cocaína, apreensão, apreendida, porto de paranaguá, paranaguá, litoral, paraná, receita federal, rfb, polícia federal, pf

Receita Federal apreende 454 kg de cocaína no Porto de Paranaguá

A Receita Federal apreendeu nesta quinta-feira (9) 454 kg de cocaína no Porto de Paranaguá, no litoral do Paraná. Foi a primeira apreensão de 2020.

Conforme as informações confirmadas pela alfândega, o cloridrato de cocaína estava escondido em um contêiner carregado com bobinas de papel. A carga era destinada ao Porto de Antuérpia, na Bélgica.

De acordo com os agentes federais, os traficantes usaram uma estratégia que já havia sido adotada em tentativas registradas no final do ano passado. A fim de dificultar a fiscalização, os criminosos esconderam a cocaína no contêiner armazenado no segundo andar da pilha.

Ou seja, os traficantes precisaram escalar outros contêineres para alcançar a carga alvo da contaminação.

A cocaína foi descoberta a partir do uso de um aparelho de scanner, principal método de fiscalização do principal porto do litoral do Paraná.

De acordo com a Receita Federal, ninguém foi preso. A droga foi encaminhada à delegacia da PF (Polícia Federal) em Paranaguá, a quem caberá investigar o caso.

Em 2019, foi batido o recorde histórico de apreensões do cocaína no Porto de Paranaguá. Foram 15.238 kg da droga interceptados. O número representou um aumento de 205% em relação às apreensões do ano anterior. Em 2018, foram encontrados  4.985 kg de cocaína no terminal.

A história do Porto de Paranaguá

 

Veja neste vídeo a história do Porto de Paranaguá, e a sua importância para o crescimento do estado.

E clique aqui para encontrar um grupo sobre a memória paranaense no Facebook, criado por esta coluna.

Aqui está o grupo de memória de Paranaguá. E aqui está o grupo “Memória da Navegação no Brasil”.

 

 

 

Clique aqui para encontrar outras publicações desta coluna.

 

Contato com José Wille.

 

 

portos, paraná, porto de paranaguá, porto de antonina, paranaguá, antonina, recorde, movimentação, exportação, 2019, safra, soja

Portos do Paraná batem recorde de movimentação em 2019

O Porto de Paranaguá ultrapassou, na madrugada desta terça-feira (31), a marca de 53 milhões de toneladas de produtos movimentados. Essa é um novo recorde para o maior terminal de cargas do litoral do Paraná. O volume supera o movimento registrado em 2018.

No Porto de Antonina, foram mais de 908 mil toneladas de produtos movimentados. A operação de 2019 supera o ano passado em 17%.

Assim, mesmo com a qubra na safra de soja basileira no primeiro trimestre, os portos do Paraná registraram o melhor ano da história.

Outro fator com potencial para prejudicar o embarque de grãos é o clima. Em 2019, os registros de chuva foram 8% maiores do que no ano passado.

“Foi um ano desafiador, em que a eficiência foi determinante para manter o alto índice de produtividade. Temos regras claras para embarque e desembarque, excelente infraestrutura e um corpo técnico qualificado. Conquistamos a confiança do mercado nacional e internacional”, destacou o diretor-presidente dos portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia.

EXPORTAÇÕES NOS PORTOS DO PARANÁ

Dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, atualizados até novembro, mostram receita cambial positiva. No Porto de Paranaguá, as exportações representaram US$ 15,4 bilhões e as importações somaram US$ 11,6 bilhões.

GRÃOS

A soja liderou as exportações, mesmo com queda de 26% na comparação com o ano anterior. Em 2019 foram 11.290.203 toneladas embarcadas. O destaque entre os granéis foi o milho, que teve crescimento de 420%. Foram 5.670.500 toneladas movimentadas. Os farelos somaram 5.175.627 toneladas. O açúcar em grãos superou 2,4 milhões de toneladas. Assim, o Corredor de Exportação bateu recorde de produtividade, com mais de 22 milhões de toneladas embarcadas.

O malte e a cevada, importados via Porto de Paranaguá, somaram 533.878 toneladas, o que representa aumento de 54% nos desembarques realizados entre 2018 e 2019.

FERTILIZANTES

Em Paranaguá foram recebidas 9.393.140 toneladas de adubo neste ano. Em Antonina, foram mais 559.386 toneladas.

LÍQUIDOS

Entre janeiro e dezembro de 2019, as exportações de granéis líquidos somaram 1.375.699 toneladas, 23% menos que no mesmo período de 2018. Já as importações tiveram alta de 5% e chegaram a 5.560.742 toneladas. Ao todo, foram 6.936.441 toneladas de líquidos movimentadas, valor 2% menor que no ano anterior.

CONTÊINERES

A movimentação de carga por contêiner cresceu 12%. Foram 432.096 unidades exportadas e 431.918 importadas.

PAÍSES

Os principais destinos dos produtos exportados pelos Portos do Paraná foram China (11,3 milhões de toneladas), Irã (3,1 milhões), Japão (1,9 milhões), Holanda (1,7 milhão) e Coreia do Sul (1,3 milhão).

