seleção feminina marta pia sundhage convocação

Pia Sundhage convoca Marta e Formiga em sua primeira lista na seleção feminina

Com Marta e Formiga, a técnica Pia Sundhage fez sua primeira convocação da seleção brasileira feminina nesta terça-feira (20). A lista da treinadora sueca foi divulgada na sede da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), no Rio de Janeiro.

As 23 jogadoras selecionadas vão disputar o Torneio Internacional de Futebol Feminino de Seleções, visto pela comissão técnica como preparação inicial aos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

Confira a lista das convocadas de Pia Sundhage para a seleção feminina:

Goleiras: Bárbara (Avaí/Kindermann Brasil) e Aline Reis (Tenerife).

Laterais: Letícia Santos (FFC Frankfurt), Fabiana (Internacional), Joyce (Tenerife) e Tamires (Corinthians).

Zagueiras: Mônica, Erika (Corinthians), Kathellen (Bordeaux) e Bruna Benites (Internacional)

Meias: Thaisa (Real Madrid), Formiga (Paris Saint-Germain), Luana e Yaya (São Paulo).

Atacantes: Marta (Orlando Pride), Andressa Alves (Roma), Debinha (North Carolina Courage), Geyse (Benfica), Ludmila (Atlético de Madrid), Raquel (Sporting), Milene (Corinthians) e Chú (Incheon Hyundai).

DESTAQUES

O destaque principal são as presenças das duas jogadoras mais experientes da seleção feminina.

Marta, eleita seis vezes a melhor jogadora do mundo, segue com a camisa amarelinha aos 33 anos. Já Formiga, com 41 anos, também foi lembrada pela comandante de 59 anos.

A novidade foi a presença de Yaya, meio campista do São Paulo. A jogadora tem apenas 17 anos e é uma das promessas do futebol brasileiro.

Por fim, a atacante Cristiane, recuperando-se de lesão, ficou de fora dessa lista, mas deve voltar a vestir a amarelinha em breve.

O TORNEIO 

A competição é um quadrangular. Ou seja, além do Brasil, o campeonato conta com a seleção feminina de outros três país: Argentina, Chile e Costa Rica.

A estreia de Pia Sundhage será o clássico contra a Argentina. O duelo está marcado para o dia 29 de agosto (quinta-feira), às 21h30, no estádio Pacaembu, em São Paulo.

A disputa do terceiro lugar e a final do torneio será no domingo seguinte (1/9), às 10h30 e 13h, respectivamente.

PIA SUNDHAGE

Vale lembrar que a sueca foi anunciada pela CBF no final de julho, com contratado de dois anos. Ela terá a missão de substituir o técnico Vadão, apontado como um dos ‘vilões’ pela campanha abaixo do esperando na Copa do Mundo Feminina.

seleção feminina marta pia sundhage convocação
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Confira a coletiva da técnica Pia Sundhage:

seleção convocação tite neymar ivan

Neymar, Coutinho, Ivan: as novidades de Tite na convocação da seleção brasileira

A convocação de Tite para os próximos amistosos da seleção brasileira teve algumas novidades. Na sede da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), o comandante de 58 anos surpreendeu em convocar Neymar e Phillipe Coutinho, por exemplo. Além da dupla, as principais foram: os goleiros Ivan e Weverton, o zagueiro Samir, o lateral Jorge e o atacante Bruno Henrique.

Primeiro o Brasil enfrenta a Colômbia, no dia 6, em Miami. Depois, no dia 10, a seleção canarinho enfrenta o Peru em Los Angeles. Essa foi a primeira convocação após a conquista da Copa América 2019.

“O momento de oportunidade e de minutagem. A gente fala de Ederson com tanta naturalidade. Ele não tem seis jogos atuando. É importante dar essa rodagem”, disse Tite.

Ele lembrou que não quis convocar muitos atletas do futebol brasileiro para não comprometer o equilíbrio da competição. “Todas as equipes são postulantes a título. Compete a nós, temos uma visão de bom senso”, completou o técnico.

