Toledo - Paraná Clube - Campeonato Paranaense

Paraná Clube perde do Toledo, mas consegue vaga nas quartas de final do Paranaense

Com gol salvador de PH, o Toledo bateu o Paraná Clube por 1 a 0 na tarde deste domingo (15), conseguindo permanecer na divisão principal do Campeonato Paranaense com o triunfo.

O triunfo do Toledo rebaixou as equipes do PSTC e do União Beltrão, ambos os times que subiram da segunda divisão estadual na última temporada.

Mesmo com a derrota, o Paraná Clube se beneficiou da vitória do PSTC sobre o Cascavel C.R. para se garantir nas quartas de final do Paranaense.

O duelo foi realizado em um 14 de Dezembro sem torcedores, após decisão da FPF (Federação Paranaense de Futebol) devido a pandemia de coronavírus.

O Paraná Clube terá o clássico contra o Coritiba nas quartas de final do Campeonato Paranaense, sendo que no primeiro turno, a equipe alviverde venceu o rival por 1 a 0, em duelo realizado na Vila Capanema.

Athletico Paranaense contra Londrina, FC Cascavel contra Rio Branco e Operário contra o Cianorte fecham os confrontos das quartas de final do Campeonato Paranaense.

NO AGUARDO DA FPF

A CBF confirmou neste domingo que irá paralisar todas as suas competições por tempo indeterminado, como forma de tentar evitar a concentração de pessoas e assim diminuir o contágio do coronavírus.

Mas a CBF deixou a cargo das federações estaduais a escolha da manutenção dos jogos. A tendência é que nesta segunda-feira (16) a FPF se reúna com os clubes e defina se o Paranaense será paralisado.

DOMÍNIO DO TOLEDO

Toledo - Paraná Clube - Campeonato Paranaense
Allan Aal acompanhou mais uma atuação ruim do Paraná Clube dentro do Paranaense. (Divulgação/Toledo)

O Toledo quase abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo. David invadiu a área pela esquerda e chutou cruzado para bela defesa de Filipe.

Nova chance do Toledo aos 23 minutos. David lançou PH na área, o centroavante limpou a marcação e finalizou com efeito no travessão.

Filipe salvou novamente o Paraná Clube aos 36 minutos. Após cruzamento de PH, Vieira escorou firme e o goleiro fez grande defesa na cabeçada à queima roupa.

O goleiro do Paraná Clube ainda apareceu bem aos 41 minutos. Jhonathan arriscou da entrada da área e Filipe voou para fazer a defesa.

PH conseguiu marcar o gol da vitória do Toledo aos nove minutos da segunda etapa. André Bala lançou o atacante, que cortou Fernando Timbó e finalizou firme no canto direito.

A primeira chance de perigo do Paraná Clube foi aos 18 minutos. Rodrigo Rodrigues roubou bola no campo de ataque e finalizou firme para Diego espalmar.

O Paraná Clube ainda teve uma última chance aos 50 minutos. Após cruzamento da direita, Rafael Furtado ganhou pelo alto e cabeceou firme, mas por cima da meta.

Matheus Salles - Couto Pereira - Coritiba - Athletico Paranaense

Coritiba goleia Athletico Paranaense e fecha primeira fase do Paranaense como líder

Com um primeiro tempo arrasador, o Coritiba venceu o Athletico Paranaense por 4 a 0 na tarde deste domingo (15), encerrando a primeira fase do Campeonato Paranaense como líder.

Igor Jesus, Sabino, Matheus Salles (500° gol do Coritiba em Athletibas) e Rhodolfo marcaram os gols da vitória do Coritiba.

O duelo foi realizado em um Couto Pereira sem torcedores, após decisão da FPF (Federação Paranaense de Futebol) devido a pandemia de coronavírus. Esse foi o primeiro Athletiba disputado sem a presença de público.

O Coritiba irá encarar um novo clássico nas quartas de final do Paranaense, encontrando o Paraná Clube. No primeiro turno, a equipe alviverde venceu o rival por 1 a 0, em duelo realizado na Vila Capanema.

Já o Athletico terá pela frente o Londrina, equipe que venceu por 4 a 1 na Arena da Baixada na terceira rodada do Paranaense.

FC Cascavel contra Rio Branco e Operário contra o Cianorte fecham os confrontos das quartas de final do Campeonato Paranaense. PSTC e União Beltrão foram rebaixados.

NO AGUARDO DA FPF

A CBF confirmou neste domingo que irá paralisar todas as suas competições por tempo indeterminado, como forma de tentar evitar a concentração de pessoas e assim diminuir o contágio do coronavírus.

