PRE reforça fiscalização nas rodovias estaduais no fim do feriado de Páscoa

O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) vai intensificar o policiamento em toda a malha rodoviária estadual durante o retorno do feriado prolongado de Páscoa até a meia-noite deste domingo (21). Blitzes, abordagens e fiscalizações nos principais pontos de fluxo de veículos estão sendo feitos para combater, principalmente, o excesso de velocidade e a embriaguez ao volante.

As equipes atuam nos 58 postos do batalhão com o objetivo primordial de reduzir o número de acidentes e de mortes. Segundo o BPRv, a operação garante a tranquilidade e a segurança da população paranaense e dos turistas que transitam pelas rodovias estaduais do Paraná.

Os policiais fazem abordagens, bloqueios, atividades rotineiras de verificação de documentação, orientações e autuações referentes às infrações de trânsito rodoviário em diversos trechos.

As atividades contam com as equipes das seis companhias da unidade com seus respectivos efetivos, além das equipes do serviço administrativo. Os policiais também fiscalizam pontos estratégicos e locais e horários de maior incidência de acidentes graves.

No ano passado foram registrados 81 acidentes, seis mortes, 74 feridos, um atropelamento, 12 infrações de trânsito pelo Art. 165 (autuação por embriaguez) e sete infrações pelo Art. 306 (prisão por embriaguez) no Paraná. Foram realizado 1.566 testes etilométricos, 1.598 autuações gerais, 4.379 imagens de radar e 31 veículos foram retidos.

Restaurant Week é opção para o final de semana em Curitiba

Cinquenta estabelecimentos participam da 19ª edição da Curitiba Restaurant Week. O festival já começou e vai até o dia 05 de maio. Todos os menus oferecidos durante o festival serão compostos por entrada, mais prato principal, mais sobremesa, com os valores fixos.

O almoço custará R$ 46,90 e o jantar, R$ 58,90. Segundo o organizador do festival, Fernando Reis, o objetivo é preparar cardápios a partir do tema “Do campo à mesa”, para valorizar os ingredientes.

“A gente vem com o intuito de incentivar a cultura e a produção dos pequenos produtores. Quando a gente usa produtos da região, contribuímos para a sustentabilidade. São 50 estabelecimentos de diversas culinárias, então agrada todos os gostos”, diz.

Ele afirma que muitos dos restaurantes estão com sugestões para o período de Páscoa, como frutos do mar e japonês.

“Sugerimos que os restaurantes sempre tenham uma opção vegetariana. Acredito que a grande maioria consiga atender para as pessoas que não comem carne. Existe uma expectativa de público em torno de 100 mil pessoas e 80 mil menus vendidos nesse período do evento.

A programação completa está no site do festival.

Benção dos Alimentos é realizada neste sábado

A tradicional bênção dos alimentos, festividade de Páscoa promovida pelas comunidades polonesa e ucraniana, será realizada neste sábado (20) em Curitiba. O evento ocorre, principalmente, no Bosque do Papa, a partir das 12h, e no Memorial Ucraniano, a partir das 15h. Embora sejam comunidades distintas, algumas tradições dos dois povos são semelhantes.

>>> Restaurant Week é opção para o final de semana em Curitiba

>>> Páscoa terá caça ao tesouro e programação especial na Ópera de Arame

De acordo com o padre Joaquim Sedorowicz, da Catedral Ucraniana de São João Batista, o ritual de benzer alimentos para a Páscoa continua sendo marcante e motivando as pessoas a seguirem a tradição herdada dos antepassados. Mas antes de preparar a cesta que será benzida, o pároco lembra que é necessária toda uma preparação espiritual que inicia 40 dias antes da Páscoa.

“O processo é bem minucioso, cheio de detalhes e simbologia. Temos celebrações próprias da Santa Quaresma”, conta.

As cestas benzidas no Sábado de Aleluia são preparadas com pães tradicionais, ovos pintados e carne. O pároco conta que cada alimento tem uma simbologia e um ritual que é mantido pelas famílias durante gerações.

“O pão é preparado de uma maneira toda especial. Antigamente existia até um ritual. É claro que as coisas mudaram um pouco, mas as produções permanecem”, completa.

