Escritor - Curitiba - Desenvolviemnto Sustentável - Crianças

Escritor de Curitiba lança livro infantil sobre desenvolvimento sustentável

O desenvolvimento sustentável é um conjunto de práticas que permite maior bem-estar social em conjunto com o meio ambiente. E um escritor de Curitiba tem como objetivo levar esses conceitos para a sociedade por meio das crianças.

Rodrigo Titon irá lançar em Curitiba nesta sexta-feira (13), o livro “O Menino Hiper Ativo em: O que são as ODS?”. A publicação será a segunda com o personagem que Titon criou inspirado em seu filho de quatro anos.

“Ano passado eu fiz um livro em homenagem ao meu filho e dei o nome do livro de ‘O Menino Hiper Ativo’. Na época ele tinha três anos e era uma pessoa muito ativa, embora não tenha o transtorno de hiperatividade”, explicou o escritor.

O que são as ODS?

Titon é um dos participantes do programa ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) da ONU (Organização das Nações Unidas), Ao todo são 17 propostas que pregam não somente a proteção ao meio ambiente, mas também maior igualdade social.

A ONU lançou o projeto em 2015, com objetivo de cumprir todas as metas até o ano de 2030. Titon decidiu auxiliar o projeto com sua obra esse e explicar com linguagem e práticas acessíveis para o público infantil a importância da conscientização sobre o desenvolvimento sustentável.

“A sustentabilidade acaba sendo um conceito tão abrangente que na prática fica difícil você definir o que ela é. Falar do ODS para o público infantil, possibilita que as crianças disseminem esse conhecimento dentro de casa e também na escola ou em outros núcleos que ela participe”, analisou Titon.

As aventuras de Pedro Titon, o menino hiper ativo, já conseguiram boa impressão da crítica. A primeira publicação do escritor foi indicada ao Prêmio Jabuti. principal premiação da literatura brasileira. O resultado dos finalistas desta edição será divulgado no mês de novembro.

“A paz e a erradicação da pobreza são alguns temas dentro da sustentabilidade que muitas vezes não ganham a atenção que merecem. Quando falamos em pobreza, olhamos normalmente para fora e esquecemos do olhar para o nosso local, como por exemplo a Caximba, aqui em Curitiba”, finalizou Titon.

Serviço

Livro: O Menino Hiper Ativo em: O que são as ODS?;

Autor: Rodrigo Titon;

Ilustrações: Marcelo Bittencourt;

Editora: Verso;

Páginas: 22;

Lançamento: 13 de setembro (sexta-feira), das 19h às 21h30;

Endereço: Shopping Pátio Batel, Livraria da Vila. Avenida do Batel, 1868 – Loja 314, Batel, Curitiba, Paraná.

Termina o 1º Encontro de Educação Executiva Responsável

Cases, ideias, projetos, trocas de experiências e workshops fizeram parte do 1ª Encontro de Educação Executiva Responsável do Mercosul, que reuniu no Parque Tecnológico da Itaipu Binacional gestores das escolas signatárias do Pacto Global do Brasil, da América Latina e do Caribe, além de profissionais da área. O evento foi realizado pelo PRME, Chapter Brasil e LAC, com o apoio do ISAE – Escola de Negócios, Parque Tecnológico Itaipu, Itaipu Binacional, Pacto Global Rede Brasil e Pacto Global Rede Argentina.

“Esse evento é um marco na história do PRME Chapter Brasil, o local escolhido, Foz do Iguaçu, serviu para aproximar os países da região da fronteira, o que propiciou uma oportunidade de unir países de grande importância dentro do Mercosul”, explica o presidente do ISAE e do Capítulo Brasil do PRME, Norman de Paula Arruda Filho, que complementa “Durante esses dois dias estreitamos relacionamentos e estimulamos ainda mais a integração de ideias, projetos e, principalmente, pesquisas”

Para René Maurício Valdés, coordenador do PNUD Argentina o encontro foi uma mostra concreta de como a agenda 2030 desperta um enorme interesse na comunidade acadêmica, particularmente nas escolas de negócios responsáveis por formar líderes transformadores. Já para Bárbara Dunin, assessora da Rede Brasil do Pacto Global, está muito claro que a implementação dos ODS nas empresas e nas escolas é um caminho irreversível. “Os ODS são uma importante ferramenta para utilização no planejamento estratégico das empresas”, garante.

