Athletico x Atlético-GO AO VIVO: onde assistir ao Brasileirão no Casimiro

O Athletico recebe o Atlético-GO na penúltima rodada do primeiro turno - saiba onde assistir ao jogo com o streamer Casimiro

Pedro Melo - 20 de julho de 2022, 18:46

(Reprodução/Facebook)
(Reprodução/Facebook)

Na briga pelas primeiras colocações do Campeonato Brasileiro, o Athletico recebe o Atlético-GO na penúltima rodada do primeiro turno - saiba onde assistir ao jogo com o streamer Casimiro e as escalações confirmadas pelos dois treiandores.

O confronto ocorre na noite desta quarta-feira (20), às 19h30, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

ONDE ASSISTIR ATHLETICO X INTERNACIONAL NO CASIMIRO AO VIVO

A partida tem transmissão do canal da Twitch do streamer Casimiro Miguel, fenômeno nas redes sociais. A novidade é que o próprio Casimiro vai ter uma câmera na Arena da Baixada controlada por ele diretamente de sua casa.

Outra possibilidade é pelo Furacão Playstreaming do Athletico que custa R$ 24,90 por mês.

O Athletico caiu para a sexta colocação do Campeonato Brasileiro, com 28 pontos, após o empate em casa com o Internacional, mas tem apenas cinco a menos que o líder Palmeiras. O Rubro-Negro precisa da vitória para manter a vantagem na zona de classificação para a Libertadores e ter a chance de terminar a rodada no G4.

"Estamos entre os oito em todas as competições. Vamos dando passos. Todos nós sabemos que o Athletico é um clube que ainda vai se tornar muito maior. Mas não é de um dia para o outro, nem porque a gente quer. Temos que fazer. Se chegarmos entre os quatro da Libertadores, os quatro do Brasileiro, vamos estar em uma situação excelente", afirmou o técnico Felipão.

O Atlético-GO vive situação diferente no Campeonato Brasileiro, tem 17 pontos, na zona de rebaixamento, e acumula três derrotas seguidas.

FICHA TÉCNICA - ATHLETICO X ATLÉTICO-GO

Onde assistir Athletico x Atlético-GO: Twitch do Casimiro e Furacão Live.

Data, horário e local: quarta-feira (20), às 19h30, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo (RJ), auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correia (RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ). O VAR é Adriano de Assis Miranda (SP), com assistência de Fabio Rogério Baesteiro (SP).