Bar com atividades e cardápio especiais para pets abre as portas em Curitiba

 

Quem gosta de sair sem abrir mão da companhia dos cães ganhou, nesta semana, um lugar todo especial em Curitiba. É o Boteco Pet, no bairro Tarumã – onde a ideia de integração entre o público humano e canino é levada tão a sério que o espaço se declara o primeiro “human-friendly” da cidade.

Eduardo Ramos é o proprietário e conta que, lá, a diversão dos animais é o grande foco, mas, por camaradagem, os donos (ou tutores) também têm onde beber, comer e se distrair. “A ideia surgiu de uma necessidade nossa. Nós não tínhamos um lugar onde pudéssemos entrar com nossos cinco cães.  Sempre que saíamos de casa, ficávamos preocupados e voltávamos logo preocupados com eles. Foi daí que pensamos em criar um lugar onde as pessoas pudessem levar seus animais, criando um ambiente com parque e monitores que brinquem com eles. A gente está tratando nosso público como gostaria de ser tratado e imaginando que eles pensam como nós, considerando que os cães são parte da família, como filhos”, explica.

O cardápio do Boteco Pet é uma atração à parte. Entre as opções para os clientes de quatro patas estão cerveja, vinho, porção de coxinhas ou de picanha e até macarronada. Cada prato custa, em média, R$ 11. “A gente já conhecia esses produtos. Vários pets de Curitiba já oferecem esses produtos. Eles são desenvolvidos especialmente para cães. Não contém álcool, o vinho não é feito de uva porque faz mal para o animal, tudo é feito de forma segura. Nós entramos em contato com os fornecedores em São Paulo e fomos apresentados ao que não conhecíamos, os pratos para cães. Oferecemos massas para cães. E também temos as porções para os cães, fornecidas por empresas que já trabalham nesse segmento há um bom tempo”, detalha ele.

Para frequentar o bar com os cães, basta que a pessoa responsável faça um pré-cadastro do animal, incluindo nome, RG e CPF do responsável, além do nome, da raça, idade e foto da carteira de vacinação do bichinho. As informações devem ser encaminhadas para o e-mail botecopet@gmail.com antecipadamente, e isso para garantir que os pets possam circular livremente pelo local. “Sobre o parque, que é uma área exclusiva para eles, há monitores que fazem todo o trabalho de socialização dos cães, brincar com eles e caso seja preciso, separar um eventual briguinha, rosnada, não deixar que eles brigue”.

O Boteco Pet foi inaugurado na última quarta (24) e fica na rua Americo Mattei, número 61, no Tarumã. O local funciona de quarta a sexta-feira, das 14 horas às 22 horas e, aos sábados e domingos, das 12 horas às 22 horas.

Quer um melhor amigo? Vejas as dicas para escolher um pet

Para ajudar os interessados em adotar um amigo bicho neste começo de ano, a veterinária Cláudia Terzian, da Rede de Proteção Animal da Prefeitura de Curitiba, preparou algumas respostas às principais dúvidas das pessoas na hora de escolher um cão para levar para casa.

Depois, é só ir até o Centro de Referência para Animais em Situação de Risco (Crar), que fica na Rua Lodovico Kaminski, 1.381, na CIC, onde existe uma campanha permanente de adoção.

O local atende todos os dias, das 9h às 12h e das 14h às 16h30, e em regime de plantão nos feriados, das 9h às 12h e das 13h30 às 15h30. Basta levar os documentos – CPF, RG e comprovante de residência – e assinar o termo de adoção responsável.

Lá, os veterinários também estarão disponíveis para orientar os adotantes. Estão disponíveis cães e gatos resgatados de situações de maus-tratos, castrados e vacinados.

Como eu escolho o cão que devo levar para casa?

Embora o mais comum seja a escolha pela aparência, Cláudia indica que se preste atenção nas características físicas e no temperamento do animal. “Um exemplo seria escolher um cão dócil e calmo, um pouco mais velho, para conviver ou fazer companhia a uma pessoa mais idosa”, explica a veterinária da Rede de Proteção Animal. No caso citado, não seria uma boa ideia adotar um filhote que pula, mordisca ou pode arranhar.

