ex-militar paraná

Ex-militar tem surto, faz mãe de 99 anos como refém e efetua mais de 60 tiros dentro de casa

Um senhor de 74 anos, ex-militar, teve um surto psicótico na noite desta segunda-feira (7) e causou pânico aos moradores do bairro Mercês, em Curitiba. Ele efetuou mais de 60 disparos dentro do apartamento onde mora e exigiu uma operação de cinco horas da polícia. Além disso, fez sua própria mãe, de 99 anos, e a enfermeira dela, de 50 anos, como reféns.

As duas foram liberadas após três horas de negociação com o suspeito, mas o caso só foi resolvido quando o homem se jogou da janela, uma altura de três metros, após a polícia jogar duas bombas de gás lacrimogênio no apartamento do segundo andar. Além disso, o idoso ainda foi baleado – com bala de borracha – na perna, mas passa bem após ser encaminhado ao Hospital Evangélico, onde ainda está internado.

De acordo com a assessoria do hospital, ele vai passar por avaliação da psiquiatria, psicologia e ortopedia. Por enquanto, ele apresenta um quadro estável e não tem previsão de alta.

“Diante do risco de uma pessoa em surto psicótico, que estava bem armado, com muita munição disponível, o encerramento dessa situação foi a melhor possível, pois não houve feridos e o causador do evento crítico foi contido sem ferimentos graves causados pela PM”, explicou o tenente-coronel Anderson Teixeira.

No total, foram apreendidas três armas, um colete balístico e 386 munições – 274 de calibre .38 e 112 de calibre .12. Além disso, o suspeito ainda tinha 3.390 espoletas e uma máquina de recarga de munições.

O SUSPEITO

Conforme as informações da PMPR (Polícia Militar do Paraná), Luiz Carlos de Campos era ex-militar, já trabalhou como professor de francês em Curitiba e não tinha antecedentes criminais. Além disso, tinha registro de quatro armas de fogo.

“O local que ele estava confinado, fez várias barricadas. Ele não respondeu à negociação e efetuou vários disparos. Foram vistas duas armas longas, uma calibre 12 e uma espingarda winchester, e também um revólver calibre 38”, conta o coronel Hudson Teixeira.

“Nós optamos por não fazer o uso do sniper para preservar a vida dele e fazer com que ele saísse com a utilização do gás lacrimogênio. Ele pulou de uma altura de três metros e foi atingido por munição não letal. Primeiro ele jogou um machado para tentar arrebentar a parede e depois usou para arrebentar a janela. No momento que ele pulou, estava desarmado”, completa o coronel.

CASO ATRAPALHAM O TRÂNSITO

Duas quadras da Rua Martim Afonso (entre a Alameda Prudente Moraes e a Rua Visconde do Rio Branco) acabaram sendo bloqueadas em Curitiba. Além do isolamento da área, a PMPR também evacuou as residências no apartamento onde o ex-militar estava.

Com a ocorrência, que durou cinco horas, o congestionamento foi grande e o fluxo de carros ficou carregado na região.

trânsito curitiba ex-militar surto
Trânsito ficou pesado em Curitiba após surto de ex-militar. (Colaboração)

Mulheres são presas no Paraná com munições de fuzil coladas ao corpo

Três passageiras de um ônibus que vinha de Foz do Iguaçu, região oeste do Paraná, foram presas na noite desta sexta-feira (23), com mais de mil munições de fuzil coladas ao corpo.

As passageiras seguiam para o Rio de Janeiro quando o ônibus foi abordado pela PRF-PR (Polícia Rodoviária Federal), na BR 277, em frente à unidade operacional da polícia, em Santa Terezinha do Itaipu.

Os projéteis, de calibres 556 e 223, estavam colados nas costas de três passageiras.

Além das munições, também foram apreendidas duas pistolas calibre 9 milímetros, de fabricação turca.

Veja o vídeo da abordagem

Na noite da última quinta-feira (22) a PRF prendeu dois homens que carregavam mais de 5 mil munições coladas ao corpo. A munição também veio de Foz do Iguaçu e seguia em direção à capital paranaense.

A equipe da PRF encaminhou as armas, as munições e as três presas para a Delegacia da Polícia Civil em Santa Terezinha de Itaipu.