Um dos fundadores do Parque Tecnológico da Itaipu e atual coordenador da Universidade Corporativa e presidente do Conselho de Curadores da Fundação, Jorge Habib Hanna El Khouri, celebra: “A Itaipu tem em sua história o comprometimento com a educação e com a formação da massa crítica desse país. Receber esse evento, aqui no Parque Tecnológico vem coroar nosso maior objetivo que é o compartilhamento do conhecimento”.

Saiba mais: https://www.mercosulconference.com

Mudanças climáticas são debatidas no III Ciclo de Estudos sobre os ODS

“O lema agora é não deixar ninguém para trás”, com essa frase, Isabela Drago, gestora da informação do Núcleo de Indicadores de Desenvolvimento e Pesquisa (NIDEP), do Sesi, inicia o segundo painel do III Ciclo de Estudos sobre os ODS, que debateu o objetivo 13, que trata das mudanças climáticas, no ISAE – Escola de Negócios. O evento é uma realização do Sesi Paraná, CIFAL Curitiba e Faculdade da Indústria com a parceria da Celepar.

Ao longo da manhã da última terça-feira (18), o diretor do Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres, da Defesa Civil, Capitão Eduardo Pinheiro; o presidente do ISAE e presidente do Capítulo Brasileiro do PRME, Norman de Paula Filho e o gerente de Tratamento de Esgoto para Curitiba e Região Metropolitana, Charles Carneiro, com mediação do professor Devanir Simões, revezaram-se nas explanações sobre o cenário atual das mudanças climáticas e previsão para o futuro. “ A Educação é essencial para o nosso caminho. Não adianta explicarmos os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), temos que sensibilizar a sociedade, pois não existe solução isolada para cada um dos ODS”, explica o presidente da Escola de Negócios.

Já Charles Carneiro chamou atenção para a disponibilidade hídrica no Estado do Paraná. “Nosso problema não será a quantidade de água disponível e sim a qualidade dessa água. Precisamos realizar ações preventivas, pois elas ainda são mais eficientes do que as ações mitigadoras”. Para finalizar, o Capitão Eduardo Pinheiro, ressaltou a omissão do poder público em relação à um planejamento estratégico e preventivo sobre desastres naturais. “O Brasil ainda subestima a avaliação do impacto dos desastres na economia. Não estamos preparados para nos anteciparmos ao resulto desses acontecimentos”.

O próximo encontro do III Ciclo de Estudos sobre os ODS acontecerá no dia 22 de maio, às 19h30min, na FAE, em São José dos Pinhais.

Ciclo de Estudos sobre os ODS abordará as mudanças climáticas

Na próxima terça, dia 18, às 8h, o ISAE receberá o segundo encontro do III Ciclo de Estudos sobre os ODS. O tema dessa edição será o ODS 13 – Tomar medidas urgentes para combater a mudança do clima e seus impactos. Realizado pelo Sesi Paraná, Cifal Curitiba e Faculdade da Indústria, em parceria com o ISAE e a Celepar, o evento terá entrada gratuita e transmissão simultânea pela Celepar. Mais informações pelo telefone: (41) 3271 7750.

Palestrantes:

  • Capitão Eduardo Pinheiro, diretor do Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres, da Defesa Civil;
  • Norman de Paula Arruda Filho, presidente do ISAE – Escola de Negócios e Presidente do Capítulo Brasileiro do PRME;
  • Charles Carneiro, Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento da Sanepar.
    Moderador: Devanir Simões, professor do ISAE/FGV.

As inscrições são gratuitas e podem ser confirmadas pelos seguintes e-mails:
Presencial – ana.toledo@sesipr.org.br
Online – aline.lima@cifalcuritiba.org.br
Será emitido certificado de participação.