CONFIRA OS 23 CONVOCADOS:

Goleiros: Éderson (Manchester City), Ivan (Ponte Preta) e Weverton (Palmeiras).

Laterais: Daniel Alves (São Paulo), Fagner (Corinthians), Jorge (Santos) e Alex Sandro (Juventus).

Zagueiros: Eder Militão (Real Madrid), Marquinhos (PSG), Thiago Silva (PSG) e Samir (Udinese).

Meio campistas: Allan (Napoli), Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Fabinho (Liverpool), Lucas Paquetá (Milan) e Phillipe Coutinho (Barcelona).

Atacantes: Bruno Henrique (Flamengo), David Neres (Ajax), Roberto Firmino (Liverpool), Neymar (PSG), Richarlison (Everton) e Vinicius Júnior (Real Madrid).

Confira as novidades e o que Tite falou sobre cada um:

NEYMAR

“Conversei com ele, levamos três aspectos. Qual era o momento dele, como ele estava. Ele disse que estava feliz, trabalhando há um tempo. ‘Não faço trabalho tático, pois é uma preparação da equipe’, ele disse. Perguntei emocionalmente sobre toda a situação: ‘Estou tranquilo, sei que há o encaminhamento e agora aguardo o PSG na definição’. E o terceiro aspecto era a ideia dele jogar antes, um tempo hábil para jogar, e um atleta do nível e da qualidade de Neymar, eu não vou prescindir como técnico”, definiu Tite.

COUTINHO

“O Couto é um grande jogador, está no momento de retomada da temporada. Os dois primeiros jogos da Copa América. Depois deu uma oscilada, retoma o padrão… É normal quando se troca de clube. Tenho certeza que o objetivo dele, e nosso também, é retomar o padrão”, declarou o treinador.

IVAN E WEVERTON

“Ivan está na ótica de dar oportunidade a atletas mais jovens, não tem sentido só levar os jogadores de alto nível por serem amistosos. Traz o Ederson para rodar, tem poucos jogos pela Seleção. Tem o Weverton fazendo uma grande campanha no Palmeiras”.

ivan ponte preta goleiro
Ivan em ação no Couto Pereira, pela Série B.Foto: Geraldo Bubniak / AGB

SAMIR

“O Samir está inserido neste mesmo contexto, estamos acompanhando ele na Udinese, ele tem três temporadas italianas em alto nível”. avaliou Tite.

JORGE

“Jorge já esteve duas vezes conosco e vive um grande momento no Santos. Tem e desenvolveu as qualidades defensivas. Aquele Jorge que convocamos lá atrás, ficou em um momento sem jogar tanto e retoma o nível “, conta Tite.

BRUNO HENRIQUE

“Bruno Henrique vem se destacando no Flamengo. Faz gol, dá assistência. Tem uma série de componentes que levaram essa convocação”.

DANIEL ALVES

“A gente fica na expectativa para onde os atletas vão, que eles mantenham ao alto nível, que eles fiquem felizes. Torço para que esteja jogando muito no clube de ponta. Vamos ficar na torcida em relação ao São Paulo e a ele, especificamente.

A importância maior é técnica, para ele jogar muito. Ele veio porque tá jogando muito, se cuida fora do campo, é um líder positivo e irradia confiança. Comemora um título da Copa América com os pais em prantos do lado, surpreendendo as pessoas próximas”.

convocação seleção brasileira tite amistosos neymar

AO VIVO: Veja a convocação da seleção brasileira feita por Tite após título da Copa América

O técnico Tite faz a convocação de 23 jogadores para a seleção brasileira nesta sexta-feira (16), às 10h, na sede da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Os atletas convocados vão integrar o grupo do Brasil que disputa dois amistosos, em setembro, nos Estados Unidos.

Primeiro o Brasil enfrenta a Colômbia, no dia 6, em Miami. Depois, no dia 10, a seleção canarinho enfrenta o Peru em Los Angeles. Essa será a primeira convocação após a conquista da Copa América 2019.

A princípio, o técnico Tite não convocará nenhum jogador dos clubes semifinalistas da Copa do Brasil.