Mas a CBF deixou a cargo das federações estaduais a escolha da manutenção dos jogos. A tendência é que nesta segunda-feira (16) a FPF se reúna com os clubes e defina se o Paranaense será paralisado.

SEM PÚBLICO, MAS COM GOLEADA

Couto Pereira - Coritiba - Athletico Paranaense
Couto Pereira sem torcedores para evitar aglomeração e o contágio do coronavírus. (Geraldo Bubniak/AGB)

O Athletico Paranaense iniciou melhor a partida e criou duas boas chances no primeiros seis minutos. Alex Muralha evitou por duas vezes o gol aos cinco minutos, quando Khellven chutou de primeira na área e o goleiro espalmou, espalmando também a finalização de rebote de Reinaldo.

Já aos seis minutos, Reinaldo invadiu a área pela esquerda e finalizou firme, mas Alex Muralha conseguiu desviar a bola que ainda resvalou no travessão.

Mas aos dez minutos, Igor Jesus abriu o placar no Couto Pereira. Sabino lançou o atacante do campo de defesa, a dupla de zagueiros do Athletico não conseguiu fazer o corte e Igor finalizou rasteiro e Gabriel aceitou o chute.

Aos 19 minutos, Gabriel espalmou finalização de Igor Jesus. Na cobrança de escanteio, Rafinha cobrou no meio da área e Sabino testou firme para o chão e o goleiro novamente aceitou a finalização.

Ainda deu tempo de Matheus Salles marcar um belo gol aos 45 minutos. O volante recebeu na entrada da área e pegou muito forte na bola, sem dar chance para Gabriel.

O Coritiba seguiu comandando as ações na segunda etapa e Thiago Lopes quase fez um gol sem querer aos 11 minutos. Após lançamento da defesa, a bola acertou a chuteira do meia e foi em direção ao gol, mas Gabriel conseguiu defender em dois tempos.

Aos 15 minutos, foi a vez de Rafinha criar chance de perigo. O meia avançou pelo centro e da entrada da área e finalizou cruzado, com a bola passando rente do poste esquerdo.

Só que ainda faltava a “lei do ex” ser cumprida no Couto Pereira. Em seu primeiro Atletiba como jogador do Coritiba, Rhodolfo aproveitou rebote de uma cabeçada de Sabino na área e finalizou quase dentro do gol.

Danilo - Londrina - Campeonato Paranaense

Londrina busca empate e Paraná Clube sai do G-8 do Paranaense

Com reação no segundo tempo, o Londrina buscou empate com o Paraná Clube em 2 a 2 na noite deste domingo (1), retirando o rival da zona de classificação para as quartas de final do Campeonato Paranaense.

O duelo válido pela nona rodada do Campeonato Paranaense foi realizado na Vila Capanema, em Curitiba.

O empate tirou o Paraná Clube da zona de classificação. A equipe soma 10 pontos, mesma pontuação do Cascavel C.R., mas a equipe tricolor fica atrás pelo número de vitórias (3 a 2).

Já o Londrina fica estacionado na quinta posição com 15 pontos, quatro pontos atrás o líder Athletico Paranaense.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo no próximo final de semana, pela décima rodada da competição.

O Paraná Clube recebe o União Beltrão, na Vila Capanema, neste sábado (7), às 17h.

Já o Londrina viaja para o oeste do Paraná, encarar o FC Cascavel, no próximo domingo (8), às 18h, no Olímpico Regional.

LONDRINA BUSCOU EMPATE

Renan Bressan - Paraná Clube - Londrina - Campeonato Paranaense
Renan Bressan marcou outro gol de placar na Vila Capanema. (Rui Santos/Paraná Clube)

A estrela de Renan Bressan brilhou logo no quarto minuto da partida. Paulo Henrique cruzou da direita e o meia emendou de primeira com a bola no ar. Matheus Albino ainda viu a bola tocar na trave antes de entrar no gol.

O primeiro tempo seguiu morno e a torcida da Vila Capanema não viu mais chances de gol, com as duas equipes guardando seu melhor futebol para a segunda etapa.

Aos 14 minutos, em seu primeiro toque na bola, Ruster recebeu na esquerda e buscou a finalização por cobertura, encobrindo Marcos para empatar a partida.

O Paraná Clube retomou a liderança do placar com outro belo gol aos 21 minutos. Fabrício arriscou cobrança de falta da intermediária, a bola quicou no gramado e ganhou velocidade, entrando no cando esquerdo.

