carreta, caminhão, batatas, campos gerais, paraná, palmeira, tombou, tombamento, interdição, br-277, prf, polícia rodoviária federal

Carreta tomba e interdita BR-277 nos Campos Gerais do Paraná

Uma carreta carregada com batatas congeladas tombou na BR-277 na manhã desta quinta-feira (10). O acidente aconteceu na altura do km 167, em Palmeira, no Campos Gerais do Paraná. Apesar da gravidade do acidente, ninguém se feriu.

Por consequência do tombamento, o trânsito ficou completamente interrompido até o início da tarde. Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), guinchos foram usados para arrastar a carreta e liberar parcialmente a pista.

Desde 12h15, os carros de passeio se revezam no sistema pare-e-siga. Os caminhões aguardam a liberação completa do trecho. Há cerca de cinco quilômetros de filas em cada um dos sentidos.

O transbordo da carga de batatas será feito às margens da rodovia, e só depois disso é que a carreta que tombou será removida. A concessionária Caminhos do Paraná, responsável pelo trecho dos Campos Gerais, realiza a limpeza da pista para viabilizar a liberação da rodovia.

carreta, caminhão, batatas, campos gerais, paraná, palmeira, tombou, tombamento, interdição, br-277, prf, polícia rodoviária federal 2
Divulgação/PRF
ecovia_km10_br-277

BR-277 é liberada após tombamento de caminhão

A BR-277 foi liberada por volta das 9h deste domingo (02) após o tombamento de um caminhão carregado com farelo de soja. O acidente aconteceu na altura do quilômetro oito da rodovia, no sentido Curitiba.

Devido ao tombamento, a BR-277 precisou ser interditada pela concessionária responsável pelo trecho. Segundo a Ecovia, o acidente aconteceu às 4h30 e o caminhoneiro não se machucou.

Às 8h, as pistas sentido Curitiba foram bloqueadas para o destombamento do veículo pesado. Uma das pistas no sentido Paranaguá também precisou ser fechada por cerca de 15 minutos.

O trecho foi completamente liberado, nos dois sentidos, por volta das 9h. Segundo a concessionária, não houve congestionamento.

Foto: Divulgação/PRF

Caminhões batem de frente e interditam BR-277 em Paranaguá

Pelo menos uma pessoa ficou ferida após um grave acidente registrado no início da tarde desta terça-feira (28), na BR-277, em Paranaguá. Dois caminhões bateram de frente no quilômetro 4.

A carga espalhou-se pela pista. Devido ao acidente, a rodovia está completamente bloqueada no sentido Curitiba. No sentido litoral, o trânsito é lento.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) não soube informar o estado de saúde dos motoristas envolvidos. Por enquanto, a única confirmação é de que um dos condutores se feriu.

A concessionária responsável pelo trecho, que faz a ligação da capital com o litoral, também auxilia nos trabalhos para a liberação da pista.

Mais informações em breve.

MP vai pedir interdição do estádio do Vasco após morte de torcedor

Com informações da Agência Brasil

Após a briga generalizada que resultou na morte de um torcedor, no último sábado (8), o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) vai pedir  interdição do Estádio São Januário. O pedido será feito por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Consumidor. O tumulto aconteceu depois do clássico entre Flamengo e Vasco, pela 12ª rodada, do Campeonato Brasileiro. Na ocasião o rubro-negro venceu por 1 a 0.

A interdição vai vigorar até que o protocolo legal para garantir a segurança do torcedor seja implementado. O MP-RJ já havia ajuizado uma ação coletiva, em fevereiro deste ano, para que os quatro grandes clubes do Rio de Janeiro, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) cumpram o dever de segurança dos jogos dos campeonatos profissionais.

O Ministério Público lembra que, segundo o Estatuto do Torcedor, “a elaboração de um plano de ação para todo o campeonato e de outro, para cada jogo, deve prever as situações de risco envolvendo os grandes eventos e traçar estratégias para esvaziar a possibilidade de confrontos”.