CONFIRA OS 23 CONVOCADOS:

Goleiros: Éderson (Manchester City), Ivan (Ponte Preta) e Weverton (Palmeiras).

Laterais: Daniel Alves (São Paulo), Fagner (Corinthians), Jorge (Santos) e Alex Sandro (Juventus)

Zagueiros: Eder Militão (Real Madrid), Marquinhos (PSG), Thiago Silva (PSG) e Samir (Udinese).

Meio campistas: Allan (Napoli), Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Fabinho (Liverpool), Lucas Paquetá (Milan) e Phillipe Coutinho (Barcelona)

Atacantes: Bruno Henrique (Flamengo), David Neres (Ajax), Roberto Firmino (Liverpool), Neymar (PSG), Richarlison (Everton) e Vinicius Júnior (Real Madrid).

Assista a convocação ao vivo:

TITE: MOMENTO E NÚMEROS

Tite tem um aproveitamento de 84,13% no comando da seleção brasileira. São 33 vitórias, sete empates e duas derrotas (para Bélgica na Copa do Mundo e um amistoso contra a Argentina). O saldo de gols é positivo: foram 93 marcados e apenas 11 sofridos. Dos 42 jogos, sua equipe só sofreu gol em 10.

Tite recuperou um pouco do prestígio com o título da Copa América. Apesar de ter sido até vaiado em alguns jogos do torneio, o comandante de 58 anos precisa começar a trabalhar na renovação da seleção brasileira. Isso porque já tinha sido deixado claro que, a partir de agora, o foco é total na Copa do Mundo de 2022, que será realizada no Catar.

tite campeão copa américa
Tite celebrando a final da Copa América. Foto: Lucas Figueiredo / CBF

CONVOCAÇÃO COM NOVOS NOMES

A expectativa é que essa convocação tenha várias novidades. O único entrave de Tite são os quatro semifinalistas da Copa do Brasil. Para não desfalcar Grêmio, Athletico-PR, Internacional e Cruzeiro, o técnico não deverá convocar nenhum jogador desses clubes. Ou seja, o novo xodó da torcida, Everton ‘Cebolinha’ deve ficar de fora.

Gabriel Jesus está suspenso, por dois pela Conmebol por ter chutado a cabine do VAR após ser expulso na final da Copa América. Portanto, também é ausência certa dessa convocação de Tite.

Outro que é desfalque certo é o goleiro Alisson, machucado.

NEYMAR

O principal jogador brasileiro da atualidade foi lembrado nessa convocação. Neymar está recuperado da lesão que o tirou da disputa da Copa América, mas vai treinando em separado no PSG.

O atleta de 27 anos vê a novela da sua saída da França se estender a cada dia que passa. O Barcelona é o destino preferido, mas o Real Madrid prepara uma oferta.

De acordo com o L’Equipe, da França, os parisienses querem pelo menos 100 milhões de euros e mais alguns jogadores por Neymar.

Apesar de tudo isso, Tite sempre faz questão de defender Neymar. O treinador coloca o jogador no patamar dos três melhores do mundo, ao lado de Messi e Cristiano Ronaldo. Entretanto, Neymar não entrou na lista do The Best 2019. Organizado pela FIFA, o prêmio elenca os 10 maiores jogadores do ano.

daniel alves são paulo psg

Daniel Alves acerta com São Paulo e retorna ao futebol brasileiro

Daniel Alves é o novo jogador do São Paulo. O clube divulgou a contratação do lateral, capitão da seleção brasileira, na noite desta quinta-feira (1).

“Sonhar é possível e realizar também….. um dia sonhei com meu primo jogar no São Paulo e no Barcelona, hoje estou realizando a parte que faltava desse sonho!”, postou em seu Instagram.

Com 40 títulos, Daniel Alves foi campeão da Copa América 2019. Além disso, foi eleito o craque da competição.

Daniel  estava sem clube desde junho. Ele anunciou sua saída do PSG enquanto defendia a seleção brasileira e vivia uma indefinição.

Apesar de ter propostas de grandes clubes europeus, preferiu o retorno ao futebol brasileiro. O jogador pretende ser convocado para a Copa do Mundo 2022 e por isso optou por ter um vínculo maior.