Só que no minuto seguinte, Gabriel Barbosa foi lançado na área e finalizou firme. Marcos espalmou para frente e Danilo chutou rasteiro, a bola desviou no braço de Thales e enganou o goleiro.

A situação do Paraná Clube ficou mais complicada aos 26 minutos. Após Rafael Assis roubar bola no campo de defesa, Thiago Alves acertou um chute nas costas do rival e recebeu o cartão vermelho direto.

Coritiba - Toledo - Campeonato Paranaense

Coritiba busca empate contra o Toledo, mas pode perder liderança do Paranaense

Em jogo fraco tecnicamente, o Coritiba buscou o empate em 1 a 1 com o Toledo na noite deste sábado (29), colocando em risco a manutenção da liderança do Campeonato Paranaense.

O duelo válido pela nona rodada do Campeonato Paranaense foi realizado no 14 de Dezembro, em Toledo.

Lucas Vieira abriu o placar para o Toledo, enquanto Rhodolfo empatou para o Coritiba.

Com o empate, o Coritiba chegou aos 18 pontos e pode perder a liderança do Campeonato Paranaense neste domingo (29). O FC Cascavel pode assumir o posto se vencer o Cianorte, enquanto o vencedor do duelo entre Athletico Paranaense e Operário também tem condições de ultrapassar a equipe alviverde.

Já o Toledo fica estacionado na décima posição com seis pontos e pode terminar a rodada na lanterna, caso o União Beltrão vença o Cascavel C.R. e o PSTC bata o Rio Branco.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo no próximo domingo (8) pela décima rodada do Campeonato Paranaense.

O Coritiba viaja para Cornélio Procópio para encarar o PSTC, no Ubirajara Medeiros, às 16h.

Já o Toledo encara o Operário em Ponta Grossa, no Germano Krüger, às 16h.

JOGO MORNO EM TOLEDO

A primeira chance da partida foi do Toledo logo no minuto inicial. Juninho cobrou falta da intermediária com efeito, a bola quicou no gramado e quase acertou o poste esquerdo.

O Coritiba respondeu também com a bola parada. Thiago Lopes cobrou escanteio no primeiro poste e Wellissol escorou por cima da meta.

O Toledo voltou a levar perigo aos 15 minutos. Após cobrança de escanteio da esquerda, Alex Muralha afastou de soco, mas a bola sobrou para Mineiro. O volante tentou cruzar e a bola foi fechada, acertando a rede acima do gol.

Thiago Lopes apareceu novamente aos 21 minutos. O meia arriscou falta direta para a meta e Diego caiu para fazer a defesa sem dar rebote.

Só que aos 23 minutos, Juninho cobrou lateral direto na área e Rhodolfo agarrou Lucas Vieira. Pênalti para o Toledo, que o próprio Lucas Vieira bateu firme no centro do gol para abrir o placar.

Aos 34 minutos, o Coritiba se aproximou do empate. Rafael Lima arriscou finalização da intermediária e a bola passou rasante ao travessão.

A pressão do Coritiba continuou e a equipe quase empatou o jogo aos 36 minutos. Matheus Galdezani encontrou Wellissol na entrada da área e o meia finalizou travado, mas a bola passou raspando o poste direito.

Na cobrança de escanteio, Thiago Lopes mandou no meio da área e Igor Jesus escorou a bola perto do travessão de Diego.

Igor Jesus ficou novamente perto de marcar aos 45 minutos. Robson avançou pela esquerda e cruzou na medida para o atacante cabecear, mas Diego foi buscar e espalmou a bola.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Diego teve que aparecer para salvar o Toledo. Kazu avançou pela esquerda e tentou a finalização no primeiro poste, mas o goleiro fechou o ângulo e fez a defesa fácil.

A resposta do Toledo veio no minuto seguinte. Mineiro desarmou Thiago Lopes e avançou até a intermediária, antes de finalizar firme e obrigar Alex Muralha a voar e espalmar com a mão direita.

Novamente o chute de média distância do Toledo assustou Alex Muralha. Jeferson Prill recebeu na entrada da área e finalizou prensado, mas a bola foi perto do poste esquerdo.

Aos 17 minutos, Diego mais uma vez venceu o duelo contra Igor Jesus. Giovanni Augusto fez bom cruzamento da esquerda e o atacante pegou firme de cabeça e o goleiro caiu no canto direito e fez firme defesa.

Quando a partida já demonstrava caminhar para a vitória do Toledo, Giovanni Augusto cobrou escanteio da esquerda e Rhodolfo ganhou pelo alto para escorar firme no canto direito e empatar o jogo aos 32 minutos.

