Polícia prende suspeitos de assalto à joalheria dentro de shopping em Curitiba

De acordo com a investigação da Polícia Civil, os criminosos fazem parte de uma quadrilha especializada neste tipo de crime.

Lorena Pelanda - BandNews FM Curitiba - Leonardo Gomes - BandNews FM Curitiba - 24 de fevereiro de 2022, 15:38

Foto: Fábio Dias/EPR
Foto: Fábio Dias/EPR

Quatro pessoas foram presas suspeitas de envolvimento no assalto de uma joalheria dentro de um shopping no bairro Xaxim, em Curitiba. O crime aconteceu na última terça-feira (22) quando o grupo armado chegou em um carro no local.

Segundo a Polícia Civil, a ação foi registrada por câmeras de segurança. Nas imagens os assaltantes apareceram carregando sacos plásticos. Em seguida, eles começaram a recolher os produtos. Ninguém ficou ferido. As informações são da BandNews Curitiba.

Segundo o delegado Rodrigo Brown, os criminosos fazem parte de uma quadrilha especializada neste tipo de crime.

"Primeiro foi apreendido um veículo Gol que foi abandonado nas proximidades do shopping, e isso fez com que os bandidos passassem para um segundo veículo, de apoio da quadrilha. Conseguimos descobrir que eles usaram esse carro, um Fox, por mais alguns quilômetros e também o abandonaram, na Vila Fanny, e embarcaram em um terceiro veículo. Também descobrimos dois locais usados de base de apoio, residências que eles foram após o assalto. Nesses locais prendemos quatro pessoas", detalha o delegado.

No local, foram localizadas jóias e demais objetos roubados da joalheria. Conforme o delegado, os itens foram reconhecidos pelas vítimas e entregues aos donos.

"Algumas dessas pessoas que foram presas possuíam antecedentes leves, nada relacionado a esse tipo de roubo mais elaborado. Estamos trabalhando na identificação das pessoas que efetuaram o roubo. Provavelmente são bandidos já com fichas criminais mais extensas e participação em outros crimes. Prendemos parte da quadrilha e as investigações vão prosseguir até que possamos identificar e prender todos", completa Rodrigo Brown.

Em nota, o shopping informou que contribui com as investigações policiais e está tomando todas as medidas cabíveis para solucionar o caso. Não houve feridos durante o assalto e o shopping não teve interrupções no funcionamento.