Volante do Londrina avalia momento da equipe antes da final

Nesta quarta-feira (28), Atlético-PR e Londrina decidem o título da Taça Caio Júnior, segundo turno do Campeonato Paranaense. As duas equipes eliminaram respectivamente Maringá e Paraná. O LEC teve um pouco mais de dificuldade, precisou dos pênaltis para passar a final, enquanto o Atlético goleou o Maringá por 5 a 0.

O volante Diego Lorenzi, que chegou recentemente ao Londrina, vindo do Luverdense, ganhou espaço na equipe e tem se tornando uma peça importante na equipe do técnico Marquinhos Santos. Tanto que na última partida, Lorenzi assumiu a braçadeira de capitão e liderou a equipe dentro de campo.

Pensando na final, o volante falou um pouco como chega a autoestima da equipe, após a suada vitória contra o Paraná: “Chegamos com a autoestima renovada. Muito mais organizados e competitivos. Tem tudo para ser um grande jogo.” Disse Lorenzi.

Atlético-PR e Londrina, se enfrentaram recentemente. As duas equipes empataram em 0 a 0, em partida válida pela 4º rodada da Taça Caio Júnior. Lorenzi falou um pouco sobre a relação entre as duas partidas, e pregou respeito ao Atlético. “Cada jogo tem sua história. Lá era fase de classificação, hoje é uma decisão. Apesar de serem os mesmos times, mas o momento é outro, esperamos um jogo difícil, equilibrado e com os dois times com chances de saírem vitoriosos em campo.”

Londrina anuncia contratação de volante Lorenzi

O Londrina oficializou a contratação do voltante Lorenzi para a sequência da temporada. O jogador, de 28 anos, coleciona passagens pelo futebol europeu e acessos aqui no Brasil.

“Venho para agregar e buscar o melhor resultado para o Londrina nos objetivos do clube neste ano […] Vir para cá acredito que seja uma das melhores escolhas que fiz na minha carreira, por isso vou tentar desfrutar deste momento e corresponder da melhor maneira possível à confiança que estão me dando aqui”, promete.

Lorenzi começou a carreira no Toledo, time do interior do Paraná. Passou pelo futebol paulista, gaúcho e mineiro. Foi inclusive em Minas onde conseguiu um dos primeiros sucessos da trajetória, quando ajudou o Boa Esporte a subir para a elite do Estadual, em 2011. Por lá, foi também um dos responsáveis a levar o América Mineiro da Série B para a Série A do Brasileiro em 2015.

Volante com perfil aguerrido, daqueles que priorizam a marcação, Lorenzi afirma que também não abre mão de ajudar no ataque. “Se derem brecha, gosto de chegar lá na frente e fazer os meus gols também”, conta o jogador com bom-humor. Nas duas últimas temporadas, ele foi uma das referências do Luverdense-MT e do Sampaio Corrêa-MA.

“O torcedor pode esperar da minha parte muita dedicação, trabalho e empenho. Dou o meu máximo do primeiro ao último minuto do jogo. Essa é uma filosofia que levo não só para o campo, mas para a minha vida também”, afirma o atleta, que tem contrato inicial com o Londrina até o fim da temporada.

“Creio que o Londrina tem plenas condições de fazer um grande segundo turno no Campeonato Paranaense […] Vim também com o objetivo de ajudar o clube a conquistar este que passa a ser também meu maior objetivo a partir de agora: subir para a Série A do Campeonato Brasileiro”, encerra.