O Coritiba ficou perto da virada aos 39 minutos. Giovanni Augusto cobrou rasteiro falta da intermediária, a bola passou pela barreira e acertou o poste esquerdo.

No contra-ataque, o Toledo quase marcou seu segundo gol aos 44 minutos. Andrezinho rolou para André Bala na área, mas o atacante pegou mal na bola e mandou o chute à esquerda da meta.

Ainda deu tempo de Igor Jesus novamente perder boa chance de gol. Após cruzamento da direita de Robson, o atacante se antecipou a marcação, mas cabeceou por cima da meta.

No último minuto da partida, Dudu lançou PH, que cortou Rhodolfo e finalizou firme para Alex Muralha fazer grande defesa e salvar o Coritiba.

Rafinha - Coritiba - Cianorte - Campeonato Paranaense

Coritiba vence Cianorte e assume liderança provisória do Paranaense

Com uma grande atuação de Rafinha abaixo de forte chuva, o Coritiba bateu sem dificuldades o Cianorte por 2 a 0 na noite desta sexta-feira (21), reassumindo a liderança do Campeonato Paranaense de forma provisória.

O duelo válido pela oitava rodada do Campeonato Paranaense foi realizado no Couto Pereira, em Curitiba.

Rafinha e Robson marcaram os gols da vitória do Coritiba.

O Coritiba chegou aos 17 pontos e precisa agora torcer por ao menos um empate do FC Cascavel contra o Toledo neste sábado (22).

Já o Cianorte chegou ao quarto jogo sem vencer e com isso corre risco de ser ultrapassado pelo Cascavel C.R. e cair para a nona posição do Paranaense. A equipe do oeste do Paraná viaja para encarar o Athletico Paranaense neste sábado (22).

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo no próximo final de semana pela nona rodada do Campeonato Paranaense.

O Coritiba viaja para encarar o Toledo, no 14 de Dezembro, no próximo sábado (29), às 20h.

Já o Cianorte recebe o FC Cascavel no Albino Turbay, no próximo domingo (01), às 16h.

RAFINHA BRILHA DEBAIXO D’ÁGUA

Rafinha - Coritiba - Cianorte - Campeonato Paranaense
Gol, assistência, bola no travessão e muita habilidade do meia mesmo com forte chuva no Couto Pereira. (Geraldo Bubniak/AGB)

O Coritiba criou a primeira chance de perigo do jogo, logo aos dois minutos. Thiago Lopes encontrou Sassá na área e o centroavante fez a parede para a finalização de Robson, que passou perto do poste direito.

Matheus Galdezani levou perigo a meta de Bruno aos 20 minutos. O volante arriscou da intermediária e a bola passou com perigo sobre o gol.

A pressão do Coritiba surtiu resultado e aos 33 minutos Rafinha abriu o placar. O meia cobrou falta perto da lateral da área direto ao gol, Bruno ainda tentou espalmar, mas a bola já estava dentro do gol quando o goleiro tocou nela.

Rafinha novamente foi decisivo para o Coritiba. Aos 43 minutos, o meia bateu falta lateral para a pequena área e Robson ganhou da marcação pelo alto para escorar firme para o fundo das redes.

O jogo caiu de nível do segundo tempo, mas o Coritiba continuou no controle das ações. Aos 13 minutos, Yan Couto cruzou na medida para Robson escorar com muito perigo à esquerda da meta.

O Cianorte criou sua primeira chance de perigo aos 15 minutos. Júnior Prego arriscou da intermediária e Alex Muralha teve que se esticar para dar um tapa na bola.

A dupla Rafinha e Robson quase marcou o terceiro gol do Coritiba aos 20 minutos. O meia novamente deu bom passe para o companheiro, que viu Bruno adiantado e tentou a finalização por cobertura, com a bola passando perto do travessão.

Rafinha seguiu levando perigo ao gol do Cianorte. Aos 25 minutos, o meia roubou bola já na entrada da área e tentou surpreender Bruno com um toque de cavadinha, acertando o travessão do goleiro.

Renan Bressan - Paraná Clube - Operário - Campeonato Paranaense - Vila Capanema

Paraná Clube vence Operário e ganha primeira na Vila Capanema em 2020

Em um jogo equilibrado, Renan Bressan marcou gol logo em seu primeiro toque na bola e o Paraná Clube bateu o Operário por 1 a 0 na noite deste domingo (16), conquistando sua primeira vitória como mandante na temporada.

O duelo válido pela sétima rodada do Campeonato Paranaense foi realizado na Vila Capanema, em Curitiba, com 2501 torcedores presentes.