Seu nome foi especulado no Manchester City, para voltar a trabalhar com o técnico Pep Guardiola, e ao Barcelona, clube que defendeu entre 2008 e 2016.

CARREIRA

Daniel Alves é o jogador mais vezes campeão da história do futebol. São 40 taças conquistadas: 23 pelo Barcelona, 5 pelo PSG, 5 pelo Sevilla, 4 pela seleção brasileira, 2 pela Juventus e um pelo Bahia, onde foi revelado.

Agora Dani Alves deve ter tranquilidade para ser titular do time do técnico Cuca. Isso porque o único concorrente no setor são-paulino é o jovem Igor Vinícius.

Confira o anúncio do São Paulo:

tite

Opinião: o título da Copa América foi o respiro de Tite

A nona conquista do Brasil em Copa América serviu para algumas coisas. A primeira delas, em uma visão macro, foi para aproximar da seleção canarinho aos rivais Uruguai (15) e Argentina (14) no número de taças. A segunda foi que Tite ganhou alívio.

Ele sofreu com o revés para a Bélgica. Se Everton virou o xodó da torcida e Gabriel Jesus teve sua ressurreição, o treinador de 58 anos segue vivendo com pressão. Tite foi vaiado por boa parte dos públicos ao longo dos jogos.

Ele não só carrega a pressão de comandar a seleção mais vezes campeã mundial, mas tem que justificar suas escolhas e o porquê que a amarelinha não mostra todo seu potencial dentro de campo. O troféu ameniza tudo isso e dá o respiro necessário para seguir.

Neste ano, serão apenas seis mais amistosos. Dois deles, nos dias 6 e 10 setembro, nos Estados Unidos, estão confirmados: Colômbia e Peru. Em 2020, começam as Eliminatórias, além da próxima edição da Copa América.

RENOVAÇÃO?

Daqui para frente, muito se fala em renovação. Dos 23 convocados da Copa do Mundo da Rússia por Tite, oito foram ausência nesta Copa América: Danilo, Marcelo, Pedro Geromel, Fred, Renato Augusto, Paulinho, Douglas Costa e Taison. Ou seja, quase 30% do grupo mudou.

Dos campeões na Copa América, dar para apostar em 14 remanescentes para 2022: Alisson, Ederson, Daniel Alves, Eder Militão, Marquinhos, Alex Sandro, Casemiro, Arthur, Lucas Paquetá, Coutinho, Richarlison, David Neres, Everton e Neymar. Esses só saem se tiverem quedas em seus rendimentos, assim como foi com Marcelo em sua última temporada pelo Real Madrid.

Thiago Silva, Filipe Luís, Willian e Roberto Firmino vão ter que mostrar muito serviço para continuar.

PROMESSAS

O problema (para Tite) é a fartura de bons jogadores. Nenhum outro país no mundo revela tantos jogadores de alto nível.

Na lateral esquerda, Alex Telles, Guilherme Arana e principalmente Renan Lodi têm amplas condições de defenderem a amarelinha. O novo lateral do Atlético de Madrid tem muito a evoluir, ainda mais sob o comando de Diego Simeone.

No ataque, são três principais promessas: Vinicius Junior, Rodrygo e Pedro.

daniel alves

Daniel Alves desconversa sobre novo clube e mira a Copa do Catar, quando terá 39 anos

Craque da Copa América, Daniel Alves está livre no mercado. Aos 36 anos, o lateral direito é credenciado a jogar em qualquer clube do mundo. Acumula passagens (e títulos) por Sevilla, Barcelona, Juventus, PSG na Europa, mas ainda não revela seu próximo destino.

“Saio daqui satisfeito e não tenho seleção e nem clube. Estou desempregado e aberto à ofertas. Se o Marca me fizer uma, não diria não”, brincou ele em resposta ao jornal espanhol. Já com jornalistas brasileiros, Daniel Alves voltou a brincar: “Próximo emprego? Repórter”, arrancando gargalhadas.