Nas importações, os produtos vieram principalmente dos Estados Unidos (3,2 milhões de toneladas), China (2,2 milhões), Rússia (1,6 milhão), Canadá (1 milhão) e Marrocos (981.404).

O número de navios recebidos em 2019 foi 3% maior que em 2018. Foram 2.398 atracações neste ano, contra 2.323 no ano passado.

* Com informações da AEN

resgate, afogou, bombeiros, bpmoa, falcao 03, helicóptero, pescador, mangue, paranaguá, litoral, paraná, polícia militar, afogado

Pescador se afoga e desaparece em área de mangue no litoral do Paraná

Os bombeiros buscam por um pescador que desapareceu neste domingo (29), em Paranaguá, no litoral do Paraná. Conforme os socorristas, a vítima tem cerca de 30 anos e se afogou em uma área de mangue no momento em que caçava caranguejos.

De acordo com testemunhas, o pescador estava acompanhado de um amigo. Quando percebeu o perigo, pediu socorro. O amigo chegou a pular na água para tentar resgatá-lo, mas o homem já havia afundado. O resgate foi acionado em cerca de 30 minutos.

Um helicóptero do BPMOA (Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas) chegou a ser acionado. O Falcão 03 sobrevoou a área de mangue, enquanto lanchas do Corpo de Bombeiros fizeram vistorias pela superfície.

Sem encontrar vestígios do afogado, o helicóptero retornou à base no litoral do Paraná. As buscas continuam a ser feitas pelas embarcações.

HELICÓPTERO BUSCA POR PESCADOR: VÍDEO

ciclista br-277 motorista acidente

Motorista alcoolizado é preso após acidente na BR-277; ciclista fica em estado grave

Um condutor alcoolizado gerou um acidente na BR-277, em Paranaguá, no litoral do Paraná, e deixou um ciclista em estado grave e uma mulher com ferimentos leves. Conforme as informações da PRF (Polícia Rodoviária Federal), um carro colidiu com a bicicleta e ainda acertou outro carro durante a noite desta quarta-feira (25).

O veículo estava na pista sentido Curitiba, no quilômetro 2,5, próximo ao pátrio de triagem do Porto de Paranaguá. Contudo, ele perdeu o senso de espaço e atingiu o ciclista, que transitava no acostamento. Em seguida, ele ainda acertou a lateral esquerda de outro carro, que viajava no sentido contrário da BR-277.

Os policiais rodoviários fizeram o teste do bafômetro, que indicou a presença de bebida alcoólica no organismo do condutor. O homem acabou sendo preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia de Paranaguá.

Já os dois feridos acabaram sendo atendidos e encaminhados ao Hospital Regional do Litoral.

acidente, feridos, parque de diversões, montanha-russa, paranaguá, litoral, paraná, samu, bombeiros, corpo de bombeiros

Bombeiros apuram acidente em montanha-russa de Paranaguá; 3 ficaram feridos

Três pessoas ficaram feridas em um Parque de Diversões de Paranaguá, no litoral do Paraná, após uma falha na montanha-russa. As causas do acidente não foram esclarecidas e o local será investigado pelos bombeiros.

O incidente aconteceu na noite de sábado (8). Conforme o Samu Litoral, não houve feridos graves. As vítimas sofreram escoriações e foram levadas, por precaução, até o Hospital Regional de Paranaguá.

Conforme os relatos, a montanha-russa se desprendeu dos trilhos e ficou presa na própria estrutura. Como o brinquedo era de pequeno porte, o resgate das vítimas foi facilitado.

O parque de diversões estava instalado no Centro Histórico de Paranaguá, que recebeu a 3ª edição da Festa do Caranguejo.

ACIDENTE EM MONTANHA-RUSSA NO PARANÁ

acidente, feridos, parque de diversões, montanha-russa, paranaguá, litoral, paraná, samu
Divulgação/Samu Litoral

De acordo com a prefeitura, as vítimas passam bem. A administração municipal disse que aguarda novas informações e acompanha o caso. Leia a nota completa:

“A Prefeitura de Paranaguá e o Samu Litoral esclarecem que famílias do acidente ocorrido no parque de diversões durante a Festa do Caranguejo tiveram ferimentos superficiais e foram encaminhadas ao Hospital Regional para exames mais detalhados por precaução.

De acordo com a Secretaria de Cultura e Turismo (Secultur), o parque possuía alvará de funcionamento. Além disso, a vistoria foi realizada pelo Corpo de Bombeiros. A Prefeitura de Paranaguá lamenta o ocorrido e aguarda novas informações se colocando à disposição de todos.”

acidente br-277 filho homem - Adrianópolis - colisão frontal - hospital universitário cajuru - motocicleta

Homem morre e seu filho fica em estado grave após serem atropelados por caminhão

Um homem, de 50 anos, morreu e seu filho, de 21 anos, ficou em estado grave após serem atropelados por um caminhão na BR-277. O acidente aconteceu no quilômetro 3 da rodovia, em Paranaguá, no litoral do Paraná, na manhã desta quinta-feira (5).

Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), os dois estavam em uma moto no sentido rumo ao Porto da cidade. O pai acabou perdendo o controle do veículo quando dirigia na faixa da direita. Após a queda, ambos foram atropelados por um caminhão, que não conseguiu frear.

O homem mais velho faleceu na hora, enquanto o jovem foi atendido com vida. Ele foi encaminhada ao Hospital Regional de Paranaguá.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Saúde para obter o estado de saúde do rapaz, mas não obteve retorno até o fechamento da matéria.

cocaína, droga, porto de paranaguá, paranaguá, paraná, litoral, bélgica, holanda

Receita apreende 545 kg de cocaína no Porto de Paranaguá

Mais de 545 kg de cocaína foram apreendidos na tarde desta terça-feira (26) no Porto de Paranaguá, no litoral do Paraná. A droga foi encontrada escondida em uma carga de compensados de madeira que embarcaria para a Bélgica, na Europa. Confira o vídeo abaixo.

De acordo com a RF-PR (Receita Federal no Paraná), a cocaína foi encontrada no momento em que a carga entrou no terminal portuário, em Paranaguá. Assim, a droga foi identificada durante o processo de inspeção de rotina, com a ajuda do scanner.

O caso será investigado pela Polícia Federal. A carga ilícita já foi repassada aos agentes.

Conforme a Receita Federal, essa foi a 26ª apreensão de cocaína no Porto de Paranaguá, no litoral do Paraná. Desde o início do ano, quase 15 toneladas (14.896 kg) da droga foram retidas antes de embarcar para a Europa.

Os principais destinos da droga que embarca para o continente europeu por meio dos portos paranaenses são Bélgica (Antuérpia) e Holanda (Roterdã).

Confira o vídeo da apreensão dos 545,5 kg de cocaína no Porto de Paranaguá:

 

samu, litoral, paranaguá, morte torcedor, flamengo, libertadores

Torcedor do Flamengo sofre infarto e morre durante o jogo no Paraná

Um torcedor do flamengo sofreu um infarto durante do jogo da final da Taça Libertadores da América entre Flamengo e River Plate, na tarde de sábado (23).

O homem estava com amigos em uma bar no bairro Estradinha, na cidade de Paranaguá, litoral do Paraná.

O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado e imediatamente iniciaram os procedimentos de socorro, mas o torcedor não resistiu e morreu no local.

A idade do torcedor ainda não fui divulgada. A reportagem do Paraná Portal tenta contato com a família e mais informações serão divulgadas em breve.

 

 

festa religiosa, nossa senhora do rocio, paraná, paranaguá, 15 de novembro, feriado

Nossa Senhora do Rocio: Paranaguá recebe 150 mil pessoas nesta sexta-feira

Cidade mais antiga do Paraná, Paranaguá, no litoral, está em festa até domingo (17). As comemorações em homenagem à Nossa Senhora do Rocio começaram na semana passada e seguem até este final de semana. Nesta edição, a festa completa 206 anos. De acordo com a prefeitura do município, 300 mil pessoas são esperadas para as festividades. Metade delas, 150 mil, são esperadas nesta sexta-feira, 15 novembro, dia da padroeira.

Conforme a administração municipal, são 20 dias de festa com a vinda de romarias de todo o Paraná e de outros estados. O tema escolhido neste ano para a festa é “Rocio, lugar sagrado dos paranaenses”.

Os fiéis que visitam o santuário dedicado à Nossa Senhora do Rocio também frequentam o comércio, restaurantes e outros estabelecimentos, gerando emprego e renda para região. No entanto, os hotéis estão lotados e algumas pessoas também recebem devotos em casa.

A devoção à Nossa Senhora do Rocio surgiu em 1648, quando Paranaguá ainda era um grupo de pescadores que vivia na baía da cidade. De acordo com o padre Dirson Gonçalves, reitor do santuário, a imagem da santa foi encontrada durante uma pescaria. Depois disso, a santa foi levada por um dos pescadores para casa.

“Aquele pescador que encontrou a imagem levou a santa para casa. A família dele e os vizinhos começaram a rezar e a alcançar graças. Uma delas foi a pesca, que veio já nos primeiros dias após a aparição. E também a cura de uma peste que estava assolando a vida das familias àquela época. Tudo foi atribuído à Nossa Senhora”, explicou o padre Dirson.

NOSSA SENHORA DO ROCIO, PADROEIRA DO PARANÁ

Com fiéis já espalhados pelo Paraná e em diversas regiões do Brasil, em 1977 um grupo de bispos se reuniu e solicitou ao Papa Paulo Sexto, no Vaticano, que a Santa fosse declarada Padroeira do Paraná, pedido que foi atendido pelo Pontífice.

Ao retornar de Roma, o grupo conseguiu junto aos deputados estaduais um projeto de lei que decretasse esse título à Nossa Senhora do Rocio. O projeto foi aprovado por unanimidade e a lei foi sancionada pelo então governador Jayme Canet.

O dia da Nossa Senhora do Rocio é celebrado nesta sexta-feira, dia 15 de novembro.