A vitória deixou o Paraná Clube com nove pontos na oitava colocação, sete pontos abaixo do líder FC Cascavel.

Já o Operário perdeu a chance de empatar em pontos com o FC Cascavel e caiu para a quarta posição com 13 pontos ganhos.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo no sábado de Carnaval (22), pela oitava rodada do Campeonato Paranaense.

O Paraná Clube viaja até Cornélio Procópio para encarar o PSTC, no Ubirajara Medeiros, às 17h.

Já o Operário viaja para Francisco Beltrão para encarar o União, às 16h, no Estádio Anilado.

VITÓRIA COM A ESTRELA DE BRESSAN

Allan Aal - Paraná Clube - Operário - Campeonato Paranaense - Vila Capanema
Allan Aal conseguiu sua primeira vitória como mandante em sua passagem como técnico do Paraná Clube. (Geraldo Bubniak/AGB)

A primeira chance na Vila Capanema saiu logo aos dois minutos. Raphael Alemão recebeu na entrada da área e finalizou cruzado perto do poste direito.

Nova chance do Paraná Clube aos 24 minutos. Após cobrança de escanteio, Thales ganhou pelo alto e cabeceou perto do travessão.

Aos 32 minutos, André Luiz foi quem salvou o Operário. Michel faz boa jogada e serviu Kaio na área. O meia finalizou firme para bela defesa do goleiro, mas o rebote ficou com Rodrigo Rodrigues na pequena área e o atacante chutou rente ao poste direito.

O Operário respondeu aos 40 minutos com Tomas Bastos. O meia arriscou uma finalização da intermediária e Alisson bateu roupa, mas a defesa conseguiu afastar.

Alisson se redimiu aos 45 minutos. Tomas Bastos cobrou escanteio da esquerda e Jefinho cabeceou para o chão da pequena área, obrigando o goleiro paranista a defender em cima da linha, impedindo a bola de entrar no gol.

Após cerca de dez minutos de paralisação para a volta do intervalo, devido a falha em alguns refletores na Vila Capanema.

Com quatro minutos, André Luiz salvou novamente o Operário. Michel recebeu a bola na área e o meia finalizou cruzado para grande intervenção do goleiro.

Mas aos 14 minutos, o Paraná Clube conseguiu o seu gol. Michel recebeu na lateral da área e rolou para Renan Bressan chegar finalizando de primeira no alto da meta, sem chances para André Luiz.

Lucas Batatinha teve boa chance para empatar o duelo aos 24 minutos. O atacante foi lançado na ponta esquerda, cortou para dentro, mas finalizou fraco e no meio do gol para fácil defesa de Alisson.

Nova chance do Operário aos 44 minutos. Tomas Bastos recebeu na direita, cortou para o meio e chutou cruzado para boa defesa de Alisson.

Rhodolfo - Coritiba - Cascavel C.R. - Campeonato Paranaense

Coritiba leva virada do Cascavel C.R. e perde chance de liderar o Paranaense

Mesmo com domínio das ações em grande parte do jogo, o Coritiba levou a virada do Cascavel C.R. e perdeu por 3 a 2, desperdiçando a chance de assumir a liderança do Campeonato Paranaense.

O duelo válido pela sétima rodada do Campeonato Paranaense foi realizado no Olímpico Regional, em Cascavel.

Rhodolfo e Matheus Salles marcaram os gols do Coritiba, enquanto Renê, Diego Lopes e Rone viraram para o Cascavel C.R.

O Coritiba ficou estacionado com 15 pontos e pode perder a vice-liderança caso o Operário derrote o Paraná Clube ainda neste domingo.

Já o Cascavel C.R. venceu a primeira no campeonato e chegou aos cinco pontos ganhos, conseguindo sair pela primeira vez da zona de rebaixamento do Paranaense.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo na semana de Carnaval pela oitava rodada do Campeonato Paranaense.

O Coritiba recebe o Cianorte, no Couto Pereira, na sexta-feira (21), às 20h.

Já o Cascavel C.R. viaja para Curitiba encarar o Athletico Paranaense, na Arena da Baixada, neste sábado (22), às 17h.

DOMÍNIO COXA-BRANCA, VIRADA CASCAVELENSE

O Coritiba abriu o placar logo aos oito minutos. Patrick Vieira cobrou escanteio da esquerda e Rhodolfo ganhou pela alto para escorar firme para o fundo das redes.

O Cascavel C.R. buscou o empate aos 29 minutos. Lucy lançou Renê no contra-ataque e o meia invadiu a área, finalizando na saída de Alex Muralha para igualar o jogo.

