neymar psg lille campeonato francês

Recuperado de lesão, Neymar é titular do PSG contra o Lille pelo Campeonato Francês

Neymar está confirmado no time titular do PSG (Paris Saint-Germain) no duelo contra o Lille nesta sexta-feira (22). Os clubes se enfrentam às 16h45 (horário de Brasília), no Parque dos Príncipes, pela rodada 14 do Campeonato Francês. O duelo terá transmissão exclusiva do DAZN.

O brasileiro ficou machucado por mais de um mês após ter uma lesão muscular de grau 2. Ele saiu machucado, com 11 minutos de jogo no amistoso da seleção brasileira contra a Nigéria no dia 13 de outubro. A partida tinha sido realizado em Singapura, mas os exames que constataram a lesão foram feitos em Paris, no dia seguinte.

“Neymar treinou bem por duas semanas e se sente bem. Se tudo der certo durante o treinamento, ele estará com o grupo”, disse o técnico Thomas Tuchel na entrevista coletiva de ontem (21).

A escalação do PSG para a partida é: Navas; Meunier, Thiago Silva, Kimpembe e Bernat; Marquinhos, Matuidi e Draxler; Di Maria, Icardi e Neymar.

O PSG lidera a Ligue 1 com tranquilidade. Com 13 jogos feitos, o time soma 30 pontos – sete a mais do que o Saint-Etienne, segundo lugar.

A equipe de Paris tem 77% de aproveitamento, com 10 vitórias e três derrotas. Por fim, o PSG ainda tem o melhor ataque, com 28 gols marcados.

NEYMAR E LESÕES PELA SELEÇÃO

Essa foi a terceira lesão que Neymar sofre pela seleção brasileira no último ano.

Em novembro de 2018, ele se machucou no amistoso contra Camarões e ficou de fora da eliminação da Champions diante o Manchester United.

Já em junho de 2019, rompeu o ligamento no jogo contra o Catar – último amistoso preparatório do Brasil para a Copa América.

Por fim, vale lembrar que Neymar também foi ausência do PSG na Liga dos Campeões 17/18, quando os parisienses foram eliminados pelo Real Madrid.

PSG x REAL

Neymar durante treinamento no PSG (Divulgação / PSG)

A partida do PSG contra o Lille antecede o jogo mais aguardado da fase de grupos da Champions League. Isso porque os franceses encaram o Real Madrid na próxima terça-feira (26), no estádio Santiago Bernabéu, na Espanha. O duelo acontece às 17h (horário de Brasília) e será transmitido pelo Esporte Interativo.

Na ida, o PSG venceu os merengues por 3 a 0 com brilho de Di Maria. Se vencerem, os parisienses garantem o primeiro lugar do Grupo A.

Atualmente, o time francês lidera a chave com 12 pontos. O Real, em segundo lugar, tem 7 pontos. Club Brugge, com dois pontos, e Galatasaray, com 1, fecham a chave.

Brasil - Argentina - Messi

Messi marca, Brasil perde da Argentina e aumenta série sem vitórias

Com gol em rebote de pênalti de Lionel Messi, o Brasil perdeu da Argentina por 1 a 0, na tarde desta sexta-feira (15), e aumentou para cinco jogos sua série sem vitórias.

O jogo foi realizado no King Saud University Stadium em Riad, na Arábia Saudita.

O Brasil volta a campo na próxima terça-feira (19), quando encara a Coreia do Sul. O duelo será realizado no Mohammed bin Zayed Stadium em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, à 10h30

DESTAQUE

Após cumprir suspensão de três meses por criticar a lisura da última Copa Amética, Lionel Messi voltou com disposição para servir a seleção argentina.

Primeiro o atacante sofreu pênalti de Alex Sandro e pediu a bola para a cobrança. Messi bateu rasteiro no canto direito e Alisson fez a defesa, mas no no rebote o argentino mandou para o fundo das redes.

Messi ainda protagonizou bom duelo com Alisson nas bolas paradas. O argentino por duas vezes cobrou faltas com perigo e o goleiro conseguiu defender.

