênalti. O atacante cabeceou firme no canto direito para balançar as redes.

Vanderlei ainda salvou o Grêmio aos 49 minutos. Victor Cuesta cruzou no segundo poste e Guerrero cabeceou firme para o goleiro do Grêmio fazer a defesa em cima da linha.

inter, internacional, grêmio, gremio, final da copinha, copa são paulo 2020

Inter vence Grêmio nos pênaltis e é campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior

O Internacional venceu o clássico gaúcho e sagrou-se campeão da Copa São Paulo de futebol Júnior 2020. A Copinha foi decidida nos pênaltis. Depois do empate em 1 a 1 no tempo normal, o Inter superou o Grêmio por 3 a 1.

Assim, o colorado levanta a taça da Copa São Paulo de Futebol Júnior pela quinta vez. O Grêmio, que ainda não venceu a competição, disputou a final pela segunda vez.

O JOGO

Depois de um primeiro tempo truncado, Grêmio e Inter voltaram mais dispostos na etapa final. O Imortal foi quem abriu o placar.

Logo aos 7′, Fabrício recebeu pela esquerda e avançou. Após uma caneta em Leonardo, ele cruzou a bola na área e contou com o desvio de Tiago Barbosa para vencer o goleiro Emerson.

O zagueiro gremista Alison Calegari, que já tinha cartão amarelo, recebeu a segunda advertência e foi expulso porque subiu no alambrado durante a comemoração.

INTER EMPATA E LEVA PARA OS PÊNALTIS

O resposta do Inter foi rápida. Depois de uma arrancada, Matheus Monteiro alçou a bola na área. Guilherme Pato dividiu com o marcador e empurrou para o funda das redes.

O gol de empate foi marcado aos 12′. Cinco minutos depois, o Inter quase virou, mas a bola bateu na trave.

COPINHA DECIDIDA NOS PÊNALTIS

A decisão por pênaltis foi marcada pelos erros das batedores.

O primeiro a cobrar foi Matheus Monteiro, do Internacional. A penalidade foi defendida pelo goleiro. O Grêmio teve a chance de abrir vantagem, mas Vitor Prado desperdiçou a cobrança.

Cesinha abriu vantagem para o colorado e Wesley Moreira não conseguiu converter a segunda cobrança gremista.

Tiago Barbosa ampliou a vantagem. O primeiro e único gol do Grêmio na decisão por pênaltis foi marcado por Gazão.

Na quarta rodada de cobranças, Carlos Eduardo abriu 3 a 1 para o Internacional e Gabriel Gonçalves chutou no travessão.

grêmio thiago neves geromel

Grêmio negocia com Thiago Neves e perde Pedro Geromel por um mês

O Grêmio não terá o zagueiro Pedro Geromel dentro das quatro linhas por cerca de um mês e negocia pelo meia Thiago Neves, que estava no Cruzeiro. O zagueiro fará uma cirurgia para correção no menisco lateral do joelho direito e tem recuperação prevista entre três e quatro semanas.

Ou seja, o Geromel desfalcará a equipe no primeiro turno do Campeonato Gaúcho.

Enquanto isso, o camisa 10 da Raposa é objetivo da diretoria tricolor. Até agora, o Grêmio contratou cinco jogadores: o goleiro Vanderlei, os laterais Victor Ferraz Orejuela e os volantes Lucas Silva e Caio Henrique (que atua na lateral-esquerda). Portanto, agora a equipe busca reforçar o setor ofensivo da equipe.

Segundo o jornal Estado de Minas, o staff do jogador se reuniu com dirigentes do Grêmio hoje. O clube fez uma proposta e espera um acerto em breve, já que o meia rescindiu contrato com o Cruzeiro.

THIAGO NEVES NO GRÊMIO

Contudo, o time comandado por Renato Gaúcho tenta concretizar seu desejo do ano passado. O clube gaúcho negociou com o Cruzeiro para trocar Thiago Neves por Luan, hoje no Corinthians. O acordo não saiu, mas o interesse gremista por Thiago Neves segue.

“É um jogador que tenho admiração e gosto muito, muito acima da média. Se procurar no Brasil, naquela posição, você conta na palma da mão quantos jogadores fazem aquela função. Se for para um outro grande clube, motivado, pode ter certeza que é muito útil a qualquer treinador”, elogiou o técnico Renato Gaúcho.

GRÊMIO NO GAÚCHÃO

O Grêmio estreia no Estadual contra o Caxias nesta quarta-feira (22), às 20h. O jogo será transmitido pelo SporTV, menos para o Rio Grande do Sul, e no Premiere.

