De olho no futuro
Compartilhar

Perícia

Seguindo a rotina do ano passado, com o pagamento de um adicional aos peritos do INSS, para motivá-los, estão sendo peri..

Renato Follador - 29 de março de 2018, 15:03

Foto: EBC
Foto: EBC

Seguindo a rotina do ano passado, com o pagamento de um adicional aos peritos do INSS, para motivá-los, estão sendo periciados auxílios-doença e aposentadorias por invalidez.

Vale lembrar que, no ano passado, cerca de 85%, isso mesmo, 85% dos benefícios foram cancelados, porque os segurados tinham condições de voltar ao trabalho.

No caso dos auxílios-doença, dos 33,5 mil benefícios analisados agora, 25 mil, ou cerca de 75%, foram cessados e o restante mantido, convertido ou encaminhado para reabilitação profissional. Já nas aposentadorias por invalidez, 28% foram canceladas.

A revisão vai gerar economia de cerca de R$ 15,7 bilhões. Vocês ouviram bem? R$ 15,7 bilhões

Lembram amigos ouvintes quando digo que o problema do Brasil é gerencial. É falta de competência.

Pois trata-se de um país que arrecada muito em impostos, mas que gasta muito mal e onde se rouba como em nenhum outro lugar no mundo.

Se tivermos a ventura de ter um único governante com formação, conhecimento e capacidade administrativa nos tornaremos referência mundial.

E isso é fácil de identificar: é só ver quem se deu bem na vida profissional. E não vale só quem tem dinheiro, mas quem tem obra realizada, história construída e reputação exemplar.

Definitivamente, o que menos precisamos agora, como país, é de um político governando a nação.