O animal vai, necessariamente, soltar pelo? Como deve ser o cuidado e manutenção com a pelagem?

Cães de pelo duro (espetado) ou de pelo lanoso (enroladinho) soltam muito menos pelo do que os de pelo curto e denso. “Desta forma, devo pensar se ele ficará dentro ou fora de casa e se estou disposto a limpar uma grande quantidade de pelo diariamente”, aconselha a veterinária. Outra questão é o tempo e cuidado exigido pelo tipo de pelagem, como banho, tosa ou escovação para desembaraçar os nós. Se não houver disponibilidade, a melhor opção será por um cão de pelo curtinho.

Tenho o espaço e estrutura necessários para que o animal que escolhi tenha bem estar e segurança?

Parece algo simples, mas muitas vezes as pessoas só descobrem depois da adoção que o cão é grande demais ou consegue pular o muro ou portão da casa, conta Cláudia. E acabam mantendo o animal preso a uma corrente ou canil, tirando a possibilidade daquele cão ser adotado por quem tem uma residência mais espaçosa ou da qual ele não escape.

Fico o dia todo fora de casa. Posso adotar? 

Claro que sim. Mas saiba que cães são animais extremamente sociais e necessitam ter contato com pessoas ou com outros cães. Para uma pessoa que mora num apartamento e sai todos os dias por mais de oito horas, é preferível que adote um ou dois gatos.

Cães e crianças sempre são uma boa combinação? Que cuidados se deve tomar?

Sim, sempre. Mas mesmo que o cão tenha excelente temperamento, crianças jamais devem ficar sem supervisão de um adulto.

Filhotes ou adultos, como saber qual escolher?

A maior parte das pessoas quer adotar um filhote e criá-lo e educá-lo a seu modo. Porém nem sempre têm tempo ou ânimo de enfrentar todos os problemas como destruição dos móveis ou o xixi fora do lugar. O cão adulto dificilmente terá grandes alterações em seu comportamento. Vantagem para eles, nesse caso.

O que fazer ao adotar um cão vítima de maus tratos?

Um ambiente tranquilo, com pessoas coerentes, influencia muito o comportamento do cão, mas se ele foi mal socializado quando filhote, for possessivo ou muito agressivo, pode ser necessária a ajuda de um profissional especializado. “Tenha certeza que pode lidar com o problema, caso o comportamento não mude”, aconselha.

Já tenho um cão, como escolher o segundo animal?

O ideal, indica Cláudia, é procurar cães que tenham temperamento dócil com outros cães. Também funciona fazer combinações diferentes: se tem em casa um macho menor, adotar uma fêmea de maior porte e vice-versa. Quanto mais parecidos os cães que vão conviver, menos chance de dar certo.

Serviço: Campanha de Adoção Permanente de Animais
Local: Centro de Referência para Animais em Situação de Risco (Crar) – Rua Lodovico Kaminski, 1.381, CIC
Horários: todos os dias, das 9h às 12h e das 14h às 16h30. Nos feriados, em regime de plantão, das 9h às 12h e das 13h30 às 15h30.

Museu dedicado a cachorros será aberto em fevereiro em Nova York

A partir de 8 de fevereiro, os apaixonados por cachorros que estiverem em Nova York, nos Estados Unidos, poderão se deleitar com pinturas, esculturas e outras obras dedicadas ao melhor amigo do homem.

Depois de 32 anos, a cidade volta a abrigar o American Kennel Club Museum of the Dog -ou museu sobre cachorros.

Para a inauguração, o museu prepara exposições interativas, como uma cabine onde o visitante pode tirar uma foto e ver com qual raça canina registrada no American Kennel Club ele se parece.

As crianças também vão se divertir, porque o museu terá atrações para elas. No aplicativo, um cachorrinho virtual chamado Arty ajuda os visitantes a explorar o espaço em uma caçada semelhante ao jogo Pokemon Go.

Os pais podem percorrer dois andares com mais de 180 obras de artes com o tema cachorro para amantes do animal. O diretor do museu, Alan Fausel, afirma que mudará as exposições com frequência para atrair novos visitantes.