ALMOÇO

No próximo sábado, no Memorial Ucraniano, uma feira de produtos artesanais e de comidas típicas dos imigrantes está à disposição dos visitantes e às 15h ocorre a benção de alimentos, já no Bosque João Paulo II, um almoço típico vai ser servido a partir do meio dia. Estão previstas apresentações de oito grupos folclóricos antes da benção, que deve começar às 16h30.

O evento também vai ter a participação do Coral João Paulo II. Durante todo o dia, os visitantes poderão percorrer quiosques com produtos típicos da cultura polonesa. O Memorial Ucraniano fica no Parque Tingui, na Rua Dr. Mba de Ferrante s/nº, bairro São João. O Bosque João Paulo II é na Rua Mateus Leme s/nº, Centro Cívico.

Caetano Marchesini dá dicas para aproveitar a Páscoa sem sair da dieta

Nesta edição do Medicina e Saúde, o médico e cirurgião bariátrico Caetano Marchesini dá dicas para aproveitar a Páscoa e não sair da dieta.

Lembre-se também de algumas dicas, como:

1 – Quebrar em pedaços e comer pequenas porções durante a semana. O consumo diário de pequenas quantidades é bom para a saúde.
2 – Opte por chocolates mais cacau. O ideal é consumir chocolates com no mínimo 50% de cacau.
3 – Procure chocolates com baixo índice de açúcar – os lights – e com menos gordura hidrogenada.
4 – Aproveite a data para consumir peixes de água salgada. São mais saudáveis e menos gordurosos do que os de água doce.

Saiba onde acompanhar as encenações da Paixão de Cristo em Curitiba

Além da tradicional encenação do Grupo Lanteri, outros seis grupos teatrais comunitários amadores fazem apresentações da Paixão de Cristo durante a Sexta-feira Santa em diferentes bairros. Todos os eventos são gratuitos.

Lanteri

Amanhã, às 19h, o Grupo Lanteri apresenta “Vida, Paixão e Morte de Cristo” no Parque Cachoeira, em Araucária. Neste ano, a 42ª montagem da peça será narrada pelo personagem bíblico João Evangelista. Serão aceitas doações de 1 kg de alimento não perecível.

Pinheirinho

O grupo Cena Viva realiza sua encenação amanhã, às 19h, no Santuário Nossa Senhora do Sagrado Coração (Rua Nicola Pellanda, 545).

Xaxim

O Grupo de Teatro Amor em Cena se apresenta às 20h no Complexo Poliesportivo Xaxim (Rua Inocente Rebelato, s/n).

Alto Boqueirão

O grupo JUBAC se apresenta às 19h na Praça Recanto dos Eucaliptos (Rua Pastor Antonio Polito, 2200).

Bairro Alto

O grupo Adorarte se apresenta às 20h no Centro Cultural Vilinha (Rua Marco Pólo, 1560).

Bairro Novo

O Grupe de Teatro Arte e Vida se apresenta às 20h na Rua da Cidadania do Bairro Novo (Rua Tijucas do Sul, 1700).

Abranches

O grupo Êxodus se apresenta às 20h na Praça Acir Macedo Guimarães (Rua Rodolpho Nunes Pereira com Rua Carmelina Cavassin).

Pesquisa aponta confiança dos empresários na venda de doces durante a Páscoa

Os donos de confeitarias e doçarias estão otimistas com a chegada da Páscoa, aponta uma pesquisa do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas).

Segundo o estudo, realizando entre fevereiro e março, 67% dos empresários acreditam que as vendas serão melhores do que em 2018.

Apenas 9% disseram que serão piores ou semelhantes a 2018. Vale ressaltar que a comercialização de confeitos e doces representa 30% dos produtos vendidos durante a Páscoa.

>>> Veja o que abre e o que fecha no feriado da páscoa em Curitiba

66% dos participantes ainda avaliaram que a data é a segunda mais lucrativa do setor, superando o dia das Mães e perdendo apenas para o Natal.

Os dados ainda indicam que 68% dos comerciantes tiveram um faturamento melhor no ano passado, em relação a 2017.

A proprietária da Via Láctea Doceria, Adeline Torquato, trabalha com a produção de doces desde 2010 e comprova que a Páscoa é um dos períodos com maior procura.

“É importante para o nosso negócio pelo grande fluxo de pedidos e a possibilidade de novos clientes conhecerem nosso produto. A gente procura se diferenciar pela qualidade da matéria-prima, embalagens adequadas ao produto e tentamos fidelizar o cliente para que volte à loja através do cartão fidelidade”, explica.

