palmeiras fluminense campeonato brasileiro

Luiz Adriano marca três gols e Palmeiras vence o Fluminense com tranquilidade

Com três gols de Luiz Adriano, o Palmeiras bateu o Fluminense por 3 a 0 nesta terça-feira (10) e emplacou a segunda vitória seguida no Campeonato Brasileiro. O atacante foi substituído por Borja aos 23 minutos do segundo tempo, mas foi muito aplaudido pela torcida. O duelo, atrasado, foi válido pela 16.ª rodada e aconteceu no Allianz Parque.

O público foi de 27.956 pessoas e a renda de R$ 1.557.517,40.

O clube paulista reage no torneio nacional após a chegada do técnico Mano Menezes. O 100% de aproveitamento chegou em boa hora após a equipe ficar sem vencer por sete rodadas sob o comando de Luiz Felipe Scolari.

Com o hat-trick, Luiz Adriano fica com quatro gols em seis jogos vestindo a camisa palmeirense. Além disso, a última vez que um atacante do Palmeiras fez três gols em uma partida foi Lucas Barrios. Em setembro de 2015, o atacante paraguaio marcou três gols no Maracanã, justamente sobre o Fluminense.

LUIZ ADRIANO: PALMEIRAS EM BUSCA DO TÍTULO

palmeiras fluminense campeonato brasileiro luiz adriano
Foto: Artur Braganca/Gazeta Press

Em entrevista ao Premiere após o apito final, Luiz Adriano garantiu que o Palmeiras vai lutar pelo bicampeonato brasileiro até o fim.

“É o nosso objetivo. Caímos foras da Copas e lutamos até o final no Brasileiro”, disse.

“Dudu me deu. Perguntou se eu ia levar a bola e disse ‘toma aí’. Fico muito feliz de marcar os três gols hoje. Acho que minha volta ao Brasil foi bem planejado. Com a estrutura do clube, está sendo muito bom”, completou o camisa 10.

PRÓXIMOS JOGOS

Com o resultado, o Palmeiras chegou aos 36 pontos e fica na terceira posição da tabela. De quebra, o time alviverde encosta nos líderes Flamengo e Santos. O Urubu está com 39 pontos, enquanto o Peixe tem 37.

Na próxima rodada, o Porco encara o Cruzeiro. O confronto está marcado para o próximo sábado (14), às 19h, no Allianz Parque.

Do outro lado, o Fluminense segue com 15 pontos e aparece na 17.ª posição. O Tricolor, comandado por Oswaldo de Oliveira, se prepara agora para enfrentar o Corinthians. O jogo acontece no domingo (15), às 16h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

OS GOLS

O primeiro gol saiu aos oito minutos do primeiro tempo. Willian encontrou Diogo Barbosa e o lateral soltou uma pancada. A bola carimbou o travessão do Fluminense, mas Luiz Adriano meteu o joelho na bola e inaugurou o placar.

O segundo saiu aos 12 da etapa final. Dudu recebeu pela direita e cruzou rasteiro para Luiz Adriano bater firme e ampliar.

Cinco minutos mais tarde, o camisa 10 fechou o placar. Marcos Rocha cruzou da direita e o atacante se movimentou bem para acertar uma ótima cabeçada e fechar o placar.

palmeiras fluminense brasileirão campeonato brasileiro

Palmeiras encara o Fluminense com Fernando Prass no gol e Willian no ataque

O Palmeiras encara o Fluminense nesta terça-feira (10), às 21h, no Allianz Parque, em jogo atrasado pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida ainda marca a estreia do técnico Mano Menezes sob os olhos da torcida alviverde. As escalações foram divulgadas agora pouco – confira abaixo.

O árbitro da partida será Anderson Daronco e o jogo só será transmitido pelo Premiere.

ESCALAÇÃO DO PALMEIRAS

O Palmeiras está escalado com: Fernando Prass; Marcos Rocha, Luan, Victor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Willian, Dudu e Luiz Adriano.

No total, são quatro desfalques alviverdes. O goleiro Weverton está com a seleção brasileira nos Estados Unidos. Com isso, Fernando Prass ganha a oportunidade de defender a meta palmeirense.

Na lateral direita, Mayke está machucado. Entretanto, Marcos Rocha é o titular da posição e segue entre os 11 iniciais.