Com algumas estreias, o time gremista titular deve ser: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon e Lucas Silva; Alisson, Thaciano e Everton ‘Cebolinha’; Luciano.

andré coritiba grêmio

Coritiba mira André, atacante do Grêmio, para 2020

O Coritiba está negociando para ter atacante André, do Grêmio. O jogador de 29 anos teve um desempenho ruim em 2019, mas é uma aposta do Alviverde para a Série A do Campeonato Brasileiro em 2020.

O UOL adiantou que o clube gaúcho está decidido por sua saída. Agora, o vice-presidente Cláudio Oderich confirmou que o Coxa está negociando pelo jogador.

Tem negociações rolando (…). Existe um interesse do Coritiba”, confirmou Oderich, em entrevista à rádio GreNal.

Ainda não se sabe se o Coxa tem interesse em adquirir os direitos do jogador. A alternativa poderia ser um empréstimo, por um ano, com o Alviverde bancando os salários. Contudo, o negócio deve ter um desfecho feliz para os dois lados.

Nesta semana, o presidente Samir Namur declarou que a projeção de elenco da diretoria “prevê quatro contratações de peso” e que dois jogadores do Grêmio seriam alvos.

Ou seja, além do meia Guerra, do Palmeiras, e do atacante Berrío, do Flamengo, André se torna mais um nome nesse pacote previsto pela diretoria.

ANDRÉ EM FASE RUIM NO GRÊMIO

André teve uma temporada ruim. (Lucas Uebel / Grêmio)

André foi contratado por cerca de R$ 10 milhões, em 2018, e tem contrato até o final de 2021. Entretanto, esteve longe de brilhar. Em 2018, fez quatro gols em 29 jogos.

Neste ano, o atacante fez 45 jogos – sendo titular em 20 – e anotou apenas sete gols.

Sua última partida foi no dia 17 de novembro, quando o Grêmio perdeu para o Flamengo por 1 a 0. Naquela ocasião, André foi vaiado pela torcida gremista ao ser escolhido pelo técnico Renato Gaúcho para entrar aos 20 minutos da etapa final.

Depois disso, ficou no banco de reservas por quatro jogos e nem sequer foi relacionado para a última rodada do Brasileirão.

Revelado pelo Santos, André acumula passagens por Sport, Corinthians, Atlético Mineiro e Vasco. Também teve passagens na Europa, mas não vingou com a camisa do Dínamo de Kiev, do Bordeaux e nem pelo Sporting.

Flamengo - Palmeiras - Internacional - Corinthians - Santos - São Paulo - Grêmio - Copa Libertadores da América - Athletico Paranaense

Athletico Paranaense encara Penãrol e Colo Colo na Libertadores

A Conmebol realizou o sorteio da primeira fase da Copa Libertadores na noite desta terça-feira (17). As sete equipes brasileiras que irão participar da competição conheceram seus adversários.

Os brasileiros desta edição serão o Athletico Paranaense, Corinthians, Flamengo, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos e São Paulo.

Corinthians e Internacional entram na competição na segunda fase e ainda não sabem seus adversários. Os paulistas aguardam o duelo da primeira fase entre Guarani (PAR) e o quarto selecionado do Campeonato Boliviano. Já os gaúchos enfrentam a quarta equipe do Campeonato Chileno.

Caso avancem dessa fase, o Corinthians encara o vencedor do duelo entre Cerro (URU) e Palestino (CHI), enquanto o Internacional mede forças contra o ganhador da partida de Macará (EQU) e Deportes Tolima (COL).

As duas equipes brasileiras decidem em casa em ambos os confrontos.

Na fase de grupos, o Athletico Paranaense ficou no Grupo C, ao lado do Peñarol (URU), do Colo Colo (CHI) e do segundo colocado do Campeonato Boliviano.

O Flamengo ficou balizado no Grupo A e encara o atual campeão da Sul-Americana, Independiente del Valle (EQU), o Junior Barranquilla (COL) e um classificado das fases prévias entre Cerro Porteño (PAR), Sporting Cristal (PER), Carabobo (VEN), Universitário (PER), Progresso (URU) e Barcelona de Guayaquil (EQU).

O Palmeiras é o cabeça de chave do Grupo B e irá medir forças contra o Bolívar (BOL), Tigre (ARG) e um classificado das fases prévias e que pode ser o Corinthians.

O Grupo D será a casa do São Paulo, que irá encarar o atual vice-campeão da Libertadores, River Plate (ARG), a LDU (EQU) e o estreante Binacional (PER).