Renê Júnior quase colocou o Coritiba na frente do placar aos 32 minutos. O volante recebeu na entrada da área e finalizou firme para Fernando Nunes espalmar.

A resposta do Cascavel C.R. foi aos 35 minutos. Valber cruzou da direita e Lucy escorou de cabeça prensado, mas a bola passou perto do travessão de Muralha.

A virada do Cascavel C.R. ocorreu aos 41 minutos. Lucy recebeu o escanteio curto e encontrou Diego Lopes no segundo poste. O volante cabeceou firme para baixo e balançou as redes.

Logo aos dois minutos do segundo tempo, o Coritiba buscou a sua virada. Matheus Sales recebeu na intermediária e arriscou o chute, a bola desviou no caminho e entrou no canto direito alto.

Sassá teve a chance da virada aos seis minutos. Matheus Galdezani bateu rasteiro e Fernando Nunes espalmou nos pés do atacante, que acabou furando a finalização e perdeu grande oportunidade.

Fernando Nunes salvou o Cascavel C.R. novamente aos oito minutos. Após escanteio cobrado por Patrick Vieira, Sabino escorou firme, mas o goleiro fez bela defesa.

Já aos dez minutos, foi Rafinha quem colocou o goleiro para trabalhar. Após bola rebatida na entrada da área, o meia emendou de primeira e o goleiro foi buscar a defesa no canto.

Aos 32 minutos, foi Igor Jesus quem parou no goleiro do Cascavel C.R. O atacante foi lançado entre os zagueiros e tentou a finalização na saída de Fernando Nunes, mas o arqueiro fechou o ângulo e fez boa defesa.

Só que quem balançou a rede no segundo tempo foi o Cascavel C.R. Rone recebeu belo lançamento nas costas da zaga, invadiu a área e esperou a saída de Muralha para finalizar firme.

O Coritiba ainda reclamou de um pênalti aos 48 minutos. No lance, Matheus Galdezani invadiu a área e disputou corpo a corpo com Cristian e caiu no campo. A arbitragem mandou seguir a jogada.

Matheus Bianqui - Junior Pirambu - Londrina - União - Campeonato Paranaense

Londrina vence União e embola briga pela liderança do Paranaense

Em um jogo dominada desde o início, o Londrina venceu o União por 1 a 0 na tarde deste domingo (16), se mantendo firme na disputa pela liderança do Campeonato Paranaense.

O duelo válido pela sétima rodada rodada do Campeonato Paranaense foi realizado no Estádio Anilado, em Francisco Beltrão.

Matheus Bianqui marcou o gol da vitória do Londrina.

O Londrina subiu para a quinta posição com 13 pontos ganhos, três abaixo do líder FC Cascavel.

Já o União caiu para a décima posição com cinco pontos ganhos, apenas um a mais do que o Toledo, primeira equipe dentro da zona de rebaixamento.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo no sábado de Carnaval pela oitava rodada do Campeonato Paranaense.

O União recebe o Operário no Anilado, em Francisco Beltrão, às 17h.

Já o Londrina recebe o Rio Branco, no Estádio do Café, às 19h.

DOMÍNIO DO TUBARÃO

O Londrina conseguiu abrir o placar logo aos seis minutos. Após escanteio cobrado da esquerda, Matheus Bianqui subiu completamente livre para escorar para as redes.

Aos 15 minutos, Marcelinho quase ampliou o placar. O meia recebeu na entrada da área e finalizou firme para Marcos Paulo espalmar.

Marcos Paulo teve que trabalhar novamente aos 22 minutos. Dessa vez, foi Matheus Bianqui quem arriscou da entrada da área e o goleiro conseguiu fazer firme defesa.

Marcelinho apareceu novamente aos 24 minutos . O meia foi lançado, driblou Marcos Paulo, mas finalizou fraco e permitiu o corte de Vitor Carvalho.

Matheus Bianqui também teve a chance do segundo gol aos 33 minutos. Após cobrança de falta, o meia apareceu livre entre os zagueiros e escorou firme, mas no meio do gol para tranquila defesa de Marcos Paulo.

O goleiro apareceu mais uma vez para salvar o União aos 38 minutos. Marcelinho arriscou da intermediária e Marcos Paulo voou para espalmar.

O Londrina seguiu dominando as ações do jogo e mais uma vez ficou perto do gol aos dez minutos do segundo tempo. Raí Ramos recebeu na direita e cruzou no segundo poste para Júnior Pirambu, que tentou emendar de primeira e a bola passou raspando ao poste esquerdo.