Em consequência do vandalismo dos torcedores vascaínos, o clube de São Januário pode perder o mando de campo em até dez jogos do Campeonato Brasileiro. A punição deverá ocorrer já a partir do próximo domingo, com transferência do jogo contra o Santos para outro local.

O procurador-geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Felipe Bevilacqua, também já anunciou que vai apresentar pedido de interdição. Em entrevista concedida neste final de semana, Bevilacqua lembrou que “existe uma antecedência mínima de três dias para que se tenha a definição do local da partida. Se existe um caso excepcional que pode colocar a integridade física das pessoas em risco, independentemente do prazo regulamentar, o STJD pode impedir que o jogo se realize no estádio”.

Ele admitiu, inclusive, que o STJD pode determinar que a partida não se realize se não tiver outro estádio e que o jogo seja remarcado para outra data. “Tudo está sendo analisado com muita calma e acredito que no mais tardar nesta terça-feira a decisão tenha sido tomada pela interdição provisória ou não”.

 

Investigações

A morte do vascaíno David Rocha Lopes, de 27 anos, no jogo de sábado contra o Flamengo, está sendo investigada pela Delegacia de Homicídio (DH). Os outros três torcedores feridos a bala já foram liberados do hospital Souza Aguiar, onde David já chegou sem vida.

A DH investiga de onde partiram os disparos. Já foram ouvidos os policiais militares envolvidos na segurança do jogo, testemunhas e as vítimas sobreviventes.

BR 116 será totalmente interditada para obras

A Autopista Planalto Sul informa que a rodovia BR 116 ficará totalmente interditada na tarde desta terça-feira dia 20/06 das 13h às 15na altura de São José dos Pinhais. A interdição será entre os Km 99 e Km 114 da pista Sul e no Km 119,5 da pista Norte.

O motivo da interdição é a realização de serviços de terraplanagem, que por segurança demandam o bloqueio total da rodovia.

No dia 29/06, a rodovia será novamente interditada nos seguintes pontos:

Pista Sul: Km 133,0 (Trevo de Caçador).

Pista Norte: Km 137,5 (Entrada de Santa Cecília).

Para maiores informações, a concessionária orienta os motoristas a consultarem a situação da rodovia pelo 08006420116.

BR-116 é liberada após 27 horas bloqueio entre Curitiba e SC

A Autopista Planalto Sul, que administra a BR-116 no Paraná, informou que a rodovia está liberada em ambos os sentidos. A estrada permaneceu bloqueada por mais de 27 horas entre Curitiba e Santa Catarina devido aos riscos de desmoronamentos causados pelo acúmulo de chuva na Serra do Espigão, em Monte Castelo (SC).

> BR 116, que liga Curitiba e Santa Catarina, está totalmente bloqueada nos dois sentidos

De acordo com a concessionária, o registro de chuva e os pluviógrafos mostram níveis abaixo do alerta indicado na manhã de ontem, mas reforça para que os usuários sigam com atenção no trecho e respeitem a sinalização.

Interdição

A interdição foi necessária em função do alto risco de queda de barreira na região. A chuva intensa que atingiu o local nos últimos dias causou irrigamento excessivo. Segundo informações da Concessionária Autopista Planalto Sul, o solo encharcou nas encostas.

No sentido Sul o bloqueio aconteceu no Km 99 e no sentido Norte no Km 111.

BR 116, que liga Curitiba e Santa Catarina, está totalmente bloqueada nos dois sentidos

Por Karina Bernardi – CBN Curitiba

A BR 116, que liga Curitiba e Santa Catarina, está totalmente bloqueada nos dois sentidos, na região da Serra do Espigão, em Monte Castelo, já no estado de Santa Catarina.

A interdição foi necessária em função do alto risco de queda de barreira na região. A chuva intensa que atingiu o local nos últimos dias causou irrigamento excessivo. Segundo informações da Concessionária Autopista Planalto Sul, o solo está encharcado nas encostas e não há previsão para a liberação da rodovia.