O museu fica no número 101 da avenida Park. O ingresso custa US$ 15 para adultos e US$ 10 para estudantes, idosos e militares. Crianças com menos de 12 anos pagam US$ 5.

Brasileiro gasta R$ 140 por mês com animal de estimaçã

O gasto médio mensal do brasileiro com animais de estimação foi de R$ 140,15 neste ano, considerando os meses de janeiro a agosto.

O valor é 3% inferior ao registrado no mesmo período de 2017, de R$ 144,56, segundo pesquisa realizado pelo aplicativo financeiro Guiabolso para o Dia Mundial dos Animais, comemorado hoje.

As despesas podem incluir desde ração até tratamentos como tosa de pelo ou acessórios para os animais de estimação.

O aplicativo computou transações de 45.472 pessoas que tiveram gastos na categoria ao longo de 2018. Mas não é todo mundo que gasta com o pet. Por mês, somente 2,2% das pessoas da amostra tiveram despesas na categoria.

“Acreditamos que mais pessoas possam ter animais, mas nem todas têm gastos todos os meses. Algumas concentram em algum mês, fazem uma compra grande, e assim o percentual acaba sendo diluído”, explica o diretor de pesquisas do Guiabolso, Márcio Reis.

PRF recupera pet que caminhava com andarilho pela BR-277

A Polícia Rodoviária Federal encontrou uma cadela da raça Pastor Alemão, caminhando pela BR-277, em Paranaguá, no litoral do estado, na manhã desta segunda-feira (20).

De acordo com o policial que atendeu o caso, Ricardo Pasqualini, ela acompanhava um andarilho. “Foi informado para a nossa equipe que ela não era de propriedade do andarilho. Nós entramos em contato com a proprietária dela, uma veterinária de Guaratuba, pelo Facebook”, contou o policial.

Ainda segundo a polícia, ela não foi roubada. “A proprietária informou pra gente que ela fica solta, é uma cachorra mansa. O andarilho encontrou ela na rua e pegou, achando que ela não tinha dona”, afirmou.

O andarilho foi liberado e a cadela espera a proprietária no posto da PRF.

 

 

 

 

Animais exóticos vão ser atração neste fim de semana em Curitiba

Corujas, cobras, falcōes, furões e outros animais exóticos são atração no pet center HiperZoo neste domingo (19). O Encontro de Animais Exóticos e Não-Convencionais é das 13h às 17h. Os bichos são dos tutores do grupo Exotic World. De acordo com o gerente do HiperZoo, Ricardo Mascia, o evento tem como objetivo proporcionar ao público contato com espécies diferentes.

“O cliente tem a oportunidade de trazer seus filhos para quebrar aquele estigma de dizer que cobras, corujas e roedores são de dificil acesso. O objetivo é mostrar que os tutores, com ambiente adequado, pode criar qualquer tipo de pet”, afirma o gerente do HiperZoo, Ricardo Mascia.

No encontro o público vai poder tirar dúvidas sobre a criação de animais exóticos e ter contato, por exemplo, com pítons, cobras que podem chegar a sete metros de comprimento.

Ricardo lembra que é possível adotar qualquer um deste animais, mas isso exige muita responsabilidade.

“Quando você adquire um pet diferenciado, ele tem anos de acompanhamento e de adestramento, além de tempo e alimentação especifico para aquele pet. Mesmo uma cobra precisa de um espaço e temperatura adequada… as aves não podem perder o instinto de caça também”, lembra Ricardo.

O HiperZoo fica na Rua Desembargador Westphalen, 3.448, no bairro Parolin, em Curitiba.

Richard Rasmussen é destaque em feira pet

O aventureiro, biólogo e apresentador Richard Rasmussen é uma das atrações da Expopet. O evento será realizado de sexta-feira (27 a domingo (29), no Expo Renault Barigui.

Richard participa de um bate-papo neste sábado, dia 28 de julho, às 15h, na passarela pet.Richard vai contar um pouco de suas histórias e trocar experiências com expectadores. Na ocasião, haverá um bate-papo e depois ele estará disponível para tirar fotos com o público.