Um dos ovos que vão sendo vendidos na doceria. Foto: Divulgação Via Láctea

Segundo a consultora Sonia Shimoyama, é comum que nesse mercado muitos vendedores comecem os negócios de maneira informal para uma pequena rede de relacionamentos em paralelo a outro tipo de ocupação, mas se formalizem a partir do momento em que as vendas apresentem bom crescimento.

“Ao se formalizar, é possível se preparar melhor, com vantagens como comprar insumos com valores mais baratos, apresentar notas fiscais para realizar vendas para outros estabelecimentos, entre outras”, reforça.

>>> Rodoviária de Curitiba vai ter 46 mil embarques no feriado de Páscoa

>>> Itaipu se prepara para receber 8 mil pessoas nesta Páscoa

OUTROS DADOS

A pesquisa do Sebrae também aponta algumas características das micro e pequenas empresas nesse segmento.

Quase a totalidade dos empresários (87%) trabalha na própria residência, um percentual 3% menor em relação ao mesmo período do ano passado.

Em relação ao processo de venda, 94% dos negócios atuam por encomenda, sendo que 51% realizam delivery por conta própria e o principal produto comercializado continua sendo os bolos confeitados (50%), seguido pelos doces (23%). 43% não fazem entregas a domicílio.

Dos 4.622 empresários ouvidos, 53% afirmaram não possuir outras fontes de renda, enquanto 28% estão empregados formal ou informalmente. Os eventos são os principais clientes (54%), sendo que os consumidores do dia a dia representam 40% das vendas do setor de confeitaria e doçaria.

Ainda segundo a pesquisa, a maioria dos empresários (76%) não trabalha com produtos para fins especiais, mas alguns nichos foram identificados, com destaque para produtos sem lactose, diet e sem glúten (41%), enquanto que os alimentos para veganos e vegetarianos ainda são minoria: 8%.

Itaipu se prepara para receber 8 mil pessoas nesta Páscoa

A Itaipu Binacional estima receber 7.961 turistas nesta Páscoa. O número é uma previsão para o movimento entre a sexta-feira (19) e o domingo (21).

Caso a expectativa se confirme, será um crescimento de 5% em relação ao mesmo período do ano passado, quando 7.582 visitantes foram à usina.

>>> 83 mil passageiros devem passar pelo Aeroporto Afonso Pena na Páscoa

O Complexo Turístico Itaipu, administrado pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI), terá uma programação especial para o feriado, com ampliação dos horários de atendimento.

O passeio Itaipu Panorâmica, por exemplo, terá saídas a cada 15 minutos durante os três dias – a primeira às 8h30 e a última às 17h. É esperado que 3.500 pessoas façam a atividade na Sexta-feira Santa.

Já a hidrelétrica, que oferece oito opções de roteiro para visitantes,

Para mais informações dos passeios, reservas e compras de ingressos, acesse o site.

>>> Veja o que abre e o que fecha no feriado da páscoa em Curitiba

>>> Rodoviária de Curitiba vai ter 46 mil embarques no feriado de Páscoa

Confira os horários dos passeios da Itaipu para o feriado:

Itaipu Panorâmica: saídas a cada 15 minutos, com o primeiro passeio iniciando às 8h30 e o último passeio saindo às 17h;

Itaipu Refúgio Biológico: sexta e sábado, com seis saídas – 8h30 / 9h30 / 10h30 / 13h30 / 14h30 / 15h30. No domingo: 9h30 / 10h30 / 14h30 / 15h30;

Itaipu Especial: sexta e sábado: 8h30, 09h, 10h, 11h, 13h, 13h30, 14h, 15h e 16h. Domingo: 8h30, 9h30,10h30,13h,14h e 15h;

Itaipu Ecomuseu: 9h às 18h;

Itaipu Polo Astronômico: terça a domingo: 10h e 16h; noite – sextas e sábados: 19h30;

Itaipu Iluminada: sextas e sábados, às 19h30;

Itaipu Kattamaram: 10h30, 11h30, 13h30, 14h30, 15h30, 17h (pôr do sol).

Exposição Itaipu Natureza (Cataratas JL Shopping): de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h; domingo e feriados, das 13h às 20h. Ingressos a R$ 15 (valor promocional para o mês de abril).