 

 

PRF ´rende dois passageiros que vinham pra Curitiba com munição grudada ao corpo

Passageiros de ônibus são presos com mais de 5 mil munições grudadas ao corpo

Com 5.208 munições grudadas no corpo, dois passageiros de ônibus foram presos em flagrante pela PRF-PR (Polícia Rodoviária Federal). A dupla foi detida durante a viagem que faziam: eles saíram de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, e iriam para Curitiba.

Do total de cartuchos, 5.005 unidades são de calibre 9 milímetros, 201 para fuzil calibre 556, e os dois restantes para fuzil calibre 7,62. Os projéteis estavam colados com fita adesiva, junto ao corpo de dois passageiros, na região das pernas e abdômen.

O ônibus foi abordado pela PRF, na BR 277, região de Cascavel, em frente à unidade operacional da polícia.

 

Os dois passageiros, ambos com 20 anos de idade,  disseram que pegaram as munições em Foz do Iguaçu e que pretendiam levar para Curitiba. Um dos presos é de Fazenda Rio Grande e o outro de Araucária. Os dois municípios pertencem à região metropolitana de Curitiba.

A PRF encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Federal de Cascavel, região oeste do Estado.

Imagens: Divulgação Agência PRF
fuzil_munição_apreensão_rio_de_janeiro_paraná

Arsenal destinado ao Rio de Janeiro é interceptado no Paraná

Um arsenal de armas e munições que seria levado ao Rio de Janeiro foi apreendido nesta sexta-feira (31) na BR-369, em Ubiratã, no centro-oeste do Paraná. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontrou um fuzil, 16 pistolas e 5.701 munições (a maior parte para fuzis).

O material foi encontrado no fundo falso de uma caminhonete, entre o assoalho do porta-malas e o tanque de combustível. O motorista – um homem de 56 anos – foi preso em flagrante por tráfico internacional de armas de fogo.

O arsenal veio do Paraguai e tinha como destino o município de São Gonçalo (RJ), possivelmente para reforçar o poder de fogo do crime organizado.

O motorista da caminhonete, preso em flagrante, foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Federal (PF) de Cascavel, no oeste do Paraná.

ARMAS E MUNIÇÕES

O fuzil apreendido é de calibre 556 de fabricação alemã. Entre as pistolas, 14 são de calibre 9mm e duas .40, fabricadas nos Estados Unidos, na Turquia e na Argentina.

Entre a munição apreendida a PRF encontrou cerca de 2,9 mil cartuchos para fuzil calibre 556 e outros 350 projéteis para calibre 762.

PRF apreende armas e mais de 2,2 mil munições no oeste do PR

Quatro pessoas foram presas em duas ocorrências distintas na BR-277, uma delas em Santa Terezinha de Itaipu e outra em Céu Azul, no Oeste do Paraná, por equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na noite deste sábado (19). Foram apreendidas duas pistolas e 2.225 munições na região oeste do Paraná.

A primeira apreensão foi registrada em Santa Terezinha de Itaipu. Os agentes da PRF desconfiaram de um passageiro de 61 anos de idade, que estava a bordo de um ônibus de linha que saiu de Assunção, no Paraguai, com destino a Florianópolis (SC).

O ônibus foi abordado na BR-277, em frente à unidade operacional da PRF, por volta de 19h15. As munições estavam sob o corpo, nos bolsos, calçados e bagagem do passageiro.

Entre as munições apreendidas estão 1.250 de calibre 32; 525 de calibre 38; 300 de calibre 6.35 mm; e 150 de calibre 22.

Aos policiais rodoviários federais, o homem disse que comprou os projéteis em Foz do Iguaçu (PR) e que pretendia vendê-los em Florianópolis (SC).

O crime de comércio ilegal de armas de fogo prevê pena de quatro a oito anos de prisão. A PRF encaminhou o preso e as munições para a Delegacia da Polícia Civil em Santa Terezinha de Itaipu.

Pistolas

Pouco mais de uma hora depois, às 20h30, outra equipe da PRF abordou um automóvel Peugeot 208 em Céu Azul, também na BR-277.

O carro era conduzido por um motorista de nacionalidade paraguaia, de 27 anos de idade, e tinha duas passageiras, ambas brasileiras, com 18 e 44 anos.

Durante a abordagem, os policiais rodoviários federais localizaram duas pistolas calibre 9 milímetros, ambas ocultas no compartimento do motor do veículo, sob um filtro de ar.