Além disso, o evento contará com Feira de Adoção, Desfile Pet com várias premiações, campeonato de tosa, Arena Pet, Espaço Família e muito mais.
A exposição tem como objetivo oferecer uma variedade em serviços e produtos, sendo considerada a maior feira pet friendly do Paraná e uma das maiores do Sul do Brasil.

EXPOPET CURITIBA 2018
Data: 27 a 29 de julho de 2018
Horários de funcionamento:
Sexta-feira (27/07) – 13h às 22h
Sábado (28/07) – 10h às 22h
Domingo (29/07) – 10h às 21h

Local: Centro de Exposições – Expo Renault Barigui (Parque Barigui) – Rua Batista Ganz, 430 – Santo Inácio – Curitiba/PR
Estacionamento: estacionamento público do Parque Barigui
Ingressos: Comprar na hora, direto na bilheteria.
Valor da entrada: R$ 10.00.* Crianças até 10 anos não pagam entrada.

Van de “Emergência Animal” inicia atendimentos em Maringá

A van de “Emergência Animal” da Secretaria de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal (Sema) de Maringá, no noroeste do estado, já realiza o atendimento de cães e gatos vítimas de acidentes de trânsito ou com algum tipo de doença que comprometam a mobilidade e saúde dos animais.

O veículo é resultado do repasse feito pela Secretaria de Serviços Públicos (Semusp) de doação do Corpo de Bombeiros. O interior do veículo foi todo remodelado e conta com freezer para armazenamento de medicamentos, bancada, armários e gaiolas específicas para diferentes portes de animais.

A Sema elabora licitação para o credenciamento de clínicas veterinárias para o atendimento dos animais que atualmente é feito pela Uningá. A instituição de ensino firmou termo de cooperação com aadministração municipal para cirurgias de até média complexidade e outros procedimentos sem custos para a Prefeitura.

Após serem tratados, os animais são alojados no Centro de Bem-Estar Animal ou em lares temporários até receberem uma nova morada nas feiras de adoção.

O secretário de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal, Ederlei Alkamin, lembra que o serviço é mais uma ação em defesa da causa animal e que até o final de 2018 serão realizadas 12 mil castrações. “O objetivo é o de sempre ampliar os serviços para a proteção desses animais. Sabemos que o serviço de emergência é limitado e não conseguirá atender toda a demanda, mas será realizado da melhor forma, sendo um grande avanço na valorização da causa animal”, ressalta.

O serviço de emergência animal é realizado de segunda a sexta, das 8 às 17 horas, pelo telefone 3901-1885.

Dicas para fugir do comum nos presentes de final do ano do seu pet

Está chegando o Natal e os pets também ganham presentes. A rede de produtos para animais de estimação é um dos setores em alta no Brasil.

Segundo da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), em 2016 o mercado pet no Brasil deve ter faturado R$ 19 bilhões de um crescimento de 4,9% em reação a 2015. O país é o terceiro no mundo com maior faturamento na área.

De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2013, o Brasil é o segundo maior no mundo em população de cães, gatos e aves de estimação e o terceiro maior em faturamento neste mercado. São 360 milhões de cães, 271 milhões de gatos e 665 milhões de peixes.

Pensando nisso, o Paraná Portal procurou dicas criativas de presentes para o seu pet:

Saúde

“Pensando principalmente nessa época de verão, quando é importante a hidratação da pelagem e cuidados em geral, um dos produtos mais procurados é o hidratante de patinhas, que tem bepantol, manteiga de karitê e óleo de oliva. Ele hidrata, restaura as patinhas e já trata leves queimaduras que podem acontecer durante os passeios, devido ao solo quente”, afirmou.

Ainda de acordo com Daly o produto também pode ser utilizado nos cotovelos e no nariz. “O calor pode gerar pequenas fissuras, o que pode gerar problemas permitindo a entrada de bactérias”, explicou.

Brinquedos e beleza

“Dar shampoo e condicionar para os pets no Natal é como dar eletrodoméstico no dia das mães”, disse a coordenadora. Segundo ela, hoje existem brinquedos com diferenciais no mercado. “Precisamos fugir do comum, eles gostam de bolinha, mas existem produtos com outro padrão de qualidade, interativos”.