O Grêmio é o cabeça de chave do Grupo E e encara o América de Cali (COL), a Universidade Católica (CHI) e uma equipe das fases prévia e que pode ser o Internacional.

O Santos caiu no Grupo G ao lado do Olímpia (PAR), do Defensa y Justicia (ARG) e o Delfín (EQU).

As três primeiras fases serão disputados em sistema de mata-mata. Não há critério de gols qualificados, por isso, em caso de empate no placar ao final dos dois jogos, as partidas serão decididas nas penalidades.

Quatro equipes irão sair das fases eliminatórias e se juntam aos outros 28 times divididos por oito grupos com quatro times cada. Os dois primeiros de cada chave avançam até as oitavas de final, enquanto os terceiros colocados vão para a Copa Sul-Americana.

PRIMEIRA FASE

SEGUNDA FASE E TERCEIRA FASE

FASE DE GRUPOS

CALENDÁRIO DA COPA LIBERTADORES

A Copa Sul-Americana começa em janeiro de 202o, com sua final sendo realizada no Maracanã, no Rio de janeiro, dia 21 de novembro de 2020.

  • Primeira fase: ida – 21 a 23 de janeiro de 2020 -> jogos da volta: 28 a 30 de janeiro.
  • Segunda fase: ida – 4 a 6 de fevereiro de 2020 -> jogos da volta: 11 a 13 de fevereiro.
  • Terceira fase: ida – 18 a 20 de fevereiro de 2020 -> jogos da volta: 25 a 27 de fevereiro.
  • Fase de Grupos: 1ª rodada – 3 a 5 de março de 2020; 2ª rodada – 10 a 12 de março de 2020; 3ª rodada – 17 a 19 de março de 2020; 4ª rodada – 7 a 9 de abril de 2020; 5ª rodada – 21 a 23 de abril de 2020; 6ª rodada – 5 a 7 de maio de 2020.
  • Oitavas de final: ida – 21 a 23 de julho -> jogos da volta: 28 e 30 de julho.
  • Quartas de final: ida – 18 a 20 de agosto -> jogos da volta: 25 e 27 de agosto.
  • Semifinal: ida – 22 a 24 de setembro -> jogos da volta: 29 de setembro e 1º de outubro.
  • Final: 21 de novembro
libertadores sorteio grupos potes

Sorteio da Libertadores 2020 acontece nesta terça; veja os potes

O sorteio dos grupos da Libertadores 2020 ocorre nesta terça-feira (17), às 21h. O evento acontecerá em Luque, no Paraguai, na sede da Conmebol.

O sorteio será transmitido pela FOX Sports, mas o Paraná Portal acompanha em tempo real.

Oito clubes brasileiros vão disputar o torneio sul-americano. Flamengo, Grêmio, Palmeiras, Athletico Paranaense, Santos e São Paulo estão garantidos na fase de grupos, enquanto Corinthians e Internacional vão disputar a segunda fase.

As equipes estão distribuídas de acordo com suas posições no ranking da Conmebol Libertadores. O cálculo da entidade leva em conta o histórico dos times nos últimos 10 anos, tanto nas edições do torneio quanto nos campeonatos nacionais.

A restrição é: clubes do mesmo país não podem ocupar o mesmo pote – com exceção dos times classificados nas fases preliminares. Ou seja, caso avancem, Corinthians e Internacional podem ficar na mesma chave junto com outra equipe brasileira. Contudo, Flamengo, Grêmio, Palmeiras, Athletico Paranaense, Santos e São Paulo ficam, obrigatoriamente, em grupos separados.

GRUPOS DA LIBERTADORES 2020

POTE 1:

  • Flamengo
  • River Plate (Argentina)
  • Boca Juniors (Argentina)
  • Grêmio
  • Nacional (Uruguai)
  • Peñarol (Uruguai)
  • Palmeiras
  • Olímpia (Paraguai)

POTE 2

  • Independiente Del Valle (Equador)
  • Santos
  • São Paulo
  • Libertad (Paraguai)
  • Colo Colo (Chile)
  • Bolívar (Bolívia)
  • Racing (Argentina)
  • Universidad Católica (Chile)

POTE 3

  • LDU (Equador)
  • América de Cali (Colômbia)
  • Athletico-PR
  • Junior Barranquilla (Colômbia)
  • Alianza Lima (Peru)
  • Caracas (Venezuela)
  • Delfín (Equador)
  • Tigre (Argentina)

POTE 4

  • Estudiantes Mérida (Venezuela)
  • Defensa y Justicia (Argentina)
  • Binacional (Peru)
  • Bolívia 2
  • Classificado da segunda fase (G1)
  • Classificado da segunda fase (G2)
  • Classificado da segunda fase (G3)
  • Classificado da segunda fase (G4)

PRIMEIRA FASE

Guaraní (Paraguai), Barcelona de Guayaquil (Equador), Progreso (Uruguai), Carabobo (Venezuela), Universitario (Peru) e Bolívia 4.