No meio campo, Lucas Lima está suspenso Zé Rafael está fora. Ele sofreu uma concussão no jogo contra o Goiás e os médicos recomendaram pouso de 72 horas. Com isso, Willian ganha a titularidade.

Por fim, o que mais surpreendeu foi a ausência de Deyverson. O atacante não vai ficar nem no banco de reservas.

FLU TAMBÉM CONFIRMADO

Do outro lado, o Fluminense está escalado com: Muriel; Gilberto, Digão, Nino e Caio Henrique; Airton, Ganso e Nenê; Wellington Nem, João Pedro e Yony Gonzalez.

O único desfalque do time comandado por Oswaldo de Oliveira é o volante Allan. O jogador estava na seleção brasileira sub-20 e se apresentou com dores no pé direito.

O QUE VALE O JOGO

Caso o Palmeiras vença, vai diminuir a distância para o Flamengo. Serão três pontos separando as equipes, ou seja, o Palmeiras se aproxima do Fla e do Santos, segundo colocado. O Urubu está com 39 pontos e o Peixe com 37. O Porco aparece em terceiro lugar, com 33.

Do outro lado, o Flu está na 17.ª colocação – primeiro clube que integra a zona de rebaixamento – com 15 pontos. Uma vitória vai igualar a pontuação do Cruzeiro e os cariocas tem vantagem sobre os mineiros no saldo de gols. Ou seja, o duelo pode selar a saída do Z4.

Paraná Clube - CRB - Série B

Paraná Clube vence de virada o CRB e entra no G-4 da Série B

O Paraná Clube venceu de virada o CRB por 2 a 1, nesta quinta-feira (5). Com o resultado, a equipe entrou no G-4 do Campeonato Brasileiro da Série B e espera os demais resultados da rodada para confirmar se permanece entre os quatro primeiros.

O CRB abriu o placar com Lucas Ferreira e o Paraná Clube buscou a virada com gols de Jenison e Sueliton.

O duelo válido pela 2ª rodada foi realizado no Rei Pelé em Maceió.

O Paraná Clube chegou aos 32 pontos na tabela de classificação e completa cinco jogos sem derrotas.

Já o CRB caiu para a oitava posição com 30 pontos e fica a quatro de distância do Paraná Clube.

PRÓXIMOS JOGOS

O CRB volta a campo na próxima terça-feira (10), quando recebe o Brasil de Pelotas no Rei Pelé, às 18h45.

Já o Paraná Clube atua na Vila Capanema contra o Cuiabá no dia 14 de setembro (sábado), às 19h.

O JOGO

Paraná Clube - CRB - Série B
Reprodução/Twitter CRB

A primeira chance do jogo foi criada pelo CRB aos cinco minutos. Léo Ceará recebeu na frente e finalizou rasteiro. A bola ganhou velocidade com o gramado molhado e obrigou boa defesa de Thiago Rodrigues.

O Paraná Clube respondeu aos 16 minutos, após boa finalização de meia distância de Itaqui. O goleiro Vinicius Silvestre espalmou a bola para o alto e fez a defesa em dois tempos.

O CRB abriu o placar aos 23 minutos. Lucas Ferreira foi lançado na esquerda e cruzou na marca do pênalti para Felipe Ferreira, que de voleio fez um belo gol no Rei Pelé.

A equipe potiguar continuou no ataque e após cruzamento da direita, Léo Ceará escorou de cabeça para trás e a bola sobrou nos pés de Lucas Abreu. O meia tentou bater de primeira, mas mandou longe da meta de Thiago Rodrigues.

O Paraná Clube voltou melhor para a segunda etapa e logo aos três minutos criou sua primeira chance. Bruno Rodrigues abriu para Guilherme Santos na esquerda e o lateral cruzou para o segundo poste. Éder Sciola recebeu livre, mas errou o domínio e perdeu boa oportunidade.

Aos 26 minutos, o CRB respondeu com boa cobrança de falta de Felipe Ferreira. O atacante bateu em curva e a bola tocou no travessão antes de sair.

O empate do Paraná Clube saiu aos 29 minutos, quando Guilherme Santos puxou para o meio e achou Jenison sozinho na grande área. O atacante dominou e finalizou no canto direito de Vinicius Silvestre.

