Vila Nova mantém o 100% e é líder da Série B, Avaí e São Bento empatam

Dois jogos movimentaram a tarde deste sábado pela Série B do Brasileiro. O Vila Nova, como visitante no Serra Dourada, venceu o clássico contra o Goiás por 3 a 1. Com a quarta vitória seguida, o Vila assumiu a liderança isolada da competição. Já o duelo entre Avaí e São Bento na Ressacada terminou empatado em 1×1.

Em Goiânia, o primeiro tempo foi intenso, com chances para os dois lados. O Vila abriu o placar com Reis, mas depois ficou apenas na defensiva. O esmeraldino aproveitou para empatar com o meia Rafinha. No último minuto, o Colorado ainda acertou uma bola na trave, mas o primeiro tempo terminou empatado.

A vitória foi construída na etapa final, quando o meia Alan Mineiro marcou dois gols – um de falta – e selou a vitória do Tigre. O Alviverde segue sem vencer no campeonato. A nota negativa do clássico foi o confronto entre a torcida do Goiás – única no estádio –  com a Polícia Militar.

Em Santa Catarina, o Avaí teve mais a posse da bola e abriu o placar com apenas nove minutos de jogo, com o zagueiro Fágner Alemão na cobrança de um pênalti. Quatro minutos depois veio a reação do São Bento, que empatou com gol de calcanhar de Zé Roberto. Com o resultado, o time de Sorocaba segue sem perder no retorno à Série B ocupando a 10ª posição, com 6 pontos. Já o Avaí vem logo em seguida na 11ª colocação, com 5 pontos conquistados.

Paranaenses

O Londrina ocupa a 6ª posição no campeonato e o Coritiba a 7ª, ambos com sete pontos. O Tubarão tem vantagem pelo saldo de gols, um a mais que o Coxa.

Paraná vence o ABC e sobe cinco posições

O Paraná voltou a vencer na Série B ao bater o ABC, de Natal (RN), por 1 a 0 com gol de Renatinho, de pênalti, aos 39 minutos do primeiro tempo, subiu cinco posições e pulou para sexta colocação com 30 pontos. Já o ABC se mantém na vice-lanterna, com 16 pontos.

O ABC iniciou a partida melhor, com Lucas Coelho perdendo chances aos quatro e aos seis minutos. O Paraná, porém, equilibrou a partida e passou a dominar.

Aos 35 Robson acertou a trave em um voleio, e na volta Zezinho chutou no travessão.

Aos 38, em jogada pela esquerda, Igor tocou para Alemão que foi calçado por trás e caiu. O meia Renatinho cobrou com perfeição e marcou.

Na segunda etapa o Paraná não conseguia articular suas jogadas com qualidade e o ABC levava perigo. O time do Nordeste pecava nas finalizações e não conseguia chegar ao empate. Aos 34, Alemão disparou um forte chute, mas Edson defendeu o chute.

 

PARANÁ CLUBE x ABC

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)

Estádio:  Vila Capanema, às 16h30

Cartões amarelos: Cristovam,  Leandro Vilela e Bocão

Gol: Renatinho, aos 39 minutos do primeiro tempo 

PARANÁ

Richard; Cristovam, Maidana, Eduardo Brock e Igor; Leandro Vilela, Zezinho (Gabriel Dias), Robson, Renatinho (Murilo Rangel) e Minho (Felipe Augusto); Alemão. Técnico: Lisca

ABC: Edson; Bocão, Márcio Passos, Cleiton e Levy; Anderson Pedra, Zotti e Vítor Júnior; Dalberto, Fabinho e Lucas Coelho. Técnico: Márcio Fernandes

Reforçado com Gladiador, Coxa encara o Vasco na Vila

Considerado um dos destaques do Coritiba, o atacante Kleber vai reforçar a equipe na noite deste domingo (2), 19 horas, diante do Vasco, na Vila Capanema, com um efeito suspensivo para sua punição de 15 jogos, definida nesta semana pelo STJD. O técnico Pachequinho elogiou a postura do atleta e desde sua saída nas últimas três partidas o time teve Alecsandro no ataque, mas o jogador não deslanchou e não marcou gols. O Coritiba precisa da vitória para não se afastar do G6, com 15 pontos, o time está na nona colocação, enquanto o Vasco está na sexta posição, com os mesmos 15 pontos.

“Ele tem uma força de marcação muito boa, postura dentro de campo,  é muito importante sua presença”, comentou Pachequinho meio da semana. Além de Kleber, o Coxa terá também o provável retorno de Anderson no meio de campo. O atleta chegou a declarar a uma rádio gaúcha que poderia sair do clube antes do final do ano, mas ainda assim se mantém como destaque.

O meia Galdezani espera que o time reencontre as vitórias. Para ele, jogando em casa será uma boa chance para isso. “A gente tem finalizado muito e está sendo um pecado termos empatado os últimos dois jogos em casa. Eu acho que temos que manter a cabeça no lugar. Não esperávamos voltar com duas derrotas da sequência fora, mas agora temos o jogo diante do Vasco aqui dentro de casa e temos que fazer a nossa parte”, comentou durante a semana.

Já o Vasco terá o desfalque de Luis Fabiano, o atacante cumpre suspensão e deverá ser substituído por Talles.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA X VASCO

Local: Vila Capanema, Curitiba (PR)
Data: 02 de julho de 2017
Horário: 19 horas
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Marcio Eustáquio Santiago (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)

Coritiba: Wilson; Léo, Márcio, Werley e William Matheus; Jonas, Galdezani e Tiago Real; Rildo, Kleber e Henrique Almeida. Técnico: Pachequinho

Vasco: Martín Silva; Gilberto, Breno, Paulão e Henrique; Jean, Douglas, Yago Pikachu, Mateus e Nenê; Thalles.
Técnico: Milton Mendes.