Após a localização das armas, o motorista disse que as pegou em Foz do Iguaçu (PR) e que pretendia levá-las até Balneário Camboriú (SC). Dentro do carro havia ainda mercadorias compradas no Paraguai, que serão encaminhadas à Receita Federal de Foz do Iguaçu.

Os três ocupantes do carro foram presos e encaminhados à Delegacia da Polícia Civil em Matelândia.

 

Adolescente é apreendida com arma e munição em escola do PR

Uma adolescente, de 16 anos, foi apreendida em uma escola estadual de Cambé, no norte do Paraná, com uma arma e munição.

De acordo com a Polícia Civil, o diretor da escola recebeu uma denúncia de que a menina estaria armada e pediu para ver a bolsa da adolescente, onde encontrou as munições.

Ela foi encaminhada para a sala da diretoria, onde mostrou que estava com uma arma, 32, na cintura. Os pais e a Polícia Militar foram chamados.

A adolescente prestou depoimento à polícia e afirmou que ela trabalha cuidando de uma senhora no contra turno escolar, encontrou a arma no último sábado (21), achou “legal” e levou à escola para mostrar as amigas. Ainda segundo ela, a arma seria devolvida no mesmo dia.

A Polícia informou que como não houve crime de ameaça, ela assinou um boletim de ocorrência circunstanciado e foi liberada.

O caso aconteceu na tarde de ontem (23) no Colégio Estadual Professora Helena Kolody.

 

 

PRF apreende 2.400 munições, oito pistolas e 686 quilos de maconha

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 2,4 mil munições, oito pistolas e 686 quilos de maconha na tarde desta sexta-feira (16) em Alto Paraíso, na região noroeste do Paraná. Todas as oito pistolas são de calibre 9 milímetros. Do total de munições, 2.300 são de calibre 9 milímetros e as outras cem, de calibre 380. O motorista de um automóvel Chevrolet Prisma que transitava pela BR-487 desobedeceu a ordem de parada dos agentes da PRF.

Seguido pelos policiais rodoviários federais, ele transitou em alta velocidade e pela contramão, até perder o controle do veículo, rodar e colidir contra uma mureta de concreto. Na sequência, o motorista fugiu a pé, em meio a uma área de mata. Dentro do Prisma, a equipe da PRF encontrou as armas, munições e 364 quilos de maconha. Enquanto os agentes da PRF faziam buscas pela mata, um segundo veículo, modelo Volkswagen Polo, foi encontrado escondido no local. Dentro dele havia outros 322 quilos de maconha.

O Polo tinha ainda alerta de roubo, registrado em janeiro de 2016 no município de Porto Alegre (RS). A PRF encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Civil em Xambrê

Grávida é presa com 2 mil munições no PR

Com Metro Jornal Curitiba

Uma passageira que levava 2.250 munições foi presa no último domingo em um ônibus que ia de Paranavaí, na região Noroeste, para Curitiba.

A mulher, que está grávida de sete meses, levava as munições, de calibre 9mm, de uso restrito das Forças Armadas  no bagageiro.

O material foi encontrado na BR-376 em Mauá da Serra.

A pena para o crime é de até seis anos de prisão.

PRF apreende 857 quilos de maconha, arma e 228 munições

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 857,1 quilos de maconha, uma pistola e 228 munições na noite desta quinta-feira (30) em Cascavel, na região oeste do Paraná

A droga, a arma e as munições eram transportadas em uma caminhonete que transitava pela BR-277. Por volta das 19 horas, uma equipe da PRF deu ordem de parada aos dois homens que estavam no veículo. Após desobedecerem a ordem, os ocupantes da caminhonete passaram a ser seguidos pelos policiais rodoviários federais.

Alguns quilômetros à frente, eles abandonaram o veículo e fugiram a pé, em meio a uma área de mata fechada. Os dois ainda não foram localizados.

A pistola, de calibre 9 milímetros, estava pronta para uso. Das 228 munições apreendidas, 99 são de calibre 9 milímetros e as outras 129, de calibre 380.

Com placas clonadas, a caminhonete havia sido roubada, no último dia 27 de junho, em Curitiba.

A PRF encaminhou o veículo, a droga, a arma e as munições para a 15ª Subdivisão da Polícia Civil em Cascavel.