83 mil passageiros devem passar pelo Aeroporto Afonso Pena na Páscoa

O Aeroporto Internacional Afonso Pena deve receber 83.670 passageiros durante o feriado da Semana Santa entre esta quinta-feira (16) e a próxima segunda (22), com 837 operações de pousos e decolagens no terminal.

O número é 1,75% maior que o registrado na mesma época do ano passado, quando 82.231 passageiros transitaram pelo aeroporto localizado em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba.

>>> Avianca cancela 48 voos com partida ou chegada no Aeroporto Afonso Pena

No país inteiro, o aumento esperado é de 2%, com 1,05 milhão de viajantes (no ano passado, o número foi de 1,03 milhão de embarques e desembarques) Os dias mais movimentados devem ser na quinta, com 264.359 passageiros, e segunda-feira, com 240.298 pessoas.

DUVIDAS

Para atender o grande fluxo e garantir a fluidez no funcionamento das operações, foram adotadas algumas medidas. Os chamados “amarelinhos, funcionários de colete amarelo da Infraero com a frase “Posso Ajudar” e a equipe do Balcão de Informações estarão à disposição para sanar dúvidas e orientar os passageiros.

Rodoviária de Curitiba vai ter 46 mil embarques no feriado de Páscoa

A Rodoviária de Curitiba deve ter 46 mil embarques no feriado de páscoa. A expectativa da administração da rodoviária é que o movimento seja igual ao do ano passado. Quase metade dos embarques deve ocorrer na quinta-feira.

Nos três dias serão 1.650 ônibus para atender os passageiros. O interior do Paraná, com 40% dos viajantes, é o principal destino procurado. Santa Catarina é o segundo destino, com 25% dos embarques. O litoral do Paraná terá 15% e São Paulo, 12% dos embarques. O restante é para o Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e outros lugares.

Nas principais rodovias que cortam o Estado a expectativa é que o tráfego aumente pelo menos 20 por cento nos dias do feriado. Somente na BR 166, no trecho que vai de Curitiba até o Rio Grande do Sul a expectativa é que pelo menos 206 mil veículos passem pela rodovia. Quinta-feira também deve ser o dia de maior movimentação segundo a Arteris Planalto Sul, que é a concessionária que administra a via

Ovos de Páscoa estão, em média, 40% mais caros do que em 2018

Os ovos de Páscoa de até 100 gramas vão pesar mais no bolso do consumidor este ano. O produto está com preço médio de R$ 36,73, cerca de 40,52% mais caro em comparação a igual período de 2018, quando o valor cobrado era R$ 26,14. O aumento apurado em 2019 para ovos de 400 gramas alcançou 8,25%, com valor de R$ 49,59; em 2018, esses produtos custavam R$ 45,81.

A pesquisa do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) considerou preços coletados até a primeira semana de abril de ovos de diversos tamanhos, do nº 9 até o nº 20, que variam de 100 gramas a 400 gramas.

O preço médio dos ovos de Páscoa de 100 gramas até 400 gramas ficou em R$ 40,63, elevação de 10,22% frente aos produtos vendidos no ano passado, superando a variação acumulada em 12 meses (de maio de 2018 a abril de 2019) do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da FGV de 4,84%. No ano passado, a variação encontrada nos mesmos produtos frente à Páscoa de 2017 foi positiva em 0,08%, com valor médio dos ovos de R$ 36,86.

>>> A 15 dias do fim do prazo, menos da metade declarou Imposto de Renda

Bombons

De acordo com a sondagem, o preço de bombons e chocolates aumentou 5,24% nos últimos 12 meses, também acima do IPC da FGV (4,84%). Quando se compara abril contra março deste ano, porém, bombons e chocolates tiveram retração de 3,61%, com o IPC evoluindo 0,73% no período. “Este mês ficou mais barato em relação ao mês anterior”, constatou o pesquisador do Ibre Igor Lino.

O economista disse que os bombons estão mais em conta, mas caso a criança insista em ganhar ovo de Páscoa, devido ao apelo emocional da época, Igor Lino recomenda aos consumidores que conversem com os filhos e combinem o preço máximo que podem gastar. “Acaba dando uma educação financeira para a criança e ela participa da compra do ovo”.

Outra solução mais barata é fazer o ovo de Páscoa em casa, lembrou o pesquisador do Ibre. “Sai bem mais em conta. Você compra uma barra de chocolate, cujo preço é seis vezes menor, e em casa mesmo você pode fazer o seu ovo de Páscoa”.