Para quem quer enfeitar os animais para as festas existe um brilho para os pelos. “É um fixador de brilho e pode ser usado tanto no Natal quanto no Ano novo. Funciona como um glitter de fixação leve. Também tem a linha de perfumaria, que foi desenvolvida após pesquisas para saber o que aquela fragrância desperta nas pessoas”, contou.

As fragrâncias são parecidas com as utilizadas por humanos e tem nomes como “para todos me abraçarem”, “para todos me pegarem” e “para todos me admirarem”. “Elas são pensadas para não agredir o olfato do pet e eles vão receber mais abraços e vão ficar mais felizes”, disse.

Para os tutores

Para os papais e as mamães, que também ganham presentes, a sugestão são copos e canecas personalizados, além de uma bolinha para árvore de Natal onde é possível por a foto do pet.  “Essa bolinha tem como abrir e colocar a foto dentro, ela vem com uma frase, que pode ser retirada ou mantida”, explicou. O preço médio é R$ 5.

Halloween Pet: festa vai animar ‘humanos’ e seus bichinhos neste sábado (28)

Enquanto os humanos se fantasiam para assustar, os animais são fantasiados para apaixonar! Não há coração que resista ao ver esses seres vestidos de bruxinhos, abóboras, diabinhos ou dinossaurinhos. Por isso, o Shopping Curitiba, primeiro a se tornar petfriendly na cidade, promove neste sábado (28) o Halloween Pet com concurso de fantasias. O evento é beneficente, a entrada é gratuita e aberta ao público.

Serão premiados os primeiros colocados nas categorias Fantasia, Originalidade e Simpatia. Três jurados vão dar notas de 0 a 10 para cada participante do desfile, em cada quesito.

As inscrições são limitadas para até 30 cães e podem ser feitas no dia do evento, a partir das 15h, mediante a doação de um quilo de ração, de qualquer tipo. A dica da organização do evento é chegar com antecedência para fazer a doação, preencher a ficha de inscrição e começar a diversão. Assim que completado o número de 30 cachorros, as inscrições se encerram automaticamente, e apenas os inscritos participarão do desfile. Mas todos são bem-vindos e convidados a assistirem o concurso e a participar da festa.

As doações vão para as ONGs Ajude Focinhos e Salva Bicho, que protegem e defendem animais carentes e maltratados.

Os apoiadores HiperZoo, DocG, Cãolinarista, Jingles, Los Cachorreros e Mooshe Pet Grife vão premiar os ganhadores com brinquedos, roupas, acessórios e petiscos.

Algumas regras e informações são importantes: a participação é aberta a todos os cães de pequeno, médio e grande porte desde que não estejam classificados como Cães de Guarda: Pitbull, Pastor Alemão, American Stafforshire Terrier, Dobermann, Rottweiller, Bull Terrier e raças mestiças ou variações destas raças; será obrigatório o uso de fantasias, de coleiras e guias no dia do desfile.

Os bichinhos terão as fantasias julgadas por um corpo de júri especializado:

Paula Gambetta – Micro empreendedora do segmento de hospedagem de cães, proprietária da Coralina Mundo Pet, colaboradora da página Petfriendly Curitiba. Atuante na causa animal desde 2012, organiza feiras de adoção e já encaminhou mais de 100 cães para novos lares. Tutora do Jack, Coralina e Tequila.

Dra. Elisabeth Stapenhorst – Médica veterinária formada pela UFRGS, especializada em Clínica Médica de Pequenos Animais e proprietária da Cozinha Vet. Trabalha com atendimento clínico nutricional para cães. Tutora da Belle.

Napoleon Toddy e sua tutora Jessyyca Mahylla – o bulldog francês Napoleon faz o maior sucesso nas redes sociais, e é considerado um pet influencer. Com um ano e sete meses, ele é pura simpatia e conquista os petlovers por onde passa.

Serviço:
Halloween Pet e concurso de fantasias
Sábado (28), às 15h, no Shopping Curitiba
Rua Brigadeiro Franco, 2300, Batel
41 3026-1000