A melhor chance do União na segunda etapa foi aos 29 minutos. Hugo bateu falta da entrada da área com perigo e a bola passa perto do travessão de Matheus Albino.

Marcelinho novamente teve a chance de gol parada por Marcos Paulo. Aos 40 minutos, o meia arriscou da entrada da área e o goleiro conseguiu espalmar.

Vitinho - Athletico Paranaense - Toledo - Campeonato Paranaense

Pedrinho dá show e Athletico vence Toledo pelo Paranaense

Com grande atuação de Pedrinho, o Athletico Paranaense venceu o Toledo por 3 a 0 na tarde deste sábado (15), e voltou a vencer no Campeonato Paranaense.

O duelo válido pela sétima rodada do Campeonato Paranaense foi realizado na Arena da Baixada, em Curitiba.

A vitória colocou o Athletico na terceira posição, três pontos abaixo do líder FC Cascavel. A equipe ainda pode ser ultrapassada pelo Operário, que atua neste domingo (16) contra o Paraná Clube.

Já o Toledo chegou a sua quarta derrota consecutiva na competição, ficando estacionado na décima posição com quatro pontos ganhos. Caso o Cascavel C.R. vença o Coritiba neste domingo, o Porco irá terminar a rodada na zona de rebaixamento.

O Toledo ainda segue tendo Zé Maria como técnico. A diretoria da equipe ainda não confirmou se o treinador continua até o fim do Campeonato Paranaense, mas antigo auxiliar perdeu os dois jogos que fez no comando do time.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo no sábado de Carnaval (22), pela oitava rodada do Campeonato Paranaense.

O Athletico recebe o Cascavel C.R., na Arena da Baixada, às 17h.

Já o Toledo tem o segundo “Clássico da Soja” na competição, às 18h, contra o FC Cascavel no Olímpico Regional.

SHOW DE PEDRINHO

Vitinho - Athletico Paranaense - Toledo - Campeonato Paranaense
Pedrinho ampliou sua marca de gols no Paranaense para seus bolas na rede, sendo o novo artilheiro da competição. (Geraldo Bubniak/AGB)

Mesmo com maior posse de bola, a primeira chance de gol do Athletico foi apenas aos 14 minutos. Léo Gomes arriscou da intermediária e a bola passou perto do poste direito.

Nova chance do Athletico aos 27 minutos. Breno Lopes recebeu na esquerda e tentou a finalização rasteira, mas Diego caiu bem e fez boa defesa.

Aos 28 minutos, foi a vez de Vinicius Mingotti quase balançar as redes. Jáderson cruzou na marca do pênalti e o atacante resvalou na bola, que passou à direita do gol.

O Toledo conseguiu responder na bola parada. Aos 28 minutos, Gustavo bateu escanteio da direita e Tomazi ganhou pelo alto e escorou perto do poste direito.

Jáderson quase marcou um belo gol aos 32 minutos. O atacante arriscou uma batida direta em cobrança de falta da direita e Diego teve que dar um tapa na bola e mandá-la para a linha de fundo.

Mas aos 34 minutos, o Athletico abriu o placar. Reinaldo buscou a finalização rasteira, Diego bateu roupa e Pedrinho apareceu livre para apenas empurrar a bola para o fundo das redes.

Ainda deu tempo do Athletico balançar o travessão da Arena da Baixada. Breno Lopes arriscou da entrada da área e a bola explodiu no poste.

Já aos 44 minutos, foi a vez do Toledo criar chance perigosa. Gustavo cobra falta fechada, Gabriel saiu mal do gol e Elson quase marcou de cobertura, mas a bola saiu por cima da meta.

O Athletico teve a chance de ampliar o placar logo aos quatro minutos do segundo tempo. Breno Lopes foi atropelado por Marcos na área e o árbitro assinalou a penalidade.

Jáderson bateu o pênalti a meia altura no canto esquerdo e Diego foi bem para espalmar. A bola ainda sobrou para o atacante, que acabou errando o domínio e perdendo novamente a chance de balançar as redes.

Mas aos sete minutos, Pedrinho balançou novamente as redes. Reinaldo lançou Vinicius Mingotti -em posição de impedimento, e o atacante cruzou rasteiro para Pedrinho apenas completar para as redes.

Vinicius Mingotti quase ampliou o placar aos 35 minutos.  Jajá fez boa jogada pela esquerda e cruzou na medida para o atacante pegar de primeira e mandar a bola perto do travessão.

Só que o show de Pedrinho ainda não tinha acabado. O atacante recebeu na entrada da área, fintou dois marcadores e acertou o ângulo direito para marcar um lindo gol na Arena da Baixada.