Vale destacar que o lateral é jogador mais vitorioso do mundo. São 40 títulos na carreira de 18 anos de carreira profissional. Atrás dele, aparecem Pelé (37 títulos) e o trio Andrés Iniesta, Ryan Giggs e Maxwell, com 35 troféus cada.

Porém, o atleta ainda luta por um sonho: disputar a Copa do Mundo do Catar. Daniel terá 39 anos, mas nem isso o faz mudar de ideia.

E melhor, diz isso publicamente desde que foi cortado da lista dos convocados por Tite para o Mundial da Rússia.

“Quando eu machuquei, deixei a mensagem que iria lutar para a próxima Copa. E não mudou meu pensamento. Confio muito no meu trabalho, no cuidado que tenho com bebida e na minha profissão”, completou Daniel Alves.

Agora, resta definir qual será o futuro de Daniel Alves. Um possível retorno ao Barcelona não é difícil de acontecer, ainda mais se Neymar também selar sua volta à Espanha.

willian lampard chelsea

Ex-companheiros, Willian elogia Lampard antes do reencontro no Chelsea: “fantástico”

O atacante Willian ficou animado com o novo treinador do Chelsea. Frank Lampard, ex-meio campista e ídolo dos Blues, atuou com o brasileiro na temporada 12/13, antes do inglês sair para atuar no Manchester City.

“Joguei com ele por um ano. Como jogador foi fantástico e é uma grande pessoa. Espero que possa fazer o melhor pelo Chelsea”, disse o brasileiro ao Paraná Portal na zona mista após o título na Copa América.

Vale lembrar que a saída de Eden Hazard aumenta a responsabilidade de Willian. Na última temporada, sob o comando do italiano Maurizio Sarri, o brasileiro atuou em 36 das 38 rodadas da Premier League. No entanto, ele só atuou durante os 90 minutos em 10 duelos.

Além disso, o brasileiro marcou seis gols e deu oito assistências no torneio nacional.

Os dois atuaram juntos na temporada 12/13. Foto: Reprodução

FÉRIAS

Contudo, antes de pensar na temporada na Inglaterra, Willian vai descansar um pouco. Ele estava aproveitando as férias em Israel com a família quando foi chamado, de última hora, para substituir Neymar. Ele foi aproveitado por Tite ao longo dos jogos e até marcou gol na goleada sobre o Peru pela fase de grupos.

Remanescente das duas últimas Copas do Mundo, Willian celebrou bastante a conquista mesmo do banco de reservas. Nesta semana, ele sofreu uma lesão muscular e acabou ficando fora de combate na grande decisão.

“Infelizmente não pude jogar, mas estava no banco e ajudando os companheiros. É um título muito importante. Esse grupo e essa comissão já mereciam há algum tempo e fomos coroados. A Copa América no Brasil e a final no Maracanã… Foi especial”, finalizou Willian.

jesus

Artilheiro da ‘era Tite’, Jesus ressuscita na Copa América

Pode se dizer que o atacante Gabriel Jesus teve sua ressurreição na Copa América 2019. Ele não balançou as redes na Copa do Mundo da Rússia e acabou virando deboche de grande parte dos brasileiros. No Mundial do ano passado, ele acabou tendo o pior desempenho de um camisa 9 do Brasil em uma Copa do Mundo.

Entretanto, Tite continuou insistindo no jogador. No final das contas, viu seu comandado dar a volta por cima. Com ótimas atuações, Jesus foi decisivo na semifinal contra Argentina e na decisão diante o Peru.

“Estou muito feliz pelo título e por fazer parte desse grupo. Desde a primeira convocação com o professor Tite, pude fazer parte desse longo período. É satisfatório trabalhar com todos e agradecer a confiança”, comemorou.

Com 22 anos, Jesus é o artilheiro da “era Tite”. Desde que o técnico assumiu a seleção, em julho de 2016, o camisa 9 marcou 18 gols. Neymar, com 13, e Coutinho, 12, vem na sequência.

A meta agora é manter o status de titular na seleção. A dupla com Roberto Firmino funcionou e deve ser mantida por Tite – pelo menos até as Eliminatórias.

