Câmara promove interpretação da obra Ilíada, de Homero

Roger Pereira


Da CMC

O Palácio Rio Branco – prédio histórico construído no século XIX – vai receber, nesta quinta-feira (6), às 19 horas, a interpretação do poema épico grego Ilíada, de autoria atribuída a Homero, ainda como parte das comemorações do aniversário de Curitiba. O ator Richard Rebelo, da companhia de teatro Iliadahomero, interpretará o canto 16, que narra o momento em que Pátroclo pede a armadura, as armas e a permissão a Aquiles para entrar na luta contra os troianos. Aquiles concede, porém Pátroclo acaba morto por Heitor.

O presidente da Câmara Municipal, Serginho do Posto (PSDB), lembrou que o evento comemora os 324 anos da cidade e da Câmara Municipal. “Vamos inaugurar com essa apresentação um novo momento no Legislativo. A ideia é lançar um calendário com eventos artísticos e culturais usando os nossos espaços”, apontou.

A iniciativa de apresentação é do vereador Goura (PDT). “A Ilíada é um texto clássico de fundação da sociedade ocidental. O projeto, que é desenvolvido por agentes culturais curitibanos, prevê monólogo dos 24 cantos e já foi apresentado nos quatro cantos do Brasil, além da Turquia e na própria Grécia”, disse.

“Eles vão trazer a tradução da obra de [Manoel] Odorico Mendes, que foi parlamentar, então [a apresentação] tem um viés de resgate histórico do papel do parlamentar na vida cultural da cidade. Precisamos dar visibilidade da Câmara Municipal à sociedade, para ser um espaço que as pessoas precisam conhecer e ocupar”, complementou Goura.

Teatro
A apresentação segue a oralidade das narrativas dos iminentes filósofos gregos. “A tradição da poesia épica grega sobreviveu graças à oralidade e as apresentações dos rapsodos até que pudesse ser finalmente escrita ou compilada por Homero no século VII antes de Cristo”, lembra Octávio Camargo, diretor da cia. Iliadahomero.

O projeto é baseado na obra de Homero traduzida para o português por Manoel Odorico Mendes (1799 – 1864), poeta, escritor e político – foi deputado da primeira Assembleia Geral Legislativa do Brasil. A Ilíada, composta por 15.693 versos de diferentes dialetos, conta a guerra de Tróia, que começa com o sequestro de Helena por Páris, príncipe de Tróia. Helena era a esposa de Menelau, o rei de Esparta, uma das principais cidades-Estado da Grécia.

SERVIÇO
Apresentação do canto 16 da Ilíada, de Homero
Por Companhia Iliadahomero
Dia 6 de abril (quinta-feira), às 19 horas
Câmara Municipal de Curitiba
Palácio Rio Branco
Rua Barão do Rio Branco, 720, Centro.
Entrada gratuita
Informações: (41) 3350 4500 ou www.cmc.pr.gov.br.

Previous ArticleNext Article
Repórter do Paraná Portal
[post_explorer post_id="423362" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]