O JOGO

Brasil - Argentina - Messi
Martínez teve partida discreta e perdeu chance incrível para matar o jogo no segundo tempo. Reprodução/Twitter Seleção Argentina

O Brasil teve uma grande chance para abrir o placar aos oito minutos. Firmino roubou a bola de Foyth na área e rolou para Gabriel Jesus. O atacante ia em direção ao gol, mas foi calçado por Pezzela e o árbitro marcou pênalti.

O próprio Gabriel Jesus foi para a cobrança, mas bateu rente ao poste esquerdo e perdeu a chance de abrir o placar.

A resposta da Argentina veio na mesma moeda aos 11 minutos. Messi arrancou pela esquerda e foi calçado por Alex Sandro no canto da área e o árbitro marcou pênalti,

Messi bateu no canto direito baixo e Alisson fez boa defesa. Mas ninguém da defesa chegou a tempo no rebote e o atacante finalizou para o gol vazio.

A Argentina seguia contando com Messi para criar suas principais chances. Aos 30 minutos, o atacante recebeu na entrada da área e finalizou firme em busca do ângulo esquerdo, mas Éder Militão se jogou na bola e mandou para escanteio.

O Brasil buscou o ataque aos 34 minutos. Arthur abriu para Paquetá que encontrou Danilo na direita. O lateral tentou a finalização direita e a bola passou perto do travessão.

Nova chance de Messi aos 45 minutos O atacante avançou pelo centro, ganhou de Thiago Silva e finalizou cruzado. Alisson bem colocado fez a defesa em dois tempos.

A primeira chance do segundo tempo foi da Argentina aos 11 minutos. Ocampos recebeu no canto direito da área e finalizou firme perto do travessão de Alisson.

Alisson apareceu novamente aos 20 minutos. Messi bateu falta da intermediária com efeito e o goleiro brasileiro conseguiu fazer a defesa em dois tempos.

Novamente Alisson salvou o Brasil aos 30 minutos. Após rebote na entrada da área, Paredes bateu firme e o goleiro espalmou para a linha de fundo.

A Argentina seguiu na pressão e perdeu chance incrível aos 34 minutos. Após cobrança de escanteio da esquerda, Lautaro Martínez recebeu sozinho na área, ajeitou a bola, mas finalizou muito alto.

Aos 38 minutos, Coutinho errou na saída de bola e Guido Rodríguez arriscou da entrada da área. A bola desviou em Militão e quase enganou Alisson, saindo perto do poste direito.

A última chance do Brasil saiu aos 48 minutos. Renan Lodi fez boa jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para a marca do pênalti. Wesley estava sozinho para finalizar, mas acabou furando e perdeu ótima oportunidade.

brasil argentina neymar

Sem Neymar, Brasil encara Argentina após polêmica na Copa América

Brasil e Argentina se encontram pela primeira vez desde o polêmico duelo das semifinais da Copa América deste ano. O amistoso será realizado nesta sexta-feira (15), em Riad, na Arábia Saudita, com a presença de Lionel Messi, mas sem Neymar.

A partida será exibida pela Rede Globo para todo Brasil e também terá a transmissão do SporTV na TV por assinatura.

Confira abaixo as escalações para o duelo!

BRASIL

A seleção brasileira tenta quebrar uma série de quatro jogos sem vitória e também manter a sequência positiva frente aos argentinos. Nos últimos seis jogos, quatro vitórias do Brasil, um empate e um triunfo da Argentina.

Sem Neymar com uma lesão na coxa, Willian deve assumir a ponta esquerda da equipe. O técnico Tite também deve dar chances para Éder Militão e Lucas Paquetá na equipe titular. Com isso, Marquinhos e Philippe Coutinho começam na reserva.

Brasil Argentina Neymar Roberto Firmino
Firmino marcou o segundo da vitória brasileira sobre a Argentina na última Copa América. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Ainda contestados por parte da torcida, Gabriel Jesus e Roberto Firmino tiveram uma de suas melhores partidas com a seleção brasileira frente aos argentinos na Copa América. Na ocasião, Jesus marcou um gol e deu assistência para Firmino balançar as redes.

Os 11 titulares de Tite devem ser: Alisson, Danilo, Éder Militão, Thiago Silva, Alex Sandro; Casemiro, Arthur, Lucas Paquetá, Gabriel Jesus,Willian; Roberto Firmino.