O que resta agora é ganhar mais espaço no Manchester City de Pep Guardiola. Ou até mesmo procurar um novo clube.

O problema na Inglaterra é a forte concorrência. O brasileiro vive na sombra do argentino Sergio Aguero, maior artilheiro da história dos Citizens.

alex sandro renan lodi

Titular da seleção, Alex Sandro aprova presença de Bolsonaro e elogia Renan Lodi

Alex Sandro conquistou o status de titular na conquista dessa Copa América. Ele começou a disputa sendo reserva de Filipe Luís, mas acabou atuando na semifinal contra a Argentina e na decisão. Além disso, ele ainda elogiou a presença de Jair Bolsonaro na cerimônia de premiação e o lateral esquerdo Renan Lodi.

Ele ficou sabendo que iria ser titular há alguns dias, em uma conversa que Tite falou para ele aproveitar o momento.

“Esse título foi muito importante. Fomos coroados com nosso trabalho e estamos todos de parabéns”, celebrou ele, respondendo uma da das perguntas feitas pelo Paraná Portal na zona mista.

Para Alex Sandro, a entrega das medalhas por parte de Bolsonaro foi bacana. O presidente acompanhou o jogo da tribuna de honra do Maracanã e foi ao gramado para participar da festa brasileira.

“É sempre legal ter o presidente te entregando a medalha e estando junto com você. Foi bem legal esse carinho dele”, avaliou.

RENOVAÇÃO

Por fim, Alex Sandro ainda respondeu sobre a concorrência na lateral esquerda. Tite começará o processo de renovação e o setor deve sofrer mudanças.

Quem surge como principal nome para a posição é Renan Lodi. O jogador saiu do Athleticoassinou o contrato de seis anos com o Atlético de Madrid neste domingo (7) e deve figurar a seleção brasileira em breve.

“O Renan é um grande jogador. O presente já está coroando ele com essa transferência, chegando em um time forte na Europa. Tenho certeza que o futuro dele é cada vez crescer mais”, elogiou Alex Sandro.

Vale lembrar que Filipi Luís e Marcelo eram nomes indiscutíveis. No entanto, vão perdendo cada vez mais espaço. O primeiro deve selar sua ida ao Flamengo, enquanto o segundo precisa recuperar seu auge no Real Madrid.

Hoje, Alex Sandro está acima de ambos, mas terá que se manter bem na Juventus para continuar vestindo a amarelinha.

“Todos querem ter oportunidade na seleção brasileira. Eu vou continuar trabalhando, sempre dando meu melhor, para poder ter mais oportunidade na seleção”, finalizou.

Tite reforça que segue no comando da seleção brasileira

Tite segue no cargo de técnico da seleção brasileira após o título da Copa América 2019. O treinador de 58 anos reforçou, em entrevista coletiva após a conquista do título da Copa América, que pretende comandar o Brasil na Copa do Mundo de 2022, que será disputada no Catar.

Ele já tinha garantindo sua permanência na coletiva realizada no sábado (6). Entretanto, segundo Juca Kfouri, Tite estava repensando pela saída de membros importantes da comissão técnica. Edu Gaspar assumirá o cargo de diretor do Arsenal, enquanto Sylvinho e Lázaro vão assumir cargos no Lyon, da França.

“A gente fica tão mergulhado no trabalho, pensando em todo trabalho, que eu tô enrolando para dizer que não pensei ainda”, disse ao ser questionado sobre a remontagem da equipe com a saída dos integrantes da comissão.

Com o triunfo por 3 a 1 sobre o Peru neste domingo (7), no Maracanã, Tite chegou a ter 33 vitórias, sete empates e duas derrotas no comando da seleção. O aproveitamento, por enquanto, é de 84,12%.

REI DA AMÉRICA

Com a conquista, Tite se tornou o primeiro técnico a se sagrar campeão de todos os torneios da América. Em 2007, ele conquistou a Copa Sul-Americana pelo Internacional. Já em 2012, venceu a Libertadores da América e, no ano seguinte, levantou a taça da Recopa Sul-Americana – ambas pelo Corinthians.