SEGUNDA FASE 

Corinthians, Internacional, Cerro Porteño (Paraguai), Deportivo Tolima (Colômbia), Independiente Medellín (Colômbia), Palestino (Chile), Tucumán (Argentina), Macará (Equador), Cerro Largo (Uruguai), Deportivo Táchira (Venezuela), Sporting Cristal (Peru) , Bolívia 3, Chile 4, E1, E2 e E3.

CALENDÁRIO DA LIBERTADORES 2020

  • 1ª fase eliminatória: 22 e 29 de janeiro
  • 2ª fase eliminatória: 5 e 12 de fevereiro
  • 3ª fase eliminatória: 19 e 26 de fevereiro
  • Fase de grupos: entre março e maio
  • Sorteio das oitavas: 13/5
  • Oitavas de final: 22/7 e 29/7
  • Quartas de final: 19/8 e 26/8
  • Semifinais: 23/9 e 3/9
  • Final: 21/11, no Maracanã.
cruzeiro adilson batista

Cruzeiro encara o Grêmio para se manter na Série A; veja onde assistir

O Cruzeiro enfrenta o Grêmio nesta quinta-feira (5), às 19h15, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. A Raposa pode sair da zona de rebaixamento se vencer o confronto graças à derrota do Ceará para o Corinthians dentro da Arena Castelão. Ou seja, os mineiros ganharam sobrevida e dependem das próprias forças para manter o clube na primeira divisão.

O jogo será transmitido apenas pelo Premiere (pay-per-view).

TABELA DO BRASILEIRÃO

O Cruzeiro é o 17º colocado do Brasileirão com 36 pontos, enquanto o Ceará – primeiro time fora da ZR – tem 38. Caso vença, a Raposa chega aos 39 e fica na expectativa pela última rodada.

No domingo (8), a equipe mineira enfrenta o Palmeiras no Mineirão. Já o Vôzão viaja ao Rio de Janeiro para encarar o Botafogo no Rio de Janeiro.

Do outro lado, o Grêmio, com 62 pontos, tenta reconquistar o quarto lugar. O time gaúcho foi ultrapassado pelo Athletico Paranaense (63), que derrotou o vice-líder Santos.

Depois, o Tricolor encerra a Série A visitando o Goiás no Serra Dourada. A tendência é que os reservas ganhem oportunidade em Goiânia.

GRÊMIO DESFALCADO E CRUZEIRO SEM THIAGO NEVES

Pedro Geromel não treinou com o resto do elenco. (Lucas Uebel / Grêmio)

Pelo Grêmio, o zagueiro Pedro Geromel deve ser desfalque. O defensor não participou do último treino e deve ser substuído por David Braz. Além dele, o técnico Renato Gaúcho também não pode contar com o lateral Marcelo Oliveira e o meio campista Thaciano, entregues ao departamento médico.

Os meias Luan e Jean Pyerre estão em trabalho de transição e também ficam de fora do duelo.

Por fim, o Cruzeiro vai a campo sem Thiago Neves, afastado pela diretoria. A tendência é que o técnico Adilson Batista faça algumas mudanças no time titular. Fred comandará o ataque celeste ao lado de David, enquanto o lateral Orejuela deve aparecer no meio campo. Com isso, Edílson volta aos onze iniciais.

GRÊMIO x CRUZEIRO

Data, hora e local: quinta-feira (5/12), às 19h, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Onde assistir: Premiere

Grêmio: Paulo Victor; Léo Moura, David Braz (Geromel), Kannemann e Cortez; Matheus Henrique e Maicon; Alisson, Pepê (Diego Tardelli) e Everton; Luciano.

Cruzeiro: Fábio; Edilson, Cacá, Léo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral, Ederson e Orejuela; David e Fred. Técnico: Adilson Batista.

Arbitragem: Andre Luiz de Freitas Castro será auxiliado por Fabricio Vilarinho da Silva e  Cristhian Passos Sorence. Todos são de Goiás. Por fim, o responsável pelo VAR será Wagner Renway, da Paraíba.