Animais precisam de cuidados para não sofrerem com calor do verão

Narley Resende


Tabata Viapiana, CBN Curitiba

Assim como as pessoas podem sofrer com as altas temperaturas, o mesmo também acontece com o animais de estimação, que precisam de cuidados especiais no verão. A principal orientação dos médicos veterinários é manter potinhos sempre com água fresca para hidratar os bichos.

No verão, os animais de estimação precisam de cuidados especiais. Horário de passeios, banhos frequentes e hidratação podem fazer a diferença no bem-estar dos animais. Eles também sofrem com o calor intenso e as altas temperaturas dessa época do ano.

Um caso chamou a atenção nesta semana em Joinville, em Santa Catarina: a Polícia Militar encontrou um cachorro desmaiado numa poça d’água. Os policiais deram um banho no animal, que logo se recuperou. No momento da ocorrência, a temperatura em Joinville era de 39ºC, mas com sensação térmica de 48ºC.

O médico veterinário Ricardo Zanata dá algumas dicas para os donos amenizarem o sofrimento dos animais no verão. A principal delas é manter potinhos sempre com água fresca.

“Sempre trocar a água, três ou quatro vezes ao dia, pelo menos, de preferência que ela não seja gelada, porque pode acarretar outros problemas para ele. Eles costumam deixar as patinhas dentro da água. Os cães não suam como seres humanos. A maneira como eles conseguem se livrar do calor é pela respiração pela boca”, explica.

As pessoas também precisam cuidar com o horário dos passeios. Segundo o veterinário, os cães podem machucar as patinhas devido ao calor intenso em alguns pisos, principalmente no asfalto.

“Às vezes a gente esquece porque usa tênis, chinelo, e o animal não. Ele queima as patinhas dele. Melhor passear depois das 17 horas”, alerta.

As altas temperaturas podem causar prejuízos à saúde dos animais – como doenças pulmonares e dermatites. Eles podem ter hipertermia, quando ficam ofegantes e agitados. Neste caso, a orientação é dar um banho para refrescar o animal e colocá-lo na sombra.

“O mais comum é a parte respiratória. Devido ao calor, devido à poeira, a parte alérgica”, ressalta.

Além de manter o potinho sempre com água fresca e evitar os passeios durante os horários de sol forte, é importante tosar os animais durante todo o verão – principalmente aqueles que possuem pelo longo. Os banhos também devem ser mais frequentes: pelo menos uma vez por semana.

 

Previous ArticleNext Article