Athletico Paranaense - Paraná Clube - Campeonato Paranaense

Paraná empata nos acréscimos e freia estreia do elenco titular do Athletico

Com a estreia do elenco titular em um jogo oficial na temporada, o Athletico Paranaense cedeu empate nos acréscimos para o Paraná Clube por 1 a 1 na noite deste domingo (2), e perdeu a chance de retomar a liderança do Campeonato Paranaense.

O duelo válido pela quinta rodada do Campeonato Paranaense foi realizado na Arena da Baixada, em Curitiba, com 14.903 torcedores presentes.

Novo titular da zaga com a saída de Léo Pereira, Lucas Halter marcou o gol do Athletico, enquanto Marcelo empatou para o Paraná Clube.

O empate deixou o Athletico com dez pontos, dois abaixo que o líder FC Cascavel, na terceira colocação do Paranaense.

Já o Paraná Clube a seu terceiro jogo sem vitória, mas subiu para a oitava posição, com cinco pontos ganhos.

Nos bancos de reserva, a partida também teve marcas importantes. Enquanto Dorival Júnior teve sua estreia em jogos oficiais como comandante do Athletico, Lúcio Flávio substituiu o suspenso Allan Aal e fez seu primeiro jogo como treinador no futebol profissional.

PRÓXIMOS JOGOS

Dorival Júnior - Athletico Paranaense - Paraná Clube - Campeonato Paranaense
Dorival Júnior acena para a torcida em seu primeiro jogo como técnico na Arena da Baixada. (Geraldo Bubniak/AGB)

As equipes voltam a campo neste domingo (9), pela sexta rodada do Campeonato Paranaense.

O Athletico tem o confronto de líderes contra o F.C. Cascavel, no Olímpico Regional, às 16h.

Já o Paraná Clube recebe o Cianorte, às 18h, na Vila Capanema, em Curitiba.

REFORÇO NA ÁREA

Guilherme Biteco - Athletico Paranaense - Paraná Clube - Campeonato Paranaense
Guilherme Biteco (de camiseta preta, na última fileira) foi jogador do Paraná Clube entre 2017 e 2018. (Geraldo Bubniak/AGB)

Quem acompanhou o duelo junto da torcida visitante na Arena da Baixada foi o meia Guilherme Biteco. O meio campista está se recuperando fisicamente e clinicamente no Paraná Clube e pode ser anunciado como reforço da equipe paranista para o restante na temporada.

Biteco teve sua melhor fase na carreira junto do Paraná Clube nas temporadas de 2017 e 2018, quando em 27 jogos marcou quatro gols com a camisa paranista.

DOMÍNIO RUBRO-NEGRO, CASTIGO TRICOLOR

Lucas Halter - Athletico Paranaense - Paraná Clube - Campeonato Paranaense
Lucas Halter aguarda possível transferência de Robson Bambu para assumir a posição de titular. (Geraldo Bubniak/AGB)

O Athletico marcou o seu gol logo aos dois minutos. Marquinhos Gabriel bateu escanteio da esquerda, Erick ajeitou de cabeça e a zaga do Paraná Clube falhou no corte. A bola sobrou para Lucas Halter que emendou de primeir e marcou um belo gol na Arena da Baixada.

A pressão do Athletico continuou e Léo Cittadini quase ampliou o placar aos sete minutos. Nikão cruzou da direita e o volante chegou a resvalar na bola, mas não conseguiu acertar a meta.

Erick levou perigo a meta do Paraná Clube aos 26 minutos. O volante arriscou da intermediária e Marcos voou para espalmar para a linha de fundo.

Marcos salvou o Paraná Clube novamente aos 39 minutos. Nikão cruzou na medida para Bissoli e o atacante testou firme para o goleiro paranista espalmar a bola no canto esquerdo.

No escanteio, Erick desviou a cobrança no primeiro poste e Marcos novamente teve que realizar grande intervenção para salvar o Paraná Clube.

Logo no primeiro tempo do segundo tempo, Márcio Azevedo ficou perto de ampliar o placar. O lateral avançou pela esquerda e cruzou muito fechado, quase surpreendendo Marcos, que teve que dar um tapa na bola e ceder o escanteio

Léo Cittadini voltou a levar perigo aos três minutos. O meia arriscou falta da intermediária e Marcos espalmou para a linha de fundo.

Mas o Paraná Clube castigou o Athletico pelas suas chances perdidas. Aos 45 minutos, Raphael Alemão recebeu na área, fez o pivô para Marcelo e o atacante bateu cruzado para empatar o jogo.