No sentido Sul o bloqueio será no Km 99 e no sentido Norte no Km 111.

O motorista que sai de Curitiba tem duas rotas alternativas para pegar: A cessar a BR 280 no Km 12, em Mafra e seguir até Porto União, desviando para SC 350 para retornar no Km 133. Outra alternativa é acessar a SC 477 no Km 60, em Papanduva e seguir até Canoinhas. De lá segue até Porto União.

 

Veja as rotas alternativas:

ALTERNATIVA SENTIDO NORTE

Acessar a SC-350 (Leblon Régis) no km 133 (em Santa Cecília) e seguir até Porto União, desviando para a BR-280 até Canoinhas e acessar a SC-477 retornando no km 60 ou continuar na BR-280 até Mafra retornando no km 12.

 

ALTERNATIVA NORTE 1

Acessar Km 245 (em Lages) para seguir até a BR 101 via BR 282.

 

ALTERNATIVA SENTIDO SUL (1)

Acessar a BR-280 no km 12 (em Mafra) e seguir até Porto União, desviando para a SC-350 e retornando no km 133.

 

ALTERNATIVA SENTIDO SUL (2)

Acessar a SC-477 no km 60 (em Papanduva) e seguir até Canoinhas, desviando para a BR-280 até Porto União e posteriormente para a SC-350 e retornando no km 133.

Buraco em rodovia interdita acesso a Morretes

Da BandNews Curitiba

O acesso a Morretes, no Litoral do Paraná, está totalmente interditado pelo quilômetro 24 da PR-408. Devido ao grande volume de chuvas do último fim de semana um buraco abriu no asfalto.

O trecho está bloqueado desde às 11 horas da manhã desta quarta-feira (15) e a previsão da concessionária que administra a BR-277 é de que o tráfego seja liberado até as seis horas da tarde de sexta-feira (16).

A Polícia Rodoviária Estadual informou que a pista está liberada apenas para o acesso dos moradores. Para os motoristas que querem seguir para Morretes, a orientação da Ecovia é para utilizar o viaduto no quilômetro 29 da rodovia.

Asfalto cede e BR-376 tem trecho bloqueado

As chuvas que atingem o Paraná neste final de semana causaram o afundamento de trecho da pista da BR – 376, que liga o Paraná ao litoral de Santa Catarina, na altura do km 681, próximo ao município de Guaratuba. Por conta da danificação no asfalto o trecho está interditado desde a noite de sábado no local.

Com o bloqueio do trecho, o trânsito está sendo desviado pela pista no sentido contrário da rodovia, que passou a funcionar em pista dupla. Com isso, há lentidão nos dois sentidos da rodovia. Segundo a Autopista Litoral Sul, concessionária que administra a rodovia, o motorista que trafega pela BR-376/PR na pista sentido Curitiba encontrava, às 17h, 4 quilômetros de retenção em Guaratuba (PR), do km 683 ao km 681, com reflexo na BR-101/SC em Garuva (SC), nos dois primeiros quilômetros.

O motorista do ônibus alega que foi fechado por um caminhão

O motorista do ônibus, que se acidentou na madrugada deste domingo na RMC, Região Metropolitana de Curitiba, sobreviveu.

Ele teve uma lesão na altura dos ombros, e contou aos Policiais Rodoviários Federais, que foi fechado por um caminhão, isso teria ocasionado o acidente que tirou a vida de 3 pessoas, e deixou outras três feridas em estado grave e 17 com ferimentos leves.

As vítimas feridas foram encaminhadas para os hospitais Cajuru e Trabalhador, em Curitiba.

Ás 9h da manhã deste domingo (27) a PRF e a Autopista Litoral Sul, concessionaria que administra o trecho na rodovia BR-376, não haviam conseguido retirar o ônibus da pista e o congestionamento, segundo a PRF chegava à 10 km.

Por vota das 10h30 da manhã o trânsito já havia sido liberado, o ônibus foi levado para o posto monte Carlo 1.