E dois minutos depois o Paraná Clube foi buscar a virada. Sueliton foi lançado pela direita, invadiu a área e bateu com força no ângulo esquerdo de Vinicius Silvestre.

A última chance de gol do CRB saiu aos 38 da segunda etapa, quando Thiago Rodrigues errou na saída de bola e entregou a bola nos pés de Elton. O meia finalizou no poste esquerdo do arqueiro e a bola foi para fora.

corinthians atlético-mg brasileirão

Goleiro do Atlético-MG dá presente e Corinthians vence no aniversário de 109 anos

No sufoco, o Corinthians venceu o Atlético-MG por 1 a 0 e triunfou no confronto direto pelo G4 do Campeonato Brasileiro. O empate sem gols parecia encaminhado, mas a falha do goleiro Cleiton resultou no gol do atacante Gustavo. O gol no final da partida acabou fechando o aniversário do clube , com chave de ouro – o Timão completou 109 anos neste domingo (1).

O duelo, válido pela 17.ª rodada, foi realizado na Arena Corinthians e contou com um público de 32.505 pessoas.

Com o resultado, o Timão chega aos 31 pontos e pula para a terceira posição. A última derrota corintiana foi no clássico contra o Santos, antes da Copa América. Desde então, são oito jogos: quatro vitórias e quatro empates.

Para fechar, o clube paulista ultrapassou Palmeiras e São Paulo, que tropeçaram na rodada.

Do outro lado, o Galo fica com 27 pontos e segue como sexto colocado do Brasileirão. Entretanto, o time comandado por Rodrigo Santana amarga a terceira derrota seguida.

PRÓXIMOS JOGOS

Os dois clubes voltam a campo no próximo final de semana. O Corinthians volta a jogar dentro de casa, mas dessa vez encara o Ceará. O duelo está marcado para o próximo sábado (7), às 11h, em Itaquera.

Já no domingo (8), às 16h, o Atlético-MG visita o Botafogo no Engenhão.

O JOGO

corinthians atlético mg brasileirão
Corinthians tentou bolas aéreas, mas o atacante Vágner Love perdia para Réver e Igor Rabello por causa da diferença de altura. Foto: Bruno Cantini / Atlético MG

Quem assustou mais no primeiro tempo foi o Atlético-MG. Chará cruzou da direita e Ricardo Oliveira testou firme para uma ótima defesa de Cássio. No lance seguinte, o Corinthians respondeu com um chutaço de Mateus Vital. O goleiro Cleiton se jogou e também fez boa intervenção.

Depois disso, o Galo chegou duas vezes com perigo. Primeiro Chará cruzou rasteiro para Ricardo Oliveira, mas Manoel cortou pela linha de fundo na hora ‘h’. Depois, Patric deu ótimo lançamento para Cazares furar a bola e desperdiçar grande chance. O Corinthians chegou bem só em um contra-ataque. Vágner Love recebeu passe de Pedrinho e bateu firme para Cleiton espalmar.

Por fim, Ricardo Oliveira soltou uma pancada em cobrança de falta, mas Cássio espalmou pela linha de fundo.

Na etapa final, o Corinthians aumentou o ritmo e cresceu na partida. Aos 8 minutos, Vágner Love pediu pênalti de Igor Rabello, mas o árbitro Wilton Pereira Sampaio nada marcou. O Atlético deu a resposta no contra-ataque rápido, mas Chará tocou mal e Manoel recuperou a bola.

Aos 18, Cleiton reeditou o duelo pessoal do primeiro tempo e fez outra bela defesa em chute de Mateus Vital. Dois minutos depois, o Timão encontrou o contra-ataque: Pedrinho recebeu na ponta e cortou Fábio Santos, mas bateu mal pela linha de fundo.

Os times passaram a errar muitos passes e as chances de gol ficaram mais escassas. Contudo, o Corinthians sufocou no final. Junior Urso exigiu defesa de Cleiton e Pedrinho bateu para fora.

No final das contas, Cleiton acabou dando o presente ao Corinthians. O goleiro cobrou o tiro de meta muito mal e entregou a bola nos pés de Mateus Vital. O meia deu ótimo passe para Gustavo, que bateu firme com o pé esquerdo para completar a festa corintiana.