ARGENTINA

Ao contrário do rival, a seleção argentina vem de dois bons resultados em seus últimos amistosos. Goleada por 6 a 1 sobre o Equador e empate em 2 a 2 contra a Alemanha, em Dortmund.

Para o confronto contra o Brasil, Lionel Messi e Sergio Agüero estão confirmados no ataque da equipe. Messi foi suspenso pela FIFA após os comentários contra a arbitragem no jogo entre as seleções na Copa América e retorna justamente contra os brasileiros.

Brasil Argentina Neymar
Argentina conta com o retorno de Lionel Messi após suspensão pela FIFA. Reprodução/Twitter Seleção Argentina

O técnico Lionel Scaloni tem apenas duas dúvidas para o jogo. O atleta do Grêmio Walter Kannemann disputa vaga na zaga com Germán Pezzela. Já no meio campo, Lo Celso e Marcos Acunã disputam posição no setor.

Assim, os 11 titulares de Scaloni devem ser: Andrada, Foyth, Otamendi, Pezzela e Tagliafico; Paredes, De Paul e Lo Celso; Lautaro Martínez, Messi e Agüero.

BRASIL x ARGENTINA

Amistoso internacional

Data, hora e local: 15 de novembro de 2019, às 14h, no King Saud University Stadium.

Onde assistir: TV Globo (Galvão Bueno na narração, Júnior e Casagrande nos comentários e Paulo Cesar de Oliveira na análise da arbitragem) e no SporTV (Luiz Carlos Jr na narração com Lédio Carmona e Muricy Ramalho nos comentários).

Brasil: Alisson, Danilo, Éder Militão, Thiago Silva, Alex Sandro; Casemiro, Arthur, Lucas Paquetá, Gabriel Jesus,Willian; Roberto Firmino

Argentina: Andrada, Foyth, Otamendi, Pezella e Tagliafico; Paredes, De Paul e Lo Celso; Lautaro Martínez, Messi e Agüero

Trio de arbitragem: Matthew Conger (FIFA-Nova Zelândia) será o responsável pelo apito, auxiliado por James Rule (FIFA-Nova Zelândia) e Tevita Makasini (FIFA-Tonga).

neymar seleção psg

Neymar tem lesão muscular e desfalca PSG por um mês

Neymar sofreu uma lesão muscular de grau 2 na coxa esquerda e vai desfalcar o PSG (Paris Saint-Germain) – e o Brasil -por cerca de um mês. O camisa 10 saiu machucado aos 11 minutos de jogo no amistoso da seleção brasileira contra a Nigéria neste domingo (13).

Depois de deixar Singapura, o atacante passou por uma ressonância magnética nesta segunda-feira (14) em Paris e obteve a estimativa do tempo de recuperação para a lesão no músculo bíceps femoral da perna esquerda.

Com a lesão, Neymar vira ausência do PSG por quatro semanas. Ou seja, ele vai perder duas rodadas da fase de grupos da Champions League. Vale lembrar que ele cumpriu suspensão nos jogos contra Real Madrid e Galatasay, mas poderia retornar contra o Club Brugge no próximo dia 22.

Contudo, agora o clube francês só poderá ter Neymar apto a jogar no dia 26 de novembro, contra o Real Madrid no estádio Santiago Bernabéu. O jogo será válido pela quinta rodada da Champions.

Além disso, Neymar também se tornará ausência na próxima convocação de Tite. O Brasil terá dois amistosos, contra Argentina e Coreia do Sul, em novembro. Ou seja, ele ainda deverá estar em processo de transição.

Neymar volta a ser desfalque do PSG (Divulgação / PSG)

NEYMAR E LESÕES FREQUENTES PELA SELEÇÃO

Essa é a terceira lesão que Neymar sofre pela seleção brasileira no último ano.

Em novembro de 2018, ele se machucou no amistoso contra Camarões e ficou de fora da eliminação da Champions diante o Manchester United.

Já em junho de 2019, rompeu o ligamento no jogo contra o Catar – último amistoso preparatório do Brasil para a Copa América.

Por fim, vale lembrar que Neymar também foi ausência do PSG na Liga dos Campeões 17/18, quando os parisienses foram eliminados pelo Real Madrid.