Projeto paranaense mostra que envelhecer é uma arte

Com verbas de incentivo a cultura, por meio do Prêmio Aniceto Matti, "A Arte de Envelhecer" proporcionou oficinas de art..

Fernando Garcel - 28 de março de 2017, 16:00

Com verbas de incentivo a cultura, por meio do Prêmio Aniceto Matti, "A Arte de Envelhecer" proporcionou oficinas de arteterapia voltadas para a terceira idade, no distrito de Iguatemi, em Maringá, no noroeste do Paraná. Agora, as obras realizadas durante o projeto estão em exposição no CEU (Centro das Artes e dos Esportes Unificados).

De acordo com a organização da mostra, a exposição ficará no CEU até sexta-feira (31) e retorna para uma segunda temporada entre os dias 5 e 13 de abril.

Os encontros do projeto foram coordenados pela artista plástica Marcela Caro, que também é do distrito. “Não me senti em nenhum momento professora, acho até que aprendi muito mais do que ensinei, foram dias que me trouxeram inúmeras histórias que me emocionaram e servirão de inspirações para futuros projetos”, comentou Marcela.

"A Arte de Envelhecer" tem objetivo de proporcionar aos idosos uma maior visibilidade e integração à sociedade através da produção cultural. Assim, mostrando que a vida não acaba quando se envelhece e por consequência deste trabalho proporcionar vivências de atividades expressivas e de arteterapia, resgatando e expandindo potencialidades adormecidas, desvelar sentimentos, resgatar histórias e lembranças e observar a transformação do grupo ao fim do projeto.