Não estique as histórias em suas conversas

 

Um dos maiores erros da comunicação interpessoal é a falta de objetividade. Há gente que estica as histórias que contam, sem perceber que a paciência dos outros tem limite.  É como se a pessoa falasse só para si mesma. O resultado disso, com o tempo, é o isolamento e a perda de oportunidades, porque ninguém quer chatos por perto. Confira neste vídeo:

 

 

Veja outros vídeos da coluna “Sua Comunicação”

 

Contato com José Wille.

 

Clique aqui para conhecer também a nossa outra coluna neste portal: “Memória Paranaense”.

 

Você pode ser um chato sem saber.

 

Você conhece muita gente que considera chata,  mas também pode ser visto como um chato pelos outros. Este vídeo mostra qual é um dos maiores defeitos dos chatos, e como isso estraga carreiras profissionais, e até vidas.

 

 

Veja outros vídeos da coluna “Sua Comunicação”

 

Contato com José Wille.

 

Clique aqui para conhecer também a nossa outra coluna neste portal, “Memória Paranaense”.

 

 

Saiba dizer não e evite ser escravizado pelos outros

.

Saber dizer não é fundamental para viver em paz. Quem sabe negar pedidos exagerados,  demonstra ter posicionamento e evita que outras pessoas se aproveitem, transferindo tarefas e responsabilidades.

Confira no vídeo:

 

 

Veja outros vídeos da coluna “Sua Comunicação”.

 

E clique aqui para ver também os destaques de nossa coluna, Memória Paranaense, no Paraná Portal.

 

Contato com José Wille

 

 

 

Aeroporto de Curitiba é eleito o melhor do país

Após um ano, o aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, voltou a ser eleito pelos passageiros como o melhor do país, de acordo com uma pesquisa divulgada pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, nesta quinta-feira (14).

Na média nacional, os 15 aeroportos responsáveis por 80% da movimentação do país tiveram 86% de aprovação. O Aeroporto Santos Dumont (RJ) ficou em segundo lugar, com nota 4,44; seguido de Guarulhos (SP), com 4,40; Recife (PE), com 4,36; e Viracopos (SP), com 4,34. Entre os aeroportos que mais evoluíram em relação ao mesmo período do ano passado, estão Guarulhos (8,8%) e Santos Dumont (8,6%), duas das principais portas de entrada para a Olimpíada e Paralimpíada.

O que recebeu a pior avaliação foi o aeroporto de Cuiabá, no Mato Grosso. Foram ouvidos 13.452 passageiros dos 15 maiores aeroportos no estado. O levantamento é feito a cada três meses. São avaliados 38 itens e serviços de cada aeroporto, como limpeza dos banheiros, preço da comida e fila de espera no check-in e na restituição de bagagem.

Dos 38 indicadores avaliados, Curitiba alcançou a maior nota em 15 deles. Outros indicadores que tiveram a melhor avaliação entre todos os aeroportos foram tempo de fila de aduana e cordialidade dos funcionários da emigração (4,98); Limpeza geral do aeroporto (4,84); e disponibilidade de assentos na sala de embarque (4,82). Por outro lado, o terminal ficou com o menor índice na qualidade da internet/WI-FI (2,24). Neste indicador, o Aeroporto do Santos Dumont garantiu o primeiro lugar, com nota 4,26.

evolucao_percepcao_indicador_satisfacao_geral_2016

Copel é eleita a melhor distribuidora do Brasil na avaliação do cliente

AEN

A Copel foi eleita pelo terceiro ano consecutivo a melhor distribuidora de energia do Brasil na opinião dos consumidores – é também a quinta vez nos últimos seis anos que a empresa recebe a premiação.

A divulgação foi feita em Brasília, nesta quarta-feira (22), durante a cerimônia de entrega do 18º Prêmio da Associação Brasileira das Distribuidoras de Energia (Abradee). Além do prêmio na avaliação pelo cliente, a Companhia também foi reconhecida como a melhor distribuidora da Região Sul. A conquista vem um dia depois da Copel reduzir sua tarifa residencial em 14,3%.

A Copel concorreu com empresas de distribuição de energia de todo o País em diferentes categorias e teve a maior nota no índice de satisfação da qualidade percebida (ISQP). O índice é calculado a partir de um questionário com cerca de 100 perguntas através das quais mais de 2 mil consumidores de todo o Paraná avaliaram a empresa em cinco diferentes áreas de qualidade – fornecimento de energia, informação e comunicação, imagem da empresa, conta de luz, e atendimento ao consumidor.

“A Copel ser eleita pelo cliente como a melhor distribuidora do Brasil nos deixa especialmente felizes porque estamos sendo reconhecidos pela população paranaense, cuja satisfação é o principal objetivo da nossa empresa”, comemorou o presidente da Companhia, Luiz Fernando Leone Vianna. “Vamos trabalhar para aumentar ainda mais qualidade do serviço prestado aos paranaenses”, disse.

Além da categoria conquistada, a Copel concorreu como finalista em outras quatro categorias: melhor distribuidora do Brasil, qualidade da gestão e evolução do desempenho.

RECONHECIMENTO – Cinco empregados da distribuição que trabalham diretamente com os clientes da Copel também foram para Brasília receber os prêmios. Wagner Cardoso, eletricista de manutenção, Ticiani Santi, teleatendente, Douglas Wudarski, leiturista, Rafael Brandt, eletricista de serviço, e Claire Liter, atendente presencial. Todos foram escolhidos pela produtividade, desempenho, comprometimento e ética no trabalho que desenvolvem.

HISTÓRICO DE VITÓRIAS – O Prêmio Abradee foi criado em 1999 com o objetivo de reconhecer o trabalho das melhores distribuidoras de energia, em categorias que premiam diferentes aspectos da atuação das empresas, como gestão operacional e econômico-financeira, evolução do desempenho ao longo do tempo e responsabilidade social. Também são reconhecidas as melhores distribuidoras das regiões Norte/Centro-Oeste, Nordeste, Sul e Sudeste.

Devido ao tamanho da área de concessão das empresas, a Abradee divide as distribuidoras em duas categorias para a premiação: até 500 mil consumidores e acima de 500 mil consumidores – da qual a Copel faz parte.

Com os títulos desse ano, a Companhia acumula 19 troféus, em diferentes categorias, na história do Prêmio Abradee, São seis na avaliação do cliente, três como a melhor distribuidora nacional, cinco como a melhor da região Sul, duas em gestão operacional e, ainda, um troféu em cada uma das seguintes categorias: gestão econômico-financeira, qualidade da gestão e responsabilidade social.